Arquivo da Tag: "VLT"
25
02

Prefeito e governador discutem solução para saúde e mobilidade urbana na Capital

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) e o governador, Mauro Mendes (DEM), estreitaram o diálogo sobre saúde e mobilidade urbana na Capital, na manhã desta segunda-feira (25). Em visita ao Palácio Paiaguás, Pinheiro colocou a Prefeitura à disposição da gestão estadual, reforçando o apoio na resolução de problemas enfrentados pelo Governo.

 

“A Capital se coloca de prontidão para se apresentar como “solucionadora”, e não como “apresentadora” de problemas. Pedimos esse olhar carinhoso, de quem já foi prefeito da cidade, que conhece suas demandas, para que enxergue na nossa administração uma ponte e não uma parede”, disse. (mais…)

18
02

Governo toma medidas para retomada das obras do VLT

A atual gestão do Governo do Estado busca uma solução para a retomada das obras de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) na região metropolitana de Cuiabá que englobe viabilidade técnica, operacional e tarifária.

 

Baseado nisso, o Executivo Estadual solicitou ao Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) o adiamento, em um mês, do julgamento do mérito sobre a rescisão contratual do modal, que vem sendo tratada na esfera judicial desde fevereiro de 2018. O pedido de prorrogação foi impetrado em conjunto com o Consórcio VLT e concedido pela desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos. (mais…)

16
08

Wellington garante ferrovia em Cuiabá e conclusão do VLT

WELLINGTON fagundes

Reprodução/Divulgação

Por HiperNotícias

 

A ferrovia Vicente Vuolo, que de Mato Grosso do Sul alcança o Estado de Mato Grosso até Rondonópolis, chegará a Cuiabá. A garantia é do candidato a governador Wellington Fagundes (PR), que assegurou também que uma das prioridades de seu mandato será concluir as obras estruturantes inacabadas ainda hoje, incluindo o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

 

“Obra parada é desperdício. É falta de prioridade, falta de tomada de decisão, o que só prejudica o cidadão”, afirmou o republicano durante entrevista à imprensa.

 

(mais…)

26
07

“Resolver o VLT em um ano é ser mágico”, rebate Taques á promessa de Mendes

Por Danna Belle

HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB) ironizou a fala do ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) sobre o projeto de resolver o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) no prazo de ano, caso seja eleito.

“Não vou dizer que acredito ou não, vou dizer que é coisa de mágico”, disparou o gestor em entrevista à Rádio Capital 101,9 FM, na manhã desta quinta-feira (26).

 

(mais…)

25
07

Entre as promessas, Mendes pede prazo de um ano para solucionar o VLT

Por Danna Belle

HiperNotícias

 

O ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) confirmou sua pré-candidatura ao Governo do Estado em evento do Democratas na Capital, na manhã desta terça-feira (24), e entre os projetos para caso seja eleito, está solucionar o problema do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) no prazo de um ano.

 

“O que eu posso dizer com toda tranquilidade é o seguinte: nós vamos resolver as obras do VLT em no máximo um ano”, comentou Mendes durante entrevista ao programa Resumo do Dia na noite desta terça-feira.

 

(mais…)

27
06

Taques dispara que não fará do PS um VLT

Por HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que não cometerá o erro da gestão anterior em adquirir itens antes da obra estar finalizada, ao comparar a compra de equipamentos para o novo Hospital Pronto Socorro de Cuiabá com a aquisição dos vagões do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

 

“Nós não íamos fazer igual ao governo passado que comprou o vagão antes de terminar a obra”, alfinetou.

 

Em 2017, um acordo foi realizado entre Governo, Prefeitura e bancada federal no Congresso Nacional, destinando R$ 82 milhões em recursos de emendas parlamentares para o setor da saúde de Mato Grosso, como se fosse um empréstimo. Por isso, o Estado ficou responsável pela aquisição de equipamentos a serem instalados no novo PS.

 

(mais…)

02
06

Como linha de transporte virou a obra inacabada mais cara da Copa do Mundo no Brasil

Foto/Reprodução

Por BBC Brasil

 

Os canteiros de obras abandonados em meio às principais avenidas de Cuiabá e Várzea Grande representam resquícios daquele que era para ser o maior legado da Copa do Mundo de 2014 para Mato Grosso, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

 

Anunciado pelo então governador do Estado, Silval Barbosa (na época no MDB), como o melhor meio de locomoção para torcedores que fossem aos jogos sediados na capital mato-grossense, o VLT nunca chegou a transportar passageiros.

 

O Estado investiu, até o momento, R$ 1,066 bilhão na construção do meio de transporte, que está paralisada. Somente 30% das obras físicas foram executadas até hoje. Envolto em esquemas de corrupção e alvo de operação da Polícia Federal, o VLT tornou-se a obra incompleta mais cara da Copa no Brasil.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

10
01

Secid forma conselho especial para elaboração de edital para escolha de empresa

Por Jessica Bachega

Hipernotícias

 

Membros da Secretaria de Estado de Cidades (Secid) irão compor uma comissão especial para elaboração do edital para escolha da empresa responsável pela conclusão das obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande.

 

A portaria que determina a formação da comissão foi assinada pelo secretário de Cidades, Wilson Santos, Secretário Controlador-Geral do Estado Ciro Rodolpho Gonçalves e pelo Procurador Geral do Estado em Substituição Legal Francisco de Assis da Silva Lopes no dia cinco de janeiro e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) que circulou nesta quarta-feira (10). (mais…)

25
10

MT: Plantação de 2 mil palmeiras imperiais no canteiro do VLT custará quase R$ 2 milhões à prefeitura

Por CAMILLA ZENI

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), anunciou na segunda-feira (23) que desistiu do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) e que irá utilizar os canteiros centrais onde estão os trilhos para outra coisa: plantar palmeiras imperiais. O HiperNotícias procurou viveiros e paisagistas da Capital e fez o levantamento de quantas árvores poderiam ser plantadas no trajeto do modal.

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

08
09

Nova licitação deverá ser a saída para o VLT

Depois de romper as negociações com o Consórcio VLT, o Governo de Mato Grosso deve seguir pelo caminho da realização de uma nova licitação para a contratação de uma empresa que conclua a implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT), ligando Cuiabá e Várzea Grande. Parece que a chamada PPP – Parceria Público Privada – não agrada ao Paiaguás.

 

Operação

Além de aumentar a dificuldade em prosseguir com as tratativas do consórcio, a Operação Descarilho “virou o jogo” da negociação. Se antes, além dos custos da nova licitação e do término das obras, o Estado teria que pagar um imenso passivo corrigido, por conta da Lei Anticorrupção o consórcio poderia ser obrigado a indenizar o Estado, minimizando assim o valor a ser gasto.

 

Descartado

Ainda não há uma definição a respeito deste assunto, até porque o contrato com o consórcio segue suspenso por decisão da Justiça Federal. No entanto, a única certeza é que a troca do modal, para o Bus Rapid Transport (BRT), como defendiam algumas pessoas, está descartada.

Temor

Já nos corredores dos Ministérios Públicos, a preocupação agora é saber dos efeitos que a revelação de diálogos gravados entre o empresário Joesley Batista e o executivo Ricardo Saud terá em futuros acordos de colaboração premiada. A tendência é que a cautela seja adotada em relação ao tema.

 

Vítima

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, afirmou ser vítima de uma “grande desordem institucional” em  Mato Grosso. Embora não tenha sido citado pelo ex-governador e delator Slval Barbosa (PMDB), uma publicação nacional publicou reportagem tratando de “conexões” entre o magistrado e diversos políticos.

 

Na ponta da língua

Este sim citado na delação de Silval, o presidente da Assembleia Legislativa (AL), Eduardo Botelho (PSB), veio a público rebater as acusações do político. Ao invés de falar em armação, ele explicou ponto a ponto cada um dos trechos em que aparece nos apensos.

 

Calma

Como previsto, o parlamentar afirmou que a respeito dos colegas citados na delação de Silval é preciso aguardar as investigações do caso, que tramita no STF, antes de tomar qualquer decisão. Ele também negou que haja o pagamento de qualquer mensalinho aos parlamentares atualmente.

 

Notificação

O procurador aposentado Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, estaria se furtando de receber a notificação para depor em um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) que pode cassar a sua aposentadoria. A informação consta no Diário Oficial que circulou nesta quarta-feira (6).

 

Dólar

O Governo do Estado pagou nesta quarta-feira a segunda parcela anual da dívida contraída junto ao Bank of America. Segundo a Secretaria de Fazenda (Sefaz-MT) o valor chegou a R$ 111,446 milhões, com o dólar cotado a R$ 3,118. O contrato foi firmado em 2012 e o pagamento segue até 2022.

 

Peru

O ministro Blairo Maggi irá chefiar mais uma missão oficial do Mapa, desta vez para o Peru. Na pauta das reuniões a exportação de carne suína in natura, de mel e derivados, embriões bovinos, entre outros produtos. Na ocasião será discutida a banda de preços (compromisso assumido na OMC) para produtos amparados pelo acordo Mercosul/Peru. Na próxima segunda-feira haverá uma reunião com a embaixada para tratar da realização de um seminário empresarial.

Publicicade

Publicicade