Arquivo da Tag: "TESOURO NACIONAL"
10
06

Legislativo e Judiciário têm sobra de R$ 7,7 bi nos Estados

Por Estadão Conteúdo

 

Imunes às tesouradas nos gastos quando há frustração na arrecadação, os poderes Legislativo, Judiciário, Ministério Público e Defensoria dos Estados tinham no fim do ano passado uma sobra de R$ 7,7 bilhões em recursos livres, que poderiam ser usados para bancar outras despesas, segundo levantamento do jornal O Estado de S. Paulo e do Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) com dados fornecidos pelos próprios órgãos ao Tesouro Nacional. Enquanto isso, os Executivos dos Estados continuam com contas atrasadas e muitos não conseguem colocar salários de servidores em dia.

 

Hoje, os governadores assumem sozinhos o ajuste nas contas e são obrigados a repassar integralmente aos demais Poderes a parcela mensal de recursos prevista no orçamento, chamada de “duodécimo” mesmo que a projeção de despesas já não seja mais factível diante da queda nas receitas. (mais…)

23
05

Caixa deve devolver R$ 3 bi ao governo

Por Estadão Conteúdo

 

O governo deve receber na semana que vem R$ 3 bilhões da Caixa Econômica Federal, como devolução de empréstimos feitos durante o governo da ex-presidente Dilma Rousseff, apurou o ‘Estadão/Broadcast’. O movimento da Caixa será seguido por outros bancos estatais. No total, as remessas ao Tesouro Nacional devem somar R$ 86 bilhões e envolver cinco instituições públicas: Caixa, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Brasil, Banco Nacional do Nordeste (BNB) e Banco da Amazônia (Basa).

 

A expectativa da equipe econômica é receber cerca de R$ 30 bilhões desses bancos somente neste ano. A devolução foi, inclusive, uma orientação do ministro da Economia, Paulo Guedes, ao alto comando dos bancos públicos. Esses recursos devem se somar a cifras que a equipe econômica espera receber do BNDES ainda em 2019. No total, Economia deseja ver a devolução de R$ 126 bilhões. (mais…)

06
05

Sem reforma, investimento da União cairá a zero em 2 anos, diz Mansueto

Por Estadão Conteúdo

 

O secretário do Tesouro Nacional, Mansueto Almeida, disse nesta segunda-feira, 6, que o crescimento rápido das despesas em um cenário sem a reforma da Previdência pode levar o nível de investimentos da União a zero. “A despesa da Previdência vem crescendo tanto que investimentos caem rapidamente. Sem reforma da previdência, investimento da União cairá a zero em dois anos” afirmou em entrevista à GloboNews. “Se a reforma da Previdência for diluída, será necessária nova reforma em poucos anos”, completou.

 

Ele também repetiu que, se a proposta de reforma da Previdência for desidratada no Congresso, a recuperação da confiança na economia brasileira será prejudicada e a União poderá ficar sem recursos para realizar novos investimentos. (mais…)

04
04

Estatal paga salário até 8 vezes maior que o mercado

Por Estadão Conteúdo

 

O Tribunal de Contas da União (TCU) determinou que o Ministério da Economia adote critérios para analisar o salário pago por estatais federais não dependentes dos recursos do Tesouro Nacional, em comparação com as remunerações praticadas pelo setor privado. A informação foi antecipada ontem pelo Estadão/Broadcast.

 

Auditoria do tribunal identificou que 86% das remunerações das estatais são superiores às pagas pelo setor privado para ocupações idênticas. Outras 43% das remunerações das estatais superam o dobro das remunerações de mercado. Em 11% dos casos, o valor da remuneração das estatais supera 120% da remuneração máxima encontrada no setor privado. Em apenas 15% dos casos, a remuneração do mercado supera a das estatais. (mais…)

15
03

União bancou R$ 864,42 milhões em dívidas de MG e RJ em fevereiro

Por Estadão Conteúdo

 

A União bancou R$ 864,42 milhões em dívidas de governos estaduais em fevereiro, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira (15) pelo Tesouro Nacional. O valor se refere a R$ 748,26 milhões em calotes dados por Minas Gerais e R$ 116,16 milhões em débitos não pagos pelo Rio de Janeiro.

 

No primeiro bimestre, o governo federal precisou desembolsar R$ 1,429 bilhão para honrar dívidas dos dois governos, que têm garantias da União. O rombo maior vem de Minas Gerais, cujos calotes neste ano já alcançam R$ 1,207 bilhão.

 

Embora o custo para a União com essas garantias seja crescente, o Tesouro está impedido de bloquear os repasses para os dois Estados. (mais…)

25
02

Mato Grosso está entre 7 estados que descumpriram limites da LRF em 2018

Dados são da gestão de Pedro Taques / Foto: Chico Valdiner

Mato Grosso compõe a lista dos sete estados brasileiros, que no ano de 2o18, descumpriram os limites previstos pela Lei de Responsabilidade Fiscal. Além de Mato Grosso, estão na mesma situação Minas Gerais, Paraíba, Roraima, Tocantins, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. As informações constam de um relatório publicado nesta segunda-feira (25) pelo Tesouro Nacional.]

 

Dos sete estados, exceto Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, foram enquadrados pelo fato de terem ultrapassado o limite para despesa com pessoal. Mato Grosso se encaixe neste contexto. Já RJ e RS encontram problemas na dívida consolidada líquida.

 

(mais…)

28
04

Contas públicas têm em março o maior déficit para o mês

1Por Kelly Oliveira

Agência Brasil

União, estados e municípios apresentaram resultado negativo nas contas públicas em março. O déficit primário ficou em R$ 11,047 bilhões, contra R$ 10,644 bilhões de março de 2016, segundo dados divulgados hoje (28), em Brasília, pelo Banco Central (BC). O resultado de março foi o pior para o mês na série histórica do BC, iniciada em dezembro de 2001.

(mais…)

24
04

Dívida pública sobe em março para R$ 3,2 trilhões

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Marcello Casal Jr/Agência Brasil

Por Kelly Oliveira

Agência Brasil

A Dívida Pública Federal, que inclui o endividamento interno e externo, aumentou em março. O saldo da dívida subiu 3,17% em termos nominais, ficando em R$ 3,234 trilhões. Os dados foram divulgados hoje (24) pelo Tesouro Nacional, em Brasília.

 

(mais…)

30
12

MT recebe R$ 81 mi de multa da repatriação, diz senador

1Por Yeda Magossi

O senador Wellington Fagundes (PR) anunciou que  o do governo federal, por meio da  Secretaria do Tesouro Nacional, realizou o pagamento da multa da repatriação na noite desta quinta-feira (29) para todas as prefeituras do Brasil. Para Mato Grosso, foram destinado R$ 81,1 milhões. As prefeituras menores receberão R$ 310 mil. Já a maior cidade do Estado, Cuiabá, embolsa R$ 6,7 milhões. Os municípios de Rondonópolis e Várzea Grande ganharão R$ 2 milhões e R$ 825 mil.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

Publicicade

Publicicade