Arquivo da Tag: "Silval Barbosa"
31
05

Trinta e três empresas de transporte denunciadas por Silval passam a ser investigadas pela CGE

A Controladoria Geral do Estado (CGE-MT) instaurou três processos administrativos para apurar a responsabilidade de 33 empresas do transporte rodoviário de passageiros de Mato Grosso por suposto pagamento de propina a agentes públicos do Poder Executivo Estadual em troca da prorrogação de contratos de concessão de prestação de serviço público de transporte coletivo intermunicipal por 25 anos, a contar do ano de 2014.

 

Com base na Lei Anticorrupção (Lei Federal n° 12.846/2013), os processos foram instaurados pelas Portarias nº 134, 135 e 136/2019/CGE-COR, publicadas no Diário Oficial desta sexta-feira (31).

 

Conforme investigação preliminar da CGE, o Decreto Estadual nº 2.499/2014 teria sido estruturado para beneficiar proprietários de empresas do ramo de transporte coletivo de passageiros que não se adequaram ao Plano de Outorga da Concessão do Serviço Principal integrante do Sistema de Transporte Coletivo Intermunicipal de Passageiros de Mato Grosso (STCRIP-MT), em troca do pagamento de vantagens indevidas a servidores públicos. O Decreto Estadual nº 2.499/2014 prorrogou até o ano de 2031 diversos contratos de empresas que operavam até aquela data de maneira precária no Estado. (mais…)

21
05

Silval Barbosa passa ao regime semiaberto

O ex-governador Silval Barbosa deixou a prisão domiciliar para passar a cumprir pena sob regime semiaberto. A mudança foi sacramentada durante admonitória de progressão de regime, realizada nesta terça-feira (21). Ao todo o ex-gestor deverá cumprir dois anos e seis meses de regime semiaberto.

 

A partir de agora, Barbosa deverá estar recolhido das 22 às 6 horas todos os dias da semana e feriados. O ex-governador também passa a ser monitorado por tornozeleira eletrônica. Além disso, terá que comparecer mensalmente seja no Ganha Tempo do Centro de Cuiabá ou na Fundação Nova Chance, a partir de 1º de junho, para assinar o termo de comparecimento; comprovar o trabalho do mês e para que a tornozeleira eletrônica seja fiscalizada. (mais…)

16
04

Silval aconselha Selma a confessar crimes

O ex-governador Silval Barbosa, em entrevista concedida ao site RDNews, sentiu-se no direito de dar conselhos à juíza aposentada Selma Arruda, hoje senadora, mas que no passado atuou como “algoz” de Barbosa, ao proferir decisão judicial que culminou na sua permanência na prisão por dois anos. Para o ex-governador, o melhor que Selma tem a fazer neste momento é se espelhar na decisão tomada por ele, isto é, confessar os crimes que praticou para chegar até a cadeira de senadora.  (mais…)

30
07

“Grupo de Silval usa Mauro para tentar voltar ao poder”, diz Taques

Por HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques, pré-candidato à reeleição pelo PSDB, destacou que o MDB, de Silval Barbosa, usa a candidatura de Mauro Mendes (DEM) para tentar voltar ao poder. Em entrevista ao Programa do Pop, na TV Band, nesta sexta-feira (27), o tucano alertou o cidadão para a ameaça que representa o retorno do grupo acusado de dar prejuízo aos cofres do Estado de Mato Grosso de mais R$ 1 bilhão, por meio dos esquemas de corrupção confessados pelo ex-governador em delação premiada.

 

“Na nossa administração, por exemplo, conseguimos economizar R$ 1 bilhão, enquanto a administração passada, do ex-governador do MDB, já confessou na Justiça que houve roubo de R$ 1 bilhão. Todos sabemos das histórias de que ele [Silval Barbosa] diz que roubava por prazer. Essa é a nossa diferença. Nós não estamos com essas pessoas da administração passada, não temos sociedade com Silval, e eu não tive evolução patrimonial porque minha vida é trabalhar por este Estado”, disse o governador.

 

(mais…)

19
07

Ex-aliados precisam de análise de psiquiatra, sugere Taques

Por Danna Belle

HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB) sugeriu aos amigos, que estavam em seu palanque na última eleição e agora estão como oposição, a procurarem ajuda de psicólogos ou psiquiatras, pois alega não ter mudado a sua postura desde o início do mandato no Palácio Paiaguás, diferente dos ex-aliados.

 

“Eu vejo a formação deste grupo com espanto, com olhos de estranheza. Temos que contratar um psicólogo e um psiquiatra para analisá-los. porque eu não mudei. Sou o mesmo Pedro Taques”, comentou sobre a criação do ‘grupo do lado de lá’, em entrevista à TV Mais.

 

(mais…)

20
06

Avião de Silval Barbosa, oferecido em acordo de delação, será usado pelo Estado

Por HiperNotícias

 

Durante a inauguração do novo hangar do Centro Integrado de Operação Aéreas (Ciopaer), o governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que o avião bimotor incluído no acordo de delação premiada do ex-governador de Mato Grosso Silval Barbosa para restituir os cofres públicos do prejuízo que teria causado durante o período que comandou o estado, agora será utilizado em prol do povo mato-grossense.

 

“A doutora Selma [Arruda] destinou para Mato Grosso. Ele foi reformado e agora vai ser utilizado em prol do povo de Mato Grosso. Estamos recuperando recursos que estão sendo utilizados em prol do povo de Mato Grosso”, salientou Pedro Taques.

 

(mais…)

02
06

Como linha de transporte virou a obra inacabada mais cara da Copa do Mundo no Brasil

Foto/Reprodução

Por BBC Brasil

 

Os canteiros de obras abandonados em meio às principais avenidas de Cuiabá e Várzea Grande representam resquícios daquele que era para ser o maior legado da Copa do Mundo de 2014 para Mato Grosso, o Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

 

Anunciado pelo então governador do Estado, Silval Barbosa (na época no MDB), como o melhor meio de locomoção para torcedores que fossem aos jogos sediados na capital mato-grossense, o VLT nunca chegou a transportar passageiros.

 

O Estado investiu, até o momento, R$ 1,066 bilhão na construção do meio de transporte, que está paralisada. Somente 30% das obras físicas foram executadas até hoje. Envolto em esquemas de corrupção e alvo de operação da Polícia Federal, o VLT tornou-se a obra incompleta mais cara da Copa no Brasil.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

19
02

Em delação, irmão de Silval confirma esquema de propina envolvendo Detran

Por Max Aguiar e Jessica Bachega

 Hipernotícias

 

O irmão do ex-governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, o empresário Antonio Barbosa, teria confirmado o suposto esquema de corrupção no Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), entre os anos de 2008 e 2010. Segundo fontes do HiperNotícias, ele citou os mesmos nomes e o modus operandi no esquema que teria sido delatado por Teodoro Lopes, o Dóia, ex-presidente da autarquia.

 

 

Em sua delação, feita em março de 2015, Dóia revelou que as empresas FDL Serviços de Registro, Cadastro, Informatização e Certificação Ltda. (que agora usa o nome de EIG Mercados Ltda.), e a Santos Treinamento Ltda. (que tinha Botelho como sócio), teriam sido usadas para lavar dinheiro no esquema iniciado em 2009. (mais…)

26
01

Unemat em Diamantino atendeu o clamor de prefeitos da região

A compra do prédio onde funcionava a União de Ensino Superior de Diamantino (Uned), de propriedade da família do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, por parte da Universidade Estadual de Mato Grosso (Unemat), atendeu a um pedido feito por diversos prefeitos de municípios do entorno da cidade, que sofriam pela falta de acesso da população jovem carente à educação. A informação foi dada pelo presidente da Associação Matogrossense de Municípios (AMM), Neurilan Fraga (PSD), que à época era prefeito de Nortelândia e participou do movimento.

 

Conforme Fraga, como não tinham acesso direto ao então governador, Silval Barbosa, os prefeitos recorreram ao então presidente da Assembleia Legislativa, José Riva.

(mais…)

15
01

Silval presta depoimento na CGE para investigação de empresas

Foto: Alan Cosme/Hipernotícias

Por Jessica Bachega

Hipernotícias

 

O ex-governador Silval Barbosa (sem partido) presta depoimento durante essa semana, à Controladoria Geral do Estado (CGE), em procedimento sigiloso que investiga algumas empresas que mantêm contratos com o Governo. Ele chegou por volta das 14 horas, desta segunda-feira (15), à sede da CGE, acompanhado do advogado Léo Catalá, para o primeiro dia de depoimento.

 

As oitivas seguem até o dia 18 e cerca de 100 empresas são alvos de investigação conduzida pela CGE. Elas são acusadas de se beneficiar com atos de corrupção promovidos durante a gestão do ex-governador.

 

Em agosto do ano passado, Silval Barbosa firmou acordo de delação premiada junto ao Ministério Público Federal (MPF). Em seus depoimentos, o ex-chefe do Executivo estadual revelou diversos esquemas fraudulentos de sua gestão e da anterior dos quais participou. (mais…)

Publicicade

Publicicade