Arquivo da Tag: "SEGURANÇA PÚBLICA"
15
05

Jungmann diz que crescimento da população carcerária do Brasil é “insustentável”

Antonio Cruz/ Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, afirmou que o atual nível de crescimento da população carcerária do Brasil é “insustentável” e que “é preciso encarar” a situação. Jungmann foi o entrevistado do programa Roda Viva, da TV Cultura, na noite desta segunda-feira, 15.

 

“Um dado que me preocupa muito é o que está acontecendo com o sistema penitenciário. Em 1990, nós tínhamos 90 mil presos. Hoje são 726 mil. Nós temos a terceira maior população carcerária do mundo. As duas primeiras, Estados Unidos e China, estabilizaram. Continuamos crescendo a uma ordem de 7%”, disse, citando dados do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias (Infopen). Segundo o relatório, divulgado em dezembro de 2017, o déficit de vagas do sistema é de mais de 358 mil. (mais…)

07
03

Jungmann diz que R$ 10 bi a municípios já estão no pacote da semana passada

Antonio Cruz/ Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, explicou nesta quarta-feira, 7, que o anúncio feito pelo governo federal de liberação, via BNDES, de R$ 10 bilhões para as prefeituras está dentro do valor que já havia sido anunciado na semana passada durante reunião entre o presidente Michel Temer e governadores.

 

“O orçamento total é de R$ 42 bilhões, e dos R$ 42 bilhões R$ 10 bilhões vão para cidades e os demais para os Estados”, disse Jungmann. Na semana passada, foi informado que, do total anunciado, o banco de fomento irá repassar R$ 33 bilhões em linhas de crédito para segurança. Segundo o ministro, pelo cronograma do BNDES, os “empréstimos poderão estar disponíveis entre maio e junho”.

 

(mais…)

06
03

Jungmann defende no Senado a redistribuição de papéis na segurança pública

Por Paulo Victor Chagas

Agência Brasil

 

Autoridades e especialistas em segurança pública discutiram o tema na tarde desta terça-feira (6) durante uma sessão temática no Senado agendada após a criação de um ministério extraordinário para o setor e a intervenção federal no Rio de Janeiro. Diante dos senadores no plenário da Casa, os ministros presentes defenderam a criação da nova pasta e chamaram atenção para a “ameaça” do crime organizado para a sociedade, além da necessidade de redistribuir os papéis dos entes federativos na gestão da segurança pública.

 

Para o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, além de novos recursos, é necessário mudar a arquitetura institucional para que haja uma redistribuição das atribuições, já que, atualmente, os estados são os maiores responsáveis pela questão, que se tornou transnacional. Citando a Constituição Federal de 1988, ele voltou a afirmar que o sistema de segurança atual está “falido”, assim como havia feito em janeiro, quando ainda era ministro da Defesa.

 

(mais…)

28
02

Jungmann abrirá concurso para a PF e PRF

Alexandre Rocha/Agência CNJ

Por Jonas Valente

Agência Brasil

 

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, informou, ao anunciar hoje (28) a equipe do novo ministério, que foi autorizado a abrir concurso para as polícias Federal e Rodoviária Federal, com 500 vagas para cada corporação. A promessa é que os certames sejam realizados ainda em 2018. O ministro informou ainda que o orçamento da pasta será de R$ 2,7 bilhões. Após reunião com o Ministério do Planejamento, ficou decidido que não haverá contingenciamento das verbas do órgão.

 

O ministro Jungmann anunciou que vai marcar um encontro dos ministros de Segurança de todos os países da América do Sul para discutir a situação das fronteiras, e defendeu que uma autoridade do continente coordene a discussão do tema.

 

(mais…)

23
02

Temer anunciará criação do Ministério de Segurança Pública na segunda-feira

Arquivo/Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Yara Aquino

Agência Brasil

 

O presidente Michel Temer disse hoje (23), em Brasília, que vai anunciar a criação do Ministério Extraordinário de Segurança Pública na próxima segunda-feira (26). Ele evitou citar os nomes em estudo para assumir a pasta, mas disse que pelo menos dez já foram cogitados.

 

O presidente da República explicou que o ministério vai coordenar as ações de segurança pública em todo o país, o que, segundo ele, nenhum governo federal quis fazer até agora.

 

(mais…)

21
08

Brasil registra 28 mil homicídios no 1º semestre

1O Brasil já ultrapassou a marca dos 28 mil assassinatos cometidos neste ano. De acordo com dados fornecidos pelas secretarias estaduais de segurança pública, no 1º semestre o País chegou a 28,2 mil homicídios dolosos, lesões corporais seguidas de morte e latrocínios (roubos seguidos de morte). São 155 assassinatos por dia, cerca de seis por hora nos Estados brasileiros, onde as características das mortes se repetem: ligada ao tráfico de drogas e tendo como vítimas jovens negros pobres da periferia executados com armas de fogo. O número é 6 79% maior do que no mesmo período do ano passado e indica que o País pode retornar à casa dos 60 mil casos anuais. (mais…)

29
06

MT: Secretaria de Segurança Pública realizará audiência para debater padronização de armas

1Por Hipernotícias

No dia 08 de agosto, uma audiência pública reunirá em Mato Grosso empresas nacionais e internacionais do ramo de armamento e munições e órgãos ligados às atividades de Segurança Pública para discutir a padronização bélica das forças policiais.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

31
05

Torquato Jardim assume hoje o Ministério da Justiça

1Por Aécio Amado

Agência Brasil

A nomeação de Torquato Jardim para o cargo de ministro da Justiça e Segurança Pública, no lugar do deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), está publicada (31) no Diário Oficial da União desta quarta-feira (31). A posse do novo ministro está marcada para as 15h no Palácio do Planalto.

(mais…)

13
05

Ao ataque

 

Depois da revelação da investigação de um esquema de interceptações clandestinas, o governador Pedro Taques (PSDB) partiu para o ataque. Além de negar ter determinado qualquer tipo de escuta, ele acusou o promotor de Justiça, Mauro Zaque, de fraude.

 

Protocolo

Segundo o tucano, Zaque forjou ter protocolado um ofício com a informação de que a arapongagem clandestina estaria ocorrendo no núcleo da Polícia Militar. Taques anunciou que representará Zaque, em órgãos de controle do Ministério Público. O número único de protocolo da denúncia apontaria para um processo da Secretaria de Estado de Infraestrutura (SInfra/MT).

 

Se parar em pé…

A explicação do Governo se mostra bastante plausível  e a aposta de muitos é que se ela parar em pé é grande a chance de que possa ter havido algum tipo de irregularidade na denúncia de que Taques teria conhecimento e nada fez.

 

Boa pergunta

De fato, é preciso entender o que motivou Zaque, à época dos fatos secretário de Segurança Pública, a protocolar uma denúncia com cerca de 15 laudas no gabinete do governador, por conta do material sigiloso, e encaminhado outra denúncia, seis dias depois, no Protocolo Geral, esta com 240 páginas de anexos também sigilosos.

 

Outra questão

Quem também levantou um questionamento sobre o caso foi o secretário de Segurança Pública, Rogers Jarbas. As escutas usavam o sistema Guardião, por convênio com o MP. “se havia irregularidades no procedimento, ele poderia ter, por um mero ofício, determinado a suspensão do termo de cooperação e cessar as interceptações”.

 

Indignação

O surgimento da informação, na última quinta-feira (11) provocou corre-corre no Palácio Paiaguás, no sentido de se levantar os documentos que explicassem o que houve no caso. Auxiliares e secretários estavam indignados com a denúncia e vararam a madrugada trabalhando no caso.

 

Em silêncio

Desde que eclodiu o “Watergate pantaneiro”, Zaque tem se mantido incomunicável. De acordo com algumas pessoas, logo após conceder uma entrevista para a emissora que tem feito uma matéria sobre o caso, ele foi para um lugar incerto e não sabido.

 

Ela também

O mesmo tem ocorrido com outros personagens supostamente grampeados. Há a informação de que eles aceitaram o pedido da emissora de só se pronunciarem após a veiculação da reportagem.

 

É fantástico

A expectativa agora fica por conta da reportagem que deverá ser exibida neste domingo (12), no Fantástico. Resta saber se teremos uma grande reportagem ou uma matéria técnica e raquítica, como ocorreu em outros tempos, frustrando boa parte da população mato-grossense.

 

OAB na causa

Tão logo foi noticiada a presença de advogados na lista de possíveis grampeados, a Ordem dos Advogados do Brasil cobrou explicações do Governo a respeito do caso. A entidade “cobrará rigor máximo nas investigações, adotando todas as providências cabíveis no âmbito estadual e federal em relação a todos os possíveis responsáveis por qualquer violação aos direitos das pessoas e às inalienáveis prerrogativas profissionais da advocacia”.

 

 

 

22
03

Saiba quem é Alexandre de Moraes, novo ministro do STF

O novo ministro do STF, Alexandre de Moraes -Marcelo Camargo/Agência Brasil

O novo ministro do STF, Alexandre de Moraes -Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Líria Jade

Agência Brasil

O jurista Alexandre de Moraes, de 48 anos, que toma posse hoje (22) como ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), foi ministro da Justiça no governo Michel Temer e secretário de Segurança Pública do estado de São Paulo durante a gestão do governador Geraldo Alckmin, cargo que exerceu de janeiro de 2015 a maio de 2016. Moraes é autor de vários livros sobre direito constitucional e livre docente da Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, da Universidade de São Paulo (USP), instituição na qual se graduou, em 1990, e se tornou doutor, em 2000. Era filiado ao PSDB até receber a indicação para a Suprema Corte.

(mais…)

Publicicade

Publicicade