Arquivo da Tag: "ROGÉRIO GALLO"
26
04

Governo não conseguirá voltar a pagar salários integralmente em julho, diz Gallo

O Governo de Mato Grosso não conseguirá pagar integralmente os salários dos servidores públicos no mês de julho, como previa inicialmente a equipe econômica do executivo. Mesmo com os esforços feitos no início da gestão de Mauro Mendes (DEM), o quadro financeiro do estado ainda não permite que seja regularizado o pagamento da folha salarial.

 

O que se espera, segundo o secretário estadual de Fazenda, Rogério Gallo, é que ao invés de fazer o pagamento em três parcelas, a quitação ocorra em duas partes, com datas o mais próximo possível do dia 10, data delimitada pela Constituição para a remuneração dos servidores. Atualmente o Governo efetua o pagamento salarial em três parcelas, esquema que será mantido no mês de maio.

 

25
04

Secretário de Fazenda pede agilidade na regulamentação da Lei Kandir

O secretário de Estado de Fazenda, Rogério Gallo, participou nesta terça-feira (23.04) em Brasília, de uma reunião na Frente Parlamentar da Agropecuária (FPA) para discutir a regulamentação da Lei Kandir.

 

A não regulamentação da lei, que desonera o ICMS dos produtos primários destinados à exportação, já implicou em uma renúncia superior a R$ 50 bilhões ao Estado de Mato Grosso nos seus 23 anos de existência.

 

Rogério Gallo pediu ao presidente da FPA, Alceu Moreira e ao coordenador da bancada federal de Mato Grosso e articulador do encontro, Neri Geller, agilidade para a votação da regulamentação pelo plenário da Câmara. (mais…)

04
04

TCE recebe balanço fiscal e financeiro da gestão Taques

O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso, conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto, e o relator das Contas do Governo do Estado, exercício de 2018, conselheiro interino Isaías Lopes da Cunha, receberam nesta quarta-feira (3) o balanço financeiro e fiscal da administração estadual. As informações e números da gestão foram apresentados pelo secretário estadual de Fazenda, Rogério Gallo e sua equipe econômica, que estavam acompanhados do controlador-geral do Estado, Emerson Hodeki Hayashida. A entrega aconteceu de manhã, na Presidência do TCE, com a presença do procurador-geral de Contas, Alisson Carvalho de Alencar.

 

A equipe econômica apresentou números referentes ao repasse do duodécimo aos Poderes, folha salarial dos servidores públicos, previdência, receitas e despesas e parcelamentos de dívidas. Gallo lembrou da atuação orientadora do TCE durante todo o exercício de 2018, “monitorando de forma concomitante ao longo de todo o ano. Fizemos várias reuniões e o relator das contas, conselheiro Isaías e toda a equipe técnica, foram nos orientando sobre os riscos e falhas. O trabalho do TCE é fundamental para aprimorarmos a gestão fiscal”, disse. (mais…)

27
03

Falta de repasses federais contribuiu para aumentar déficit do Estado

O secretário de Fazenda, Rogério Gallo, apresentou na manhã de terça-feira (26), durante audiência pública da Assembleia Legislativa, o relatório do Cumprimento das Metas Fiscais do 3º Quadrimestre de 2018, que corresponde a todo o exercício fiscal e financeiro do ano que passou. A realização da audiência atende à recomendação do Tribunal de Contas do Estado à Assembleia Legislativa, visando aumentar a transparência nas ações do Poder Executivo no que tange às suas receitas e despesas.

 

“Se por um lado tivemos um incremento de nossa receita tributária, graças aos esforços da equipe da Secretaria de Fazenda, por outro fomos brutalmente penalizados pelo governo federal com o não repasse de recursos previstos em lei, a exemplo do FEX, que não tem recurso algum repassado”, resumiu o secretário Rogério Gallo. (mais…)

26
03

Bank of America recusa acordo e MT terá que desembolsar R$ 146 milhões

O Governo de Mato Grosso terá que desembolsar para o pagamentos ao Bank of America de mais uma parcela da dívida dolarizada. O montante que sairá dos cofres estaduais será de R$ 146 milhões. O Executivo buscava honrar com a parcela somente em setembro deste ano, no intuito de dar um “respiro” ao caixa estadual, mas a proposta foi recusada pelo banco nesta segunda-feira (25), conforme informou o secretário de estado de Fazenda, Rogério Gallo, ao site Midia News.

 

A dívida dolarizada foi contraída pelo governo de Silval Barbosa e começou a ser paga no governo de Pedro Taques (PSDB). Agora, o governador Mauro Mendes (DEM) negocia um acordo com o Banco Mundial no intuito transferir a dívida a juros mais baixos garantindo fluidez para que o estado tenha condições de reencontrar o equilíbrio financeiro. A operação depende de aval da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

 

(mais…)

22
03

Secretário de Fazenda é chamado à ALMT para explicar empréstimo de 250 milhões de dólares

O deputado estadual Lúdio Cabral (PT) apresentou um Requerimento convocando o secretário de Fazenda, Rogério Gallo, para esclarecer detalhes sobre o empréstimo de US$ 250 milhões que o governo de Mato Grosso pretende contrair junto ao Banco Mundial. O parlamentar quer explicações sobre as exigências feitas pelo Banco Mundial e sobre as vantagens e desvantagens da negociação. Para que o empréstimo seja feito, ele precisa ser aprovado pela Assembleia Legislativa.

 

“Podem ser exigências pesadas que comprometam a qualidade do serviço público. Temos que falar com o secretário aqui, para ele explicar esse empréstimo, para tomarmos uma decisão consistente em plenário”, defende Lúdio.

 

O governador Mauro Mendes (DEM) informou que tem intenção de usar o novo empréstimo para quitar a dívida atual com o Bank of America, que tem parcelas a serem pagas até 2022. O novo empréstimo seria pago em 20 anos. (mais…)

20
03

MT negocia acordo com Banco Mundial que poderá gerar economia de quase R$ 800 mi

O governador Mauro Mendes (DEM) encaminhou nesta quarta-feira (20) um projeto de lei para a Assembleia Legislativa solicitando autorização para a contratação de um empréstimo junto ao Banco Mundial, estimado em US$ 250 milhões.

 

A operação de crédito tem dois objetivos principais: devolver sustentabilidade fiscal ao estado e aumentar a capacidade institucional para a agricultura sustentável, conservação florestal e diminuição dos problemas causados pelas mudanças climáticas.

 

O empréstimo permitirá também que o Estado salde completamente sua dívida com o Bank of America reduzindo, assim, os pagamentos da dívida externa. O prazo de pagamento será em 20 anos, com juros de 3,5% ao ano. As cláusulas e o contrato para a operação de crédito foram discutidas no decorrer desta semana durante reuniões entre a missão do Banco Mundial e servidores da Secretaria de Fazenda. (mais…)

13
03

Gallo defende desvinculação total, mas cobra também mais recursos para Estados e Municípios

Para o secretário de Fazenda de Mato Grosso, Rogério Gallo, a desvinculação total das receitas públicas no país é um assunto que merece debate, “uma vez que o excesso de vinculação de receitas a determinadas despesas não tem ao longo do tempo provado a melhora na qualidade das políticas públicas”. Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, o Governo Federal pretende apresentar a proposta de emenda à Constituição (PEC) do Pacto Federativo, a fim de dar mais autonomia a estados e municípios no que diz respeito ao orçamento público.

 

“É um problema no Brasil a qualidade do gasto público. Estudos do Banco Mundial mostram que vincular receita não implica no bom gasto do dinheiro público. O parlamento tem condições de apresentar bons projetos nas mais variadas áreas do setor público, como saúde, educação, assistência social e submeter a aferição da sociedade se aqueles projetos financiados foram efetivos ou não para melhorar indicadores. Temos que adotar anualmente a cultura da prestação de contas e a renovação de projetos de acordo com a eficiência aprovada pelo orçamento anterior”, analisou em entrevista ao Blog do Mauro. (mais…)

11
03

Governo paga parcela do salário de fevereiro e injeta R$ 370 milhões na economia estadual

O Governo do Estado deposita nas contas dos 116 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas, nesta segunda-feira (11), a primeira parcela dos salários referente ao mês de fevereiro. Todos os servidores receberão até R$ 5.200,00. Com esse valor o governo paga integralmente 87.812 servidores, ou seja, 75% da folha salarial. O total a ser desembolsado nesta parcela é de R$ 369,58 milhões.

 

“Estamos trabalhando para diminuir gradativamente o espaço entre as parcelas e, se possível, aumentar os valores nos próximos meses, retomando os pagamentos no dia 10 ainda no segundo semestre”, afirma o secretário de Fazenda, Rogério Gallo.

 

Para aqueles que recebem acima de R$ 5.200,00, o valor restante será pago em mais duas etapas. Na próxima quinta-feira, dia 14, serão pagos mais R$ 2.000,00, no total de R$ 40,28 milhões. Com isso será quitada 88,7% da folha do funcionalismo público. (mais…)

25
02

Governo termina de pagar salários nesta segunda

O Governo do Estado conclui nesta segunda-feira (25) o pagamento dos aposentados, pensionistas e servidores da ativa que recebem proventos ou salários acima de R$ 7.200,00. O valor total a ser depositado chega a R$ 71 milhões destinados a 22.377 servidores ativos e inativos, representando 23% do total. Os valores cairão na conta dos servidores ao longo do dia.

 

No dia 10, o governo depositou até R$ 5.200,00 líquidos nas contas dos servidores ativos e inativos. No dia 14 foram depositados mais R$ 2 mil. (mais…)

Publicicade

Publicicade