Arquivo da Tag: "RENÚNCIA"
19
05

Blog do Mauro no Hipernotícias

 

Renúncia já!

A única saída do (ainda) presidente Michel Temer (PMDB), diante da delação dos donos da JBS, é a renúncia ao cargo. Não há neste momento a menor condição do peemedebista, acusado de ter dado o aval para a compra do silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), continuar a comandar o país, em um momento fundamental para a retomada do crescimento com a discussão de reformas estruturais.

 

Impactante

Embora tenha feito um pronunciamento negando a possibilidade de deixar o cargo, a divulgação da íntegra da delação dos irmãos Joesley e Wesley Batista, que deverá ocorrer em breve, terá um efeito devastador no que ainda sobrou de seu governo. Ou ele renuncia, ou “renunciam” ele.

 

Desembarque

Do ponto de vista político, a revelação da existência das provas já provocou uma debandada na base de Temer. O PPS, que tem o Ministério da Cultura, já anunciou sua saída da base e passou a defender a renúncia, a exemplo de outros partidos. O PSDB deve seguir este caminho, embora, como sempre, esteja em cima do muro e, como se sabe, tende a cair deste muro no lado errado.

 

Sem base

Se antes tinha um contingente de parlamentares próximo ao mínimo necessário para a aprovação da reforma da previdência, agora Temer perdeu completamente as condições morais e políticas para arregimentar deputados e senadores em prol das mudanças. O Brasil entrará em uma nova paralisia, que resultará no agravamento das crises econômica e política.

 

Serenidade

Mesmo no momento histórico mais dramático da história do Brasil, é preciso ter serenidade e, como dizia o cuiabano e ex-presidente Eurico Gaspar Dutra, perguntar “o que diz o livrinho”. Conforme o artigo 81 da Constituição Federal, no caso de vacância da presidência e da vice-presidência, o presidente da Câmara assume o cargo e convoca eleições, indiretas, no prazo de 30 dias. Isso precisa ser respeitado.

 

Fortalecimento

Embora haja um esforço gigantesco de alguns setores em defender a convocação de novas eleições diretas, é o momento de não se permitir que a Constituição Federal seja rasgada a cada crise, a cada solavanco de nossa jovem democracia. Até porque, sem reformas profundas no sistema político não há nenhuma garantia de que uma eleição direta resolva os problemas do país.

 

Obstrução

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin, incapaz de conter um vazamento com informações do tamanho da delação dos diretores da JBS, tem se mostrado, no mínimo, “vacilante”. Ele deveria homologar com celeridade a delação, dar publicidade às provas e permitir que se tenha conhecimento do todo. O único acerto foi a abertura da investigação contra Temer por suposta obstrução à Justiça.

 

“Não renunciarei”

Temer foi enfático em seu pronunciamento e, de forma taxativa, assegurou que não renuncia ao cargo. Ele classificou as gravações como “clandestinas” e cobrou celeridade na apuração dos fatos. Contrariando a maioria dos conselhos que recebeu, decidiu não deixar a presidência.

 

No abismo

Isso representará, sem dúvida, no agravamento da crise econômica, no momento em que os brasileiros começavam a enxergar uma luz no fim do túnel. Teremos, em breve, o aumento do desemprego, a queda no poder de compra da população, sobretudo a mais pobre, e o aumento no preço dos produtos. Ou seja, a decisão de Temer dificultará ainda mais a vida do brasileiro.

 

Ele também

A delação dos diretores da JBS atingiu em cheio o senador Aécio Neves (PSDB/MG). Além de ter a irmã presa, o político foi afastado do cargo por Fachin e só não foi preso porque o ministro não aceitou o pedido do Ministério Público Federal (MPF). Diante dos fatos, o tucano deixou o comando do PSDB e, de quebra, levou à zero qualquer chance de se candidatar às eleições de 2018. A qualquer cargo.

14
02

Assessor de Trump renuncia depois de admitir que mentiu para vice-presidente

(FILES): This December 21, 2016 file photo shows US President-elect Donald Trump (L) with with Trump National Security Adviser designate Lt. General Michael Flynn (R) at Mar-a-Lago in Palm Beach, Florida. The White House announced February 13, 2017 that Michael Flynn has resigned as President Donald Trump's national security advisor, amid escalating controversy over his contacts with Moscow. In his formal resignation letter, Flynn acknowledged that in the period leading up to Trump's inauguration: "I inadvertently briefed the vice president-elect and others with incomplete information regarding my phone calls with the Russian ambassador." Trump has named retired lieutenant general Joseph Kellogg, who was serving as a director on the Joint Chiefs of Staff, as acting national security advisor, the White House said. - XGTY  / AFP / JIM WATSON / XGTY

Por José Romildo

Agência Brasil

Com menos de um mês à frente do governo dos Estados Unidos, o presidente Donald Trump já enfrenta a primeira crise de gabinete. Michael Flynn, a principal autoridade na área de segurança norte-americana, renunciou, após escândalo sobre uma conversa que teve com um embaixador russo nos Estados Unidos, Sergei Kisliak. Trump nomeou o general Joseph Keith Kellogg Jr. interinamente em seu lugar, enquanto inicia os contatos para encontrar um nome definitivo para o posto.

(mais…)

12
12

Pesquisa Datafolha revela que 63% querem a renúncia de Temer

1A parcela dos brasileiros que consideram o governo Michel Temer ruim ou péssimo saltou de 31% em julho para 51% em dezembro. Segundo pesquisa Datafolha divulgada neste domingo, 11, 34% consideram a atual gestão regular e 10%, boa ou ótima. Em julho, quando ainda era interino no cargo, Temer era avaliado como regular por 42% e como ótimo ou bom por 14% dos entrevistados pelo instituto.

(mais…)

08
12

Primeiro-ministro italiano apresenta pedido de renúncia

1Agência Ansa

Após o adiamento por alguns dias, o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, entregou nessa quarta-feira (7) seu pedido formal de renúncia ao presidente Sergio Mattarella. Os dois líderes se reuniram por cerca de 45 minutos na sede do governo italiano em Roma. A informação é da Agência Ansa.

(mais…)

01
08

Eduardo Cunha devolve chaves da residência oficial da Câmara

Eduardo Cunha teria até 6 de agosto para desocupar o imóvelArquivo/Antonio Cruz/ Agência Brasil

Eduardo Cunha teria até 6 de agosto para desocupar o imóvelArquivo/Antonio Cruz/ Agência Brasil

Por Yara Aquino

Agência Brasil

O deputado afastado e ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), devolveu hoje (1°) as chaves da residência oficial da presidência da Casa. Cunha renunciou ao cargo no dia 7 de julho e tinha até o próximo dia 6 para deixar o imóvel. Ele deve ocupar um apartamento funcional cedido pela Câmara.

(mais…)

07
07

Temer não tem preferência de nomes para presidir Câmara, diz Padilha

1Por Paulo Victor Chagas e Wellton Máximo

Agência Brasil

Horas após o deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) renunciar à presidência da Câmara, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, afirmou que o Palácio do Planalto não possui “preferência” nem “rejeição” por nenhum nome para substituí-lo, desde que seja da base do governo. De acordo com ele, o presidente interino, Michel Temer, defende a independência e a harmonia entre os Três Poderes, motivo pelo qual não iria comentar a saída do peemedebista.

(mais…)

03
04

Em resposta à Folha de S.Paulo, Dilma reafirma que jamais renunciará

1Por Yara Aquino

Agência Brasil

A presidenta Dilma Rousseff reafirmou hoje (3) que jamais renunciará ao cargo, em texto publicado na sua página oficial do Facebook. A afirmação é uma resposta ao editorial publicado na edição deste domingo do jornal Folha de S. Paulo, segundo o qual a presidenta perdeu as condições de governar o país e, por isso, deve renunciar.

(mais…)

07
10

Cunha diz que não há nenhuma hipótese dele renunciar

1O presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), afirmou nesta quarta-feira, 7, que não existe “nenhuma hipótese” de ele renunciar do cargo. Ele foi questionado, em painel no 27º Congresso Brasileiro de Radiodifusão, sobre a possibilidade de o PSDB pedir sua renúncia, caso se comprove que ele possui conta na Suíça e se isso poderia levá-lo a deixar o cargo. Ao responder, Cunha disse apenas “nenhuma hipótese”.

(mais…)

07
07

Dilma diz a jornal que não vai cair e responde Lula: ‘deixa ele falar’

1A presidente Dilma Rousseff negou, em entrevista à Folha de S.Paulo, qualquer possibilidade de renúncia do cargo e classificou a oposição que pede seu afastamento de “um tanto golpista”. “Eu não vou cair. Eu não vou, eu não vou. Isso aí é moleza, é luta política”, disse a presidente.

“Eu não sou culpada. Se tivesse culpa no cartório me sentiria muito mal. Eu não tenho nenhuma. Nem do ponto de vista moral, nem do ponto de vista político”, disse a presidente quando questionada sobre a possibilidade de renúncia. (mais…)

03
06

Dirigentes da Fifa querem renúncia imediata de Blatter

1A renúncia de Joseph Blatter não acalmou a tensão vivida pela Fifa. Dirigentes e mesmo organizadores de torneios da entidade deixaram claro que o cartola suíço deve renunciar imediatamente de seu cargo, e não esperar até as eleições. A sede da entidade foi fechada nesta quarta-feira aos jornalistas e turistas, com ampla proteção a quem entrava e saía. 

(mais…)

Publicicade

Publicicade