Arquivo da Tag: "REELEIÇÃO"
22
06

Dos 24 senadores alvos da Lava Jato, 17 devem tentar a reeleição

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por HiperNotícias

 

Senado Federal conta com 81 parlamentares, ou seja, três por cada unidade da federação, que cumprem mandatos de oito anos. Nas próximas eleições, cada Estado e o Distrito Federal vão eleger dois deles, o que significa dois terços do total, o equivalente a 54 políticos. De quatro em quatro anos, uma parcela da Casa é renovada. Em 2014, 27 nomes, ou um terço das vagas, venceram o pleito. Cada unidade federativa elegeu, portanto, um senador.

 

Entre os que concorrerão a uma vaga no Senado, nas próximas eleições – que terão um número recorde de candidatos tentando a reeleição, 17 dos 24 parlamentares estão envolvidos na Lava Jato e correm o risco de ficar sem o foro privilegiado. Poderiam, então, ir parar nas mãos do juiz Sérgio Moro, responsável pela força-tarefa em Curitiba.

 

(mais…)

11
06

PSDB quer mais seis encontros regionais antes da convenção

Reprodução

Até a convenção estadual, ainda sem data para ocorrer, o PSDB pretende realizar de quatro a seis encontros regionais. A informação foi prestada pelo deputado estadual Wilson Santos (PSDB). O primeiro encontro foi realizado neste final de semana no município de Cáceres, onde pelo menos cinco partidos declararam apoio ao projeto à reeleição do governador Pedro Taques. As próximas cidades onde a reunião deve ocorrer são Cuiabá, Juína e Rondonópolis.

 

“Faremos um ciclo de encontros regionais, com a presença do PSDB e aliados, como PPS, PSB e PRTB. Serão de quatro a seis encontros, que devem terminar uma semana antes da convenção”, explicou Santos.

 

(mais…)

09
06

Maia já articula reeleição à presidência da Câmara

Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

Sem passar de 1% nas pesquisas de intenção de voto ao Palácio do Planalto, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), já admite, em conversas com aliados, desistir da disputa. Maia prepara o argumento para a desistência e passou a articular apoio para se reeleger ao comando da Casa na próxima legislatura. “Vou trabalhar pela minha candidatura até o limite, mas, de forma nenhuma, vou para esse processo sozinho”, afirmou Maia ao Estadão/Broadcast.

 

A saída de Maia da disputa presidencial vai explicitar as articulações do DEM no processo eleitoral. O presidente da Câmara tem defendido um novo polo de poder, distante do PSDB – parceiro histórico – e do MDB.

 

(mais…)

29
05

Grupo de seis partidos analisa propostas de Taques antes de definir candidato ao Governo

Por HiperNotícias

 

Em busca de um projeto majoritário para apoiar nas eleições deste ano, os dirigentes do Podemos, Pros, PMN, PRP, Avante e DC (antigo PSDC) vão se reunir nesta terça-feira (29), às 18h, com o governador Pedro Taques (PSDB). Pré-candidato à reeleição, Taques fará um balanço de sua gestão e apresentará suas propostas para um possível novo mandato. A reunião será na sede do Diretório Estadual do PSDB, em Cuiabá.

 

“Temos um grupo coeso e democrático. Por isso, estamos ouvindo todos os pré-candidatos ao governo. A reunião com o governador Pedro Taques foi solicitada pelo PMN e acatada pelos outros cinco partidos da nossa frente”, disse o senador José Medeiros (Podemos).

 

(mais…)

16
05

Geller desconversa sobre candidatura a vice de Pedro Taques

Por Jessica Bachega

HiperNotícias

 

O ex-ministro de Agricultura Pecuária e Abastecimento Neri Geller (PP) desconversou sobre sua possível candidatura a vice-governador seguindo a eventual reeleição de Pedro Taques (PSDB). Ele reafirmou seu nome como candidato a deputado federal, em nota divulgada nesta quarta-feira (16).

 

Por meio da assessoria, Geller declarou que os rumores de que seria candidato a vice não passam de especulações e que seguirá a decisão coletiva do partido.

 

Ressalta que tem bom relacionamento com o governador e declara apoio a candidatura para nova gestão, porém seu nome está disponível para uma cadeira na Assembleia Legislativa (ALMT).

 

(mais…)

08
05

“Perdemos aliados, mas ganhamos ex-adversários”, diz Domingos Sávio

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O secretário de Ciência e Tecnologia de Mato Grosso, Domingos Sávio, afirmou que o governador Pedro Taques ganhou muitos aliados, antes considerados adversários do tucano. A declaração é uma resposta à debandada de aliados e ao manifesto contra a reeleição do governador Pedro Taques (PSDB), assinado por 31 ex-aliados.

 

“Assim como nós perdemos alguns aliados, nós também ganhamos alguns ex-adversários. A política é isso, nós temos hoje ao nosso lado, vários deputados e legendas que não nos apoiaram na eleição passada”, afirmou Domingos Sávio, em entrevista, durante assinatura de ordem de serviço para construção do Parque Tecnológico de Várzea Grande.

 

Ainda segundo o secretário, que também acumula o Gabinete do Governo, Taques ainda conseguirá reverter o quadro da debandada de aliados quando abrir as contas do governo e mostrar as realizações.

 

(mais…)

26
04

“Me senti confortável assinando a carta”, diz Mauro Mendes

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), disse ter se sentido “muito confortável” ao assinar a carta que justifica porque os ex-aliados do governador Pedro Taques (PSDB) não apoiam o projeto à reeleição do tucano. O documento, divulgado nesta terça-feira (23), elencava diversos motivos para que os ex-aliados abandonassem Taques.

 

“Me senti muito confortável para não restar nenhuma dúvida sobre quais foram os motivos pelos quais eu não apoio mais Pedro Taques. Não tem nenhuma inimizade, não quero mal a ele, mas ele não reúne mais as condições para continuar administrando o Estado”, afirmou Mendes, durante celebração dos 40 anos da Televisão Brasil Oeste (TBO).

 

Ele ainda desafiou o governador a pegar a carta e elencar as mentiras. Dentre os apontamentos feitos pelos 31 ex-aliados, estão o caos na Saúde, falta de medicamento, dificuldade do governo em pagar a folha, falta de capacidade de gestão, não cumprimento de compromissos de campanha, além de ter “quebrado as finanças do Estado”.

 

(mais…)

26
03

Depois de 20 anos como coadjuvante, DEM quer protagonismo

Por Débora Siqueira

HiperNotícias

 

Desde a campanha de 1998 quando Júlio Campos (DEM) perdeu a disputa pelo comando do Palácio Paiaguás para o ex-governador Dante de Oliveira, que disputava a reeleição pelo PSDB, o partido perdeu espaço em Mato Grosso. Vinte anos depois, quer retomar o protagonismo que os irmãos Campos detinham no estado nas décadas de 80 e 90, quando Júlio e Jayme ocuparam cargos de governador, senador, deputado federal e prefeitos de Várzea Grande.

 

Na Assembleia Legislativa, o partido que tinha apenas um representante – inclusive líder do governador na Casa, Dilmar Dal’ Bosco – agora conta com quatro deputados estaduais, um deputado federal e dois nomes fortes para chapa majoritária com Mauro Mendes e Jayme Campos.

 

(mais…)

23
02

‘Não sou candidato’, diz Temer em entrevista

Alan Santos/PR

Por Estadão Conteúdo

 

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira, 23, em entrevista concedida à Rádio Bandeirantes, que não será candidato à reeleição. Ele rebateu as acusações de que o governo federal está fazendo a intervenção no Rio de Janeiro pensando nas eleições deste ano. “Eu não sou candidato”, garantiu Temer na entrevista.

 

Ao ser questionado sobre as especulações de que a opção por decretar a intervenção federal da segurança pública teria como objetivo as eleições, o presidente rebateu: “É uma jogada de mestre, mas não é eleitoral. Não tem nada de eleitoral nesta questão”.

21
02

Desistência de Maggi fortalece projeto à reeleição de Taques, avaliam aliados

Por Hipernotícias

 

 

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), vai se reunir ainda nesta semana com o presidente Michel Temer (MDB) para confirmar sua intenção de permanecer no cargo até dezembro deste ano, desistindo assim de disputar a reeleição ao Senado. A decisão de Maggi, comunicada a pessoas próximas e familiares no final de semana, mexe com todo o tabuleiro eleitoral, incluindo a possibilidade de reeleição do governador Pedro Taques (PSDB).

Fontes ligadas ao PSDB afirmaram que o governador recebeu a notícia com tranquilidade e que a análise interna da conjuntura eleitoral sem a candidatura de Maggi melhora as condições do tucano em conseguir permanecer por mais quatro anos no comando do Palácio Paiaguás. (mais…)

Publicicade

Publicicade