Arquivo da Tag: "REDES SOCIAIS"
28
07

Estudos ligam uso inadequado de redes sociais a depressão entre adolescentes

Por Estadão Conteúdo

 

A barriga dói na expectativa da primeira curtida. E, se alguém com menos seguidores consegue “bombar” nas redes sociais, logo vem a sensação de fracasso como um aperto no peito. Parece ficção científica, mas é de verdade: a vida digital descontrolada tem causado efeitos no bem-estar de adolescentes e jovens. Enquanto eles começam a descobrir as emoções a que são expostos na internet, cientistas de todo o mundo estão atrás de evidências para entender como e por que estar nas redes sociais pode alterar o equilíbrio mental de quem já cresceu conectado. (mais…)

27
05

Historiadora Lilia Moritz Schwarcz lança ‘Sobre o Autoritarismo Brasileiro’

Por  Estadão Conteúdo

 

“História não é bula de remédio nem produz efeitos rápidos de curta ou longa duração”, observa a antropóloga e historiadora Lilia Moritz Schwarcz. “Ajuda, porém, a tirar do véu do espanto e a produzir uma discussão mais crítica sobre nosso passado, nosso presente e sonho de futuro.” Tais frases figuram na introdução de Sobre o Autoritarismo Brasileiro (Companhia das Letras), livro que apresenta, de forma sucinta e acessível, explicações para uma sociedade que ainda sofre com uma injusta hierarquia, violência desmesurada, ações de racismo e soluções por vezes antidemocráticas.

 

Pesquisadores costumam esperar alguns anos, às vezes décadas, para avaliar determinados momentos que marcam uma sociedade – a distância temporal permite uma avaliação crítica mais segura e abrangente. Mesmo ciente, Lilia baseou-se em informações sólidas e pesquisas rigorosas para, sem correr risco, apresentar um equilibrado retrato do Brasil em tempo real. (mais…)

20
05

‘Indicação de Moro para STF é movimento para 2022’, diz Cesar Maia

Por Estadão Conteúdo

 

O ex-prefeito do Rio e vereador Cesar Maia (DEM) viu no anúncio do presidente Jair Bolsonaro de que poderia nomear o ministro da Justiça, Sérgio Moro, para o Supremo Tribunal Federal (STF) como um primeiro movimento da sucessão presidencial de 2022.

 

A vaga será aberta em um ano e meio com a aposentadoria do decano da Corte, Celso de Mello. “Ele (Bolsonaro) precisa tirar da frente aqueles que são adversários muito fortes, que é o caso do Moro”, diz o ex-prefeito e pai do presidente da Câmara, Rodrigo Maia. A seguir, os principais trechos da entrevista. (mais…)

07
05

Toffoli: parâmetros para uso de redes por juízes não são mordaça

Por Agência Brasil

 

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministro Dias Toffoli, disse hoje (7), que a criação de parâmetros para o uso de redes sociais pelos magistrados brasileiros não “significa mordaça”.

 

“Nós, enquanto instituições, temos que ter nossos parâmetros de conduta. Isso não significa mordaça, isso não significa censura, isso significa defesa das nossas carreiras, isso significa defesa das nossas instituições”, defendeu.

 

Na semana passada, ele assinou uma portaria do CNJ criando um grupo de trabalho “destinado a avaliar os parâmetros para o uso adequado das redes sociais pelos magistrados”. Entre as justificativas, está a de que “o mau uso das redes sociais pode impactar a percepção da sociedade em relação à integridade do Poder Judiciário”. (mais…)

06
05

Bolsonaro descarta regulamentar mídia social; general é alvo

Por Estadão Conteúdo

 

O presidente Jair Bolsonaro disse neste domingo (5) em sua conta no Twitter, que não pretende promover qualquer tipo de regulamentação da mídia, inclusive as mídias sociais. “Em meu governo, a chama da democracia será mantida sem qualquer regulamentação da mídia, aí incluídas as sociais. Quem achar o contrário, recomendo um estágio na Coreia do Norte ou Cuba”, escreveu o presidente.

 

A manifestação ocorreu após uma série de ataques de bolsonaristas e do escritor Olavo de Carvalho ao ministro da Secretaria de Governo, general Santos Cruz, a quem a Secretaria de Comunicação (Secom) está subordinada. No fim da tarde de domingo, o ministro se reuniu com Bolsonaro no Palácio da Alvorada, em Brasília. Ele ficou cerca de uma hora e meia com o presidente e saiu sem dar declarações. (mais…)

24
02

Novatos lideram influência ‘digital’

Por Estadão Conteúdo

 

Em primeiro mandato, o deputado Sargento Fahur (PSD-PR) desbanca figuras tradicionais da política no ranking dos 20 congressistas mais influentes nas redes sociais. Ele aparece como o terceiro com mais poder de mobilização no Twitter, no Facebook e no Instagram, atrás apenas de Joice Hasselmann e Eduardo Bolsonaro – ambos do PSL-SP.

 

Se não estão entre as lideranças que ditam a pauta do Congresso, os parlamentares “digitais” usam o poder que têm para pressionar colegas mais experientes por meio de milhares de seguidores. “Nas sessões, eu pego o celular e peço que pressionem os deputados”, afirmou.

 

Levantamento inédito do Instituto FSB Pesquisa obtido pelo Estado mediu a performance dos deputados e senadores na internet. Todos os 513 deputados e 81 senadores estão presentes em pelo menos uma das três redes de relacionamentos. No total, 100% estão no Facebook, 99,3% no Instagram (aplicativo que mais cresce no País) e 87,5% no Twitter.

 

(mais…)

14
01

Bolsonaro enfrenta desconfiança nas redes sociais

Foto: Marcelo Camargo/Abr

Por Estadão Conteúdo

 

Em menos de duas semanas após a posse do novo governo, decisões tomadas por Jair Bolsonaro, por integrantes de seu primeiro escalão ou por seu partido, o PSL, foram vistas com desconfianças na base mais fiel de seguidores do presidente da República, a chamada rede bolsonarista na internet.

 

O acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a indicação do filho do vice-presidente, Hamilton Mourão, para cargo mais alto no Banco do Brasil e até mudanças na legislação armamentista, uma das bandeiras de Bolsonaro, geraram discórdia nas redes sociais entre apoiadores e influenciadores digitais da ‘nova direita’. (mais…)

26
10

Otimista, Haddad fala em virada e pede para que ódio não guie eleitor

Por Karine Melo

Agência Brasil

 

A dois dias do segundo turno das eleições, o candidato do PT à Presidência da República, Fernando Haddad, usou hoje (26) as redes sociais para pedir que os eleitores não se de deixem guiar pelo “ódio e pela mentira”. Prometeu ainda “corrigir erros e retomar acertos”. Em tom de otimismo, afirmou: “Vamos virar essa eleição”.

 

“Sou um professor que vive de salário, com 18 anos de serviços prestados ao Brasil. Vamos virar essa eleição, corrigir os erros e retomar os acertos. O ódio não vai levar o Brasil a lugar nenhum” , ressaltou.

 

(mais…)

26
10

Nas redes sociais, Bolsonaro dispara críticas ao adversário e ao PT

Framephoto/Estadão Conteúdo

Por Karine Melo

Agência Brasil

 

Às vésperas do segundo turno, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, usou parte do tempo hoje (26) nas redes sociais para criticar de forma contundente o adversário Fernando Haddad (PT) e o Partido dos Trabalhadores. Dirigindo-se aos eleitores, ele pediu “seriedade” no momento de votar. Anunciou ainda que se, eleito, a prioridade será “gerar crescimento, oportunidades e emprego”.

 

“Nunca haverá estabilidade social na presença de violência, miséria e altas taxas de desemprego. Todo indivíduo deveria ter condições de fazer escolhas que permitam preservar sua vida, sua liberdade, buscar sua felicidade, além do conforto de sua família.”

 

(mais…)

22
06

“A vergonha é verde e amarela”, diz post do governo sobre assédio

Secretaria de Política para Mulheres/Reprodução

Por Renata Giraldi

Agência Brasil

 

A controvérsia gerada pelos brasileiros na Rússia durante esta Copa do Mundo levou o governo federal a fazer postagens nas redes sociais de repúdio ao assédio e críticas à violência contra mulher. É uma campanha de combate ao ato de cinco brasileiros que fizeram um vídeo com comentários jocosos ao lado de uma mulher russa.

 

No Twitter do governo federal (@governodobras), foram postadas três imagens, nas quais um homem desenhado aparece à esquerda com a boca aberta como alguém que pronúncia algo desagradável, em seguida há as frases de efeito, a começar com: “A vergonha é verde e amarela”. As imagens são assinadas pela Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM).

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade