Arquivo da Tag: "PSOL"
15
08

PSOL recebe apenas 0,002% do total de emenda parlamentar

Por Estadão Conteúdo

 

O governo de Jair Bolsonaro preteriu, na distribuição de recursos do Orçamento, o pagamento de emendas indicadas por parlamentares do PSOL. Do R$ 1,4 bilhão quitado nos primeiros sete meses deste ano, apenas R$ 21,6 mil foram destinados por deputados do partido de oposição, segundo levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo.

 

As emendas deste ano foram decididas por senadores e deputados da legislatura passada – parte deles não se reelegeu. Em dobradinha com prefeitos e governadores, parlamentares costumam remeter a verba a investimentos em seus redutos eleitorais, como asfaltamento de ruas e compra de ônibus escolares. Embora impositivas – o governo é obrigado a pagá-las -, a prioridade a algumas emendas é fruto de negociação política. (mais…)

12
03

Após prisão de policiais, viúva de Marielle cobra esclarecimento sobre mandante

Por Estadão Conteúdo

 

Após a prisão de dois suspeitos do assassinato da vereadora Marielle Franco, um policial militar reformado e um ex-policial militar, parlamentares do PSOL e a viúva de Marielle pediram que as investigações continuem para descobrir o mandante do crime.

 

A viúva da vereadora Marielle Franco, a ativista Monica Benício, disse que “espera não ter que aguardar mais um ano para saber quem foi o mandante do crime”. Ela falou que as prisões dos dois policiais nesta terça-feira (12) acusados de serem os executores do crime, são “um passo importante na investigação, uma etapa fundamental”. (mais…)

19
11

Lewandowski rejeita ação contra reajuste de ministros do STF

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), rejeitou um mandado de segurança impetrado pelo deputado federal Chico Alencar (PSOL-RJ) para suspender a possibilidade de o presidente Michel Temer sancionar o projeto de lei aprovado pelo Senado que concede um reajuste de 16,38% no salário dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) e membros da Procuradoria-Geral da República (PGR). O deputado alegava que houve vício na tramitação do texto no Congresso.

 

De acordo com Alencar, líder do PSOL na Câmara, o projeto foi iniciado na Câmara e, ao chegar ao Senado, sofreu modificações. Assim, ele deveria voltar à análise dos deputados, que dariam a palavra final. Por isso, de acordo com o parlamentar, o sistema bicameral do processo legislativo não foi respeitado, já que o texto seguiu do Senado para o Palácio do Planalto, onde aguarda sanção de Temer. (mais…)

13
08

PSOL quer revisar Lei Kandir, suspender Teto de Gatos e fim das emendas parlamentares

moises franz psol

Reprodução

Por Débora Siqueira

HiperNotícias

 

O plano de governo do candidato do PSOL, Moisés Franz, registrado no Tribunal Regional Eleitoral (TRE), contempla o fim das emendas parlamentares e combate ao clientelismo entre os Poderes Executivo e Legislativo, suspensão da emenda constitucional do teto de investimentos do governo do Estado, que limita o aumento da inflação do ano anterior, além de buscar junto ao Governo Federal o fim da Lei Kandir, que isenta do ICMS a  exportação de produtos primários e semi elaborados.

Estudo realizado pela Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM) apontou uma perda de R$ 5 bilhões em 2015 com a isenção fiscal, contudo a União compensou o Estado em apenas R$ 200 milhões.

 

(mais…)

31
07

Legendas têm até 5 de agosto para definir posição no pleito de outubro

José Cruz/Agência Brasil

Por Luiza Damé

Agência Brasil

 

Após mais uma rodada de convenções partidárias, foram homologados seis candidatos a presidente da República: Ciro Gomes (PDT), Guilherme Boulos (PSol), Jair Bolsonaro (PSL), José Maria Eymael (DC), Paulo Rabello de Castro (PSC) e Vera Lúcia (PSTU).

 

Desses, Boulos, Eymael e Vera Lúcia saíram das convenções nacionais com as chapas completas. Os outros três ainda não escolheram os candidatos a vice-presidente.

 

(mais…)

21
07

PSOL confirma Boulos como candidato à Presidência da República

Rovena Rosa/Agência Brasil

Por Agência Brasil

 

O coordenador nacional do Movimento dos Trabalhadores Sem-Teto (MTST), Guilherme Boulos, foi lançado hoje (21) candidato à Presidência da República pelo PSOL, na convenção nacional em São Paulo. Também foi homologado o nome de Sônia Guajajara, representante do povo indígena, para vice-presidente. O PSOL aprovou aliança aliança com o Partido Comunista Brasileiro (PCB).

 

Para um público formado por integrantes do MTST, movimentos sociais e representantes dos povos indígenas, Boulos destacou que irá defender temas que pertencem aos princípios do partido, como o direito ao aborto e à desmilitarização da polícia.

 

(mais…)

13
05

Anistia Internacional cobra solução para caso Marielle em comunicado

EFE/Mário Vasconcellos/Direitos Reservados

Por Estadão Conteúdo

 

Para marcar os dois meses do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e seu motorista Anderson Gomes (em 14 de março), a Anistia Internacional divulgou um comunicado em que renova a pressão sobre as autoridades de segurança para que o caso seja solucionado. O comunicado traz declarações da diretora-executiva da Anistia Internacional no Brasil, Jurema Werneck, mas também dos pais e da irmã da vereadora.

 

“A cada dia que se passa as chances de que um caso de homicídio seja resolvido diminui. Não podemos deixar que o assassinato de Marielle fique sem resposta porque a impunidade alimenta o ciclo de violência. É muito importante que a mobilização das pessoas seja cada vez maior. Isso é fundamental para a resolução deste caso”, disse Jurema Werneck, diretora executiva da Anistia Internacional Brasil.

 

“Acreditamos na seriedade do trabalho que tem sido feito na investigação, e esperamos que isso permaneça até obtermos uma resposta concreta. Não é uma resposta para família somente, mas para o mundo inteiro. E a luta tem que continuar”, afirma Marinete da Silva, mãe de Marielle.

 

(mais…)

16
04

PT, PDT, PSOL e PCdoB dizem que Lula é vítima de ‘perseguição política’

Marcelo Camargo / Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

Após uma semana de conversas para ajustar o tom da mensagem, PT, PCdoB, PDT e PSOL divulgaram nesta segunda-feira, 16, uma nota conjunta em solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, onde chamam o encarceramento do petista de “perseguição política”.

Dos partidos do bloco de esquerda, só o PSB, do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa, não assina o documento. “O encarceramento apressado e injustificado do ex-presidente Lula, contra o qual não há uma única prova minimamente sólida de culpa, agrava sobremaneira o perigoso e crescente clima de ódio e de instabilidade política que tomou conta do País. A decisão, destituída de fundamentos jurídicos sólidos, configura ato de perseguição política, que tende a aprofundar a gravíssima crise econômica, social e política do Brasil”, diz a nota.

Passada mais de uma semana da prisão de Lula, PDT, PCdoB e PSOL disputam o eleitorado do petista. O presidente do PSB, Carlos Siqueira, chegou a ser consultado sobre o documento e fez sugestões de mudanças, mas elas não foram atendidas. A nota diz que a prisão de Lula foi feita “ao arrepio da Constituição Federal” e agride a democracia brasileira e a presunção de inocência.

 

(mais…)

16
03

PSOL homenageia vereadora Marielle Franco em ato no centro do Rio

EFE/Mário Vasconcellos/Direitos Reservados

Por Vinícius Lisboa

Agência Brasil

 

Parlamentares e militantes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) homenagearam hoje (16) a vereadora Marielle Franco, assassinada na última quarta-feira (14) com o motorista Anderson Gomes. Em meio a lágrimas e desabafos, os discursos afirmaram a importância de não permitir que a violência silencie as lutas da vereadora, que era negra, feminista e nascida no Complexo da Maré.

 

Vereadora mais votada de Niterói, na região metropolitana do Rio, Talíria Petrone (PSOL) discursou com uma voz rouca e emocionada, lembrando da importância da representatividade de mulheres, negros, Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis, Transexuais e Transgêneros e moradores de favela na política.

 

(mais…)

15
03

PGR abre procedimento que pode federalizar caso sobre morte de vereadora

Reprodução/Facebook

Por Felipe Pontes

Agência Brasil

 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou a abertura de um procedimento instrutório para a possível federalização das investigações sobre a morte da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL), assassinada na noite de ontem (15) no Rio de Janeiro.

 

O procedimento instrutório é uma fase preliminar do processo que pode levar à instauração de um Incidente de Deslocamento de Competência, instrumento pelo meio do qual o Ministério Público Federal (MPF) solicita à Justiça a federalização de algumas investigações.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade