Arquivo da Tag: "PSB"
13
02

Valtenir afirma que irá cobrar dívida de R$ 230 mil de dissidentes do PSB

Foto: Alan Cosme/Hipernotícias

Por Hipernotícias

 

 

Depois de anunciar sua permanência no comando do PSB de Mato Grosso, o deputado Valtenir Pereira afirmou que irá cobrar os parlamentares, dissidentes do partido, que não fizeram os repasses das contribuições para a manutenção da sigla. Segundo ele, as ações de cobrança já estão em fase de preparação e deverão ser iniciadas em breve.

 

 

O valor total da dívida, segundo Pereira, é de aproximadamente R$ 230 mil. Conforme estatuto do PSB, cada deputado do partido deve contribuir, mensalmente, com o equivalente a 10% dos seus salários. Conforme o parlamentar, os deputados estaduais que integram a bancada do PSB não fizeram este repasse. (mais…)

12
02

Dissidentes do PSDB e PSB desistem de ir para o PSL

Deputado Daniel Coelho coordenava grupo de possíveis filiados

Por Estadão Conteúdo

 

A ida do deputado Jair Bolsonaro (RJ) para o PSL para ser candidato à Presidência pelo partido fez um grupo de pelo menos outros 12 deputados federais desistir de se filiar à legenda. O grupo era formado principalmente por parlamentares jovens dissidentes do PSDB e PSB.

 

Capitaneados pelo deputado Daniel Coelho (PSDB-PE), esses parlamentares negociavam a filiação com a ala do PSL intitulada de Livres, que comandava 12 diretórios estaduais e era liderada por Sérgio Bivar, filho do deputado federal e ex-presidente da legenda Luciano Bivar (PE). (mais…)

08
02

Valtenir Pereira agradece convite para voltar ao MDB, mas diz que permanece no PSB

Foto: Alan Cosme/Hipernotícias

Por Hipernotícias

 

Depois de ser dado como certo no MDB, o deputado federal Valtenir Pereira decidiu permanecer no comando do PSB de Mato Grosso. O anúncio foi feito na manhã de hoje (8) e é resultado de um encontro entre o parlamentar e o presidente nacional da sigla socialista, Carlos Siqueira. Com isso, os políticos que haviam anunciado o desembarque do partido, por conta da chegada de Valtenir ao PSB, retomam as conversações com outras agremiações.

 

Ao anunciar sua permanência no PSB, Valtenir destacou que se sentiu honrado e orgulhoso com o convite do MDB. “Estou lisonjeado pelo convite, porém, neste momento, sinto-me bem e muito à vontade para conduzir meu mandato e dar respostas às demandas da população, fazendo parte dos quadros do PSB e conduzindo o Partido em Mato Grosso na tão honrosa missão de bem servir a sociedade”, afirmou. (mais…)

03
02

Bussiki pede ao STF para compartilhar documentos com a CPI do Paletó

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Paletó, o vereador Marcelo Bussiki (PSB), peticionou no Supremo Tribunal Federal (STF), o compartilhamento de todas as informações referentes ao prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB). De acordo com o presidente, o objetivo é juntar as informações oficiais no processo de instrução processual. O pedido de informação foi protocolado nessa quinta (1).

 

“Nós solicitamos os documentos, os autos da delação que contenha as informações relativas ao prefeito. Todos os documentos, de modo geral, que seja relacionado ao prefeito Emanuel Pinheiro, que é o investigado. Neste caso, seriam os vídeos, áudios, relatórios”, afirmou Bussiki, em entrevista exclusiva ao HiperNotícias.

 

(mais…)

31
01

Presidente da Assembleia aponta “esfacelamento” da base do Governo

Por Michely Figueiredo

HiperNotícias

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (PSB), afirmou que a Casa Civil, comandada pelo deputado licenciado Max Russi (PSB) precisa intensificar as articulações como forma de recompor a base do Governo na Casa de Leis. Conforme Botelho, “o descontentamento e o esfacelamento da base do governo é claro e nítido”. Veja a entrevista em vídeo no Estúdio Hiper (assista aqui)

 

“Agora o governo precisa recompor, evidentemente, se ele quiser ter a governabilidade garantida, se ele quiser ver os projetos dele terem mais tranquilidade, tem que recompor com a base. Isso é natural, democrático. Ele tem que procurar, conversar com os deputados, ouvir porque estão insatisfeitos, ver o que pode fazer. Vamos conversar mais, participar mais, é esse o trabalho que ele tem que fazer”.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

29
01

Botelho cogita ir à Justiça para cobrar pagamento de emendas impositivas

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Eduardo Botelho (PSB), foi o segundo entrevistado do Estúdio Hiper, programa de entrevistas do HiperNotícias. Dentre os assuntos abordados pelo presidente do Poder Legislativo está a CPI dos Fundos, que investiga desvio de finalidade do Fundeb e evasão de recursos do Fethab.

 

Outro assunto abordado pelo presidente, foi sobre a sua liderança como chefe do Legislativo estadual em função da fraca cobrança ao Governo do Estado para pagar as emendas parlamentares.

 

(mais…)

21
07

MT: Deixado de “lado” pelo PSD, José Medeiros busca nova sigla para disputar 2018

1Por Pablo Rodrigo

Insatisfeito com o tratamento que vem recebendo dentro do PSB, principalmente da bancada de deputado estadual estadual (Gilmar Fabris, Nininho, Pedro Satélite, Leonardo Albuquerque e Zé Domingos Fraga),  o senador José Medeiros deverá deixar a sigla nas próximas semanas, na tentativa de viabilizar a sua candidatura a reeleição para uma das duas vagas em disputa ao Senado Federal em 2018.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

14
07

Blog do Mauro no Hipernotícias

 

Definição no PSB somente depois de outubro

O futuro dos deputados do PSB, insatisfeitos com os rumos do partido após a destituição de Fábio Garcia do comando da sigla, só será definido após outubro. Isso porque eles pretendem levar em consideração os resultados de uma minirreforma política, que deverá ser discutida em breve na Câmara dos Deputados e no Senado.

 

Olho no distritão

Um dos fatores que deverá ser considerado é a possibilidade de mudanças na forma de eleição dos integrantes do Legislativo. Atualmente, o método de escolha se dá por uma eleição proporcional. Há uma corrente que entende que o modelo que deverá ser adotado é o do “distritão”, em que os candidatos mais votados são automaticamente eleitos.

 

Tanto faz

Caso o distritão seja aprovado, o partido no qual o candidato estiver fará pouca ou nenhuma diferença no desempenho eleitoral. Isso porque sai de cena o quociente eleitoral, que acaba tornando a escolha do partido importante no processo. Com este cenário, muitos deverão migrar mesmo é para partidos nanicos, de olho no controle da sigla.

 

Protesto

Além da mudança na forma de definição dos integrantes do Poder Legislativo, os deputados e senadores podem criar um fundo eleitoral público para custear as campanhas. Por conta disso, integrantes do partido Novo irão realizar protestos em 40 cidades brasileiras no próximo domingo (16). Em Cuiabá, a manifestação deverá ocorrer na Praça 8 de Abril.

 

Com Temer

Fabio Garcia, aliás, acompanhou o deputado Carlos Bezerra (PMDB) e votou pelo arquivamento da denúncia contra o presidente Michel Temer (PMDB), na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). O assunto ainda vai a plenário e a oposição precisa de 342 votos para autorizar o andamento do processo e o afastamento de Temer.

 

Guerra declarada

Não convide para a mesma mesa o desembargador Orlando Perri e o procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo. Por unanimidade, o Pleno do Tribunal de Justiça acolheu a manifestação do magistrado e manteve a investigação da “Grampolândia Pantaneira”.

 

Ameaças

Perri afirmou textualmente que foi ameaçado para não dar seriedade às investigações. “Ameaças me incentivam cada vez mais a pedir o aprofundamento das investigações. Há forças ocultas que visam retirar o caso do Tribunal e de minha relatoria, mas não me intimidei nem me acovardei”, disse.

 

Sempre juntos

A situação vivida por Perri, como adiantado pela coluna, fez com que os demais desembargadores se unissem em torno do magistrado, em um claro recado a todos aqueles que tentam mudar os rumos da investigação da central de interceptações telefônicas clandestinas.

 

Não recebi

O governador Pedro Taques (PSDB) voltou a dizer que não recebeu a denúncia apresentada pelo promotor Mauro Zaque, sobre as interceptações. Como mostra a auditoria realizada pela Controladoria Geral do Estado (CGE), o documento “sumiu” do protocolo horas após ser registrado, antes mesmo de chegar ao gabinete de Taques.

 

A verdade

Já Zaque disse que o resultado da auditoria não causou nenhuma surpresa a ele, uma vez que tinha plena convicção de que a denúncia foi protocolada. Ele cobrou uma apuração do caso e a punição dos eventuais culpados pelo “sumiço” da denúncia.

04
07

Blog do Mauro no Hipernotícias

 

Delação de Nadaf implica detentores de foro

Várias vezes anunciada e negada, enfim foi confirmada a delação premiada do ex-secretário Pedro Nadaf. O termo foi homologado pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, e imediatamente colocado em sigilo. Pela instância em que foi firmada, a colaboração envolve, sem nenhuma sombra de dúvida, políticos com foro, que podem ser deputados, senadores ou quem sabe um ministro.

 

Partidário

Claro que a primeira ligação feita à instância em que Nadaf firmou a colaboração remete ao fato dele ter sido secretário de Estado na gestão do ex-governador Blairo Maggi (PP), quando os dois pertenciam ao Partido da República. Há quem diga que o ex-secretário sempre foi um homem de partido, o que pode trazer surpresas.

 

Embaralhado

Se faltava alguma coisa para embaralhar o cenário eleitoral agora não falta mais nada. O fato da delação de Nadaf estar sob sigilo significa que há fatos novos, que serão investigados e podem atingir novos personagens, com mais operações, prisões, processos e escândalos.

 

Mesma linha

Fontes da coluna afirmam que o mesmo enredo da colaboração de Nadaf ocorre com a delação do ex-governador Silval Barbosa (PMDB). Isso porque o ex-secretário negociava os termos de seu acordo – que incluem redução de pena e ressarcimento aos cofres públicos – desde dezembro do ano passado e seus advogados sempre negaram qualquer tratativa neste sentido. O mesmo pode ocorrer com o peemedebista.

 

Vai vencer

Dificilmente o coronel Zaqueu Barbosa, ex-comandante da Polícia Militar, deixará a prisão antes que vença o prazo determinado pela Justiça. Com a extinção do habeas corpus impetrado por sua defesa, sem o julgamento do mérito, não haverá tempo hábil para que um novo pedido seja apreciado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ).

 

Sem final

O único consolo de Barbosa será o fato de que deverá deixar a prisão antes de ser denunciado pelo Ministério Público (MP). A informação que vem da caserna é que com a ampliação do número de suspeitos vai demorar algum tempo para que a investigação seja concluída.

 

Enrolado

É o único consolo mesmo. Quem teve acesso a informações da investigação diz que a situação do coronel está bastante complicada. O conjunto de provas e os depoimentos colocam o oficial no centro das supostas escutas telefônicas clandestinas.

 

Sem palavra

Depois de classificar a informação de que teria destituído 132 diretórios municipais do PSB em Mato Grosso como mentira, o deputado Valtenir Pereira – novo comandante da legenda no Estado – foi desmascarado pelos fatos. Em uma nota sucinta, o parlamentar voltou atrás e confirmou a dissolução das comissões provisórias no Estado.

 

De malas prontas

Está 99% certa a saída de Mauro Mendes do PSB. Como adiantado pela coluna, o destino do ex-prefeito de Cuiabá será o PP, do padrinho e aliado de todas as horas, todas mesmo, Blairo Maggi, senador licenciado e ministro da Agricultura.

 

Um por um

Depois de conseguir impedir uma greve no funcionalismo, com um acordo firmado com o Fórum Sindical, o governador Pedro Taques (PSDB) tem trabalhado para minimizar descontentamentos pontuais. Uma das ações será o lançamento do edital do concurso público para a Educação, acertado com o sindicato da categoria no ano passado.

27
06

Membros do PSB prometem luta “até o fim”

Em reunião realizada nesta segunda-feira (26), uma parte considerável dos integrantes do PSB de Mato Grosso defendeu a realização de eleições diretas para definir o comando da sigla no Estado. Eles afirmaram que não reconhecem o deputado Valtenir Pereira como presidente estadual do partido, alçado a esta condição por decisão da Executiva Nacional.

 

Água e óleo

Um dos mais exaltados no encontro foi o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes, ainda filiado ao PSB. Ele classificou a decisão que nomeou Valtenir como líder estadual da legenda como “safadeza” e “ingratidão”. O ex-prefeito foi um dos responsáveis pela reconstrução do PSB, em 2013, quando Valtenir deixou o partido para fundar o Pros.

 

Diretas Já

O grupo, que conta com todos os deputados estaduais e federais do partido, além de diversos prefeitos e vereadores, defende a realização de eleições diretas para a definição do novo presidente, destituindo assim Valtenir do comando da legenda.

 

Na Justiça

Se a Executiva Nacional não aceitar o pedido, o grupo não descarta buscar a Justiça para fazer valer seus direitos. Certo, mesmo, é que ninguém parece disposto a entregar “de mão beijada” uma das maiores legendas em Mato Grosso ao deputado federal.

 

Cheio de problemas

Não bastassem os problemas enfrentados enquanto ministro, Blairo Maggi (PP) foi envolvido em um caso de polícia. Isso porque a Força Aérea Brasileira (FAB) abateu uma aeronave que transportava 653 quilos de cocaína e, segundo o piloto, teria decolado de uma das pistas de uma fazenda arrendada pela Amaggi, em Mato Grosso.

 

Precipitação

De forma bastante açodada, diversas pessoas passaram a ligar a ocorrência policial ao ministro, que chegou a estar entre os assuntos mais comentados no Twitter nesta segunda-feira (26). Blairo simplesmente nada tem a ver com o fato e é de se lamentar como, de forma maldosa, algumas pessoas tentam ligá-lo a este fato.

 

Onze pistas

Boa parte das pessoas que fizeram isso não faz a menor ideia da extensão da fazenda de onde, supostamente, os criminosos teriam partido. A Fazenda Itamarati conta com 11 pistas autorizadas para pouso eventual (apropriadas para a operação de aviões agrícolas, o que não demanda vigilância permanente) localizadas em pontos esparsos de 54,3 mil hectares de extensão.

 

Área vulnerável

Portanto, é impossível que haja alguma forma da empresa impedir grupos criminosos, fortemente organizados que, de forma clandestina, utilizam pistas em diversas fazendas da região. A região onde está localizada a fazenda, inclusive, tem sido vulnerável à ação de grupos do tráfico internacional de drogas, dada a sua proximidade com a fronteira boliviana.

 

Auxílio

Além disso, em abril deste ano, a Amaggi prestou apoio à Polícia Federal, quando uma aeronave clandestina pousou em uma das pistas auxiliares da fazenda. Na ocasião, a PF realizou ação de interceptação com total apoio da empresa, ação que resultou na apreensão do entorpecente.

 

Crise na caserna

O Conselho de Coronéis da Polícia Militar transferiu a data da posse do novo comandante-geral da corporação, coronel Marcos Vieira da Cunha para quinta (29) às 19h. Em nota, o conselho afirma que a informação divulgada pelo governo ocorreu sem consulta prévia à PM. O governo havia definido que a solenidade seria realizada nesta quarta-feira (28).

Publicicade

Publicicade