Arquivo da Tag: "PREVIDÊNCIA"
22
05

Ronaldo Taveira deixa comando do MT Prev após três anos de gestão

Após três anos no comando do MT Prev, Ronaldo Taveira deixa a autarquia. A exoneração foi publicada no Diário Oficial que circula nesta terça-feira (22). A saída aconteceu a pedido, uma vez que houve o encerramento do mandato e Taveira decidiu por não renovar para cuidar de assuntos pessoais. Foi nomeado para assumir interinamente o cargo o servidor Elliton Oliveira de Souza, que estava na condição de chefe da Unidade de Relacionamento Federativo do Tesouro da Secretaria de Estado de Fazenda.

 

Ele foi o primeiro presidente após a criação do MTPrev nos atuais moldes legais, pela Lei Complementar 560/2014. Antes da criação da autarquia como entidade gestora do Regime Próprio de Previdência Social do Estado de Mato Grosso, a previdência estadual era gerida por uma superintendência da Secretaria de Estado de Gestão (Seges).

 

Atualmente, o Governo de Mato Grosso conta com 33.606 inativos, entre aposentados e pensionistas.

 

Ronaldo Taveira foi nomeado pelo governador Pedro Taques para assumir o MT-Prev em 18 de maio de 2015. A escolha ocorreu depois do desempenho de Taveira à frente do Cuiabá Prev, onde permaneceu por 6 anos, de 2006 a 2012.

(mais…)

20
05

Governo Federal culpa vazamento da JBS por fracasso na Previdência

Beto Barata/BR

Por Estadão Conteúdo

 

Sem mencionar explicitamente o fato, o governo culpa o vazamento das conversas do empresário Joesley Batista com o presidente Michel Temer, em maio de 2017, pelo fracasso na aprovação da reforma da Previdência. O documento “Encontro com o Futuro”, que será lançado na próxima terça-feira em evento que deverá confirmar a pré-candidatura de Henrique Meirelles à presidência da República, diz que o governo tinha a aprovação da proposta “quase assegurada” a determinada altura do ano passado. “A oportunidade se perdeu pelo oportunismo de iniciativas no campo judicial, que desviaram, talvez propositadamente, a atenção do sistema político.”

 

O documento não diz que iniciativas são essas. Mas pessoas mais próximas de Temer repetem que o vazamento das conversas gravadas no Palácio do Jaburu colocaram a perder o trabalho político que criara condições para a votação da reforma, com boas chances de aprovação.

 

(mais…)

12
03

Taques prevê escassez de recursos em 3 anos

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB), defendeu a realização de uma reforma na Previdência, mesmo após o Governo Federal descartar realizar a reforma a nível nacional, devido a intervenção federal na Segurança Pública do Rio de Janeiro. Segundo o governador, os maiores interessados na reforma são os servidores públicos, pois sabem que daqui a três anos, o Estado não terá mais recursos para pagar salários.

 

“Se não tiver a reforma da previdência, os servidores de carreiras sabem que daqui a três anos Mato Grosso não terá mais condições de pagar salários”, afirmou o governador Pedro Taques, durante entrevista coletiva, na manhã desta segunda-feira (12), no evento Gazeta Agro, realizado no Cenarium Rural.

 

(mais…)

06
03

Com medo de mudanças na Previdência, brasileiro se aposenta ainda mais cedo

Por Estadão Conteúdo

 

Brasileiros que se aposentaram por tempo de contribuição em 2017 eram mais jovens do que quem solicitou o benefício em 2016, segundo dados da Secretaria de Previdência obtidos pelo ‘Estadão/Broadcast’. Entre as mulheres, a idade média na concessão da aposentadoria caiu de 53,25 para 52,8 anos. Entre os homens, essa idade passou de 55,82 para 55,57 anos.

 

Os resultados interromperam uma tendência longa, embora gradual, de aumentos na idade média de concessão das aposentadorias. A última vez em que houve queda foi em 2008, entre homens, e em 2005, entre mulheres. Do total de 1,4 milhão de aposentadorias concedidas no ano passado, 470 mil foram por tempo de contribuição.

 

(mais…)

07
02

Governador Pedro Taques prevê colapso na previdência estadual em três anos

Por Hipernotícias

 

 

Classificada como “farsa”, a previdência estadual – MT Prev está prestes a entrar em colapso no prazo de três anos. O governador Pedro Taques (PSDB) traçou cenário negativo sobre o tema, durante a abertura dos trabalhos na Assembleia Legislativa. “Daqui há 11 meses posso não estar mais no governo do Estado, não sou servidor público do Estado de carreira, mas daqui há três anos se não tomarmos providências agora, 30 mil servidores aposentados não terão recursos para bancar a sua previdência”.

 

 

Em 2014 foram retirados R$ 450 milhões da Fonte 100 para bancar a previdência. Em 2017, a retirada foi de R$ 958 milhões e em três anos a previsão é retirar R$ 2 bilhões. “Nós vivemos uma farsa na previdência desse estado. Os 30 mil aposentados desse Estado merecem que se diga a verdade. Estamos tentando junto com o presidente do Conselho Diretor do MT Prev e com os servidores resolver isso”.

 

(mais…)

23
01

Governo trabalha para votar Previdência em fevereiro, diz Dyogo Oliveira

José Cruz/Agência Brasil

Por Mariana Tokarnia

Agência Brasil

 

O ministro o ministro do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, Dyogo Oliveira, disse hoje (23) que o governo trabalha para que a votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que estipula a reforma da Previdência ocorra em fevereiro, na Câmara dos Deputados, como anunciado pelo presidente da Casa, Rodrigo Maia, no ano passado. Segundo ele, o governo não cogita hipótese de votação em novembro, após as eleições.

 

Em entrevista ao programa Por dentro do governo, da TV NBR, hoje (23), o ministro ressaltou que a reforma é necessária, na visão do governo, para equilibrar as contas públicas. “O tamanho do bolo não aumenta indefinidamente. Está limitado à arrecadação. Se o governo está gastando 57% [do Orçamento] com Previdência, sobram 43% para outras áreas. Se a Previdência aumenta, e ela está avançando, engolindo espaço das outras despesas, se isso não para, chega o momento que só tem Previdência”, disse.

 

(mais…)

22
01

Previdência tem déficit de R$ 268,798 bi em 2017

Por Estadão Conteúdo

 

O déficit da Previdência da União (INSS e servidores) atingiu R$ 268,798 bilhões em 2017. As contas do INSS registraram déficit de R$ 182,45 bilhões em 2017, divulgou nesta segunda-feira, 22, a Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda. Já o déficit da Previdência dos servidores da União foi de R$ 86,348 bilhões. O rombo do INSS cresceu 21,8%, uma alta de R$ 32,717 bilhões em relação ao verificado em 2016, quando o déficit ficou em R$ 149,7 bilhões.

 

Diante do crescimento do rombo na Previdência, o governo tem alertado os parlamentares para a necessidade de mudança nas regras para evitar o avanço desses gastos sobre as demais despesas do Orçamento. A votação da reforma da Previdência está marcada para 19 de fevereiro, mas o governo ainda não tem os 308 votos necessários para a proposta passar na Câmara dos Deputados.

 

(mais…)

17
01

Ramalho diz que governo não tem votos para aprovar Previdência em fevereiro

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

Depois de participar de cerimônia de liberação de recursos para Educação, ao lado do presidente Michel Temer, o presidente em exercício da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), disse nesta quarta-feira, 17, que acha que “o governo não tem os votos” e que “não vai” consegui-los até 19 de fevereiro para aprovar a reforma da Previdência.

 

Ramalho, assim, faz coro ao presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que está nos Estados Unidos e lá declarou que, se o Poder Executivo não conseguir votar a reforma previdenciária em fevereiro, “não vota mais”. O presidente em exercício da Câmara foi mais longe, ao defender maior ampliação da discussão sobre a reforma, que a mudança seja “mais ampla”, “mais debatida” e que, portanto, seja tema da campanha presidencial de 2018 e só vá a plenário para votação em 2019.

 

(mais…)

11
01

‘Estou ótimo, embora toda hora queiram me matar’, diz presidente

Por Estadão Conteúdo

 

Meio sério, meio de brincadeira, o presidente Michel Temer reclamou das versões pessimistas sobre sua saúde: “Passei por três cirurgias, tive infecção no fim do ano e nem pude passar quatro dias na praia, como gostaria, mas estou ótimo. Embora toda hora alguém queira me matar. Uns por vontade mesmo, outros por desinformação”.

 

Outro trauma de Temer é ter sido atacado até por velhos amigos durante as duas denúncias do ex-procurador-geral Rodrigo Janot, que poderiam ter lhe custado o mandato. “Eles me conhecem a vida toda, sabem que não tenho lanchas, jatos, fazendas, nada disso. E permitem que me chamem de ladrão? É muito duro conviver com isso.”

(mais…)

09
11

Relator diz que será mantido atual tempo mínimo de contribuição na reforma

Wilson Dias/ Agencia Brasil

Por Yara Aquino e Débora Brito

Agência Brasil

 

Após nova rodada de discussões hoje (9) entre governo e líderes partidários sobre a reforma da Previdência, o deputado Arthur Maia (PPS-BA), que foi o relator da reforma na Comissão Especial da Câmara, disse que uma das propostas de alteração do texto é o retorno do tempo mínimo de 15 anos de contribuição para aposentadoria.

 

O texto da reforma aprovado na comissão aumentou o prazo atual de 15 anos para 25 anos.

 

Outras propostas em discussão são retirar do texto aprovado as alterações na previdência dos trabalhadores rurais, de forma que sejam mantidas as regras que vigoram atualmente e retiradas as restrições ao pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC). O BPC é pago a idosos e portadores de deficiência de baixa renda.

 

Maia disse que as sugestões devem ser debatidas com os líderes partidários e a equipe econômica do governo. Ele também mencionou que o acúmulo de pensões e aposentadorias pode acabar.

(mais…)

Publicicade

Publicicade