Arquivo da Tag: "PP"
10
07

Ministro considera amizade e declara apoio a Sachetti: “somos amigos de infância”

Por Danna Belle

HiperNotícias

 

O ministro da agricultura, Blairo Maggi (PP), reforçou sua amizade com o deputado federal e ex-prefeito de Rondonópolis, Adilton Sachetti (PRB), declarando apoio para torná-lo um dos senadores de Mato Grosso.

 

“O Sachetti é meu amigo de longa data. Crescemos juntos na vida e na política. Não posso deixar de dar apoio a ele e vamos ajudar para que possa ser um dos senadores de Mato Grosso. É importante ele estar lá para ajudar o nosso estado a continuar crescendo”, comentou o ministro durante evento em Cuiabá na manhã da segunda-feira (9).

 

(mais…)

09
07

Maggi acredita no potencial de todos pré-candidatos e afirma: “Taques não está morto”

Antonio Araújo/Mapa

Por Ana Flávia Corrêa

HiperNotícias

 

O ex-governador de Mato Grosso e atual ministro da Agricultura Blairo Maggi (PP) afirmou, nesta segunda (9), que os governantes que estão atualmente em gestão têm mais chances de se eleger, devido à visibilidade. Com isto, segundo ele, a renovação política não será significativa.

 

“A reeleição daqueles que já estão no cargo, que têm visibilidade, que têm trabalho prestado durante 4 anos, oito anos de mandato, isso ajuda bastante. Aqueles que estão no mandato têm uma chance maior do que aqueles que estão chegando agora”, afirmou.

 

(mais…)

09
07

“Lamentável”, avalia Blairo Maggi sobre imbróglio jurídico de Lula

Antonio Araújo/Mapa

Por Ana Flávia Corrêa

HiperNotícias

 

O ex-governador e atual ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), avaliou como “lamentável” o imbróglio jurídico envolvendo o ex-presidente Lula (PT) neste domingo (8). Lula, que está preso desde 7 de abril, teve pedido de liberdade concedido por desembargador, mas negado logo em seguida.

 

“Como todos que assistiram o caso ontem eu fiquei boquiaberto de como a Justiça pode estar desse jeito. Um libera, outro manda prender, quem não tem nada a ver no meio, fala. É lamentável”, pontuou.

 

(mais…)

21
06

Câmara instaura CPÌ para apurar falsos pagamentos em obras de escolas

Ednei Rosa

Por HiperNotícias

 

O vereador Luís Cláudio (PP) propôs a criação da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar as denúncias de medições fantasmas feitas em obras realizadas na Secretaria Municipal de Educação, no ano de 2016. A suspeita é de que houve o pagamento por obras não realizadas.  A CPI obteve 10 assinaturas e já foi protocolada.

 

A comissão tem como objeto investigar as irregularidades encontradas no contrato de adesão n° 671/2016, firmado entre a secretaria de Educação junto à empresa Avanci Construção e Serviços para a reforma de várias escolas. Na época, o secretário de Educação era Gilberto Figueiredo (PSB), hoje vereador.

 

(mais…)

22
05

Condenado na Lava Jato, João Cláudio Genu se entrega

Estadão Conteúdo

 

O ex-assessor do Partido Progressista (PP) João Cláudio Genu, condenado a 9 anos e 4 meses de prisão pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região, no âmbito da Operação Lava Jato, se entregou à Polícia Federal em Brasília nesta segunda-feira, 21.

 

Após o último apelo negado a Genu em segunda instância, a juíza Gabriela Hardt, da 13ª Vara Federal do Paraná, expediu mandado de prisão na sexta-feira, 18. A defesa, no entanto, teve pedido acolhido, posteriormente, pela magistrada, para que ele pudesse se entregar em Brasília, até segunda-feira.

 

Nesta ação, o Ministério Público Federal denunciou Genu, que foi assessor do deputado federal José Mohamad Janene (morto em 2010) e do Partido Progressista, por participação nos crimes de corrupção em contratos da Petrobras, “sendo beneficiário de parte da propina dirigida à Diretoria de Abastecimento da estatal que, em parte, repassava aos agentes do Partido Progressista”. (mais…)

16
05

Geller desconversa sobre candidatura a vice de Pedro Taques

Por Jessica Bachega

HiperNotícias

 

O ex-ministro de Agricultura Pecuária e Abastecimento Neri Geller (PP) desconversou sobre sua possível candidatura a vice-governador seguindo a eventual reeleição de Pedro Taques (PSDB). Ele reafirmou seu nome como candidato a deputado federal, em nota divulgada nesta quarta-feira (16).

 

Por meio da assessoria, Geller declarou que os rumores de que seria candidato a vice não passam de especulações e que seguirá a decisão coletiva do partido.

 

Ressalta que tem bom relacionamento com o governador e declara apoio a candidatura para nova gestão, porém seu nome está disponível para uma cadeira na Assembleia Legislativa (ALMT).

 

(mais…)

15
05

Presidente do PP em Cuiabá assume o comando do Intermat

Foto: Ednei Rosa

Através do ato 25.081/2018, publicado no Diário Oficial que circula nesta terça-feira (15), o governador Pedro Taques (PSDB) nomeou para o cargo de presidente do Instituto de Terras do Estado de Mato Grosso (Intermat) o presidente municipal do Progressista de Cuiabá, Demílson Nogueira Moreira. A posse ocorre depois do recuo do vereador Diego Guimarães (PP), que chegou a participar de cerimônia para assumir o cargo, no entanto refluiu após descobrir que perderia a vaga na Câmara Municipal de Cuiabá se optasse por integrar o Executivo Estadual.

 

 

Antes da nomeação de Demílson, estava conduzindo temporariamente a autarquia Elder Costa Jacarandá. A vaga, agora nas mãos do PP, estava sob os cuidados do Democratas, com a indicação de Cândido Teles, que se desligou da função no período limite estipulado pela Justiça Eleitoral para os interessados em concorrer a algum cargo eletivo nas eleições de outubro.

 

(mais…)

29
04

Maluf recebe alta médica em São Paulo

Rovena Rosa/Arquivo/Agência Brasil

Por Camila Boehm

Agência Brasil

 

O deputado federal afastado Paulo Maluf (PP-SP) recebeu alta médica hoje (29), às 9h, segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Sírio Libanês, localizado na capital paulista, onde o político está internado desde o último dia 6.

 

Durante sua internação, ele recebeu tratamento para o câncer de próstata, que progrediu e já apresenta múltiplas metástases ósseas.

 

O deputado estava cumprindo pena definitiva, no Presídio da Papuda, em Brasília, por ter sido condenado pelo crime de lavagem de dinheiro. No entanto, no fim de março, o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Dias Toffoli concedeu a ele o direito a prisão domiciliar, por entender que exames protocolados pelos advogados do deputado mostraram que Maluf passava por graves problemas de saúde e não poderia continuar na prisão. A decisão liminar foi analisada pelo plenário do STF e, em 19 de abril, os ministros confirmaram liminar proferida por Toffoli, mantendo a prisão domiciliar.

 

(mais…)

24
04

Lava Jato faz buscas no gabinete do deputado Eduardo da Fonte

Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

Por Estadão Conteúdo

 

A Polícia Federal (PF) cumpre mandados na Câmara dos Deputados, em Brasília, nesta terça-feira, 24. Os mandados foram autorizados pelo ministro Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato e a operação foi deflagrada em conjunto com a Procuradoria Geral da República (PGR). O alvo principal é o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE). Agentes da PF chegaram nas primeiras horas da manhã no gabinete e no apartamento do parlamentar.

 

Eduardo da Fonte é investigado por suposta prática de associação criminosa (artigo 2.º da Lei 12.850/2013), juntamente com outros parlamentares do PP: Aguinaldo Ribeiro, Arthur Lira, Benedito de Lira, Ciro Nogueira, José Otávio Germano, Luiz Fernando Faria e Nelson Meurer.

 

(mais…)

20
04

Fachin arquiva investigação contra deputados do PP

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

Por falta de provas, o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu arquivar investigação contra seis deputados do PP e um congressista do PSDB por suposto envolvimento no repasse de R$ 2,7 milhões da empreiteira Queiroz Galvão via diretório do PP. A investigação surgiu da Operação Lava Jato.

 

A decisão foi tomada em resposta a um pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR), que não encontrou provas sobre a participação dos parlamentares do PP no repasse. Foram beneficiados os deputados Simão Sessim (RJ), Roberto Balestra (GO), Jerônimo Goergen (RS), Eduardo da Fonte (PE), Aguinaldo Ribeiro (PB), Mario Negromonte Júnior (BA) e o congressista Waldir Maranhão (MA), que deixou o PP e está agora no PSDB.

 

Por outro lado, a PGR sustenta que a investigação aponta provas sobre a atuação do vice-governador do Rio de Janeiro Francisco Dornelles (PP) no esquema, que, segundo a procuradoria, consistiu no recebimento de vantagens indevidas no valor total de R$ 2,7 milhões sob o disfarce de doações eleitorais “oficiais” do grupo Queiroz Galvão ao Diretório Nacional do PP em 2010, para posterior distribuição aos parlamentares candidatos à reeleição da sigla.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade