Arquivo da Tag: "PF"
24
04

PF pede prorrogação do inquérito que apura atentado contra Bolsonaro

Por Estadão Conteúdo

 

A Polícia Federal de Minas Gerais pediu mais 90 dias para finalizar o inquérito que apura a facada sofrida pelo presidente Jair Bolsonaro durante a campanha eleitoral em 2018. Esta é a terceira vez que isso acontece e a alegação é de que, entre outros pontos, falta ouvir pessoas que tiveram contato com Adélio Bispo de Oliveira, autor do atentado ao então candidato Jair Bolsonaro (PSL).

 

O pedido da PF foi remetido nesta quarta-feira, 24, para ser analisado pelo Ministério Público Federal em Juiz de Fora, cidade mineira onde ocorreu o ataque. O documento é assinado pelo delegado Rodrigo Morais Fernandes, que justifica a solicitação argumentando que faltam alguns exames periciais e terminar de apurar suposta fraude na página do acusado em uma rede social. (mais…)

16
04

Moraes, do STF, ordena PF a fazer buscas em dez alvos do inquérito de fake news

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), ordenou buscas em dez endereços de alvos do inquérito que apura supostas fakes news contra seus colegas da Corte. Nesta terça-feira (16) a Polícia Federal está vasculhando oito locais.

 

Um dos alvos de buscas é o general da reserva Paulo Chagas. A investigação suspeita que mensagens publicadas pelo militar estariam difundindo crimes contra a honra dos ministros e o fechamento do STF. (mais…)

27
03

Diante de senadores, Moro destaca reforço a grupo da PF que mira em políticos

Por Estadão Conteúdo

 

Em audiência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) no Senado, o ministro Sérgio Moro, da Justiça e Segurança Pública, destacou o aumento de 525% no número de policiais federais que investigam políticos e demais autoridades com foro privilegiado no Supremo Tribunal Federal. A ampliação foi de oito para 42 agentes que atuam no Serviço de Inquéritos Especiais da Polícia Federal, que investigam também senadores.

 

Moro também destacou o reforço das forças-tarefas e equipes policiais da Lava Jato em Curitiba, no Rio de Janeiro, em São Paulo e em Brasília. Os dados foram apresentados pelo ministro em uma espécie de balanço das primeiras ações em sua gestão no ministério. (mais…)

12
03

Moro: PF não vai admitir ‘tentativas de obstrução’ em investigação sobre Marielle

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, declarou nesta terça-feira (12) que a Polícia Federal (PF) continuará contribuindo “com todos os meios necessários” contra as tentativas de obstrução às investigações relacionadas ao assassinato da vereadora do Rio Marielle Franco (PSOL) e seu motorista Anderson Gomes, em 14 de março do ano passado.

 

Nesta manhã o policial militar reformado Ronie Lessa e o ex-PM Elcio Vieira de Queiroz foram presos e denunciados por homicídio qualificado pelas mortes de Marielle e Anderson, e por tentativa de homicídio de Fernanda Chaves, uma das assessoras da ex-vereadora que também estava no carro emboscado no Rio. (mais…)

03
03

Em velório de neto, Lula volta a criticar sua condenação 

Patricia Monteiro/Bloomberg

Por Estadão Conteúdo

 

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva participou do velório do neto Arthur Araújo Lula da Silva, de 7 anos, ontem, em São Bernardo do Campo (SP), após autorização da Justiça Federal no Paraná. Escoltado por policiais federais, Lula – que cumpre prisão em Curitiba pela condenação na Lava Jato – permaneceu no local por cerca de duas horas. Segundo relatos, ele chorou muito recebeu cumprimentos e prometeu ao neto que provaria sua inocência.

 

“O Arthur foi um menino que sofreu muito bullying na escola, porque era neto do Lula. Por isso, eu tenho um compromisso com você, Arthur, eu vou provar a minha inocência e quando eu for para o céu, eu vou levando o meu diploma de inocente”, afirmou, segundo disseram pessoas presentes no velório. (mais…)

27
02

TRF mantém réu delegado por vazar Operação Carne Fraca a condenado na Lava Jato

Por Estadão Conteúdo

 

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) manteve como réu o delegado da Polícia Federal Mario Renato Castanheira Fanton em uma ação civil pública em que responde pela acusação de violar o sigilo funcional do cargo ao supostamente revelar informações relativas à Operação Carne Fraca ao ex-deputado federal André Luiz Vargas Ilário.

 

A decisão de negar recurso de Fanton foi proferida de forma unânime pela 4ª Turma, em sessão de julgamento realizada no dia 13 passado. André Vargas está sentenciado a 12 anos e 10 meses na Operação Lava Jato. (mais…)

12
01

Decreto pró-arma poderá abranger 76% da população

Por Estadão Conteúdo

Três em cada quatro brasileiros poderão ser incluídos no decreto que o governo Jair Bolsonaro está preparando para facilitar a posse de arma de fogo. O presidente estuda associar a liberação simplificada para quem mora em cidades onde a taxa de homicídios por 100 mil habitantes é maior que 10. Levantamento do jornal O Estado de S. Paulo com base em dados do Ministério da Saúde mostra que, nesse caso, a medida atingiria 3.485 das 5.570 cidades, ou 62% dos municípios do País, onde vivem 159,8 milhões de pessoas (76% da população brasileira).

(mais…)

05
12

PF inclui três alvos da Operação Sem Limites na lista da Interpol

Reprodução/Sindicato dos Delegados da Polícia Federal

Por Estadão Conteúdo

 

A Polícia Federal incluiu na lista de procurados da Interpol três alvos do suposto esquema de propinas milionárias na compra e venda de petróleo e derivados que tiveram prisão decretada na Operação Sem Limites, fase 57 da Lava Jato deflagrada nesta quarta-feira, 5. Com a inclusão dos nomes na Difusão Vermelha, o sueco Bo Hans Vilhelm Ljungberg, Rodrigo Garcia Berkowit e Luiz Eduardo Loureiro Andrade podem ser presos por polícias estrangeiras – os três têm prisão preventiva decretada pela 13.ª Vara Federal, em Curitiba.

 

Bo Hans é figura central nas investigações da nova fase da Lava Jato, que apura pagamentos milionários em propinas a funcionários da Petrobras em troca de vantagens na aquisição de derivados do petróleo. Na mira da força-tarefa – PF, Ministério Público Federal e Receita Federal – estão as gigantes do setor de petróleo e derivados Vitol, Trafigura e Glencore, com faturamento superior ao da estatal.

 

(mais…)

20
11

Moro convida chefe no PR para direção-geral da PF

Arquivo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

Atual superintendente da Polícia Federal no Paraná, Maurício Valeixo foi convidado pelo futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro, para ocupar o cargo de diretor-geral da corporação. Valeixo, descrito como “profundamente operacional”, deve substituir o também delegado Rogério Galloro, mais respeitado como intelectual do que operacional.

 

Ex-diretor de Inteligência da PF, Valeixo foi antes diretor de uma outra área-chave para a gestão do futuro ministro da Justiça: a de Combate ao Crime Organizado. Moro só não anunciou oficialmente o nome de Valeixo – com quem mantém boa relação desde a década de 90 – porque ainda monta o quebra-cabeça do ministério e o delegado, apesar de praticamente definido para a PF, é uma peça que se encaixaria em mais de uma posição. O anúncio deve sair nesta semana.

 

(mais…)

02
11

PF investigará grupo articulado para barrar apuração da morte de Marielle

Reprodução/Facebook

Por Estadão Conteúdo

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, anunciou nesta quinta-feira (1º) que a Polícia Federal (PF) vai investigar a existência de um grupo criminoso articulado para atrapalhar e impedir as investigações do assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) e de seu motorista, Anderson Gomes, em março. O ministro solicitou a instauração de inquérito policial para apurar o envolvimento de agentes públicos, milicianos e contraventores que estariam atuando em conjunto.

 

O pedido de atuação da PF foi feito no mesmo dia pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, com base em depoimentos de duas pessoas que estariam ligadas ao crime. “As denúncias são extremamente graves, precisam ser investigadas”, afirmou Jungmann. O ministro, no entanto, não quis dar informações sobre quem seriam essas pessoas e qual o grau de confiabilidade dos testemunhos. Ele disse apenas que os depoimentos foram dados há um mês a procuradores federais. (mais…)

Publicicade

Publicicade