Arquivo da Tag: "PETROBRAS"
06
12

Parlamentares poderão remanejar R$ 5,2 bilhões do Orçamento

Por Estadão Conteúdo

 

Além de turbinarem o fundo eleitoral com mais R$ 1,8 bilhão, deputados e senadores terão outros R$ 5,2 bilhões para distribuírem em suas bases eleitorais no ano que vem. A proposta de Orçamento para o ano que vem feita pelo relator Domingos Neto (PSD-CE) prevê um acréscimo de R$ 7 bilhões. Esse dinheiro extra sairia de uma nova projeção de recursos que o governo tem a receber de dividendos de estatais.

 

A União usa dividendos de empresas como a Petrobras e o Banco do Brasil para compor o orçamento da máquina pública. Com a nova estimativa de ganhos, a projeção de receita passou de R$ 1,637 trilhão para R$ 1,644 trilhão. Parte dessa diferença foi remanejada para ampliar o fundo eleitoral para R$ 3,8 bilhões. (mais…)

19
04

Operação desmonte na cultura brasileira

Por Estadão Conteúdo

 

A Petrobras iniciou o corte em seu programa de patrocínio cultural com a retirada de verbas de sete projetos das áreas audiovisual, três de música e um de teatro. Ao todo, a empresa deixou de renovar 11 iniciativas que “historicamente contaram com patrocínio”. Outros dois, na mesma condição, já não tinham sido contemplados em anos anteriores: os festivais de teatro Porto Alegre em Cena e o Festival de Curitiba.

 

Na lista dos projetos que não foram renovados estão algumas das mostras de cinema mais tradicionais do Brasil: Festival do Rio, Mostra de Cinema de SP, AnimaMundi, Festival de Cinema de Brasília, Festival de Cinema de Vitória, Sessão Vitrine e CineArte (SP). Na música, saem da lista de beneficiados o Prêmio da Música Brasileira, realizado há 30 anos no Rio de Janeiro, o Clube do Choro, uma das principais casas de música de Brasília, e a Casa do Choro, no Rio de Janeiro. As artes cênicas perdem o patrocínio do Teatro Poeira, no Rio. (mais…)

27
03

Caminhoneiros estão divididos sobre greve

Por Estadão Conteúdo

 

Líder dos caminhoneiros, Wallace Costa Landim, conhecido como Chorão, afirmou ontem (26) que o congelamento no preço do diesel por períodos de 15 dias e o ‘cartão caminhoneiro’, anunciados pela Petrobrás, ainda não são suficientes para evitar uma greve da categoria.

 

Apesar de pessoalmente não apoiar o movimento, Landim afirma haver de 15 a 20 grupos de articulação pela paralisação no WhatsApp. Eles fogem ao controle de lideranças sindicais com as quais o governo tem conversado. (mais…)

26
03

Petrobras anuncia ‘cartão caminhoneiro’ que permite comprar diesel com preço fixo

Por Estadão Conteúdo

 

A Petrobras e a BR Distribuidora desenvolvem uma nova forma de pagamento para os caminhoneiros que deve reduzir a volatilidade dos preços dos combustíveis. Em fato relevante, as empresas anunciaram que trabalham na criação de um cartão de pagamentos “que viabilizará a compra por caminhoneiros de litros de diesel a preço fixo nos postos com a bandeira BR”. O chamado “Cartão Caminhoneiro” será destinado aos autônomos e proprietários de frotas de caminhões.

 

“O diferencial que se busca é oferecer uma opção aos diversos públicos, que poderá auxiliar na gestão do risco da flutuação de preços ao consumidor”, cita o fato relevante da BR Distribuidora. O cartão ainda está em desenvolvimento e as empresas acreditam que a conclusão deverá ocorrer nos próximos 90 dias. (mais…)

18
03

Mendes se reúne com presidente da Petrobras e discute compra do gás boliviano

O governador Mauro Mendes (DEM) se reuniu na tarde desta segunda-feira (18), no Rio de Janeiro, com o presidente da Petrobras, Roberto Castelo Branco, para requerer liberação para que o MT Gás possa comprar o gás natural diretamente da Bolívia.

 

De acordo com o governador, a estatal brasileira, nesse momento, realiza uma série de estudos nos contratos de fornecimento de gás natural que a empresa tem com a Bolívia, que representa 24 milhões de metros cúbicos por dia.

 

“Esses contratos vencem agora em dezembro de 2019 e a Petrobras está analisando qual será o volume que ela irá comprar. Em função disso, ela pode atender o nosso pleito e poderemos comprar diretamente dos próprios bolivianos o gás, para fornecermos em Mato Groso”, explicou o governador. (mais…)

24
01

Petrobras reduz em 2,5% preço médio da gasolina nas refinarias nesta sexta-feira

Divulgação/Petrobras

Por Estadão Conteúdo

 

A Petrobras anunciou corte de 2,5% no preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, válido para esta sexta-feira, dia 25, para R$ 1,5104. Além disso, a estatal manteve sem alteração o preço do diesel, em R$ 1,9998, conforme tabela disponível no site da empresa.

 

Em dezembro, a Petrobras anunciou um mecanismo de proteção complementar no qual a companhia pode alterar a frequência dos reajustes diários do preço do diesel no mercado interno em momento de elevada volatilidade, podendo mantê-lo estável por curtos períodos de tempo de até sete dias, “conciliando seus interesses empresariais com as demandas de seus clientes e agentes de mercado em geral”. Já o hedge da gasolina, que passou a ser adotado em setembro de 2018, permite à empresa manter os valores estáveis nas refinarias por até 15 dias.

fonte: Estadão Conteúdo

16
01

“Petrobras foi saqueada num volume sem paralelo no governo Lula” afirma Moro

Petrobras/Arquivo

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou, nesta terça-feira, 15, em entrevista à GloboNews, que a Petrobras foi “saqueada em um volume sem paralelo” durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A declaração foi feita em resposta a pergunta sobre argumentos da defesa do petista à Justiça de que Moro foi um juiz parcial e o perseguiu durante processos judiciais.

 

Moro afirmou que Lula não “faz parte” de seu “presente”, nem do “futuro”. “O fato é que a decisão que eu proferi foi confirmada por três desembargadores que permanecem em suas posições.”

 

(mais…)

20
11

Castello Branco reafirma que prioridade da Petrobras será exploração do pré-sal

Resultado de imagem para Castello Branco reafirma que prioridade da Petrobras será exploração do pré-salPor Estadão Conteúdo

 

O futuro presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse nesta terça-feira, 20, que a prioridade da Petrobras será a exploração do pré-sal. “Como eu disse ontem na imprensa, o foco será na exploração do pré-sal”, disse Castello Branco.

 

A declaração foi feita no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, onde a equipe de transição governamental se reúne. O futuro presidente da estatal não disse com quem se reuniu hoje mas disse que voltará à tarde para novas reuniões de trabalho.

 

(mais…)

04
08

Lula, Dirceu e PT ficavam com 2/3 das propinas, diz Duque

Crédito: Marcos de Paula/Estadão Conteúdo

Por Estadão Conteúdo

 

O ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque afirmou na sexta-feira, 3, ao juiz Sérgio Moro, da 13.ª Vara Federal em Curitiba, que o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva, o ex-ministro José Dirceu e o PT dividiam dois terços da propina arrecadada com os contratos de plataformas para exploração do petróleo do pré-sal da Sete Brasil. A informação, segundo Duque, foi passada pelo ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto.

 

Segundo o ex-diretor, um terço da propina iria para a “casa”, nome usado para a propina destinada aos executivos da Petrobras e da Sete Brasil, e os outros dois para o PT. “Esses dois terços para o partido seriam divididos entre Lula, José Dirceu e o partido”, afirmou.

 

(mais…)

03
06

Após fim da greve, gasolina volta a subir nas refinarias

arquivo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

A greve dos caminhoneiros colocou em xeque a política de preços da Petrobrás e levou a estatal a congelar o valor cobrado pelo diesel nas refinarias, mas os reajustes diários da gasolina seguem a todo vapor. Ontem, o litro da gasolina tipo A passou a R$ 2,0113 nas refinarias da Petrobrás, alta de 2,2% em relação aos preços de quinta e Sexta-feira.

 

Foi a segunda elevação seguida na gasolina, depois de cinco quedas. Ao longo da semana em que os protestos dos caminhoneiros pararam estradas em diversos pontos do País, o combustível acumulou redução de 6,4%. Com as elevações da última quinta-feira até ontem, a alta acumulada ficou em 3%.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade