Arquivo da Tag: "Pedro Taques"
07
08

Taques diz estar “louco para falar” sobre acusações relativas aos grampos em MT

Cabo Gerson declarou que os “donos da grampolândia” seriam “Pedro e Paulo Taques”

Se no cargo de governador de Mato Grosso Pedro Taques preferia não tocar no assunto relativo à Grampolândia Pantaneira, agora ele diz estar “louco para falar”. A declaração foi dada depois da apreciação de suas contas de governo, referentes ao ano de 2018, no Tribunal de Contas do Estado.

 

Taques vem sendo acusado pelos coronéis Zaqueu Barbosa, Evandro Lesco e pelo cabo Gerson Correa de ser o idealizador do esquema de grampos ilegais instalado na Polícia Militar de Mato Grosso. Segundo os policiais militares, ele teria contado com o auxílio do seu primo, o ex-secretário chefe da Casa Civil, Paulo Taques, no planejamento das escutas. O objetivo seria obter informações sobre adversários políticos, jornalistas, entre outros.  (mais…)

07
08

TCE dá parecer favorável à aprovação das contas de Taques, julgamento será na AL

O Tribunal de Contas do Estado, em análise realizada nesta terça-feira (6), deu parecer favorável à aprovação das contas de governo do então governador Pedro Taques (PSDB), relativas ao ano de 2018. O posicionamento da corte de contas norteia o julgamento por parte da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que é quem aprova ou não o balancete. O parecer favorável do TCE ocorreu de forma unânime, embora tenham sido observadas 21 irregularidades.

 

Taques fez questão de fazer sua autodefesa. Apesar de ter sido bastante criticado pela iniciativa, o então governador afirmou que a decisão foi tomada em respeito aos conselheiros e a instituição.  (mais…)

06
08

Taques é o primeiro ex-governador de MT a defender aprovação de contas no TCE

Foto: Mikhail Favalessa/RD News

O ex-governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), se tornou o primeiro ex-gestor a fazer sua autodefesa no Tribunal de Contas do Estado (TCE). Pontuou que foi duramente criticado por isso, mas que tomou essa decisão em respeito ao órgão fiscalizador. A Corte de Contas julga nesta terça-feira as contas de governo referentes ao ano de 2018. Na oportunidade, Taques reconheceu que cometeu erros durante a sua gestão e que teve que fazer escolhas difíceis em função da crise econômica vivenciada naquele período.

 

O tucano asseverou que não conseguiu “fazer tudo o que pretendia” e nem concretizar os seus “sonhos” para o estado. “Errei, confesso, pois aconteceram n coisas no decorrer do caminho e isso refletiu muito na nossa gestão”, pontuou rememorando inclusive o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

(mais…)

04
08

TCE aprecia na terça contas do último ano da gestão Pedro Taques

Está agendada para a esta terça-feira (6), a partir de 15h, a sessão extraordinária do Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso que irá apreciar e emitir parecer prévio circunstanciado sobre as contas anuais do ex-governador do Estado, Pedro Taques, referentes ao exercício de 2018, último ano de sua gestão.

 

O parecer prévio circunstanciado a ser votado pelo Tribunal Pleno instrui julgamento final das contas anuais do governo estadual, de competência privativa da Assembleia Legislativa. Nesse tipo de processo, a manifestação do Tribunal de Contas ocorre por parecer prévio favorável à aprovação ou por parecer prévio contrário à aprovação.

(mais…)

11
03

Selma: “Se querem tomar o meu lugar, continuem querendo por um bom tempo”

A senadora Selma Arruda (PSL), em entrevista concedida ao Estúdio Band, afirmou não acreditar que vá perder o mandato e ainda classificou como “baixaria” as articulações feitas nos bastidores para definir nomes caso haja a realização de uma eleição suplementar caso venha a sofrer uma cassação. Já manifestaram interesse em uma eventual disputa Carlos Fávaro (PSD), o ex-ministro Blairo Maggi (PP) e o ex-governador Pedro Taques (PSDB). Selma Arruda teve as contas de campanha reprovadas e o a Procuradoria Regional Eleitoral pediu a cassação e inelegibilidade de Selma por suposto caixa dois durante a campanha eleitoral de 2018.

 

“É meio sórdido você ficar sabendo que as pessoas estão querendo dividir uma coisa que tem dono, nome e sobrenome. É uma coisa que às vezes até me recuso a acreditar que um ex-governador, um ex-ministro, estejam aventando essas possibilidades. Acho muita baixaria, sinceramente. Espero também que eles se conscientizem que embora estejam torcendo para que eu seja cassada injustamente, eles respondem a processos na justiça, tem contas a prestar na justiça e portanto não seriam melhores candidatos do que eu. Se cada um se conscientizar disso, acho que para um pouquinho essa balburdia toda”. (mais…)

17
01

Rei morto, rei posto

Bastou o então governador Pedro Taques (PSDB) deixar o cargo para que a Assembleia Legislativa derrubasse a maior parte dos vetos impostos pelo ex-gestor. Foram pelo menos 15 vetos derrubados durante essa semana. A apreciação dos vetos limpou a pauta e permitiu que a Casa votasse matérias como as mudanças na concessão da RGA e também a unificação do Fethab, que trará mais recursos para os cofres estaduais.

 

A postura dos parlamentares rendeu até mesmo comentários bem humorados do presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (DEM). “Quando o Pedro estava lá (Palácio Paiaguás), ninguém derrubava vetos, não é Wilson (Santos)?” (mais…)

17
01

Taques pode ser responsabilizado por crise financeira de MT; medida é analisada pela União

Conforme informação prestada pelo O Globo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, poderá dar início a uma investigação que pode culminar na responsabilização do ex-governador Pedro Taques (PSDB) pela atual situação financeira pela qual passa Mato Grosso. Hoje o estado acumula dívida no montante de R$ 3,9 bilhões e a consequência disso é dificuldade de pagar fornecedores e também os salários dos servidores públicos, além de comprometer a capacidade de investimento do estado. A medida atinge ex-governadores de outros estados que também passam por dificuldades. (mais…)

25
10

TCU dá aval para concessão do Marechal Rondon e outros três aeroportos regionais

Da assessoria

Por unanimidade, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou nesta quarta-feira (24) a modalidade de concessões aeroportuárias dividida em blocos regionais. A decisão beneficia Mato Grosso, único estado com quatro aeroportos que serão concessionados à iniciativa privada. O leilão deve ocorrer este ano e os aeroportos receberão investimentos de aproximadamente R$ 800 milhões.

 

A concessão em bloco dos aeroportos de Mato Grosso foi proposta pelo governador Pedro Taques (PSDB) e aceita pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. (mais…)

23
10

Janaina Riva aponta improbidade e vai pedir afastamento de Pedro Taques

Depois de tomar conhecimento da delação premiada firmada pelo empresário Alan Malouf, a deputada estadual Janaina Riva (MDB) anunciou, em entrevista concedida à Rádio Vila Real nesta terça-feira (23), que apresentará pedido de afastamento do governador Pedro Taques (PSDB) do exercício do mandato, embasado na suposta prática de improbidade administrativa.

 

Para Riva, o fato de Taques ter conhecimento da corrupção cometida e não ter tomado nenhuma medida implica em responsabilidade do tucano diante do ocorrido.

 

“Ele concorda com isso e não comete nenhum ato em seu governo para evitar que isso acontecesse, ele também é responsável. Então, eu vou entrar hoje com um pedido de afastamento dele e isso vai para a análise do plenário, se o presidente decidir colocar para a análise do plenário. E eu espero que o Botelho faça isso, porque a Assembleia é independente e tem que dar oportunidade do povo saber como os deputados que estão na Assembleia pensam e se posicionam sobre”, declarou.

 

(mais…)

23
10

“Antes de pagar o atrasado, precisamos pagar em dia as contas do mês”, avalia Mendes

Estado deve R$ 154 milhões de repasse da Saúde a prefeituras

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) afirmou que antes de se comprometer a pagar qualquer passivo existentes, precisa se inteirar da saúde financeira do Estado. Para o democrata, Mato Grosso está “quebrado” e não consegue sequer pagar as despesas do mês com a arrecadação verificada.

 

“Vou checar os números dentro da transição, ter segurança para que possamos fazer um planejamento. Antes de falar em pagar dívidas do passado, preciso pagar em dia o que vence no mês. Mato Grosso não tem hoje essa condição de pagar em dia o que vence no mês”, asseverou.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade