Arquivo da Tag: "Pedro Taques"
25
10

TCU dá aval para concessão do Marechal Rondon e outros três aeroportos regionais

Da assessoria

Por unanimidade, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou nesta quarta-feira (24) a modalidade de concessões aeroportuárias dividida em blocos regionais. A decisão beneficia Mato Grosso, único estado com quatro aeroportos que serão concessionados à iniciativa privada. O leilão deve ocorrer este ano e os aeroportos receberão investimentos de aproximadamente R$ 800 milhões.

 

A concessão em bloco dos aeroportos de Mato Grosso foi proposta pelo governador Pedro Taques (PSDB) e aceita pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. (mais…)

23
10

Janaina Riva aponta improbidade e vai pedir afastamento de Pedro Taques

Depois de tomar conhecimento da delação premiada firmada pelo empresário Alan Malouf, a deputada estadual Janaina Riva (MDB) anunciou, em entrevista concedida à Rádio Vila Real nesta terça-feira (23), que apresentará pedido de afastamento do governador Pedro Taques (PSDB) do exercício do mandato, embasado na suposta prática de improbidade administrativa.

 

Para Riva, o fato de Taques ter conhecimento da corrupção cometida e não ter tomado nenhuma medida implica em responsabilidade do tucano diante do ocorrido.

 

“Ele concorda com isso e não comete nenhum ato em seu governo para evitar que isso acontecesse, ele também é responsável. Então, eu vou entrar hoje com um pedido de afastamento dele e isso vai para a análise do plenário, se o presidente decidir colocar para a análise do plenário. E eu espero que o Botelho faça isso, porque a Assembleia é independente e tem que dar oportunidade do povo saber como os deputados que estão na Assembleia pensam e se posicionam sobre”, declarou.

 

(mais…)

23
10

“Antes de pagar o atrasado, precisamos pagar em dia as contas do mês”, avalia Mendes

Estado deve R$ 154 milhões de repasse da Saúde a prefeituras

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) afirmou que antes de se comprometer a pagar qualquer passivo existentes, precisa se inteirar da saúde financeira do Estado. Para o democrata, Mato Grosso está “quebrado” e não consegue sequer pagar as despesas do mês com a arrecadação verificada.

 

“Vou checar os números dentro da transição, ter segurança para que possamos fazer um planejamento. Antes de falar em pagar dívidas do passado, preciso pagar em dia o que vence no mês. Mato Grosso não tem hoje essa condição de pagar em dia o que vence no mês”, asseverou.

 

(mais…)

23
10

Vingança não!

Questionado se o governador Pedro Taques (PSDB) não poderia estar agindo por “vingança” quando anunciou que não renovaria do Fethab 2, que garante aos cofres de Mato Grosso R$ 450 milhões ao ano, o governador eleito Mauro Mendes (DEM) disse que prefere não acreditar nesta hipótese. No entanto, o democrata ressaltou que extinguir essa fonte de recurso é colocar Mato Grosso numa situação financeira ainda mais delicada. (mais…)

23
10

Mauro Mendes e a tarefa de resgatar a saúde

Foto: Alan Cosme/Hipernotícias

A posse do governador eleito Mauro Mendes (DEM) é aguardada ansiosamente, em especial, pelos prefeitos de Mato Grosso. Isso porque os gestores amargam dificuldades no que diz respeito aos repasses da saúde que estão atrasados. O passivo chega a R$ 150 milhões. Deste montante, pelo menos R$ 50 milhões seriam destinados a Cuiabá, segundo informou o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que afirma estar passando um verdadeiro perrengue para garantir atendimento na capital. (mais…)

16
10

Mauro Mendes já começa o trabalho

Mauro Mendes (DEM), que a partir de 1º de janeiro desempenhará a função de governador de Mato Grosso, já começou a trabalhar tão logo soube o resultado das eleições em 7 de outubro. O democrata já tratou de se reunir com a bancada federal para garantir emenda no montante de R$ 156 milhões para a área da saúde.

 

O recurso, conforme explicou o deputado federal Fábio Garcia (DEM) em entrevista à Rádio Capital, deverá ser investido no setor de especialidades médicas, o que significa dizer melhorias nos hospitais regionais. Garcia ainda adiantou que a bancada não mostrou resistência ao pedido, mas se reuniria nesta terça-feira para acertar os detalhes do procedimento.

 

(mais…)

23
08

Taques destaca reajuste de salário e concurso na Educação

Por HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB), candidato à reeleição, prometeu que irá manter a política de aumento salarial dos professores. Em sua gestão, a categoria chegará a um aumento real de 48,8%. Ele também destacou a realização de concurso público para 5748 vagas na educação.

“Nós vamos continuar garantindo os aumentos salarias já previstos em lei para os professores. Somente na nossa gestão o aumento real foi de quase 50%. Também realizamos concurso público, uma reivindicação da categoria. Enquanto isso, o outro candidato está acusando a minha gestão de inchar a máquina pública, comprometendo a receita com pagamento de salários. Pois eu quero dizer que se isso é errar, nós vamos continuar errando”, disse o governador.

Para o governador, os candidatos adversários querem enganar o eleitor quando dizem que a “máquina está inchada” e que isso seria em razão dos cargos exclusivamente comissionados. Dos quase 70 mil servidores da ativa, o Poder Executivo tem apenas 1500 cargos exclusivamente comissionados e 72% são ocupados por servidores de carreira, o que mostra a política de valorização do funcionalismo. O aumento da folha salarial em Mato Grosso foi em decorrência das leis de carreiras aprovadas na gestão passada e cumpridas por Pedro Taques.

Com relação a política salarial do professor, a Lei complementar 510/2013 prevê um calendário de aumento salarial progressivo aos profissionais da educação até o ano de 2023. Pedro Taques cumpriu todos os aumentos previstos e garante os que ainda estão por vencer.

“Falam que a vão diminuir a máquina, eu gostaria que apontassem como. Já estamos com o menor número de comissionados da história. Para diminuir, só demitindo servidor de carreira. E essa não é a nossa proposta, nós precisamos de mais policiais e professores, por exemplo”, disse Pedro Taques.

20
08

Taques destaca R$ 50 milhões em investimentos e garante conclusão da ZPE de Cáceres

pedro taquesPor HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques, candidato à reeleição pelo PSDB, deu início à sua campanha na região oeste neste domingo (19.08). No município, o tucano destacou os investimentos de sua gestão em Cáceres e região e assumiu o compromisso de concluir a Zona de Processamento de Exportação (ZPE). Acompanhado dos candidatos ao Senado Federal Nilson Leitão (PSDB) e a Juíza Selma (PSL), Taques participou do comício de lançamento da candidatura de Claudio Henrique (PSDB) a deputado estadual.

 

Segundo o governador, as últimas administrações não investiram na cidade, mas sua administração, apesar de toda dificuldade econômica enfrentada, deu prioridade aos projetos e demandas de Cáceres por entender a importância da cidade para Mato Grosso.

 

(mais…)

20
08

Mauro Mendes lidera com 23% das intenções de voto seguido por Pedro Taques com 18%

mauro mendes e pedro taques.jpg

Reprodução/HiperNotícias

Por Ana Flávia Corrêa

HiperNotícias

 

O candidato ao governo Mauro Mendes (DEM) tem 23% das intenções de voto e sai a frente dos outros candidatos, de acordo com pesquisa realizada pelo instituo Voice Pesquisas e divulgada pelo site MidiaNews.

 

Na modalidade estimulada, em que são apresentados os candidatos ao cargo aos entrevistados, o atual governador, Pedro Taques (PSDB), aparece com 18%, seguido pelo senador Wellington Fagundes (PR), com 13%. Os candidatos Arthur Nogueira (Rede) e Moisés Franz (Psol) têm 1% das intenções.

 

(mais…)

16
08

Mendes quer falar de amor e Deus e faz críticas à Taques no primeiro dia de campanha

mauro mendesPor Débora Siqueira

HiperNotícias

 

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), deu o pontapé na campanha eleitoral e diz que vai se pautar no amor, Deus e sem ofensas pessoais aos adversários. Contudo, sobrou muitas críticas à administração do governador Pedro Taques (PSDB). De obras paradas, ao comportamento do gestor em não ouvir aliados, até o decreto do parcelamento de dívidas com fornecedores foram citados no ato, que colocou o bloco da coligação “Pra Mudar MT” na rua.

 

“Não farei piadinhas, não vou inventar apelidos para adversários. Eu respeito. Vou falar de Mato Grosso, saúde, obras paradas, como retomar essas obras, o novo Hospital Universitário que está com recursos parados na conta e o governo não conseguiu andar um tijolo em quatro anos, isso que importa. Piadinhas e ofensas vamos entregar para Deus e deixar que o povo faça o julgamento”, discursou.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade