Arquivo da Tag: "Pedro Taques"
17
01

Rei morto, rei posto

Bastou o então governador Pedro Taques (PSDB) deixar o cargo para que a Assembleia Legislativa derrubasse a maior parte dos vetos impostos pelo ex-gestor. Foram pelo menos 15 vetos derrubados durante essa semana. A apreciação dos vetos limpou a pauta e permitiu que a Casa votasse matérias como as mudanças na concessão da RGA e também a unificação do Fethab, que trará mais recursos para os cofres estaduais.

 

A postura dos parlamentares rendeu até mesmo comentários bem humorados do presidente da Casa, deputado Eduardo Botelho (DEM). “Quando o Pedro estava lá (Palácio Paiaguás), ninguém derrubava vetos, não é Wilson (Santos)?” (mais…)

17
01

Taques pode ser responsabilizado por crise financeira de MT; medida é analisada pela União

Conforme informação prestada pelo O Globo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, poderá dar início a uma investigação que pode culminar na responsabilização do ex-governador Pedro Taques (PSDB) pela atual situação financeira pela qual passa Mato Grosso. Hoje o estado acumula dívida no montante de R$ 3,9 bilhões e a consequência disso é dificuldade de pagar fornecedores e também os salários dos servidores públicos, além de comprometer a capacidade de investimento do estado. A medida atinge ex-governadores de outros estados que também passam por dificuldades. (mais…)

25
10

TCU dá aval para concessão do Marechal Rondon e outros três aeroportos regionais

Da assessoria

Por unanimidade, o Tribunal de Contas da União (TCU) aprovou nesta quarta-feira (24) a modalidade de concessões aeroportuárias dividida em blocos regionais. A decisão beneficia Mato Grosso, único estado com quatro aeroportos que serão concessionados à iniciativa privada. O leilão deve ocorrer este ano e os aeroportos receberão investimentos de aproximadamente R$ 800 milhões.

 

A concessão em bloco dos aeroportos de Mato Grosso foi proposta pelo governador Pedro Taques (PSDB) e aceita pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil. (mais…)

23
10

Janaina Riva aponta improbidade e vai pedir afastamento de Pedro Taques

Depois de tomar conhecimento da delação premiada firmada pelo empresário Alan Malouf, a deputada estadual Janaina Riva (MDB) anunciou, em entrevista concedida à Rádio Vila Real nesta terça-feira (23), que apresentará pedido de afastamento do governador Pedro Taques (PSDB) do exercício do mandato, embasado na suposta prática de improbidade administrativa.

 

Para Riva, o fato de Taques ter conhecimento da corrupção cometida e não ter tomado nenhuma medida implica em responsabilidade do tucano diante do ocorrido.

 

“Ele concorda com isso e não comete nenhum ato em seu governo para evitar que isso acontecesse, ele também é responsável. Então, eu vou entrar hoje com um pedido de afastamento dele e isso vai para a análise do plenário, se o presidente decidir colocar para a análise do plenário. E eu espero que o Botelho faça isso, porque a Assembleia é independente e tem que dar oportunidade do povo saber como os deputados que estão na Assembleia pensam e se posicionam sobre”, declarou.

 

(mais…)

23
10

“Antes de pagar o atrasado, precisamos pagar em dia as contas do mês”, avalia Mendes

Estado deve R$ 154 milhões de repasse da Saúde a prefeituras

O governador eleito Mauro Mendes (DEM) afirmou que antes de se comprometer a pagar qualquer passivo existentes, precisa se inteirar da saúde financeira do Estado. Para o democrata, Mato Grosso está “quebrado” e não consegue sequer pagar as despesas do mês com a arrecadação verificada.

 

“Vou checar os números dentro da transição, ter segurança para que possamos fazer um planejamento. Antes de falar em pagar dívidas do passado, preciso pagar em dia o que vence no mês. Mato Grosso não tem hoje essa condição de pagar em dia o que vence no mês”, asseverou.

 

(mais…)

23
10

Vingança não!

Questionado se o governador Pedro Taques (PSDB) não poderia estar agindo por “vingança” quando anunciou que não renovaria do Fethab 2, que garante aos cofres de Mato Grosso R$ 450 milhões ao ano, o governador eleito Mauro Mendes (DEM) disse que prefere não acreditar nesta hipótese. No entanto, o democrata ressaltou que extinguir essa fonte de recurso é colocar Mato Grosso numa situação financeira ainda mais delicada. (mais…)

23
10

Mauro Mendes e a tarefa de resgatar a saúde

Foto: Alan Cosme/Hipernotícias

A posse do governador eleito Mauro Mendes (DEM) é aguardada ansiosamente, em especial, pelos prefeitos de Mato Grosso. Isso porque os gestores amargam dificuldades no que diz respeito aos repasses da saúde que estão atrasados. O passivo chega a R$ 150 milhões. Deste montante, pelo menos R$ 50 milhões seriam destinados a Cuiabá, segundo informou o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que afirma estar passando um verdadeiro perrengue para garantir atendimento na capital. (mais…)

16
10

Mauro Mendes já começa o trabalho

Mauro Mendes (DEM), que a partir de 1º de janeiro desempenhará a função de governador de Mato Grosso, já começou a trabalhar tão logo soube o resultado das eleições em 7 de outubro. O democrata já tratou de se reunir com a bancada federal para garantir emenda no montante de R$ 156 milhões para a área da saúde.

 

O recurso, conforme explicou o deputado federal Fábio Garcia (DEM) em entrevista à Rádio Capital, deverá ser investido no setor de especialidades médicas, o que significa dizer melhorias nos hospitais regionais. Garcia ainda adiantou que a bancada não mostrou resistência ao pedido, mas se reuniria nesta terça-feira para acertar os detalhes do procedimento.

 

(mais…)

23
08

Taques destaca reajuste de salário e concurso na Educação

Por HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB), candidato à reeleição, prometeu que irá manter a política de aumento salarial dos professores. Em sua gestão, a categoria chegará a um aumento real de 48,8%. Ele também destacou a realização de concurso público para 5748 vagas na educação.

“Nós vamos continuar garantindo os aumentos salarias já previstos em lei para os professores. Somente na nossa gestão o aumento real foi de quase 50%. Também realizamos concurso público, uma reivindicação da categoria. Enquanto isso, o outro candidato está acusando a minha gestão de inchar a máquina pública, comprometendo a receita com pagamento de salários. Pois eu quero dizer que se isso é errar, nós vamos continuar errando”, disse o governador.

Para o governador, os candidatos adversários querem enganar o eleitor quando dizem que a “máquina está inchada” e que isso seria em razão dos cargos exclusivamente comissionados. Dos quase 70 mil servidores da ativa, o Poder Executivo tem apenas 1500 cargos exclusivamente comissionados e 72% são ocupados por servidores de carreira, o que mostra a política de valorização do funcionalismo. O aumento da folha salarial em Mato Grosso foi em decorrência das leis de carreiras aprovadas na gestão passada e cumpridas por Pedro Taques.

Com relação a política salarial do professor, a Lei complementar 510/2013 prevê um calendário de aumento salarial progressivo aos profissionais da educação até o ano de 2023. Pedro Taques cumpriu todos os aumentos previstos e garante os que ainda estão por vencer.

“Falam que a vão diminuir a máquina, eu gostaria que apontassem como. Já estamos com o menor número de comissionados da história. Para diminuir, só demitindo servidor de carreira. E essa não é a nossa proposta, nós precisamos de mais policiais e professores, por exemplo”, disse Pedro Taques.

20
08

Taques destaca R$ 50 milhões em investimentos e garante conclusão da ZPE de Cáceres

pedro taquesPor HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques, candidato à reeleição pelo PSDB, deu início à sua campanha na região oeste neste domingo (19.08). No município, o tucano destacou os investimentos de sua gestão em Cáceres e região e assumiu o compromisso de concluir a Zona de Processamento de Exportação (ZPE). Acompanhado dos candidatos ao Senado Federal Nilson Leitão (PSDB) e a Juíza Selma (PSL), Taques participou do comício de lançamento da candidatura de Claudio Henrique (PSDB) a deputado estadual.

 

Segundo o governador, as últimas administrações não investiram na cidade, mas sua administração, apesar de toda dificuldade econômica enfrentada, deu prioridade aos projetos e demandas de Cáceres por entender a importância da cidade para Mato Grosso.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade