Arquivo da Tag: "PALÁCIO DO PLANALTO"
15
04

STF já foi acionado 24 vezes para barrar medidas de governo

Por Estadão Conteúdo

 

Em três meses e meio de presidência de Jair Bolsonaro (PSL), o Supremo Tribunal Federal (STF) foi acionado ao menos 24 vezes para barrar medidas do Palácio do Planalto, aponta levantamento feito pelo jornal O Estado de S. Paulo. A “campeã” de contestações é a Medida Provisória que reforça o caráter facultativo da contribuição sindical, alvo de 12 ações.

 

Entre outras iniciativas do governo já questionadas perante ao Supremo estão a extinção do Ministério do Trabalho e a transferência para o Ministério da Agricultura da atribuição de demarcar terras indígenas – mudanças implantadas pela mesma medida provisória, judicializada no segundo dia do governo, em 2 de janeiro. O STF ainda não analisou o mérito de nenhum desses processos. (mais…)

17
03

Com STF sob ataques, Bolsonaro prega ‘união’

Por Estadão Conteúdo

 

No mesmo dia em que compartilhou em suas redes sociais um vídeo no qual o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) critica a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de remeter para a Justiça Eleitoral crimes ligados à prática de caixa 2, como corrupção e lavagem de dinheiro, o presidente Jair Bolsonaro fez ontem um apelo pela “união” entre os Poderes. Convidado para um churrasco na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), com integrantes do Executivo, Legislativo e Judiciário, Bolsonaro discursou na contramão de sua própria postagem e pregou o diálogo em um momento marcado por conflitos com o Supremo.

 

A ideia foi a de mostrar a imagem de estabilidade na véspera de seu embarque para Washington, onde ele se encontrará com o presidente Donald Trump. Participantes do almoço disseram ao jornal O Estado de S. Paulo, porém, que, apesar do pedido de unidade, Bolsonaro não deu sinais concretos de que quer a pacificação do País. O presidente saiu sem dar declarações. (mais…)

21
02

Bolsonaro adia reunião com líderes governistas para amenizar insatisfações

Foto: Isac Nóbrega/PR

Por Estadão Conteúdo

 

Com a ainda latente insatisfação entre governistas e a possibilidade de ter um quórum esvaziado, o Palácio do Planalto adiou uma reunião que o presidente Jair Bolsonaro realizaria na manhã desta quinta-feira (21) com líderes de partidos que devem compor a base aliada na Câmara. A avaliação feita pelo governo é de que é preciso ganhar tempo para apaziguar os ânimos de modo a não desperdiçar a chance de ter uma aproximação mais efetiva do presidente com a sua possível rede de apoio.

 

O encontro será realizado na próxima terça-feira (26) pela manhã. Bolsonaro pretende conversar com os parlamentares sobre a proposta de reforma da Previdência. A ideia é que o próprio presidente explique pontos da matéria e tire dúvidas. Ele deve, no entanto, ouvir críticas e reclamações sobre a condução da articulação do seu governo com o Congresso. (mais…)

18
02

Temer: Bolsonaro precisa de ‘crédito’; FHC defende que presidente seja ‘árbitro’

Alan Santos/PR

Por Estadão Conteúdo

 

O ex-presidente Michel Temer afirmou na tarde desta segunda-feira (18) que é preciso dar crédito ao presidente Jair Bolsonaro, que ainda tem pouco tempo de governo. “Ele passou 18 dias no hospital, ficou em Davos (no Fórum Econômico Mundial), tem pouco tempo. Tem que dar crédito”, afirmou em entrevista à Rádio Bandnews FM, quando questionado sobre a crise envolvendo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, que pode ser exonerado ainda nesta segunda-feira.

 

Temer participou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso de uma entrevista para a rádio e ambos falaram sobre crises e suas experiências na Presidência. “Se começarmos com mensagens pessimistas, estamos atrapalhando não é o governo, é o Brasil”, disse. Temer afirmou, ainda, que uma crise deve “sair pequena de um gabinete presidencial”, o que se faz por meio do diálogo. “Especialmente com aqueles que se opõem”. (mais…)

05
02

Após disputa no Senado, Lorenzoni faz acenos a MDB

Por Estadão Conteúdo

 

Articulador político do Palácio do Planalto, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, vestiu o figurino “paz e amor” e disse nesta segunda-feira (4) que não vai brigar com o senador Renan Calheiros (MDB-AL). Após participar de cerimônia na Câmara para entregar a mensagem do presidente Jair Bolsonaro ao Congresso, na reabertura dos trabalhos do Legislativo, Onyx afirmou que Renan o chamou para o confronto porque queria transformar o Senado em uma “cidadela de resistência do PT”.

 

Mesmo com a disputa acirrada, que no sábado terminou com a derrota de Renan para Davi Alcolumbre (DEM-AP), novo presidente do Senado, o Palácio do Planalto precisa do apoio do MDB no Congresso e não quer que o episódio prejudique o relacionamento com o partido. Com 13 senadores, a sigla tem a maior bancada na Casa. (mais…)

24
10

Temer reúne equipe para fazer balanço de obras a serem concluídas

Por Agência Brasil

 

O presidente Michel Temer está reunido no Palácio do Planalto com sete ministros, secretários executivos e embaixadores de seu governo, para fazer um levantamento das obras que deverão ser concluídas até o final do ano. A reunião começou por volta das 9h30, sendo inicialmente conduzida pelo ministro-chefe da Secretaria de Governo, Carlos Marun. O presidente chegou ao encontro às 10h.

 

Participam da reunião os ministros da Casa Civil da Presidência da República, Eliseu Padilha; dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro; da Saúde, Gilberto Occhi; de Minas e Energia, Moreira Franco; do Planejamento, Esteves Colnago; do Turismo, Vinícius Lummertz; e o ministro da Integração Nacional substituto, Gustavo Canuto.

 

(mais…)

06
07

Taques minimiza baixo desempenho e diz que Alckmin é o mais preparado

O governador Pedro Taques (PSDB) minimizou o resultado apresentado pela pesquisa Ibope, divulgada no último dia 28, que mostra o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) com 6% das intenções de voto, ficando atrás de Lula (PT), Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PSB) na disputa pelo Palácio do Planalto. Para Taques, a campanha ainda não começou e o desempenho do tucano só poderá ser medido depois do dia 7 de setembro.

 

Foto: Alan Cosme/ Hipernotícias

“A eleição vai começar depois da parada, em 7 de setembro”, disse sem comentar se a desenvoltura de Alckmin poderia prejudicar de alguma maneira sua candidatura à reeleição.

 

Embora a candidatura do tucano não empolgue, Taques considera ser Alckmin o nome mais preparado para administrar o Brasil. “O Brasil precisa ano que vem de alguém que tenha responsabilidade. Tenho convicção, certeza, que é o brasileiro mais preparado”, disse Taques durante evento na Famato, que contou com a participação de Alckmin na manhã desta sexta-feira (6).

(mais…)

26
06

No Planalto, Pence e Temer conversam sobre refugiados venezuelanos

José Cruz/Agência Brasil

Por Yara Aquino

Agência Brasil

 

Em rápida conversa hoje (26), no Palácio do Planalto, o presidente Michel Temer e o vice-presidente norte-americano, Mike Pence, falaram sobre os laços entre Brasil e Estados Unidos. Ao se cumprimentarem, o americano demonstrou preocupação com a situação dos refugiados venezuelanos. Pence chegou ao Planalto no início da tarde.

 

O norte-americano disse a Temer que o Brasil tem feito esforços importantes no suporte à crise na Venezuela acolhendo os refugiados que sofrem com a crise no país. Pence mencionou ainda que Brasil e Estados Unidos têm relações econômicas importantes, de amizade e trabalham pela promoção da liberdade.

 

(mais…)

13
06

Temer torna efetivos os ministros do Meio Ambiente, Defesa e Transparência

Por Estadão Conteúdo

Alan Santos/PR

O presidente Michel Temer nomeou Edson Gonçalves Duarte ministro do Meio Ambiente. Duarte ocupava o cargo de secretário executivo da pasta e estava como ministro substituto desde a saída de José Sarney Filho, em abril. Sarney Filho deixou o cargo para disputar vaga de senador nas eleições de outubro.

 

Temer também efetivou outros dois ministros: o general do Exército Joaquim Silva e Luna como ministro da Defesa; e Wagner de Campos Rosário como ministro da Transparência e Controladoria-Geral da União.

 

Os dois estavam interinos nos cargos: Silva e Luna desde fevereiro deste ano, quando Raul Jungmann se tornou ministro da Segurança Pública; e Wagner Rosário desde junho do ano passado, depois da saída de Torquato Jardim para comandar a pasta da Justiça. Os decretos com as nomeações estão publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta quarta-feira, dia 13.

22
05

Temer deve explicitar nesta terça apoio a Meirelles

Por Estadão Conteúdo

 

O presidente Michel Temer disse a dirigentes do MDB que anunciará nesta terça-feira, 22, apoio à pré-candidatura do ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles ao Palácio do Planalto. A ideia é que Temer aproveite uma reunião do partido, na qual será lançado o documento “Encontro com o Futuro”, para deixar clara a desistência de concorrer a novo mandato e fazer um aceno público na direção de Meirelles.

 

Michel Temer e Henrique Meirelles

A disputa pela Presidência escancarou, nos últimos dias, a guerra interna no MDB. Desde a semana passada, senadores e deputados pressionam Temer a dizer com todas as letras que não será candidato. A avaliação é a de que a impopularidade do presidente está atrapalhando cada vez mais as campanhas nos Estados.

 

“O MDB entende que Meirelles pode preencher essa necessidade de uma candidatura de centro”, afirmou o presidente do MDB, senador Romero Jucá (RR). “Quem tem dois candidatos não tem nenhum”, completou ele. Líder do governo no Senado, Jucá procurou amenizar as divergências no partido. “Com Meirelles, estamos juntando a figura de um outsider no mundo político à experiência de quem já mostrou resultados inequívocos no comando da economia.” (mais…)

Publicicade

Publicicade