Arquivo da Tag: "NICOLÁS MADURO"
13
03

Chavismo acusa Guaidó de sabotar rede elétrica

Por Estadão Conteúdo

 

Ainda sem solucionar o blecaute que deixou a maior parte da Venezuela às escuras desde a semana passada, o governo do presidente Nicolás Maduro indiciou nesta terça-feira (12) o líder opositor Juan Guaidó por “sabotagem” do sistema elétrico, sem apresentar provas. O chavismo também deteve por várias horas um jornalista crítico ao governo e tentou relacioná-lo ao apagão em meio a ameaças de novas sanções dos Estados Unidos.

 

O indiciamento de Guaidó foi anunciado pelo procurador-geral da República Tarek William Saab. Outras autoridades chavistas tentaram vinculá-lo, sem provas, ao apagão, que nesta terça entrou no seu sexto dia com relatos de saques na cidade de Maracaibo, a segunda maior da Venezuela. (mais…)

07
03

Chavismo expulsa diplomata alemão e prende jornalista

Por Estadão Conteúdo

 

O governo da Venezuela expulsou nesta quarta-feira (6) do país o embaixador alemão Martin Kriener, provocando protestos do governo da Alemanha. Em outra ação que foi criticada internacionalmente, o regime chavista prendeu Cody Weddle, um jornalista americano que vivia em Caracas e colaborava com diversas publicações internacionais.

 

Kriener foi comunicado que teria 48 horas para deixar a Venezuela depois de ter liderado um grupo de diplomatas europeus e latino-americanos na recepção ao líder opositor Juan Guaidó no Aeroporto de Maiquetía, na segunda-feira.

 

Guaidó retornou à Venezuela depois de passar nove dias viajando por Colômbia, Brasil, Paraguai, Argentina e Equador, discutindo a crise venezuelana com líderes regionais. Proibido pelo presidente Nicolás Maduro de deixar o país, ele viajou sem problemas à Venezuela e convocou para sábado novos protestos contra o governo. (mais…)

06
03

Guaidó consegue apoio de sindicatos para pressionar governo Maduro

Por Estadão Conteúdo

 

O líder oposicionista e chefe da Assembleia Nacional, Juan Guaidó, abriu nesta terça-feira (5) uma nova frente contra o presidente Nicolás Maduro, ao conseguir o respaldo de algumas das principais centrais sindicais de funcionários públicos. “A pressão está apenas começando”, afirmou Guaidó ao anunciar, após uma reunião de mais de duas horas com dirigentes de cinco centrais que agrupam mais de 600 sindicatos, que os funcionários públicos se somarão às ações de pressão contra o governo, ao realizar paralisações escalonadas que serão discutidas nos próximos dias.

 

Embora dentro do setor público exista grande descontentamento pela complexa situação econômica e social enfrentada pela Venezuela, até agora os funcionários não haviam se pronunciado sobre a crise política. (mais…)

04
03

Venezuela: Guaidó volta ao país e pede manifestação contra Maduro no sábado

Por Estadão Conteúdo

 

O líder da oposição na Venezuela e presidente da Assembleia Nacional do país, Juan Guaidó, retornou à Venezuela nesta segunda-feira depois de desafiar uma proibição de viagem imposta por um tribunal no mês passado e de viajar para fora do país, estabelecendo um confronto com o governo do presidente Nicolás Maduro. Guaidó conclamou os seus apoiadores para uma demonstração de “grande força e determinação”. Ele pediu às pessoas que encham as ruas das cidades de todo o país no sábado para protestar contra Maduro.

 

Guaidó chegou ao Aeroporto Internacional de Maiquetia, perto da capital venezuelana Caracas. Ele retornou ao país depois de atravessar a fronteira para a Colômbia no mês passado para supervisionar um plano fracassado apoiado pelos EUA para fornecer ajuda humanitária à Venezuela. (mais…)

27
02

Venezuela libera 197 brasileiros que estavam retidos na fronteira

Por Estadão Conteúdo

 

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, autorizou na terça-feira, 26, a abertura parcial da fronteira com o Brasil, bloqueada há seis dias, para a passagem de brasileiros que estavam retidos. Os primeiros a cruzar foram 9 pacientes submetidos a cirurgias e 4 acompanhantes. Havia a expectativa, porém, de que outros 197 brasileiros atravessassem a qualquer momento.

 

O grupo de 13 brasileiros atravessou depois de negociações entre o Itamaraty e o governo da Venezuela, cujas tratativas envolveram também oficiais militares dos dois países em Pacaraima e em Santa Elena do Uairén.

(mais…)

25
02

União Europeia diz que intervenção militar na Venezuela deve ser evitada

Mourão defende solução pacífica

Por Estadão Conteúdo

 

A União Europeia (UE) reiterou nesta segunda-feira (25) seu chamado para que se evite uma intervenção militar na Venezuela e seu compromisso com uma saída “pacífica, política e democrática” para a crise, afirmou a porta-voz da diplomacia europeia.

 

“Devemos evitar uma intervenção militar”, disse Maja Kocijancic. “Precisamos de uma solução pacífica, política e democrática para a crise, que exclua a violência”, acrescentou a porta-voz de Federica Mogherini, chefe da diplomacia europeia. “O que a UE quer é a realização de eleições presidenciais livres, transparentes e confiáveis, de acordo com a Constituição venezuelana.” (mais…)

24
02

Envio de ajuda humanitária à Venezuela aguardará situação de segurança

Por Estadão Conteúdo

 

Deslocamentos de viaturas da operação de ajuda humanitária à Venezuela serão planejados à medida que houver disponibilidade de transporte e a situação “diplomática e de segurança” estiver esclarecida, informou na noite deste domingo (24) a Secretaria Especial de Comunicação Social da Presidência da República, em nota. De acordo com o comunicado, os veículos tiveram que voltar para a região de Pacaraima (RR), que faz fronteira com a Venezuela, diante da “impossibilidade de prosseguir em território” do país vizinho, que teve a fronteira fechada por ordens de seu presidente, Nicolás Maduro. Segundo o comunicado, neste momento, a situação é de normalidade na faixa de fronteira. (mais…)

23
02

Caminhões na fronteira com Colômbia são queimados; ajuda brasileira segue detida

Por Estadão Conteúdo

 

Os dois caminhões com ajuda humanitária que saíram do Brasil com destino à Venezuela continuam detidos na fronteira com o país, na região entre a cidade brasileira de Pacaraima (RR) e Santa Elena de Uairén, na Venezuela. O relato da reportagem contradiz o anúncio feito mais cedo pelo presidente autodeclarado, Juan Guaidó, de que os veículos tinham conseguido cruzar a fronteira.

 

Há pouco, surgiram novos relatos de que na fronteira venezuelana com a Colômbia, na ponte São Francisco de Paula Santander, venezuelanos correram para resgatar caixas de comida e remédios de caminhões em chamas. Fernando Flores, que estava no local e disse ser um parlamentar no Equador, afirmou que guardas nacionais venezuelanos incendiaram os caminhões quando estes entraram em território venezuelano, sob ordens do presidente do país, Nicolás Maduro. (mais…)

22
02

Maduro envia blindados à fronteira do Brasil; Bolsonaro mantém envio de ajuda

Por Estadão Conteúdo

 

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, fechou nesta quinta-feira (21) o espaço aéreo do país e enviou blindados à fronteira com o Brasil para impedir a entrada de ajuda humanitária. Em Brasília, o presidente Jair Bolsonaro manteve o envio de ajuda. A decisão ocorre a dois dias de a oposição venezuelana iniciar uma operação de entrega de mantimentos enviados pelos EUA com ajuda brasileira e colombiana.

 

“Decidi que, no sul da Venezuela, fica fechada completamente a fronteira com o Brasil, até segunda ordem”, disse Maduro, após reunião com o alto comando militar em Caracas. (mais…)

21
02

Maduro anuncia fechamento da fronteira com o Brasil a partir das 20h

 

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, videoconferência

Por Agência Brasil

 

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou hoje (21) o fechamento da fronteira com o Brasil e a realização de um “grande show” de música na área que faz divisa com a Colômbia. Ele avalia também o fechamento da fronteira colombiana, na qual está a cidade Cúcuta, que centraliza os repasses de doações para os venezuelanos.

 

“A partir das 20h de hoje (21h no horário de Brasília) a fronteira terrestre com o Brasil será fechada”, anunciou Maduro durante reunião com o Estado Maior das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (FANB) por videoconferência do Comando Estratégico Operacional de Caracas. (mais…)

Publicicade

Publicicade