Arquivo da Tag: "NELSON BARBOSA"
30
04

MT/Fex 2016: ‘Já tem dinheiro em caixa’, diz ministro

1O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou nesta sexta-feira (29) que o governo federal “já tem dinheiro em caixa” para liberar os recursos do Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), considerado como o principal reforço financeiro para Estados e prefeituras. O começo da liberação de R$ 2 bilhões está dependendo apenas da revisão da meta fiscal do foverno. O projeto tramita no Congresso Nacional.

29
04

Comissão do impeachment no Senado ouve defesa da presidenta

1Por Carolina Gonçalves e Karine Melo

Agência Brasil

Começou há pouco a sessão da Comissão Especial do Impeachment no Senado marcada para ouvir o advogado-geral da União (AGU), José Eduardo Cardozo, o ministro do Fazenda, Nelson Barbosa e a ministra da Agricultura, Kátia Abreu, em defesa da presidenta Dilma Rousseff. Esta será a quarta vez que Cardozo vem ao Congresso Nacional para rebater os argumentos da acusação que fundamentaram o pedido de impedimento assinado pelos advogados Hélio Bicudo, Miguel Reale Júnior e Janaína Paschoal.

(mais…)

19
04

Prioridade do governo é resolver dívida dos estados, diz ministro

1Por Michelle Canes e Daniel Lima

Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, disse hoje (19) que o governo não está planejando anunciar um pacote de medidas na área econômica nos próximos dias. Segundo ele, “o foco agora está nas questões mais urgentes, como as discussões sobre a renegociação da dívida dos estados e dos municípios. Após discutir o assunto com governadores, o ministro enviou ao Congresso Nacional uma proposta que alonga a dívida dos estados em até 20 anos e concede um desconto em parcelas do refinanciamento para aliviar o caixa dos estados.

(mais…)

13
04

Barbosa teme impactos da mudança no cálculo de juros da dívida dos estados

O  ministro da  Fazenda,  Nelson  Barbosa, e o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, falam aos  jornalistas  sobre  a  repactuação  da  dívida  dos  estados  com  a  União    Elza  Fiúza/Agência  Brasil

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, e o ministro do Supremo Tribunal Federal Edson Fachin, falam
aos jornalistas sobre a repactuação da dívida dos estados com a União Elza Fiúza/Agência Brasil

Por Michèlle Canes e Daniel Lima

Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, manifestou hoje (13), em encontro com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin, preocupação com o impacto, nas contas públicas, da alteração do cálculo dos juros sobre a dívida dos estados.

Recentemente, decisões liminares (provisórias) concedidas pela Corte foram favoráveis ao Rio Grande do Sul e a Santa Catarina, que poderão fazer o pagamento da dívida repactuada com a União acumulada  fazendo uso de juros simples, e não compostos.

(mais…)

07
04

Barbosa discorda de relatório e diz que não há crime de responsabilidade

1Por Fernanda Cruz

Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, afirmou hoje (7) que não há crime de responsabilidade que justifique o impeachment da presidenta Dilma Rousseff e discordou do relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), que apresentou parecer favorável ao seu impedimento na Comissão Especial da Câmara dos Deputados. Barbosa participou nesta manhã do encontro Itaú Macrovision 2016, no Hotel Unique, na capital paulista.

(mais…)

23
03

Blog do Mauro na Gazeta

 

 

Sustentabilidade

 

Por iniciativa do presidente do TCE, Antonio Joaquim, os conselheiros José Carlos Novelli e Waldir Teis receberam ontem, Dia Mundial da Água, uma Moção de Aplausos pela implantação do programa permanente de monitoramento do uso da água. A moção foi aprovada. Com aplausos.

 

De novo o FEX

 

Parlamentares de estados exportadores (MT, MG, RS, GO e PA) de produtos desonerados estiveram ontem pela manhã com o ministro da Fazenda Nelson Barbosa. Na pauta a liberação das parcelas do FEX relativas a 2015 e 2016.

 

Expectativa ruim

 

O cenário é desolador considerando a momento político: o pagamento do FEX de 2015 depende da aprovação de duas Medidas Provisórias, uma propondo crédito extraordinário e outra tratando da divisão do bolo entre estados e municípios. O de 2016 é ainda mais complicado.

 

Difícil

 

Disse o ministro que as duas MPs serão encaminhadas até junho. Resta saber se o combalido governo da presidente Dilma Rousseff sobrevive até lá. Na verdade a promessa soa um tanto quanto inverossímil.

 

Crente

 

O coordenador da bancada de Mato Grosso no Congresso Nacional, deputado Fábio Garcia (PSB) acredita que a palavra do ministro é garantia do pagamento do FEX. Então tá.

 

Truculência

 

Jornalistas que acompanhavam parlamentares na reunião com o ministro Nelson Barbosa se espantaram com a ‘recepção‘ pouco calorosa da assessora de imprensa da Pasta. Além de proibir que os assessores tirassem fotos do encontro com celulares, sem dar nenhuma razão para a proibição, ela colocou em salas separadas os que estavam com máquinas fotográficas e os que estavam com celulares.

 

Pedido de Socorro

 

Os coleguinhas com celular tiveram que pedir socorro ao assessor parlamentar do ministério que conseguiu com que as fotos tiradas por celulares fossem liberadas por alguns segundos. Segundos estes debaixo de empurra-empurra da assessora. Parece que a assessora do Ministério da Fazenda não está muito familiarizada com a cobertura jornalística da mídia moderna. Reciclagem nela!

 

Encontro

 

A Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (ABAD) reuniu na última segunda, em Cuiabá, 80 representantes das filiadas dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal.

 

Peso-pesado

 

O setor atacadista faturou em 2014 R$ 210 bilhões, gerou mais de 5 milhões de empregos diretos e indiretos e representa 5% do PIB brasileiro.

 

Manifesto

 

Os atacadistas e distribuidores produziram um manifesto pedindo equilíbrio fiscal por meio da austeridade nos gastos públicos e redução das despesas de custeio. Eles condenam a busca do equilíbrio por meio do aumento de impostos.

 

Taques aplaudido

 

O governador Pedro Taques (PSDB) se posicionou contrário à volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) e foi aplaudidíssimo pelos presentes ao encontro.

 

Águas de Março

 

Esta semana o Grupo Gazeta de Comunicação está apoiando o evento Águas de Março, que acontecerá em Chapada dos Guimarães entre os dias 24 e 26 de Março. Na programação, mostra fotográfica, shows com Ana Rafaela, Flauta Mágica e o imperdível espetáculo reunindo Guilherme Arantes e a Orquestra Sinfônica da UFMT.

 

 

10
03

Barbosa critica modelo de estímulo e prega equilíbrio fiscal

1Presente em evento que comemora os 30 anos do Tesouro Nacional, o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa fez, nesta quinta-feira, 10, um discurso defendendo da adoção de medidas de estabilização da economia no curto prazo e de reformas de longo prazo propostas por ele. Barbosa tentou descolar sua política econômica do modelo de estímulo adotado pelo governo petista nos últimos anos. Ele ressaltou a necessidade de redução da inflação e do equilíbrio fiscal para a recuperação do crescimento e fez uma crítica às ações adotadas no passado recente. 

“Somente medidas de estímulo no curto prazo não serão suficientes, pois a recuperação tende a ser curta ou não ocorrer. Tivemos experiência de adoção de estímulos no passado recente que tiveram efeito curto e, ao invés de resolver, ampliaram os problemas estruturais”, apontou Barbosa nesta quinta-feira.

(mais…)

02
02

Fazenda deverá divulgar limite para empréstimos de estados até o fim da semana

1Por Wellton Máximo

Agência Brasil 

Até o fim desta semana, a equipe econômica deverá divulgar o quanto os 26 estados e o Distrito Federal podem pegar emprestados no sistema financeiro este ano. A promessa foi feita pelo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, a 20 governadores e cinco vice-governadores que se reuniram com ele na noite dessa segunda-feira (1º). (mais…)

06
01

BC tem autonomia para decidir sobre juros, diz Barbosa

1Por Michèlle Canes

Agência Brasil*

O Banco Central (BC) tem autonomia para decidir sobre os juros e até aumentá-los se for necessário, disse hoje (6) o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa. Ele negou que o Ministério da Fazenda esteja negociando a manutenção da taxa Selic – juros básicos da economia – em um momento de inflação alta e retração da economia. (mais…)

26
12

Após troca na Fazenda, Lula cobra ações ‘concretas’ para retomada do crescimento

1Incomodado com a recepção negativa tanto do mercado quanto da base histórica do PT aos primeiros movimentos do novo ministro da Fazenda, Nelson Barbosa, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pressiona o governo a anunciar logo nos primeiros dias de 2016 medidas concretas que sinalizem mudanças na política econômica rumo à retomada do crescimento. Para o petista, a criação de expectativas positivas no início do segundo ano do governo Dilma Rousseff é fundamental para garantir apoio popular à presidente na batalha contra o impeachment. 
(mais…)

Publicicade

Publicicade