Arquivo da Tag: "MORTE"
01
03

Lula será liberado para comparecer ao velório do neto, dizem advogados

Por Estadão Conteúdo

 

Advogados do PT disseram ter recebido a informação da Polícia Federal de que a juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução da pena do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, vai liberar o petista para ir ao velório de seu neto Artur, de 7 anos, morto nesta sexta-feira (1º) em decorrência de uma meningite meningogócica.

 

Segundo esses advogados, a defesa de Lula cogitava fazer o pedido diretamente ao Supremo Tribunal Federal, mas desistiu depois de ser informado de que a juíza já havia feito uma comunicação informal à PF sobre a liberação do ex-presidente. PF e Justiça Federal não se pronunciaram sobre o assunto. (mais…)

27
02

Sem descobrir causas, MP arquiva inquérito sobre morte de Eduardo Campos

Por Estadão Conteúdo

 

O Ministério Público Federal arquivou, no último dia 19, o inquérito policial que apurava o acidente aéreo que matou o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos e mais seis pessoas, em Santos, em agosto de 2014. Apesar das perícias e diligências realizadas pela Polícia Federal, não foi possível determinar a causa exata da queda da aeronave e definir os responsáveis por eventuais crimes cometidos.

 

Na época, Campos era candidato à Presidência da República e cumpria agenda de campanha viajando do Rio de Janeiro para o Guarujá (SP) quando o avião, um modelo 560XL da fabricante Cessna Aircraft, caiu.

 

(mais…)

14
01

Anistia Internacional pede a novo governo do Rio compromisso no caso Marielle

Foto: Marcelo Camargo/ABr

Por Estadão Conteúdo

 

Dez meses após o assassinato de Marielle Franco com as investigações ainda inconclusas, a Anistia Internacional reivindica, em comunicado, que as autoridades do Estado do Rio de Janeiro venham a público se comprometer com a solução correta do crime. Marielle Franco, defensora de direitos humanos e vereadora no município do Rio de Janeiro, foi assassinada a tiros na noite de 14 de março de 2018 junto com o motorista Anderson Gomes, que dirigia o veículo em que estavam.

 

“O ano de 2018 terminou sem que o Estado do Rio de Janeiro, sob intervenção federal na área de segurança pública, tenha conseguido solucionar o caso. A nova gestão do governo do Estado tem o dever de assumir esta responsabilidade e não deixar o caso sem solução. O novo governador e o novo chefe de polícia deveriam vir a público se comprometer com a investigação correta do assassinato de Marielle Franco desde o início de sua gestão”, afirma Jurema Werneck, diretora executiva da Anistia Internacional.

 

(mais…)

30
10

Poluição mata 633 crianças por ano no Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

Pelo menos 633 crianças menores de 5 anos morrem por ano no Brasil vítimas de complicações relacionadas à poluição, segundo levantamento divulgado nesta segunda-feira (29) pela Organização Mundial da Saúde (OMS), com dados de 2016. Em todo o mundo, o número de crianças dessa faixa etária vítimas do problema chega a 543 mil.

 

De acordo com a OMS, 93% das crianças e adolescentes do mundo (o equivalente a 1,8 bilhão de pessoas) respiram diariamente ar com nível de poluição capaz de colocar a saúde em risco. As partículas tóxicas provocam ou agravam problemas respiratórios que, em alguns casos, podem ser fatais. (mais…)

31
07

Hélio Bicudo morre em SP aos 96 anos

Por Estadão Conteúdo

Vice-prefeito de São Paulo na gestão de Marta Suplicy (MDB), o jurista Hélio Bicudo morreu na manhã desta terça, 31, em São Paulo, aos 96 anos, após meses de complicação cardíaca, informa a coluna Direto da Fonte, de Sonia Racy, do jornal O Estado de S. Paulo.

 

Morreu nesta terça-feira, 31, em São Paulo, aos 96 anos, o jurista Hélio Bicudo, figura histórica do PT que distanciou-se do partido após o mensalão e foi autor do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Segundo a coluna Direto da Fonte, da jornalista Sonia Racy, Bicudo não resistiu a meses de complicações cardíacas. (mais…)

28
06

Morto aos 89 anos, Joe Jackson causou traumas no filho mais ilustre

Por Estadão Conteúdo

 

As biografias de Michael Jackson podem discordar em pontos obscuros, como a relação com os filhos e sua vida de Peter Pan na mansão Neverland, mas todas dançam o mesmo passo quando abrem parágrafos para Joseph Jackson: antes de qualquer atributo profissional, ele era um monstro. Apenas uma das passagens da infância do pequeno Michael nos preparativos daquele raiar de 1964, ano em que faria 6 anos de idade, ainda no tempo dos Jackson Brothers, anterior ao Jackson 5: Michael entra em casa e não vê o pai escondido atrás da porta. É surrado por trás, cai e apanha mais, mesmo caído e sem saber o motivo. Ele pergunta ao pai o que o levou a ser atacado e apenas ouve: “Você ainda não fez nada, mas vai fazer”. Este era Joe Jackson.

 

 

As torturas não eram apenas físicas. Joe, por estratégia ou raiva, se tornou um especialista em triturar o ego do filho antes que ele nascesse. Os xingamentos inspirados na largura de seu nariz eram agressivos e fariam Michael buscar pelo afinamento de seu perfil pelo resto da vida. Até que ficasse claro para o menino de 5 anos que não havia hora de brincar, mas apenas ensaiar para o grande dia prometido para os Jacksons, há relatos de Michael apanhando de chicote e madeira. Este era Joe Jackson.

 

(mais…)

22
05

Jornalista Alberto Dines morre aos 86 anos

Por Estadão Conteúdo

O jornalista, professor e escritor Alberto Dines, fundador do Observatório da Imprensa, morreu nesta terça-feira, 22, aos 86 anos, em São Paulo. Ele estava internado há dez dias no Hospital Albert Einstein, no Morumbi (zona sul). O hospital informou que o falecimento ocorreu às 7h15, sem revelar o motivo.

 

Em nota, o Observatório da Imprensa lamentou o ocorrido. “É com profunda tristeza que a equipe do Observatório da Imprensa comunica o falecimento de seu fundador, Alberto Dines (1932-2018), na manhã de hoje no hospital Albert Einstein, em São Paulo. Estamos preparando uma edição especial sobre o legado do Mestre Dines a ser publicada em breve”, diz o texto publicado pela entidade no Facebook.

15
03

PGR abre procedimento que pode federalizar caso sobre morte de vereadora

Reprodução/Facebook

Por Felipe Pontes

Agência Brasil

 

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou a abertura de um procedimento instrutório para a possível federalização das investigações sobre a morte da vereadora carioca Marielle Franco (PSOL), assassinada na noite de ontem (15) no Rio de Janeiro.

 

O procedimento instrutório é uma fase preliminar do processo que pode levar à instauração de um Incidente de Deslocamento de Competência, instrumento pelo meio do qual o Ministério Público Federal (MPF) solicita à Justiça a federalização de algumas investigações.

 

(mais…)

15
03

Morte de Marielle Franco choca Justiça Eleitoral, diz presidente do TSE

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Felipe Pontes

Agência Brasil

 

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, abriu hoje (15) a sessão ordinária da Corte expressando “profundo pesar” da Justiça Eleitoral pelo assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL), do Rio de Janeiro, que foi morta a tiros ontem à noite na capital fluminense.

 

Em nome da Justiça Eleitoral, Fux disse que todos “que velam pela higidez do processo democrático” ficaram “chocados que no mundo de hoje se tente calar a voz da política com uma atitude que demonstra um baixíssimo déficit civilizatório nesse campo”.

 

(mais…)

10
02

Morre Niltinho ‘Tristeza’, autor de um dos maiores clássicos do carnaval

Por Estadão Conteúdo

 

O cantor e compositor Niltinho Tristeza, autor dos clássicos Tristeza/ Por favor vá embora… e Liberdade! Liberdade! Abra as asas sobre nós, samba-enredo campeão da Imperatriz Leopoldinense de 1989, morreu na tarde deste sábado, no Rio. Ele lutava contra um câncer de pulmão. A grande repercussão dos dois sambas mudou a vida do compositor. ‘Liberdade’ foi usado pela Globo como tema de abertura da novela ‘Lado a lado’.

 

Seu maior samba, Tristeza, é de 1963. O curioso foi que o sucesso só veio três anos mais tarde, depois que a parceria assinada com Haroldo Lobo e passou a tocar nas rádios. No carnaval de 1966, Ari Cordovil a gravou e imortalizou seus versos: “Tristeza, por favor vá embora / minha alma que chora…” O mesmo samba ganharia mais de 210 versões e regravações no país e no exterior.

Publicicade

Publicicade