Arquivo da Tag: "MAX RUSSI"
03
05

Comissão Especial vai elaborar estudos para atualizar a Constituição do Estado

Definidos os nomes dos deputados estaduais que farão parte da Comissão Especial criada para atualizar a Constituição Estadual. Eles têm o prazo de 180 dias, a contar da data de instalação (ainda a ser definida), para elaborar um estudo que culmine na atualização da Carta Magna aprovada em 1989. São eles o primeiro secretário Max Russi (PSB), que presidirá a Comissão, Thiago Silva (MDB), Ulysses Moraes (DC), Sebastião Rezende (PSC) e Valdir Barranco (PT). Já os suplentes são Dr. Eugênio (PSB), Dr. João (MDB), Xuxu Dal Molin(PSC), Dr. Gimenez (PV) e o Delegado Claudinei (PSL).

 

“Passados 30 anos e 82 emendas no texto original, é chegado o momento de reexaminar o texto constitucional. O principal objetivo da revisão é alterar e atualizar as normas que, com o passar do tempo, se tornaram antiquadas e inadequadas a atual realidade do estado de Mato Grosso”, explicou Max Russi.  (mais…)

19
02

Botelho e Moretto na função de convencer Maluf a desistir

O presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), e o novato Valmir Moretto (PRB)  foram os escalados para a tarefa de convencer o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) a desistir da indicação para a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado.

 

Os parlamentares correm contra o tempo para trabalhar um consenso na Casa. Isso porque o prazo para indicação de nomes encerra nesta terça-feira (19), às 19:30. Caso Maluf recue, a tendência é que Max Russi (PSB) seja o escolhido para ocupar a vaga.

 

Apesar de novato, Moretto auxilia na articulação por fazer parte da Mesa Diretora, mas também por ter relacionamento próximo com o presidente,  com Maluf e  com Russi. Moretto foi prefeito por duas vezes do município de Pontes e Lacerda.

 

Maluf até semana passada era o nome mais cotado para a vaga. No entanto, como se tornou réu por corrupção no âmbito da Operação Rêmora, que desbaratou um esquema de desvio de verba pública na Secretaria Estadual de Educação (Seduc) na gestão de Pedro Taques (PSDB), o tucano teria perdido, no entendimento da maioria dos deputados, a condição de ser o indicado pelo Legislativo para o cargo vitalício.

 

Isso porque há uma cobrança incessante da Rede de Controle e também dos conselheiros substitutos para que o indicado atenda a todos os requisitos constitucionais. Embora não tenha sido condenado, o processo pesa contra Maluf e consequentemente sobre a Assembleia.

19
02

Janaina defende que Maluf deixe disputa pelo TCE e foque em provar sua inocência

A vice -presidente da Assembleia Legislativa, deputada Janaina Riva (MDB), defendeu que o deputado Guilherme Maluf (PSDB) abra mão da disputa pela vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE) em função da polêmica que a sua possível indicação poderia causar, uma vez que o tucano se tornou réu na última semana em função da Operação Rêmora. A parlamentar acredita que o Parlamento precisa trabalhar um nome de consenso e defende a indicação de Max Russi (PSB) para a vaga.

 

“Não tem nome melhor ou pior. Tem condição mais favorável de um que de outro. Muitos deputados que a indicação de Maluf, mesmo que venha provar sua inocência, pode causar um embaraço jurídico na nomeação do TCE. É um apelo dos 141 prefeitos a necessidade de conselheiros titulares políticos, que possam tratar os prefeitos de forma diferenciada, sem os enxergar como inimigos”, salientou.

 

(mais…)

10
04

Simplício rotula Carlos Siqueira como ditador do PSB

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O aliado do deputado federal Valtenir Pereira, ex-secretário geral do PSB em Mato Grosso, Milton Simplício ficou irritado com a decisão do presidente nacional da sigla, Carlos Siqueira, de destituir o diretório de Mato Grosso e apoiar o deputado estadual Max Russi (PSB) para comandar a agremiação no Estado.

 

Por meio de uma nota de repúdio, Simplício afirmou que Carlos Siqueira “rasgou” o estatuto do partido, além de desrespeitar a decisão dos membros em Mato Grosso. Lembrando que Valtenir estava no MDB e foi chamado por Siqueira para comandar a sigla em MT. Valtenir usou do poder da caneta e destitui todos os diretórios de MT e nomeou pessoas de confiança.

 

Os nomeados por Valtenir chancelaram seu nome como presidente do partido, além de eleger um Diretório Estadual. Este mesmo diretório apoiou o nome de Siqueira para a reeleição a presidente do partido. Mesmo coma volta de Valtenir Pereira ao MDB, ele iria manter influência na no PSB através de seus indicados.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

04
04

Max Russi assume comando do PSB em substituição a Valtenir

O deputado estadual Max Russi foi escolhido pela Executiva Nacional do PSB para comandar o partido em Mato Grosso. A decisão foi tomada em reunião, realizada em Brasília, nesta terça-feira (3), com o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. A mudança ocorre depois de o deputado federal Valtenir Pereira decidiu retornar ao MDB. Esta é a sétima troca de legenda feita pelo parlamentar.

 

“Tenho a missão de assumir o partido e organizar para as eleições de outubro. Como fui o único que permaneci no partido, o Carlinhos [Carlos Siqueira] entendeu que a presidência deveria ficar comigo”, explicou Russi, que retornou à Assembleia Legislativa nesta terça.

 

(mais…)

03
04

Taques exonera dois secretários e remaneja cinco

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB) exonerou os secretários da Casa Civil e de Cidades, Max Russi (sem partido) e Wilson Santos (PSDB). Eles voltam nesta terça-feira (3) para a Assembleia Legislativa, onde deverão trabalhar pelo projeto de reeleição. As exonerações foram publicadas no Diário Oficial desta segunda-feira (2).

 

Taques ainda designou o ex-secretário de Gestão, Júlio Modesto, para assumir o lugar de Russi, para responder pela interlocução entre o Governo e o Poder Legislativo. A secretária-adjunta de cidades, Juliana Ferrari, vai suceder o deputado estadual Wilson Santos na Secretaria de Cidades.

 

(mais…)

26
03

Nove secretários estaduais deverão sair para disputar eleições

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

Nove secretários de Estado deverão se desincompatibilizar de suas funções, nos próximos dias, para disputar cargos eletivos nestas eleições. O anúncio mais recente é do secretário-adjunto de Turismo de Mato Grosso, Luis Carlos Oliveira Nigro, que pretende disputar ao cargo de deputado federal.  O anúncio foi feito pelo secretário-adjunto, por meio das suas redes sociais, neste final de semana. O secretário é filiado ao PSDB.

 

Além dele, o titular da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Carlos Avallone irá sair para concorrer ao cargo de deputado estadual; o secretário-chefe da Casa Civil, deputado estadual licenciado Max Russi, deverá se candidatar à reeleição, além do secretário de Cidades, deputado estadual licenciado Wilson Santos (PSDB). Também devem entrar na disputa os secretários de Educação, Marco Marrafon (PPS) e o de Agricultura Familiar, Suelme Fernandes (sem partido). Suelme se despede do cargo na quinta-feira, durante um ato de entrega de maquinários para a agricultura familiar. Ele deve concorrer a uma cadeira na Assembleia Legislativa.

 

(mais…)

19
03

DEM tem mais de 50 indicações no governo, diz Russi

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O secretário-chefe da Casa Civil, deputado estadual licenciado Max Russi (PSB), afirmou que o Partido Democratas tem mais de 50 filiados com cargos no Governo do Estado. Além disso, o DEM ocupava a função de líder, entregue pelo deputado estadual Dilmar Dal’Bosco na última semana.

 

A entrega da função de líder é considerada  como o início de um afastamento do governador Pedro Taques (PSDB).

 

(mais…)

13
03

Max Russi volta para AL e Júlio Modesto assume Casa Civil

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O secretário-chefe da Casa Civil, deputado estadual licenciado Max Russi (PSB), deverá voltar a ocupar uma cadeira na Assembleia Legislativa na próxima terça-feira (20). Em seu lugar, ficará o secretário de Estado de Gestão, Júlio Modesto, secretário de Pedro Taques desde o início do mandato, em janeiro de 2015.

 

Júlio Modesto já definiu o secretário adjunto de Administração, Ruy Carlos Castrillon da Fonseca, para assumir de forma interina a pasta de Gestão. Ao mesmo Tempo, Modesto cumpre horário na Secretaria da Casa Civil, onde se familiariza sobre os processos, como tramitam os projetos na Assembleia, dentre outros assuntos.

 

(mais…)

28
02

De saída do PSB, Max Russi é cotado para se filiar ao PRB nos próximos dias

Por HiperNotícias

 

Está encaminhado o futuro político de mais um dissidente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) em Mato Grosso. Secretário-chefe da Casa Civil e deputado estadual licenciado Max Russi, pode fechar, a qualquer momento, sua ida para o Partido Republicano Brasileiro (PRB), que no Estado tem como um dos seus principais quadros a ex-senadora Serys Slhessarenko.

 

Desde que o deputado federal Valtenir Pereira assumiu o comando do PSB em Mato Grosso, após a destituição do também parlamentar Fábio Garcia do cargo, diversos integrantes do PSB, com e sem cargo, estão buscando novas siglas.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade