Arquivo da Tag: "MATO GROSSO"
21
07

MT: Prática de estelionato contra idosos pode gerar pena de até 10 anos de reclusão

1Por Hipernotícias

O desejo de reformar a casa transformou a vida do aposentado Benedito Bomdespacho do Rei, 68 anos, num pesadelo como ele mesmo descreveu. O empréstimo de R$ 5 mil, dividido em 48 parcelas de R$ 152,00, virou uma dívida de R$ 12.768 quando foi alterado para 84 parcelas. E segundo ele, sem sua autorização.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

21
07

MT: Estado tem 150 dias para regularizar atendimento à mulher vítimas de violência

1Por Hipernotícias

Após procedimento investigatório instaurado para verificar supostas irregularidades referentes as condições de funcionamento dos serviços de saúde pública às crianças e mulheres vítimas de violência sexual na Capital, o Ministério Público do Estado de Mato Grosso, por meio da 7ª Promotoria de Justiça de Defesa da Cidadania de Cuiabá, emitiu notificação recomendatória para que, no prazo de 150 dias, o Governo do Estado implante atendimento hospitalar diferenciado multidisciplinar às referidas vítimas em âmbito estadual.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

21
07

MT: Deixado de “lado” pelo PSD, José Medeiros busca nova sigla para disputar 2018

1Por Pablo Rodrigo

Insatisfeito com o tratamento que vem recebendo dentro do PSB, principalmente da bancada de deputado estadual estadual (Gilmar Fabris, Nininho, Pedro Satélite, Leonardo Albuquerque e Zé Domingos Fraga),  o senador José Medeiros deverá deixar a sigla nas próximas semanas, na tentativa de viabilizar a sua candidatura a reeleição para uma das duas vagas em disputa ao Senado Federal em 2018.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

21
07

Blog do Mauro no Hipernotícias

 

MT e consórcio cedem e aguardam aval de MPs

Diante do impasse causado pela postura dos Ministérios Públicos Federal (MPF) e Estadual (MP), o governo e o Consórcio VLT estão preparando uma nova minuta de acordo, atendendo a maior parte das recomendações dos órgãos ministeriais, para tentar, enfim, a homologação da Justiça Federal, e retomar as obras de implantação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT).

 

Ambiente de negociação

A postura do Estado e do consórcio mostra a disposição de ambos em negociar. O princípio da negociação, inclusive, é o das partes cederem em vários pontos, até que seja alcançado o bem maior. Não se trata de reconhecerem erros, mas de abrirem mão de aspectos para conseguir destravar a obra.

 

Sem acordo

Ocorre que os MPs, em nenhum momento, cederam em nome deste acordo. É preciso que os dois órgãos ministeriais, que não foram nada diligentes quando a obra foi iniciada, não tentem “correr atrás do prejuízo”, sendo inflexíveis e insensíveis ao clamor da população.

 

Semana que vem

A expectativa é que já na próxima semana o novo documento esteja pronto e seja analisado pelos MPs antes de alguma decisão do juiz federal Ciro Arapiraca, de mãos atadas quanto a possibilidade de homologar o acordo sem que haja a concordância dos órgãos ministeriais.

 

Onde estavam

Aliás, onde estavam os MPs quando a gestão passada fez o que fez nas obras de mobilidade urbana, com projetos absolutamente problemáticos, como o da trincheira das avenidas Jurumirim e Dante de Oliveira, ou da questão da trincheira do Santa Rosa, até hoje inacabada?

 

Prorrogação

Ainda em se tratando de VLT, o Processo Administrativo Disciplinar contra o ex-secretário da Secopa, Maurício Guimarães, e seu adjunto, Alyson Sander de Souza, deverá ficar pronto em no máximo 60 dias. Os dois teriam sido negligentes com a situação da obra do VLT, apontou relatório da Controladoria Geral do Estado (CGE).

 

Nova força

A criação de um novo Democratas (DEM) pode bagunçar o já muito bagunçado cenário político de Mato Grosso. O projeto seria capitaneado pelo deputado Fábio Garcia, ao lado de outros dissidentes de seu atual partido, o PSB, e abrigar políticos de outras siglas.

 

Proibidão

O ex-secretário de Fazenda, Marcel Souza de Cursi, está proibido de entrar na sede da Secretaria de Fazenda (Sefaz/MT), onde é servidor de carreira. Ele deverá trabalhar na Escola de Governo. Cursi deixou o Centro de Custódia de Cuiabá (CCC) após quase dois anos preso.

 

Esforço

Sem data para se livrar da crise financeira que afeta o Estado, o governador Pedro Taques (PSDB) anunciou um “esforço” com impacto de R$ 5 bilhões até o final de 2018. A ideia é buscar novos recursos, renegociar as dívidas existentes e cortar ainda mais na máquina administrativa.

 

Tesoura

Taques tem se reunido com cada um de seus secretários para passar a boa notícia. “A ordem é cortar onde der, onde puder, de forma a fazer com que a população não sinta. Uma tesoura bem afiada”, confidenciou um dos secretários do tucano.

20
07

MT: Femoda traz novidades para o setor e espera comercializar R$ 25 milhões

1Por Hipernotícias

Empresários do varejo de calçados, vestuário e acessórios terão a oportunidade de conferir de perto as tendências da coleção primavera/verão 2017/18 e negociar diretamente com representantes das grandes marcas do mundo e renovar seu estoque na 4º edição da Feira de Calçados, Confecções e Acessórios (Femoda/MT). A expectativa da organização do evento é comercializar R$ 25 milhões com público estimado de 1500 pessoas nos três dias da feira que acontece de 27 a 29 de julho, no Hotel Fazenda Mato Grosso, das 09h às 20h.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

20
07

MT: Evento reúne intercambistas e cuiabanos para trocas culturais

1Por Camilla Zeni

Conhecer outros países sem sequer sair de Cuiabá. A possibilidade de um intercâmbio cultural atrai a muitos que buscam se conectar com o mundo afora. Facilitar essa troca de experiências é o objetivo do Global Village, evento promovido pela AIESEC em Cuiabá, na próxima quinta-feira (20), às 17h, na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

19
07

Primeiras pós-graduandas quilombolas de MT defendem dissertação na UFMT

1Por Hipernotícias

As estudantes Benedita Rosa da Costa e Maria Helena Tavares Dias, do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE), da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), campus de Cuiabá, são as duas primeiras pós-graduandas quilombolas do Estado de Mato Grosso a defenderem dissertação de mestrado. As discentes, que são pesquisadoras do Núcleo de Estudos e Pesquisas sobre Relações Raciais e Educação (Nepre), abordaram a temática em seus trabalhos e foram orientadas pela professora Candida Soares da Costa, coordenadora do Núcleo.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

19
07

MT: Governador e prefeito de Cuiabá discutem situação dos hospitais filantrópicos

1Por Hipernotícias

O governador Pedro Taques esteve reunido com o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, e representantes dos hospitais filantrópicos da capital nesta terça-feira (18.07), no Palácio Paiaguás, para debater o endividamento e déficit dos repasses para as respectivas entidades.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

19
07

Blog do Mauro no Hipernotícias

 

VLT é chave para a reeleição de Taques

A julgar pela manifestação popular, se o governador Pedro Taques (PSDB) conseguir destravar as obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) o tucano passa de forte candidato a um concorrente quase imbatível. O clamor popular pela implantação do metrô de superfície é grande.

 

Revisão

Talvez com esta leitura, o governo já sinalizou atender alguns dos pontos levantados pelos Ministérios Públicos Federal (MPF) e Estadual (MP), órgãos hoje contrários ao acordo. A sinalização foi dada pelo secretário de Cidades, Wilson Santos.

 

Composição

A expectativa é que cedendo em alguns aspectos, Estado e Consórcio VLT fiquem mais próximos de conseguir o aval dos MPs para a homologação do acordo. A possibilidade passa pela realização de uma audiência de conciliação, que pode ser determinada pelo juiz federal Ciro Arapiraca, responsável pelo processo.

 

Apoio

A pressão pela realização de um acordo ganhou dois reforços, os prefeitos de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (PMDB), e Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos (DEM). Os dois gestores, diretamente interessados no andamento da obra, devem começar a se mexer em breve.

 

De licença

Depois de perder o comando do Partido Socialista Brasileiro em Mato Grosso, o deputado Valtenir Pereira sofreu um novo revés. Ele tentou, e não conseguiu, reverter no Supremo Tribunal Federal (STF) sua licença de 112 dias do cargo. O fato, aliás, pegou mal para o parlamentar.

 

Denúncia

O procurador-geral de Justiça, Mauro Curvo, denunciou cinco militares interceptações telefônicas ilegais. Foram denunciados três coroneis, um tenente-coronel e um Cabo da PM. São eles, respectivamente, Zaqueu Barbosa, Evandro Lesco, Ronelson Barros, Januário Batista e Gerson Correa Junior. Os cinco vão responder pelos crimes de Ação Militar Ilícita, Falsificação de Documento, Falsidade Ideológica e Prevaricação, todos previstos na Legislação Militar.

 

Recurso

Curvo também anunciou que irá recorrer da decisão do Pleno do Tribunal de Justiça, que indeferiu o pedido de arquivamento da investigação contra membros do Ministério Público (MP). O procurador está convicto que apenas a Procuradoria Geral de Justiça tem prerrogativa para conduzir casos que envolvam membros do órgão.

 

Mantido

Os empresários Luiz Antônio Vedoin e Darci José Vedoin tiveram suas absolvições confirmadas no caso que ficou conhecido como o “escândalo dos sanguessugas”. O Tribunal Regional Federal da a 5ª Região negou pedido de apelação do Ministério Público Federal (MPF) e confirmou a sentença proferida por um juiz de primeira instância.

 

Em dia

O Governo do Estado começou nesta terça-feira (18) a regularizar os pagamentos aos prestadores de serviço do Mato Grosso Saúde. Com essa medida, os atendimentos nas unidades de saúde conveniadas devem ser normalizados o mais brevemente possível.

 

Seven

Ainda no campo do Judiciário, nesta quarta-feira (19) o ex-governador Silval Barbosa (PMDB) deve continuar sua série de confissões. Desta vez, ele falará sobre supostos atos de corrupção que teriam ocorrido na aquisição de um terreno pelo Estado, fato investigado pelo Gaeco no âmbito da Operação Seven.

18
07

MT: Falta de energia por causa de queimadas em linhões aumentam 78% em um ano

1Por Hipernotícias

Um fósforo, um cigarro aceso, que em seguida é jogado na mata. Minutos depois, 69.672 clientes ficam sem energia. O cenário é de campanha publicitária, mas o fato é real. Somente em 2016, a Energisa Mato Grosso registrou 16 ocorrências de interrupções de energia em Linhas de Distribuição de Alta Tensão, mais conhecidas como linhões, por causa de queimadas. A história contada acima ocorreu no ano passado na regional de Barra do Garças, quando 20 municípios e regiões rurais ficaram sem energia por este motivo.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

Publicicade

Publicicade