Arquivo da Tag: "Juan Guaidó"
13
03

Chavismo acusa Guaidó de sabotar rede elétrica

Por Estadão Conteúdo

 

Ainda sem solucionar o blecaute que deixou a maior parte da Venezuela às escuras desde a semana passada, o governo do presidente Nicolás Maduro indiciou nesta terça-feira (12) o líder opositor Juan Guaidó por “sabotagem” do sistema elétrico, sem apresentar provas. O chavismo também deteve por várias horas um jornalista crítico ao governo e tentou relacioná-lo ao apagão em meio a ameaças de novas sanções dos Estados Unidos.

 

O indiciamento de Guaidó foi anunciado pelo procurador-geral da República Tarek William Saab. Outras autoridades chavistas tentaram vinculá-lo, sem provas, ao apagão, que nesta terça entrou no seu sexto dia com relatos de saques na cidade de Maracaibo, a segunda maior da Venezuela. (mais…)

04
03

Venezuela: Guaidó volta ao país e pede manifestação contra Maduro no sábado

Por Estadão Conteúdo

 

O líder da oposição na Venezuela e presidente da Assembleia Nacional do país, Juan Guaidó, retornou à Venezuela nesta segunda-feira depois de desafiar uma proibição de viagem imposta por um tribunal no mês passado e de viajar para fora do país, estabelecendo um confronto com o governo do presidente Nicolás Maduro. Guaidó conclamou os seus apoiadores para uma demonstração de “grande força e determinação”. Ele pediu às pessoas que encham as ruas das cidades de todo o país no sábado para protestar contra Maduro.

 

Guaidó chegou ao Aeroporto Internacional de Maiquetia, perto da capital venezuelana Caracas. Ele retornou ao país depois de atravessar a fronteira para a Colômbia no mês passado para supervisionar um plano fracassado apoiado pelos EUA para fornecer ajuda humanitária à Venezuela. (mais…)

24
02

Confrontos em fronteiras da Venezuela travam entrada de ajuda e matam 3

Por Estadão Conteúdo

 

No dia em que o líder opositor venezuelano Juan Guaidó, autoproclamado presidente interino do país, prometeu concretizar a entrada de ajuda humanitária na Venezuela, as cenas vistas foram de confrontos nas regiões de fronteira com o Brasil e a Colômbia e caminhões retornando aos países de saída sem conseguir entregar as toneladas de alimento e remédios ao povo venezuelano.

 

Ao menos três pessoas morreram, sendo um adolescente de 14 anos, e 31 ficaram feridas em Santa Elena do Uairén, cidade venezuelana na fronteira com o Brasil, em conflitos com a Guarda Nacional Bolivariana (GNB). Na divisa com a Colômbia, dois caminhões que transportavam ajuda foram incendiados por partidários do presidente Nicolás Maduro na ponte Francisco de Paula Santander, que liga Cúcuta (Colômbia) e Ureña (Venezuela) e 42 pessoas ficaram feridas em confrontos com militares na ponte Simón Bolívar, principal passagem entre os dois países. (mais…)

Publicicade

Publicicade