Arquivo da Tag: "JAIR BOLSONARO"
14
07

Bolsonaro justifica ausência em sessão da LDO com viagem de campanha

Framephoto/Estadão Conteúdo

Por Estadão Conteúdo

 

Pré-candidato à Presidência pelo PSL, o deputado federal Jair Bolsonaro (RJ) faltou à sessão do Congresso que votou, na madrugada de quinta-feira, 12, a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) – que fixa as balizas do Orçamento de 2019, o primeiro do próximo presidente.

 

Na votação, deputados e senadores retiraram do texto a proibição para a concessão de reajustes salariais aos servidores no ano que vem. “Meu voto não ia fazer nenhuma falta lá. Nenhum deputado ia se indispor com milhões de servidores. Quem votasse dessa forma (mantendo a proibição a reajustes) ia ficar com essa marca na testa”, disse Bolsonaro à reportagem nesta sexta-feira, 13, quando questionado sobre a ausência numa votação decisiva para o futuro presidente.

 

(mais…)

13
07

‘Só não vamos fazer pacto com o diabo’, afirma Bolsonaro

Framephoto/Estadão Conteúdo

Por Estadão Conteúdo

 

Apesar de o presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro, manter o discurso contra “políticos tradicionais”, o diretório do partido no Pará costura uma aliança com o ex-ministro da Integração Helder Barbalho, do MDB, que concorre ao governo do Estado. Na disputa federal, o senador Jader Barbalho, pai de Helder e patriarca do grupo, manifesta apoio, pelo menos formalmente, à pré-candidatura do ex-ministro Henrique Meirelles, de seu partido, e espera uma definição do nome que o PT lançará à Presidência.

 

Em visita a Marabá ontem, ao ser questionado pelo Estado sobre a aliança, Bolsonaro afirmou que não participa das conversas de aproximação entre o PSL e o MDB no Pará, que na prática representa uma aliança indireta com o clã Barbalho para formar palanques, mas que não pode evitar acordos nas sucessões estaduais. “Se o nosso foco é a cadeira presidencial, paciência” disse o pré-candidato. “Só não vamos fazer pacto com o diabo”, completou, numa referência a um discurso em que a presidente cassada Dilma Rousseff afirmou que podia “fazer o diabo quando é hora da eleição”. Bolsonaro, no entanto, disse que não tem “nada a ver” com a costura no Estado e lembrou que conseguiu barrar um acordo do PSL com o PCdoB no interior de Minas Gerais.

 

(mais…)

29
06

‘Aqui no Brasil não existe isso de racismo’, diz Bolsonaro em Fortaleza

Por Estadão Conteúdo

 

Em visita a Fortaleza, o pré-candidato do PSL à Presidência da República nas eleições 2018, Jair Bolsonaro, disse que no Brasil não existe racismo. “Aqui no Brasil não existe isso de racismo, tanto é que meu sogro é Paulo Negão e quando eu vi a filha dele não queria saber quem era o pai dela”, afirmou o deputado federal nesta quinta-feira, 28, a uma plateia de cerca de 15 mil pessoas em um hotel na praia de Iracema.

 

Framephoto/Estadão Conteúdo

A afirmação de Bolsonaro foi feita no mesmo dia em que a Procuradora-geral da República, Raquel Dodge, defendeu em parecer o recebimento da denúncia no Supremo Tribunal federal (STF) contra o presidenciável por racismo contra quilombolas, indígenas, refugiados, mulheres e LGBTs.

 

A denúncia narra que em uma palestra no Clube Hebraica do Rio de Janeiro, em abril de 2017, o deputado, em pouco mais de uma hora de discurso, “usou expressões de cunho discriminatório, incitando o ódio e atingindo diretamente vários grupos sociais”. (mais…)

27
06

Bolsonaro afirma ter apoio de parlamentares do MDB

Framephoto/Estadão Conteúdo

Por Estadão Conteúdo

 

O deputado Jair Bolsonaro (PSL-RJ) afirmou que pelo menos 20 parlamentares do MDB vão apoiar sua candidatura à Presidência da República. O partido tem como pré-candidato ao Planalto o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles.

 

Questionado pela reportagem sobre quem são os apoiadores, Bolsonaro disse que ainda não poderia revelar nomes. Citou apenas o deputado Rogério Peninha, de Santa Catarina, entre eles.

 

(mais…)

30
05

Alckmin critica quem ‘flerta’ com ‘ditadura’

Por Estadão Conteúdo

 

Rovena Rosa/Agência Brasil

O pré-candidato do PSDB ao Planalto, Geraldo Alckmin, disse nesta terça-feira, 29, que os concorrentes que promovem a “bagunça” e a “ditadura” deveriam deixar a disputa. Questionado sobre a postura do pré-candidato Jair Bolsonaro (PSL) na defesa da greve dos caminhoneiros, Alckmin afirmou que propostas de golpes – que partiriam especialmente da rede de apoio ao ex-capitão do Exército – são “inaceitáveis” e “absurdas”.

 

“Esses pré-candidatos que flertam com a intervenção militar e a ditadura não deveriam ser candidatos”, afirmou Alckmin. “Eles não acreditam no regime democrático”, disse ele, após se reunir com as bancadas tucanas no Senado e na Câmara.

 

No dia em que manifestantes foram para o gramado do Congresso com faixas em defesa de uma intervenção militar, Alckmin percorreu gabinetes e participou de reuniões com lideranças tucanas. Os encontros, segundo participantes, foram marcados por um clima de “ansiedade” por uma presença mais incisiva do pré-candidato no debate eleitoral. (mais…)

23
05

Bolsonaro é vaiado duas vezes em sabatina na Marcha em Defesa dos Municípios

Por Estadão Conteúdo

 

O pré-candidato do PSL à Presidência da República, deputado Jair Bolsonaro (RJ), foi vaiado nesta quarta-feira, 23, duas vezes durante sabatina na Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, organizada pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM). Ele foi o primeiro dos pré-candidatos a ser hostilizado pela plateia por ter dado respostas consideradas curtas e não se aprofundado no tema em debate.

 

Após a primeira vaia, ele perguntou: “É para mim ou pelo tempo?” em referência ao fato de não ter usado os quatro minutos disponíveis pela resposta. “Já estou satisfeito. Vamos para a próxima”, havia dito ao encerrar sua fala antes da hora.

 

Bolsonaro respondia a questões da pauta municipalista, como repasses de verbas para Saúde, Educação e Saneamento Básico e também se firmaria compromisso de receber os representantes dos municípios a cada três meses.

 

Na segunda onda de vaias, ele subiu o tom de voz: “Quem tiver ideias, por favor, me procure. Não vim aqui para dizer que sou melhor do que os outros. Não tem solução fácil. Não tem espaço aqui para gente que, na base do grito e do gogó, diz que vai resolver”. (mais…)

22
05

Bolsonaro diz, em sabatina, que ‘tem evoluído’ no posicionamento econômico

Por Estadão Conteúdo

 

Pré-candidato do PSL à Presidência da República, o deputado Jair Bolsonaro (RJ) afirmou nesta terça-feira, 22, que seus posicionamentos sobre a economia têm “evoluído” ao longo do tempo e que o intuito é se aproximar do pensamento defendido pelo economista de orientação liberal Paulo Guedes, que o assessora na campanha, mas de forma a encontrar um “meio termo”, como no tocante às privatizações.

 

“Tenho consciência que temos que nos aproximar das ideias do Guedes. Não 100%, mas quem sabe 95%”, afirmou Bolsonaro, em sabatina promovida pela rádio Jovem Pan.

 

Bolsonaro foi questionado sobre se as ideias econômicas que tem defendido nessa corrida presidencial não contrastam com seu histórico parlamentar, com a defesa de visões setoriais, principalmente relacionadas às Forças Armadas, e estatizantes. O parlamentar fluminense retrucou e disse que tem “evoluído” em alguns posicionamentos e deu como exemplo sua atuação em relação à área de petróleo e gás. Em 2016, na votação que retirou a obrigatoriedade da Petrobras para operar os campos do Pré-Sal, Bolsonaro votou a favor. (mais…)

14
05

Sem Lula, Bolsonaro lidera em todos os cenários, indica pesquisa CNT/MDA

Foto: HÉLVIO ROMERO/ESTADÃO

Por Estadão Conteúdo

 

O deputado Jair Bolsonaro (PSL) lidera os três cenários de pesquisas estimuladas sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) na disputa, indica pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta segunda-feira, 14. Condenado e preso na Operação Lava Jato, Lula lidera os cenários nos quais participa do levantamento. Ele pode ser declarado inelegível pelo Tribunal Superior Eleitoral TSE) com base na Lei da Ficha Limpa.

 

No cenário mais provável sem Lula, Bolsonaro tem 19,7%; Marina Silva (Rede) 15,1%; Ciro Gomes (PDT), 11,1%. O ex-governador tucano Geraldo Alckmin (PSDB/SP) aparece em seguida, com 8,1%, seguido por Fernando Haddad (PT), com 3,8%.

 

O nível mais alto de intenção de voto de Bolsonaro é de 20,7%, caso disputasse o Planalto com Marina (16,4%), Ciro (12%), Haddad (4,4%) e Henrique Meirelles (1,4%).

 

(mais…)

11
05

Bolsonaro compara execuções do regime militar a ‘tapa no bumbum do filho’

Por Estadão Conteúdo

 

O pré-candidato do PSL à Presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro (RJ), comparou as autorizações sumárias dadas pelo presidente Ernesto Geisel para executar opositores do regime militar no Brasil a uma espécie de punição usada por pais contra seus filhos. “Quem nunca deu um tapa no bumbum do filho e depois se arrependeu? Acontece”, disse o parlamentar à Rádio Super Notícia, de Belo Horizonte, na manhã de sexta-feira, 11.

 

Documento escrito pelo diretor da CIA em 1974, William Colby, e revelado na quinta, 10, afirma que Geisel, quando assumiu o governo, deu continuidade à política de repressão e execução de presos políticos então praticada por seu antecessor, Emílio Médici. Bolsonaro desmereceu o documento da agência americana de inteligência e defendeu a atuação dos militares à época.

 

“Voltaram à carga. Um capitão tá pra chegar lá. É o momento”, disse, referindo-se à possibilidade de ele ser eleito presidente da República em outubro. Conforme o deputado, essa informação foi revelada por um historiador e nem havia publicada pela imprensa. “Tem que matar a cobra e mostrar o pau. Até na sua casa, com todo respeito, você vê quando você erra”.

 

(mais…)

05
04

Juíza assina filiação e confirma disputa ao Senado

Por Felipe Leonel e Max Aguiar

HiperNotícias

 

Ao lado do deputado Victório Galli, a magistrada aposentada Selma Arruda confirmou sua filiação ao PSL, partido do pré-candidato a presidente da República, Jair Bolsonaro. Em entrevista coletiva concedida à imprensa, na tarde desta segunda-feira (5), a juíza confirmou que irá disputar uma vaga ao Senado Federal, nas eleições de outubro.

 

Para os jornalistas, a magistrada não escondeu que é a favor da liberação de armas para pessoas de bem, assim como Bolsonaro. Disse que está preparada para os ataques e que sabe que um possível “comitê da maldade” esteja planejando coisas para lhe denunciar.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade