Arquivo da Tag: "GRUPO GAZETA"
12
03

Escassez de água é tema urgente para ambientalistas e agronegócio, aponta ministro

Por Débora Siqueira

HiperNotícias

 

O ministro do Meio Ambiente, José Sarney Filho, disse que os cuidados com as nascentes e matas ciliares e, principalmente, a quantidade de água é a principal pauta tanto para ambientalistas quanto para os produtores rurais. Durante o evento Gazeta Agro, realizado pelo Grupo Gazeta de Comunicação, nesta segunda-feira (12), no Cenarium Rural, ele anunciou ainda que a bacia do Pantanal será a próxima a ser revitalizada. Na tarde de hoje ele assinou em Brasília a revitalização da bacia do São Francisco e Parnaíba.

 

O desconto concedido em 10 anos de multas aplicadas pelo Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) serão convertidos em ações socioambientais ao longo dos dois rios. A mesma ação deve ser realizada numa segunda etapa no Pantanal e em outras regiões do país.

 

(mais…)

26
09

MT: Wilson afirma que Emanuel é ‘réu’ junto a Riva e Arcanjo

1Por Fernanda Leite

Durante o último debate promovido pelo Grupo Gazeta (TV Record/Canal 10), o candidato à prefeitura de Cuiabá Wilson Santos (PSDB) revelou que o adversário, Emanuel Pinheiro (PMDB), foi denunciado pelo Ministério Público Estadual (MPE) em um processo juntamente com o ex-deputado José Riva e o ex-bicheiro João Arcanjo Ribeiro, preso por formação de quadrilha e diversos homicídios.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

19
08

Blog do Mauro na Gazeta

 

 

Contra Cuiabá

 

A luta do Grupo Gazeta em defesa de Cuiabá como uma das sedes dos jogos da Copa do Mundo acabou na Justiça e em mais uma derrota da TV Centro América (TVCA), que pretendia ganhar R$ 500 mil de indenização porque a TV Record e o jornal A Gazeta denunciaram o forte lobby da emissora global em favor de Campo Grande e contra os interesses da Capital mato-grossense.

 

A favor de Cuiabá

 

A Justiça entendeu que o Grupo Gazeta agiu nos limites constitucionais do direito de expressão e informação e considerou que a concessão da indenização se caracterizaria enriquecimento ilícito. A TVCA não conseguiu levar a Copa para Campo Grande, como pretendia. Nem ludibriar a Justiça.

 

Mesa da AL

 

A disputa pela Mesa Diretora da Assembleia ainda não está totalmente pacificada. Eduardo Botelho (PSB) e Guilherme Maluf (PSDB) se entenderam. O problema agora é a disputa interna do PSD para indicar o primeiro vice-presidente, cargo disputado por Gilmar Fabris e Ondanir Nininho Bortolini. Nininho leva vantagem.

 

Índice de Confiança

 

O Ibope Inteligência divulgou ontem o Índice de Confiança Social do brasileiro. O Corpo de Bombeiros ainda é a instituição que detém o maior índice de confiança da população. A Igreja vem em segundo lugar, mas perdeu pontos em relação a 2015: caiu de 71 para 67. Forças Armadas e Meios de Comunicação ocupam a terceira e quarta posições respectivamente.

 

Polícia Federal

 

Neste ano a pesquisa do Ibope incluiu entre as instituições a Polícia Federal e o Ministério Público, mas sem considerá-las no cálculo do ICS. A PF alcançou um índice de confiança de 66, o que a colocaria em terceiro lugar caso fosse incluída no ranking das instituições em que o brasileiro mais confia.

 

Ruído na imagem

 

Já o Ministério Público ocuparia a oitava posição, com 54 pontos, à frente do Poder Judiciário, que obteve 46 pontos. O desempenho do MP na pesquisa surpreende e mostra certo distanciamento da sociedade, apesar de todo o barulho. Ou será que há algum ruído na imagem do Ministério Público?

 

Piores do ranking

 

Presidente da República, Congresso Nacional e partidos políticos, nesta ordem, ocupam as piores colocações no ranking do ICS. E olha que melhoraram em relação a 2015, quando o País ainda era governado pelo petismo.

 

Propinagem

 

Wallace Guimarães (PMDB), ex-prefeito de Várzea Grande, foi denunciado pelo Ministério Público por envolvimento num esquema de corrupção num contrato de R$ 10 milhões para obras e reformas.

 

 

06
07

Blog do Mauro na Gazeta

 

 

Entrevista

 

O governador Pedro Taques (PSDB) se reuniu ontem com jornalistas do Grupo Gazeta por cerca de 4 horas. A entrevista, concedida às editorias de Política, Economia, Cidades, Gazeta Digital e Blog do Mauro, será publicada ao longo desta semana por A Gazeta e veiculada na CBN Cuiabá e no portal Gazeta Digital.

 

Macroeconomia

 

Taques demonstrou domínio sobre os temas relacionados às ações de seu governo nas mais diversas áreas. Fez de memória um balanço detalhado das políticas macroeconômicas, caso das ações voltadas à busca de investimentos e parceiros internacionais.

 

Incentivos

 

Falou dos programas de estímulo ao desenvolvimento, dos incentivos fiscais, da reforma tributária e da reforma administrativa – com foco no ajuste fiscal – que será encaminhada ao Legislativo no segundo semestre, conforme antecipado aqui nesta coluna.

 

Obras da Copa

 

Detalhou a situação de cada uma das obras da Copa e fez revelações relevantes, como mostra a manchete de hoje de A Gazeta.

 

Eleição na AL

 

Apesar de estar há apenas seis anos atuando no campo político, Pedro Taques se mostra seguro na condução das articulações políticas, como no caso da eleição da Mesa Diretora da AL. E tem posições curiosas – que fogem à lógica tradicional – sobre o processo eleitoral.

 

Aliados

 

O governador não se mostra incomodado com o fato de que partidos aliados como o PSD, do vice-governador Carlos Fávaro, e do PSB, do prefeito Mauro Mendes, estejam melhor articulados para eleger mais prefeitos e vereadores do que o PSDB.

 

Suprapartidário

 

Para Taques não é exatamente relevante o desempenho eleitoral do PSDB nas eleições municipais. Importante é que a maioria dos eleitos faça parte da base governista. O governador tem uma posição ‘suprapartidária‘ em matéria eleitoral.

 

Sem influência

 

Taques disse, durante a entrevista, que não vê relação determinante entre a eleição municipal deste ano e a eleição geral de 2018. Prefeitos e vereadores eleitos agora não exercerão influência decisiva nas eleições para deputados e governador.

 

Carlos, o leal

 

Questionado sobre a possibilidade do PSD lançar candidatura própria em 2018 em detrimento de um eventual projeto de reeleição do PSDB, Taques diz que confia na ‘lealdade de Carlos Fávaro‘.

 

Base firme

 

O presidente da Assembleia, deputado Guilherme Maluf, fez uma avaliação positiva do desempenho dos parlamentares na votação da RGA. Segundo Maluf, ‘a base (governista) foi muito firme, coerente, e garantiu ao Executivo a maioria na votação da RGA‘. O presidente da AL defendeu até mesmo os parlamentares governistas que votaram contra o projeto do Governo.

 

Base gelatinosa

 

O governador Pedro Taques, que diante do resultado da votação (13 a 9) classificou os governistas de ‘base gelatinosa‘, ontem foi mais complacente. Disse, por exemplo, que não deixará de ser amigo do deputado Leonardo Albuquerque (PDT), que na condição de vice-líder do Governo votou contra o projeto.

 

Ex-vice-líder

 

‘Não posso obrigar ninguém a ser vice-líder‘, disse o governador, sinalizando que vai buscar outro parlamentar para assumir a função na Assembleia. Leonardo declarou que já pediu pra sair. Taques disse que ainda não recebeu o pedido.

 

 

16
12

Blog do Mauro na Gazeta

 

 

Taques na Record

 

No próximo dia 22, terça-feira, o governador Pedro Taques (PSDB) participa da tradicional rodada de entrevista de fim de ano do Grupo Gazeta de Comunicação. Taques estará ao vivo às 9 horas na CBN Cuiabá, com Edivaldo Ribeiro e Michely Figueiredo.

Mais tarde, às 11 horas, Pedro Taques entra ao vivo no Jornal do Meio Dia, com Lúcio Sorge. Entre um programa e outro conversa com jornalistas de A Gazeta. Na pauta o balanço do primeiro ano de gestão.

 

Hora ruim

 

A mudança de partido programada pelo senador Blairo Maggi, que pretende deixar o PR para filiar-se ao PMDB, pode ser adiada por razões estratégicas. Com o PMDB no centro da operação Catilinárias, deflagrada ontem pela PF, o clima é politicamente desfavorável.

 

Impeachment

 

Blairo Maggi, que apoiou Lula e Dilma, agora defende o impeachment da presidente. O senador argumenta que o governo petista não tem mais credibilidade para reverter o quadro econômico, para promover qualquer mudança. É o País ladeira abaixo. ‘Eu defendo o Brasil‘, disse o senador.

 

Tábua de salvação

 

O vice-presidente Michel Temer representaria, na visão de Blairo Maggi, uma expectativa de mudança. Temer ofereceria ao mercado uma esperança e que isso, aliado a medidas saneadoras, poderia resgatar o País da crise em menos tempo.

 

Fundo do poço

 

Dilma atingiu 70% de avaliação negativa na última pesquisa CNI/Ibope, divulgada ontem. A maneira de governar da presidente é reprovada por 82% dos entrevistados e 78% não confiam em Dilma.

 

1Rasteira não

 

O senador José Medeiros tem mesmo um faro apuradíssimo para a política. Aventado como candidato de consenso a prefeito de Rondonópolis nas próximas eleições, numa articulação liderada pelo senador Blairo Maggi (PR), o senador do PPS recusou-se a comentar o assunto. Não sem motivo: o atual prefeito, Percival Muniz, é o presidente estadual do partido.

 

Rio Vermelho

 

Além de Maggi, Medeiros tem o apoio do senador Wellington Fagundes (PR), do deputado federal Adilton Sachetti (PSB) e do deputado estadual Ondonir Bortolini (PR), esses dois últimos cotados para a disputa na república do Rio Vermelho.

 

Recuo

 

Já há quem diga que Percival Muniz pode recuar de disputar a reeleição para apoiar José Medeiros, que contaria com a simpatia do PSDB de Pedro Taques e do PSD do vice Carlos Fávaro.

21
01

MT: ‘Não farei auditoria’, disse Maluf

1Por Simone Ishizuka

Candidato à presidência da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa (AL), o deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) disse que, se for eleito, não irá fazer auditoria do último mandado. Segundo o parlamentar, este é o papel do Ministério Público (MPE-MT) e do Tribunal do Contas do Estado (TCE-MT). Ele foi o entrevistado da Rádio CBN, do Grupo Gazeta, nesta quarta-feira (21).

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

13
11

MT: Gazeta ‘Jornal Solidário’ beneficia 10 escolas

0

Por Simone Ishizuka

O projeto “Gazeta Jornal Solidário”, em parceria com o Grupo Gazeta e a Associação Espírita Wantuil de Freitas, foi lançado na manhã desta quinta-feira (13), no auditório da empresa de comunicação e contou com a apresentação musical das crianças contempladas da ação. O programa visa no custeamento dos salários de professores que trabalham em 10 escolas integradas à instituição.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

10
11

Encontro de Violeiros (MT): 25 mil pessoas se emocionam em 2ª noite de evento

0

Por Luiz Fernando Vieira

A Gazeta

Um público de cerca de 25 mil pessoas, alguns dos mais importantes nomes do sertanejo de raiz do Brasil, revelação de novos talentos e até o lançamento de viola caipira inspirada na Viola de Cocho. Este foi o resultado da segunda noite do Encontro Nacional de Violeiros em Cuiabá, realizado pelo Grupo Gazeta de Comunicação, que desde já pode ser considerado um momento histórico tanto para a Capital como para o Estado. O evento, que na sexta-feira (7) reuniu outras 15 mil pessoas, provou que o mato-grossense é um apaixonado pelo estilo musical e mostrou que tem tudo para se tornar um dos principais festivais do gênero da região Centro-Oeste e do país.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

26
11

MT: TV Record completa 20 anos nesta terça-feira

8ad24a597f90ab7285861833cdec7899

Uma TV que tem compromisso com os telespectador mato-grossense, nasceu no começo dos anos 90 e se tornou uma potência no Estado, é exemplo do jornalismo responsável e entretenimento social.

No dia 26 de novembro de 1993 entrava no ar na capital mato-grossense a extinta TV Gazeta Cuiabá, atualmente a TV Record Cuiabá. A emissora do Grupo Gazeta de Comunicação foi a pioneira ao trazer a proposta de uma programação local e transmiti-la para todo o Estado. Quando lançada foi considerada uma inovação para a comunicação mato-grossense, já que os programas locais eram maiores que o de outras emissoras. A reportagem é de Nayana Bricat.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

28
10

MT: Prefeituras e governo decretam ponto facultativo nesta segunda-feira

logo

As prefeituras de Cuiabá e Várzea Grande e o governo do Estado decretaram ponto facultativo nesta segunda-feira (28), em virtude do Dia do Servidor Público. Órgãos municipais e estaduais não devem atender ao público. Porém, fica a critério de cada instituição e órgão a suspensão do expediente na data.

Serviços essenciais de saúde, segurança pública e coleta de lixo, dentre outros, serão mantidos. A Assembleia Legislativa e o Judiciária transferiram o ponto facultativo para quinta-feira (31). Escolas municipais também não funcionam. As estaduais mantém as funções, para repor as aulas que foram perdidas durante a greve. A reportagem é de Izabel Barrizon.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

Publicicade

Publicicade