Arquivo da Tag: "GOVERNO PEDRO TAQUES"
04
04

TCE recebe balanço fiscal e financeiro da gestão Taques

O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso, conselheiro Gonçalo Domingos de Campos Neto, e o relator das Contas do Governo do Estado, exercício de 2018, conselheiro interino Isaías Lopes da Cunha, receberam nesta quarta-feira (3) o balanço financeiro e fiscal da administração estadual. As informações e números da gestão foram apresentados pelo secretário estadual de Fazenda, Rogério Gallo e sua equipe econômica, que estavam acompanhados do controlador-geral do Estado, Emerson Hodeki Hayashida. A entrega aconteceu de manhã, na Presidência do TCE, com a presença do procurador-geral de Contas, Alisson Carvalho de Alencar.

 

A equipe econômica apresentou números referentes ao repasse do duodécimo aos Poderes, folha salarial dos servidores públicos, previdência, receitas e despesas e parcelamentos de dívidas. Gallo lembrou da atuação orientadora do TCE durante todo o exercício de 2018, “monitorando de forma concomitante ao longo de todo o ano. Fizemos várias reuniões e o relator das contas, conselheiro Isaías e toda a equipe técnica, foram nos orientando sobre os riscos e falhas. O trabalho do TCE é fundamental para aprimorarmos a gestão fiscal”, disse. (mais…)

10
05

Mudança de Postura

 

Repercutiu bem entre os servidores a disposição do Governo Pedro Taques (PSDB) em discutir a implementação da Revisão Geral Anual (RGA) para este ano. Em aplicativos de mensagens, muitos disseram que acreditam ser possível chegar a um acordo sem que haja a necessidade de greves ou paralisações.

 

Lição

Internamente, a gestão estadual entendeu que de nada adianta impor sua vontade, como foi tentado no ano passado, em que o governo, antes de sentar à mesa com os sindicatos, anunciou que não concederia qualquer reajuste.

 

Recuo

O fim da história já é conhecido. Uma longa greve, desgaste para diversos membros e defensores do governo e a concessão de um reajuste, ainda que parcelado, ao funcionalismo.

 

Depois da viagem

Vai ficar para junho o depoimento do ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), no inquérito que apura o pagamento de R$ 12 milhões em propina por parte da Odebrecht. Ele viaja, ainda esta semana, para o exterior, e deverá ficar fora do país pelo menos por 15 dias.

 

Protocolo VLT

O Governo do Estado gostou do resultado do acordo com o consórcio responsável pelas obras do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT). Gostou tanto que deverá adotar o mesmo tom para falar de outra obra da Copa do Mundo que está inacabada, a Arena Pantanal.

 

Acordo

Já está em estudo, inclusive, no âmbito da Procuradoria Geral do Estado (PGE), o processo envolvendo o Estado e a Construtora Mendes Júnior, responsável pela obra do estádio, que de acordo com o governo está inacabado.

 

Briga longa

Na avaliação de pessoas ligadas ao governo, a judicialização do caso, assim como da obra do VLT, é quase como “Carnaval na Bahia”, não tem hora para acabar. No caso de processos deste tipo, isso significa anos, talvez décadas sem nenhuma garantia que o julgamento do processo traga resultados positivos.

 

Ônus

Neste meio tempo, por conta do imbróglio judicial, o Estado acaba sofrendo por conta dos problemas gerados pela falta de manutenção da obra, como a crônica falta d’água nos vestiários. É aquele famoso ditado, “melhor um mau acordo que uma boa demanda”.

 

À la Dória

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) segue à risca sua estratégia para conseguir apoio popular a exemplo do prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB). Nas redes sociais, ele postou um vídeo mostrando problemas encontrados por ele ao visitar uma unidade de saúde, no bairro Alvorada.

 

Vai doer

No local, Pinheiro se deparou com falta de remédios e de qualquer médico, uma vez que o titular naquela unidade estava de férias. Ele determinou a reposição imediata do estoque e fará uma reunião com a secretária de Saúde, Elizeth Lúcia de Araújo, para saber o que houve no caso específico.

 

 

Publicicade

Publicicade