Arquivo da Tag: "GOVERNO DE TRANSIÇÃO"
03
12

Bolsonaro pede a adversários que abandonem o “ódio sem necessidade”

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, participa na cidade de Guaratinguetá, no Vale do Paraíba, em São Paulo, da formatura de sargentos da Aeronáutica na Escola de Especialistas da Aeronáutica (EEAR)

Rovena Rosa/Agência Brasil

Por Agência Brasil

 

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, passará dois dias e meio em Brasília esta semana. Às vésperas da viagem, ele enviou uma mensagem aos adversários para destacar que o momento é de paz. Ele apelou para que “relaxem” e abandonem o “ódio sem necessidade”.

 

“Estou vendo muitos derrotados politicamente pregando ódio sem necessidade, relaxem, cultivem o que dizem pregar que a alma fica em paz. Um conselho de quem quer ver todos bem”, afirmou Bolsonaro, na sua conta no Twitter, por volta das 23h de ontem (2).

 

(mais…)

23
11

Moro apresentará no início do governo projeto de combate ao crime

O futuro ministro da Justiça no governo de Jair Bolsonaro, Sergio Moro, fala durante Simpósio de Combate à Corrupção, na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.

Tomaz Silva/Agência Brasil

Por Vladimir Platonow

Agência Brasil

 

O juiz federal Sergio Moro, confirmado para o Ministério da Justiça, disse hoje (23) que vai apresentar em 2019 um projeto com medidas contra a criminalidade sustentado em três eixos: combate à corrupção, ao crime organizado e aos crimes violentos. Moro participou nesta sexta-feira do Simpósio Nacional de Combate à Corrupção, promovido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), no Rio de Janeiro.

 

“Primeiro [vou] apresentar um projeto de lei contra a corrupção logo no início da legislatura. Sempre com respeito ao Parlamento, com abertura ao diálogo. Corrupção está desenfreada, crime organizado está cada vez mais forte. Crime violento, que afeta a todos, principalmente minorias. É um projeto em gestação. O foco vai ser agenda contra corrupção, anticrime organizado e contra o crime violento.”

 

(mais…)

22
11

Bolsonaro diz que Guilherme Schelb é cotado para Educação

O Presidente eleito Jair Bolsonaro e os novos comandantes das Forças Armadas, falam com a imprensa após reunião no Comando da Marinha, em Brasília.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Agência Brasil

 

O presidente eleito, Jair Bolsonaro, confirmou hoje (22) que analisa o nome do procurador da República da 1ª Região Guilherme Schelb para o Ministério da Educação. “Guilherme Schelb é cotado, sim”, destacou. Bolsonaro reiterou que a educação escolar deve ser destinada a ensinar disciplinas e que temas relativos a questões de gênero devem ser abordadas pela família.

 

“Quem ensina sexo para criança é papai e mamãe”, afirmou o presidente eleito, após reunião no Comando da Marinha. “Escola é lugar de se aprender física, matemática, química e fazer com que no futuro tenhamos um bom empregado, um bom patrão e um bom liberal. Esse é o objetivo da educação.”

 

(mais…)

22
11

Bolsonaro nega que o filho Carlos terá cargo no governo federal

Carlos Bolsonaro

Caio César/CMRJ/Direitos reservados

Por Carolina Gonçalves

Agência Brasil

 

Reeleito vereador pela cidade do Rio de Janeiro, Carlos Bolsonaro (PSL) não integrará a equipe de governo do pai – o presidente eleito, Jair Bolsonaro. Bolsonaro negou tal possibilidade na manhã de hoje (22), depois de se reunir com militares no Comando da Marinha, em Brasília.

 

Na sua conta no Twitter, Carlos Bolsonaro reiterou que já contribuiu o possível durante a campanha do pai. Ele foi o responsável pelas redes sociais e também fazia papel de assessor de imprensa no Rio de Janeiro.

 

(mais…)

22
11

Nome do ministro da Educação pode sair hoje, indica Bolsonaro

O presidente eleito Jair Bolsonaro fala à imprensa após encontro com o presidente do Superior Tribunal Militar (STM), José Coelho Ferreira, no STM, em Brasília.

Valter Campanato/Arquivo Agência Brasil

Por Agência Brasil

 

Ao chegar hoje (22) no Comando da Marinha em Brasília, o presidente eleito Jair Bolsonaro indicou que pode confirmar nesta quinta-feira (22) o nome do novo ministro da Educação. Segundo ele, é um “ministério importantíssimo” e é “ali que está o futuro do Brasil”.

 

“Temos de ter um bom nome técnico para que, no final da linha, a garotada tenha uma profissão”, afirmou o presidente eleito. “Nos últimos 10 a 15 anos dobrou o gasto com educação e a qualidade diminuiu. O Brasil não pode ir para frente com a educação desta maneira.”

 

(mais…)

21
11

Maia tenta dissociar do DEM indicações para ministérios

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia fala após participar do III Encontro da Câmara Espanhola no Rio de Janeiro, no Museu do Amanhã, na zona portuária do Rio.Por Karine Melo

Agência Brasil

 

O presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no exercício da Presidência da República, buscou hoje (21) dissociar o comando do DEM das indicações, já confirmadas, para três ministérios no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Segundo ele, as indicações também não têm relação com a disputa para a presidência da Câmara. “As indicações não são do DEM”, afirmou.

 

A definição dos nomes dos futuros ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde), todos do DEM, provocou reações no Congresso, inclusive em partidos que integram o chamado Centrão, que apoia Bolsonaro.

 

(mais…)

21
11

Bebianno é confirmado como ministro da Secretaria-Geral da Presidência

Gustavo Bebianno

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Carolina Gonçalves

Agência Brasil

 

O ministro extraordinário da transição, Onyx Lorenzoni, confirmou hoje (21) o nome do advogado Gustavo Bebianno como ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência. Segundo Onyx, ele é um “homem preparado e da absoluta confiança” do presidente eleito Jair Bolsonaro.

 

Presidente do PSL durante a campanha eleitoral, Bebianno agradeceu a indicação e adiantou que a principal atividade de sua pasta será a modernização e a desburocratização do Estado. “Será o governo olhando para sua atividade de servir a população”, afirmou em coletiva no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), onde a equipe de transição do governo está instalada.

 

(mais…)

21
11

Michelle diz que atuará no maior número possível de programas sociais

A futura primeira-dama Michelle Bolsonaro chega a Brasília para a primeira viagem à cidade onde nasceu, depois da eleição do marido, Jair Bolsonaro, e conversa com a imprensa.

José Cruz/Agência Brasil

Por Carolina Gonçalves

Agência Brasil

 

A futura primeira-dama, Michelle Bolsonaro, disse hoje (21) que, a partir de janeiro de 2019, quer participar do maior número possível de programas sociais. Ela quer atuar principalmente em atividades ligadas às pessoas com deficiência.

 

“Era algo que eu já fazia antes de conhecer [o presidente eleito], Jair [Bolsonaro]”, afirmou Michelle, referindo-se ao marido, após deixar o Centro Cultural do Banco do Brasil (CCBB) em Brasília, onde funciona o gabinete de transição.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade