Arquivo da Tag: "GAECO"
13
08

“Nunca peguei nenhuma nota, nem conheço ninguém dos delatores”, afirma Viana

zeca vianaPor Danna Belle

HiperNotícias

 

O deputado estadual Zeca Viana (PDT) afirma estar tranquilo e alega ser inocente em relação às investigações da operação Déjà Vu do Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na qual é acusado pelos crimes de peculato e associação criminosa entre os anos de 2012 a 2015.

 

“Já conversei com o MPE, eles estão bem à vontade, têm toda liberdade e eu não vou questionar enquanto eles não apresentarem os legítimos autores, é isso que eu quero, quem são as pessoas que pegaram nota no meu nome? Essas pessoas têm que pagar pelo crime e não eu, que nunca peguei um centavo e nenhuma nota, nem começo ninguém desse pessoal que delatou”, declarou durante entrevista à Rádio Capital 101,9 FM, na manhã desta segunda-feira (13).

 

(mais…)

02
08

Santos questiona coragem da AL para investigar membros do MPE envolvidos em grampos

wilson santosPor Danna Belle

HiperNotícias

 

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Wilson Santos (PSDB), questionou se os parlamentares terão coragem de investigar os membros do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Judiciário. O parlamentar indagou sobre o tema em sessão vespertina desta quarta-feira (1).

 

“Foram citados que membros do Gaeco, do Ministério Público Estadual também fizeram barriga de aluguel. Fizeram grampos sem autorização judicial. A pergunta que eu faço, nós teremos coragem suficiente para investigar os desembargadores, promotores de Justiça, procuradores de Justiça?”, perguntou.

 

(mais…)

14
05

Governador Pedro Taques cobra explicações de Thiago França sobre continuidade da EIG no Detran

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB) deverá exigir informações do presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Thiago França, sobre a continuidade da empresa investigada, EIG Mercados, como prestadora de serviços da autarquia estadual. A empresa é responsável por registrar contratos de financiamento de novos veículos e é acusada de pagamento de propina.

 

De acordo com uma investigação do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual (MPE), a empresa teria desviado mais de R$ 30 milhões e distribuído a titulo de propina entre empresários e políticos. Ela também utilizava de empresas de terceiros para lavar dinheiro.

 

Após a delação do ex-presidente da autarquia, Teodoro Lopes, mais conhecido como Dóia, ser divulgado, o governador baixou um decreto, no qual encerrou o contrato de forma unilateral com a empresa. Segundo a Controladoria-Geral do Estado (CGE), foi identificado em uma auditoria, que o Detran poderia assumir os serviços prestados pela EIG.

 

(mais…)

19
02

Pedro Henry é alvo do Gaeco em operação que investiga falcatrua no Detran

Pedro Henry é um dos alvos da Operação Bereré

Por Max Aguiar
Hipernotícias

 

O ex-deputado federal, Pedro Henry (PP), condenado no mensalão, foi um dos alvos da Operação Bereré, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial e Contra o Crime Organizado (Gaeco), na manhã desta segunda-feira.

 

 

As buscas ocorreram na casa do ex-parlamentar, que teria envolvimento no esquema de recebimento de propina por parte do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT). Pedro Henry (PP), condenado a 7 anos e 2 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo que ficou conhecido como Mensalão, teve o perdão judicial em 2016, pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Barroso. (mais…)

19
02

Polícia deflagra Operação Bereré contra desvios no Detran; Botelho e Savi são alvos

Foto: Alan Cosme/ Hipernotícias

Por Hipernotícias

 

A Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar, deflagrou na manhã desta segunda-feira (19) a Operação Bereré, que visa combater esquema de desvios financeiros em órgãos públicos. São alvos o deputado estadual, presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB) e o deputado estadual Mauro Savi (PSB). Vários policiais, sob o comando dos delegados Marcelo Torachs e Vitor Hugo Bruzulato, estão na casa de Botelho e na Assembleia Legislativa cumprindo ordens de busca e apreensão. Ainda não está confirmado se existe algum tipo de mandado de prisão.

 

O Ministério Público Estadual confirmou buscas em Brasília, nas casas dos parlamentares e na Assembleia Legislativa. Não há mandados de prisão, somente são cumpridos mandados de busca e apreensão. Quem comanda os trabalhos na Assembleia Legislativa é o chefe do Gaeco, promotor Marcos Bulhões. (mais…)

18
10

MT: Promotor e juíza teriam inventado “atentado” para grampear Silval e Riva

Por PABLO RODRIGO

O cabo da Polícia Militar, Gerson Luiz Correia Junior, afirmou em seu depoimento prestado aos delegados Ana Cristina Feldner e Flávio Henrique Stringueta que o Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco), sob o comando do então promotor de Justiça Marco Aurélio Castro, teria inventado uma “estória cobertura” para realizar interceptações telefônicas em uma investigação contra o ex-governador Sival Barbosa (PMDB) e o ex-presidente da Assembleia Legislativa (ALMT), José Geraldo Riva.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

18
07

MT: Ex-diretor do Gaeco revela “erros não intencionais” em interceptações telefônicas

1Por Renan Marcel

Ex-diretor de inteligência do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado, o coronel Evandro Alexandre Ferraz Lesco, afirmou em depoimento à Corregedoria da Polícia Militar, que é comum as operações do Gaeco expandirem a quantidade de terminais telefônicos interceptados.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

30
06

MT: Gaeco deflagra segunda fase da Operação Convescote; alvos são servidores do TCE e AL

1Por Pablo Rodrigo/Max Aguiar

Policiais do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deflagraram na manhã desta sexta-feira (30) a segunda fase da Operação Convescote. Os alvos da operação são servidores públicos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), do Tribunal de Contas do Estado (TCE), além de empresários e funcionários de uma fundação de ensino de Cáceres, a 220 km de Cuiabá. No total são 13 mandados de busca e apreensão, todos assinados pela juíza Selma Arruda, titular da Vara de Combate ao Crime Organizado de Cuiabá.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

21
06

MT: Gaeco diz que Faesp contratou empresas de fachada e desviou mais de R$ 70 milhões

1Por Hipernotícias

A Operação Convescote, executada pelo Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), apura desvios de dinheiro público em convênios celebrados entre a Fundação de Apoio ao Ensino Superior Público Estadual (FAESP) e instituições públicas como o Tribunal de Contas do Estado (TCE), Assembleia Legislativa, Prefeitura de Rondonópolis e Secretaria de Estado de Infraestrutura, que superam R$ 70 milhões.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

20
06

MT: Gaeco deflagra operação e prende 11 envolvidos em desvio de dinheiro na AL

1Por Pablo Rodrigo

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) deflagra na manhã desta terça-feira (20) uma operação para prender 11 pessoas nas cidades de Cuiabá, Várzea Grande e Cáceres envolvidas em esquemas financeiros no âmbito da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e do Tribunal de  Contas do Estado (TCE). Também são cumpridos 16 mandados de busca e apreesão e quatro conduções coercitivas. O montante desviado pode passar dos R$ 50 milhões.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

Publicicade

Publicicade