Arquivo da Tag: "FUNCIONALISMO PÚBLICO"
02
04

João Batista protocola ação para garantir o pagamento da RGA

O deputado estadual João Batista (Pros) protocolou Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin), no Tribunal de Justiça do Estado (TJMT), com o objetivo de derrubar as limitações que impedem o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) aos trabalhadores do serviço público de Mato Grosso. João Batista afirmou que o não pagamento da RGA é uma afronta direta à Constituição Estadual, e explicou ainda que o Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário (Sindspen-MT) homologou o mesmo pedido ao TJMT, no intuito de garantir os direitos dos servidores públicos.

 

“A RGA não é aumento salarial, trata-se de manutenção dos salários, é a garantia constitucional que assegura a irredutibilidade salarial”, destacou o deputado João Batista, esclarecendo ainda “que não dará um passo atrás na luta pelos direitos dos trabalhadores”. (mais…)

17
03

Estudo vê governo paralisado já em 2020

Por Estadão Conteúdo

 

Sem a aprovação da reforma da Previdência no primeiro semestre deste ano, a União terá dificuldades para pagar salários de servidores já a partir do próximo ano, diz estudo divulgado pela Secretaria de Política Econômica (SPE), do Ministério da Economia.

 

No ritmo atual, as projeções da SPE indicam que a dívida bruta chegará a 102,3% do PIB em 2023, após fechar 2018 em 77,1%. Com a reforma, porém, a dívida começaria a cair em relação ao PIB já em 2021, chegando a 76,1% daqui quatro anos.

 

“Ou o País adota medidas de austeridade fiscal e realiza reformas estruturais, para controlar a relação dívida/PIB, ou haverá dificuldades para o Estado cumprir com seus deveres”, diz Adolfo Sachsida, secretário de Política Econômica. (mais…)

11
03

Servidores preparam lobby pesado para barrar reforma da Previdência

Por Estadão Conteúdo

 

Fortemente atingidos pela proposta de reforma previdenciária enviada pelo governo ao Congresso, os servidores públicos preparam um lobby poderoso para defender a manutenção daquilo que o próprio ministro da Fazenda, Paulo Guedes, classificou de “privilégios”. Além de fazer pressão diretamente nos parlamentares que vão votar o projeto, as categorias também elaboram um plano de ação com ramificações nas bases eleitorais dos deputados, com o objetivo de desestabilizar a base aliada do governo no Congresso Nacional.

 

As entidades que representam os servidores já estão procurando ministros, autoridades e lideranças no Congresso para tentar emplacar flexibilizações no texto. (mais…)

11
03

Governo paga parcela do salário de fevereiro e injeta R$ 370 milhões na economia estadual

O Governo do Estado deposita nas contas dos 116 mil servidores ativos, aposentados e pensionistas, nesta segunda-feira (11), a primeira parcela dos salários referente ao mês de fevereiro. Todos os servidores receberão até R$ 5.200,00. Com esse valor o governo paga integralmente 87.812 servidores, ou seja, 75% da folha salarial. O total a ser desembolsado nesta parcela é de R$ 369,58 milhões.

 

“Estamos trabalhando para diminuir gradativamente o espaço entre as parcelas e, se possível, aumentar os valores nos próximos meses, retomando os pagamentos no dia 10 ainda no segundo semestre”, afirma o secretário de Fazenda, Rogério Gallo.

 

Para aqueles que recebem acima de R$ 5.200,00, o valor restante será pago em mais duas etapas. Na próxima quinta-feira, dia 14, serão pagos mais R$ 2.000,00, no total de R$ 40,28 milhões. Com isso será quitada 88,7% da folha do funcionalismo público. (mais…)

04
03

Quatro maiores Estados do País têm 100 mil servidores prestes a se aposentar

Por Estadão Conteúdo

 

Diante da expectativa de aprovação da reforma da Previdência, gestores estaduais de aposentadorias começam a se preocupar com a possibilidade de que haja um “boom” de pedidos do benefício neste ano, pressionando os já elevados déficits dos Estados. Apenas São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul, somam, juntos, cerca de 100 mil funcionários públicos em condições de se aposentar, mas que continuam na ativa.

 

O conjunto dos quatro maiores Estados do País, pelo critério do PIB, dá ideia do tamanho do problema. São Paulo é o que está em situação mais dramática. Estimativas da SPPrev, responsável pela gestão da aposentadoria dos servidores, indicam que 60 mil trabalhadores teriam direito a se aposentar por idade ou tempo de serviço. Desses, 30 mil recebem o abono permanência, adicional para aqueles que poderiam se retirar do serviço, mas optam por continuar. (mais…)

28
02

Salários serão pagos nesta quinta-feira

Os servidores da Prefeitura de Cuiabá terão os proventos referentes ao mês de fevereiro pagos nesta quinta-feira (28). Para o período, o valor líquido da folha de pagamento alcançou a marca de R$ 62 milhões. Os valores podem ser sacados desde a 00h de quinta-feira (28), para os titulares de contas do Banco do Brasil e partir de 6h, para àqueles quem possuem conta em outros bancos.

 

Atualmente, a gestão conta com mais de 18 mil servidores, número que corresponde a efetivos, contratados e comissionados. Essa ação reforça o compromisso da administração com a equipe, valorizando seu trabalho com o pagamento em dia, dentro de mês trabalhado e assegurando a regularidade do funcionalismo municipal. (mais…)

25
02

Governo termina de pagar salários nesta segunda

O Governo do Estado conclui nesta segunda-feira (25) o pagamento dos aposentados, pensionistas e servidores da ativa que recebem proventos ou salários acima de R$ 7.200,00. O valor total a ser depositado chega a R$ 71 milhões destinados a 22.377 servidores ativos e inativos, representando 23% do total. Os valores cairão na conta dos servidores ao longo do dia.

 

No dia 10, o governo depositou até R$ 5.200,00 líquidos nas contas dos servidores ativos e inativos. No dia 14 foram depositados mais R$ 2 mil. (mais…)

18
02

Salário pago dentro do mês só em 2020

Foto: Alan Cosme/Hipernotícias

O secretário estadual de Fazenda, Rogério Gallo, afirmou que o Executivo trabalha para voltar a pagar o salário dentro do mês trabalhado em 2020. Para 2019, a administração busca voltar a repassar ao funcionalismo público os vencimentos até o dia 10 do mês subsequente ao trabalhado.

 

Pela forte crise que passa, em função do aumento vertiginoso da folha de pagamento – que passou de R$ 4,5 bilhões para R$ 10 bilhões – Mato Grosso passou a escalonar salários ainda no ano passado. Também não conseguiu honrar com o 13º dos servidores que fazem aniversário nos meses de novembro e dezembro, parcelando em quatro parcelas o pagamento.

08
02

Estados apelam ao Supremo por redução de salários

José Cruz/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

Em carta enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), secretários da Fazenda de sete Estados pediram a aprovação de proposta que permite a redução de salário e carga horária de servidores públicos. O julgamento da ação que trata do assunto está marcado para 27 de fevereiro.

 

Conforme mostrou o jornal O Estado de S. Paulo no mês passado, governadores que assumiram em janeiro e herdaram orçamentos deficitários apostam em uma decisão favorável do STF para aliviar as contas. (mais…)

07
02

Plano de demissão voluntária resultará em economia de R$ 106 mi em 4 anos

Governador busca meios de equilibrar a máquina pública

Por assessoria

 

O Plano de Demissão Voluntária (PDV) do Governo do Estado irá gerar uma economia aos cofres públicos de aproximadamente R$ 48,3 milhões nos próximos dois anos. Os dados constam em um levantamento realizado pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag), que coordena o trabalho, junto a três estatais: Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI), Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) e a Empresa Mato-grossense de Mineração (Metamat).

 

Conforme o levantamento, 375 empregados públicos dessas três empresas demonstram interesse em aderir ao PDV, sendo 146 na MTI, 180 na Empaer e 49 na Metamat. Somente em 2019 a economia gerada com o PDV pode chegar R$ 21,5 mi. Em 2020 esse valor passaria para R$ 26,8 mi. Já em 2021 para R$ 27,6 mi e em 2022 chega a R$ 30 mi, totalizando R$ 106 mi nos próximos quatro anos. (mais…)

Publicicade

Publicicade