Arquivo da Tag: "EZEQUIEL FONSECA"
01
08

Ezequiel Fonseca assevera que PP segue na aliança com o senador Wellington Fagundes

ezequiel fonseca/wellington fagundesPor Danna Belle

HiperNotícias

 

A assessoria de imprensa do deputado federal e presidente do PP em Mato Grosso, Ezequiel Fonseca, negou a informação de que o partido irá deixar a aliança com o PR do senador e pré-candidato ao Governo do Estado, Wellington Fagundes para apoiar ao ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM).

 

“A parceria com a campanha do Wellington continua”, informou a assessoria na manhã desta quarta-feira (1).

 

(mais…)

21
05

PP descarta Neri Geller como vice de Pedro Taques

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O presidente do Progressistas em Mato Grosso, deputado federal Ezequiel Fonseca, afirmou que “nunca” passou pela cabeça dos integrantes do partido comporem uma aliança com o atual governador Pedro Taques (PSDB), para uma eventual disputa ao Governo do Estado. Com isso, ele também rechaçou qualquer possibilidade de Neri Geller ser candidato a vice de Taques.

 

Além das especulações envolvendo o nome de Geller, a posse do presidente municipal do Progressistas, Demílson Nogueira, como presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), sugeria uma aproximação do partido junto a Pedro Taques. Na avaliação de Fonseca, Taques articula para criar um racha dentro da agremiação.

 

(mais…)

18
04

Diego Guimarães e Neri Geller são convidados a deixar partido, diz Fonseca

O presidente estadual do Progressistas, deputado federal Ezequiel Fonseca, afirmou que a posse do vereador Diego Guimarães como presidente do Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) foi feita como forma de tentar causar confusão dentro da agremiação e não pode ser vista como uma possível aproximação da legenda ao governador Pedro Taques (PSDB). Fonseca ainda ponderou que a decisão de Guimarães é pessoal, individual e que há tempos ele não vem atendendo as orientações partidárias.

 

Diego Guimarães entrou em rota de colisão com a direção partidária quando contrariou a orientação de não apoiar a criação da CPI do Paletó, na Câmara Municipal de Cuiabá. Isso porque o Progressistas faz parte da base aliada do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB). A Comissão foi criada com o intuito de investigar se o prefeito recebeu ou não propina enquanto deputado estadual.

 

Diante da desobediência em manter distância de Taques, Fonseca convidou Guimarães a se retirar do partido. O convite ainda foi estendido ao ex-secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Neri Geller, que teria supostamente articulado a ida do vereador para o cargo no Executivo.

 

(mais…)

16
04

Progressistas entrega diretrizes e promete apoio a Fagundes

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O presidente do Progressistas em Mato Grosso, deputado federal Ezequiel Fonseca, entregou ao senador Wellington Fagundes (PR), pré-candidato ao Governo do Estado, um plano de diretrizes do partido para o futuro de Mato Grosso. No encontro, realizado nesta segunda-feira (16), Fonseca também garantiu o apoio do Progressistas a Fagundes.

 

De acordo com Ezequiel, estão apoiando Fagundes o PP; PR; MDB; PTB e PV. Participaram do encontro, a pré-candidata ao Senado Federal, presidente da Associação das Empresa do Distrito Industrial, Margareth Buzetti, além do senador Wellington Fagundes, candidatos a deputado estadual da agremiação e presidentes municipais.

 

“Trazemos aqui todos aqueles sonhos que não conseguimos realizar, que seja realizado a partir de 2019. Por isso, entrego em vossas mãos esse documento, construído por todos os Progressistas aqui no Estado. Entrego, com muito carinho e respeito ao próximo governador de MT”, afirmou Ezequiel Fonseca durante o encontro de lideranças da sigla.

 

(mais…)

28
08

MT: “Põe na meia”, sugere Ezequiel ao buscar propina com Zé Domingos Fraga

1Por Pablo Rodrigo

No vídeo em que os deputados, Ezequiel Fonseca (PP) e Zé Domingos Fraga (PSD), aparecem recebendo suas “mesadas” do ex-chefe de gabinete de Silval Barbosa (PMDB), Sìlvio César Correa Araújo, os parlamentares chegaram a sugerir que os maços de dinheiro fossem colocados na meia.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

02
07

Dois deputados de Mato Grosso são a favor de “engavetar” denúncia contra o presidente Michel Temer

1Por Pablo Rodrigo

Os deputados federais Ezequiel Fonseca (PP) e Victório Galli (PSC) estão na lista dos 44 deputados que já se manifestaram que irão votar para “engavetar” a denúncia da Procuradoria Geral da República (PGR) contra o presidente da República Michel Temer (PMDB).

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

14
02

O Blog no Hipernotícias

reunião

Ao reunir algumas siglas oposicionistas (PTB, PR, PC do B, PDT e PT) e outras nem tanto (PP, PPS e PSC), o PMDB tenta antecipar ao máximo o debate eleitoral. Carlos Bezerra, o eterno cacique peemedebista, animado com a eleição de Emanuel Pinheiro prefeito da Capital, quer impor todo desgaste possível ao governo do tucano Pedro Taques.

 

Oposição rasa

A articulação ocorrida na manhã de ontem se mostrou absolutamente rasa, pois limitada à disputa eleitoral. Tanto que a crítica mais contundente, a de Bezerra, foi a de que o governo Taques padece de despreparo político e “abomina o político”.

 

Candidaturas

Além disso, trataram logo de lançar nomes: o do conselheiro Antônio Joaquim, pelo PMDB; Wellington Fagundes, pelo PR e Neri Geller, pelo PP. A ideia é observar qual deles desponta com alguma densidade eleitoral para o enfrentamento que só vai acontecer em outubro de 2018.

 

PP e o “fracasso”

Surpreendeu, de certa forma, a presença do PP, representado pelo presidente estadual da sigla, deputado Ezequiel Fonseca, queixando-se de que o partido não tem espaço na gestão Taques para, em seguida, afirmar que “o governo é um fracasso”.

 

Disse-não-disse

Já no final da tarde, em entrevista ao Jornal da Capital (Rádio Capital FM 101.9), Fonseca contemporizou. Garantiu que não disse o que disse e que o PP ainda não definiu se vai fazer oposição a Pedro Taques.

 

Meia volta

Explicação simples: Ezequiel gostaria de partir para a oposição e exagerou nas declarações matutinas. À tarde, muito provavelmente alertado, lembrou que o partido está trabalhando para viabilizar a candidatura do senador (e ministro) Blairo Maggi a presidente da República, mas que pode eventualmente aceitar ser vice numa chapa liderada pelo PSDB. Refluiu.

 

Pegou mal

De toda forma ficou claro que o PP de Ezequiel prefere uma aliança com o PMDB de Bezerra, ainda que o partido esteja enlameado pelos escândalos de corrupção, tanto lá quanto aqui. Vide Lava Jato e Silval Barbosa. Seja como for a articulação de Ezequiel pode fragilizar Blairo Maggi.

 

Oposição “desleal”

O deputado federal Nilson Leitão (PSDB), depois de ser escolhido presidente da Frente Parlamentar da Agricultura (FPA) no Congresso Nacional, classificou a manobra peemedebista como “desleal”, mas procurou minimizar a articulação: “é irrelevante”, disse.

 

No prejuízo

A antecipação da disputa eleitoral não é só prejudicial ao Estado. Pode, também, complicar a gestão peemedebista da Prefeitura da Capital. Embora Taques não vá agir contra os interesses de Cuiabá, Emanuel Pinheiro terá mais dificuldade em capitalizar as ações do governo estadual e certamente será politicamente combatido. Pelo menos mais do que gostaria.

17
01

MT: Ezequiel sai e Tampinha assume vaga na Câmara

1Por Fernanda Leite

O médico José Curvo do PDT, o Tampinha,  primeiro-suplente da coligação Coragem e Atitude para Mudar (PDT, PP, DEM,PSDB, PSB,PPS, PTB,PSC, PSL, PRB), vai assumir até o final deste mês a vaga do deputado federal Ezequiel Fonseca, por um período de 121 dias.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

14
11

MT: ‘Cuiabá é violenta devido ao desemprego’, diz Bolsonaro

1Por Fernanda Leite

Polêmico e sem trava na língua, o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) que esteve em Cuiabá para participar de um evento de seu partido a convite do deputado Ezequiel Fonseca (PP), avaliou que a Capital mato-grossense está na lista das 30 cidades mais violentas do mundo devido ao alto número de desempregados.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

25
07

MT: Caso José Riva – Desembargadores criticam juíza e falam em cerceamento de defesa

1Por Welington Sabino

Ao conceder parcialmente um habeas corpus ao ex-deputado José Riva (PSD) para ouvir os deputados Ezequiel Fonseca (PP – federal) e Gilmar Fabris (PSD – estadual) no lugar de outras 2 testemunhas arroladas na ação penal oriunda da Operação Imperador, a 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) destacou que a atitude da juíza Selma Rosane Santos Arruda, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá “configura evidente cerceamento de defesa”. O HC foi apreciado pelos desembargadores Orlando de Almeida Perri, Rui Ramos Ribeiro (relator) e Rondon Bassil Dower Filho.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

Publicicade

Publicicade