Arquivo da Tag: "EMANUEL PINHEIRO"
13
07

MT: População elabora petição online e pede fim da Secretaria Cuiabá 300

1Por Camila Zeni

A Secretaria Extraordinária Cuiabá 300 anos (Sec 300) foi criada oficialmente nesta quarta-feira (12), mas desde antes já tinha opositores. Embora o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) tenha recebido apoio de entidades, a população, principal interessada, se divide nas opiniões, e aqueles que são contra já tiveram a iniciativa de lançar uma petição online contra a novidade.

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

11
07

MT: Membros da classe cultural de Cuiabá criticam duramente criação da SEC 300

1Por Rayane Alves

O prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (PMDB) vem sofrendo duras críticas por conta da criação da Secretaria Extraordinária Cuiabá 300 anos (SEC 300 anos) devido ter anunciado que ele mesmo vai ser o secretário da pasta e nomear um coordenador, que não é cuiabano, para apenas assumir o status de secretário.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

11
07

Suposta delação ‘bagunça’ cenário político

Revelada pelo jornal O Estado de S. Paulo, a suposta delação premiada do ex-deputado José Geraldo Riva tem tudo para dificultar ainda mais qualquer prognóstico da corrida eleitoral do ano que vem. Conforme o jornal, um dos casos que teriam sido relatados por ele atinge em cheio o ministro Blairo Maggi (PP), que deverá tentar a reeleição ao Senado.

 

Desistência

A possível candidatura à presidência não está descartada, mas até se quiser buscar mais oito anos de Senado o ministro Blairo Maggi terá que ver superadas as notícias negativas envolvendo seu nome . A amigos, inclusive, ele teria confidenciado que poderia desistir da política e voltar ao mundo corporativo, onde é um empresário de sucesso.

 

Sem delação

Já Riva, por meio de seu advogado, negou que tenha feito qualquer tipo de acordo com a Procuradoria-Geral da República (PGR), classificando a informação como mentirosa. Vale lembrar que o ex-secretário Pedro Nadaf passou meses negando uma delação, hoje homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Desespero

Observa-se que existe um enorme esforço de incluir Blairo Maggi nas delações premiadas, como forma de garantir a homologação de um acordo. Oproblemaé que não basta denunciar. É preciso apresentar provas. Blairo tem a imagem arranhada pela midia negativa, mas está longe de ser considerado culpado pelos fatos a ele atribuidos em delações não confirmadas.

 

Tirando o foco

O promotor de Justiça Mauro Zaque acusou o secretário de Justiça, Airton Benedito Siqueira Júnior, de tentar desviar o foco no caso dos grampos clandestinos. Para ele, a inclusão nos autos de informações relativas a 2007 não guarda nenhuma relação com a investigação atual.

 

Clima ruim

Dentro do Ministério Público Estadual (MP) o clima passa longe de ser bom. Ninguém tem mais dúvidas que algumas figuras graúdas do órgão acabarão chamuscadas por conta da investigação dos grampos. Dois grupos travam uma batalha silenciosa na tentativa de controlar as ações.

 

Unidos

Por outro lado, entre os membros do Tribunal de Justiça, há a clara percepção que as acusações contra o desembargador Orlando Perri atingiram todo o Judiciário. Pelo menos em um primeiro momento, estão todos unidos na defesa do magistrado.

 

Troca de farpas

A situação do presidente Michel Temer (PMDB) tem causado ruídos entre políticos de partidos aliados em Mato Grosso. Um senador e um deputado federal não escondem de mais ninguém as divergências, a um passo, inclusive, de se tornarem ofensas.

 

Delação

Depois de Pedro Nadaf, o procurador aposentado Francisco Gomes de Andrade Lima Filho, o Chico Lima, está perto de fechar um acordo de delação premiada com o Ministério Público Estadual (MP). Além da confissão, novidades fazem parte do pacote.

 

Mudança

A crise no cofre da União poderá representar uma mudança no quadro societário da Águas Cuiabá. A BNDES Par pode tirar o time de campo e ser trocada por um novo investidor que pode aportar na sociedade R$ 70 milhões de cara.

 

Novela sem fim

Por falar em Águas Cuiabá, empresa que pode assumir o saneamento da Capital, já passou da hora do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) resolver a questão. Sem experiência no Executivo, o político tem confundido, neste e em outros episódios, segurança com letargia.

08
07

Blog do Mauro no Hipernotícias

 

Silval presta novo depoimento à Polícia Federal

O ex-governador Silval Barbosa (PMDB) esteve nesta semana na sede da Polícia Federal, mais especificamente no Núcleo de Inteligência Policial. A informação consta em um despacho da juíza Selma Rosane Santos Arruda, informada da movimentação do político, atualmente em prisão domiciliar e monitorado por uma tornozeleira eletrônica.

 

Depoimentos

No mesmo dia em que esteve na PF, Silval foi ao Ministério Público Estadual (MP), onde foi ouvido nas diversas ações civis públicas a que responde por conta de supostos atos de improbidade administrativa.

 

Em Brasília

O advogado do ex-secretário Pedro Nadaf, William Khalil, embarcou na última quinta-feira (6) para Brasília. O motivo da viagem não foi revelado, mas pode ter alguma relação com a colaboração premiada de seu cliente.

 

Fiel

O único dos deputados federais que deverá seguir fiel ao presidente Michel Temer (PMDB) é o seu amigo de longa data, Carlos Bezerra (PMDB). Os demais parlamentares que ainda apoiam o governo o fazem em nome das reformas.

 

Botafogo

Com a proximidade da delação do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB), conversas abertas em Brasília colocam o atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM), como próximo presidente do Brasil. Um político espirituoso comemorou a fase do Botafogo, time de futebol e suposto apelido do parlamentar nas planilhas da Odebrecht. “Ninguém segura o Botafogo este ano”.

 

Arquivamento

O Ministério Público Estadual (MP) pediu ao desembargador Orlando Perri o arquivamento do procedimento tocado pelo Judiciário que investiga a arapongagem ilegal promovida por servidores públicos, inclusive, suspeita-se, por membros do próprio MP.

 

Corporativismo?

No mínimo, o MP quer o restabelecimento do sigilo da investigação e a retirada da Ordem dos Advogados do Brasil em Mato Grosso (OAB/MT) como parte no caso. A entidade, que apresentou notícia crime contra membros do Gaeco supostamente envolvidos no esquema chamado de “barriga de aluguel”, tem feito muito barulho com o caso.

 

Reação

A OAB/MT, claro, reagiu, e quer que o pedido formulado pelo MP seja levado ao Plenário. A OAB, aliás, fez vigorosa defesa do desembargador Perri, após o depoimento do secretário de Justiça e Direitos Humanos, Airton Benedito Siqueira Júnior, que tentou desqualificar o magistrado, acusando-o de ter promovido, também, escutas ilegais.

 

Absolvidos

A prefeita de Várzea Grande, Lucimar Sacre de Campos (DEM), e seu vice-prefeito, José Hamaza (PRTB), foram absolvidos pela Justiça na acusação de suposto abuso de poder econômico durante a campanha eleitoral em 2016.

 

Nova Secopa

Caiu muito mal no segmento cultural a criação de uma Secretaria Extraordinária para tratar exclusivamente de projetos para os 300 anos de Cuiabá. Entre as críticas feitas ao projeto, aprovado pelos vereadores nesta semana, é que a nova estrutura funcione mal, como a extinta Secopa, em âmbito estadual.

 

Interesses escusos

Além de ser um cabidão de empregos, a nova secretaria já nasce sob severa suspeita de que se prestará a atender inconfessáveis – e nada republicanos -interesses empresariais.

 

Secretaria da farra

Nos bastidores já se comenta que a Secopa do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) será comandada por um conhecido promotor de eventos e um falido empresário da comunicação.

07
07

MT: Oposição vai ao TCE para tentar barrar a criação da Sec 300 de Emanuel Pinheiro

1Por Pablo Rodrigo

Os vereadores Marcelo Bussiki (PSB), Gilberto Figueiredo (PSB) e Felipe Wellaton (PV), entrarão com uma representação ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) para barrar a efetivação da Secretaria Extraordinária Cuiabá 300 anos (Sec 300), que já é considerado pelos opositores como o “cabidão de empregos” do prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB).

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

06
07

Blog do Mauro no Hipernotícias

 

Mais convênios sob suspeita; agora é a Uniselva

No oferecimento de denúncia contra 22 pessoas por suspeita de participação no esquema desmantelado com a Operação Convescote, o Gaeco levanta a possibilidade de que outras entidades foram usadas para o desvio de recursos por meio de convênios, a exemplo do que ocorria com a Faespe. Uma destas fundações é a Uniselva, que tem um convênio mantido com o Tribunal de Contas do Estado (TCE).

 

Vem mais por aí

É certo que mais empresas e pessoas sejam alcançadas pela investigação. A denúncia só foi oferecida nesta quarta-feira (5) porque há investigados presos preventivamente e, por conta disso, há prazos a serem cumpridos.

 

Inocentados

Alysson Sander de Souza e Fabricio Ribeiro Nunes Domingues, servidores que atuam na Assembleia Legislativa de Mato Grosso e foram conduzidos coercitivamente na última semana, foram inocentados após o Gaeco não ter encontrado nenhum indício da participação deles no esquema.

 

Clima tenso

Nos corredores da Assembleia Legislativa e do Tribunal de Contas do Estado o clima é tenso. Não há dúvidas entre os funcionários dos dois órgãos que a investigação envolverá nomes “graúdos” e que isso é questão de tempo.

 

Delação de Nadaf

Supostamente citados na delação do ex-secretário Pedro Nadaf, o ministro Blairo Maggi (PP) e o deputado Carlos Bezerra (PMDB) negaram qualquer eventual participação em atos ilícitos. Vale destacar que a colaboração, homologada pelo STF, segue sob sigilo.

 

Copia e cola

Lamentavelmente, um fato tem se tornado corriqueiro: o famoso “copia e cola” em editais de concurso público. Desta vez, ocorreu com o certame da Secretaria de Estado de Educação. Para o cargo de professor de História, o edital exige conhecimento da história do Espírito Santo.

 

Erramos

Após se dar conta do erro, a Seduc emitiu nota dizendo que a exigência foi um “equívoco” da equipe que elaborou o conteúdo programático das provas. A orientação da Seduc é que “sejam exigidos dos candidatos conteúdos que reforcem os saberes em história, geografia e literatura mato-grossenses”. Uma errata deverá ser publicada em breve.

 

Comprando

Representantes do Banco Mundial (Bird) levantaram a possibilidade de compra da dívida que o Estado de Mato Grosso tem com o Bank of America. Com taxa de juros atrelada à variação cambial, a operação realizada na gestão do ex-governador Silval Barbosa (PMDB) tem drenado muitos recursos do Tesouro Estadual.

 

Sem prazo

O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) adiou o início da emissão de multas via monitoramento eletrônico em Cuiabá. Segundo ele, a população ainda não foi “devidamente esclarecida” sobre o fato. Não há prazo para o início das autuações.

 

Cuiabá 300

Pinheiro pretende encaminhar, em regime de urgência, a proposta para a criação de uma secretaria especial para o desenvolvimento de ações para os 300 anos de Cuiabá. Um grupo de vereadores pretende barrar o projeto, considerando-o um gasto desnecessário.

20
06

Blog do Mauro no Hipernotícias

 

Aerocampanha, outra farra com verba pública

Reportagem da TV Globo que flagrou deputados usando verba indenizatória para fretar aeronaves e participar de atos de campanha no ano passado ilustra como a classe política mistura o público e o privado. Um dos parlamentares nesta situação é o petista Ságuas Moraes, que não se saiu muito bem nas explicações dadas ao repórter da emissora.

 

Só promessa

Há um velho ditado que diz que em promessa de campanha vale tudo. No entanto, não é bem assim. O prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) tem sofrido fortes críticas do movimento comunitário pela demora em implementar o programa “Hora Estendida”, que amplia o atendimento nas creches municipais.

 

Entre a cruz e a espada

Se por um lado sofre com as cobranças da população, Emanuel também não está em boa situação com o sindicato que representa os trabalhadores da Educação da cidade. Eles são contra a proposta, que retira o caráter educacional das creches para um espaço assistencialista. Vale lembrar que o peemedebista teve forte apoio dos sindicatos para vencer a eleição do ano passado.

 

Descontentes

É cada vez maior o descontentamento de integrantes do Tribunal de Contas do Estado (TCE/MT) com o presidente do órgão, Antonio Joaquim. Em conversas reservadas, eles reclamam da postura de Joaquim desde que anunciou sua intenção de voltar à política. Historicamente, o TCE tem mantido uma postura muito mais próxima do diálogo do que do enfrentamento e isso tem incomodado bastante.

 

No Senado

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), deverá disputar uma nova eleição ao Senado em 2018. A intenção foi revelada por ele ao presidente estadual da sigla, o deputado Ezequiel Fonseca (PP). Isso se tempestades não tirarem do pepista a chance de concorrer à reeleição.

 

Silval na Lava Jato

Crescem os rumores de que o ex-governador Silval Barbosa (PMDB), além de confessar crimes na esfera estadual, teria revelado informações à força-tarefa de procuradores que atuam na Operação Lava Jato. A defesa do peemdebista, mais uma vez, nega.

 

Sonho de Valtenir

Depois de ser o deputado federal eleito com o menor número de votos entre os integrantes da bancada de Mato Grosso, Valtenir Pereira sonha alto. Ao retomar o comando do PSB, ele projeta a possibilidade de tentar uma das duas vagas ao Senado.

 

No PTB

Depois de se aproximar da base de sustentação do governo estadual, o PTB pode conseguir cooptar ao menos dois deputados estaduais descontentes com a mudança no comando do PSB. As negociações foram iniciadas mas só avançarão após uma definição dos rumos da sigla socialista.

 

Em São Paulo

O governador Pedro Taques (PSDB) deverá voltar a Cuiabá nesta terça-feira (20). Ele retardou seu retorno de São Paulo, onde passou o feriado, por conta de problemas de saúde. O tucano passou por exames em um hospital paulista, com suspeita de pneumonia.

 

A crise viajou

A viagem do presidente Michel Temer (PMDB) para a Rússia fez ressuscitar uma frase comum em Brasília na década de 1980, cunhada pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. A cada vez que o então presidente José Sarney saía do país, ele dizia: “A crise viajou”. Alguns políticos mais experientes soltaram a pérola nesta segunda-feira (19) na Capital Federal.

17
06

MT: Quebra de contrato de PPP pode gerar R$ 7 milhões de prejuízo a Cuiabá

1Por Jessica Bachega

O decreto assinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) para anular a Participação Público Privada (PPP) do Consórcio Cuiabá  Luz S/A, que era responsável pela iluminação pública de Cuiabá, pode gerar um prejuízo de R$ 7 milhões ao erário.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

12
05

MT: Prefeito determina pagamento do RGA integral e reajuste já entra em vigor neste mês

1Por Hipernotícias

O Prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro baixou no início desta quinta-feira (11), um Decreto Municipal, que dispõe sobre o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA), do vencimento e dos subsídios dos servidores ativos e inativos do poder executivo do Município de Cuiabá. O beneficio a ser pago, está no Plano de Governo do Prefeito Emanuel Pinheiro, apresentado ainda durante a disputa pelo Palácio Alencastro em 2016. De acordo com a medida o vencimento e o subsídio dos servidores ativos e inativos do Poder Executivo do Município ficam reajustados na ordem de 3,99% (três vírgula noventa e nove por cento), acordados no período de inflação registrado no país.  “Fico feliz em poder estar honrando o direito sagrado do servidor determinado pela Constituição Federal, Constituição Estadual e nossa Legislação Ordinária”, disse o prefeito ao assinar o decreto em seu gabinete.

 

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

11
05

MT: Prefeito apresenta projeto de viaduto na Beira-Rio e trincheira na Avenida das Torres

1Por Jessica Bachega

Os cuiabanos que utilizam as Avenidas Beira Rio e das Torres, para trabalhar ou acessar ao centro da cidade, ganharão futuramente tempo na locomoção com as melhorias divulgadas pelo deputado Federal Valtenir Pereira (PMDB) que se reuniu com o prefeito Emanuel Pinheiro (PMDB) e o Ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho no qual foram discutidos projetos para melhorar o trânsito nas duas vias de grande fluxo em Cuiabá.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

 

Publicicade

Publicicade