Arquivo da Tag: "ELEIÇÃO"
11
05

Otaviano Pivetta reafirma pré-candidatura ao Governo

Por HiperNotícias

 

O Partido Republicano da Ordem Social (PROS) reuniu na noite da última quarta-feira os pré-candidatos a deputado estadual e federal do partido para ouvir sobre a intenção do ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT), de disputar o cargo de governador de Mato Grosso na eleição deste ano.

 

Na oportunidade, Pivetta fez uma análise da atual conjuntura da política estadual e disse que a administração do atual governador Pedro Taques (PSDB) é fraca e não cumpriu com as principais promessas feitas ao povo de Mato Grosso na eleição de 2014.

 

“O nosso estado está vivendo uma das maiores crises nas áreas da saúde, educação e segurança devido à falta de uma boa gestão. As pessoas sofrem nos hospitais públicos com falta de remédios, exames e cirurgias. Alunos e professores tendo que estudar e ensinar em escolas caindo aos pedaços e a violência aumentou muito em todos os municípios”, disse Pivetta.

 

(mais…)

26
03

Decisão do STF reacende ‘plano A’ de Lula no PT

EFE/Fernando Bizerra Jr/Direitos Reservados

Por Estadão Conteúdo

 

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de suspender até o dia 4 de abril a possível prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fez com que a estratégia do “plano A” voltasse a ganhar força no PT. Com Lula fora da cadeia, ao menos por enquanto, os petistas voltaram a acreditar na capacidade de transferência de votos do ex-presidente ou, em uma hipótese mais remota, que o líder máximo do partido possa escapar da Lei da Ficha Limpa e disputar a eleição.

 

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região analisa nesta segunda-feira, 26, o recurso da defesa do ex-presidente contra a decisão da 8ª Turma que confirmou a condenação do petista a 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, no final de janeiro. Se mantida a decisão, Lula poderá ser preso caso o STF rejeite o habeas corpus no dia 4 de abril.

 

(mais…)

09
03

Eleição presidencial já tem 11 pré-candidatos

Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

Por Estadão Conteúdo

 

A cinco meses para o início do registro das candidaturas, a corrida eleitoral deste ano começa a ganhar forma e já reúne pelo menos 11 postulantes ao Palácio do Planalto colocados oficialmente. Nesta quinta-feira, 8, os nomes do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do ex-ministro Ciro Gomes (PDT) foram lançados por seus partidos.

 

Analistas apontam o cenário de incerteza na disputa presidencial reflexo da crise política, e o fim do financiamento empresarial como determinantes para a proliferação de candidaturas. A possibilidade de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), até agora líder nas pesquisas de intenção de voto, ficar impedido de concorrer com base na Lei da Ficha Limpa também é considerada um fator para a pulverização de candidatos.

 

(mais…)

19
01

Wilson nega acordo para ser indicado ao TCE e diz mirar a reeleição

O secretário estadual de Cidades, deputado licenciado Wilson Santos (PSDB) descartou a existência de um acordo no processo eleitoral de 2016, que garantiria a sua indicação para compor o quadro de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Conforme o tucano, sua participação nas eleições municipais não foi feito mediante exigências.

 

Circula a informação de que Wilson Santos seria o próximo nome indicado pelo governador Pedro Taques (PSDB) para assumir uma vaga no TCE. No entanto, Santos defende que o seu interesse é disputar a reeleição e para isso, deixará o cargo de secretário até o dia 6 de abril e retornará ao Legislativo. (mais…)

10
01

“Não quero atrapalhar”, afirma Dilmar sobre entrega da função de líder do Governo

Por Felipe Leonel

Hipernotícias

 

O deputado estadual e atual líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa, Dilmar Dal’Bosco (DEM) anunciou a entrega da função de líder ao governador Pedro Taques (PSDB), nesta quarta-feira (10). Para Dilmar, que também é presidente do Democratas em Mato Grosso, a entrega do cargo não quer dizer que a sigla está se desligando do grupo político do governador.

 

“O que eu falei é que deixava a função à disposição para não atrapalhar o governo, pois precisa de tempo quase integral para ser líder do governo, tem de estar nas secretarias, tem de estar atendendo a demanda dos deputados, entender a questão dos procedimentos”, afirmou o deputado estadual.

(mais…)

27
10

Para economistas, reforma maior ficará para depois da eleição

Nem o mercado espera que o governo Temer consiga aprovar uma reforma da Previdência próxima da proposta original, segundo economistas ouvidos pelo Estado. A avaliação é de que temas que exigem maior capital político, como as mudanças nas regras de aposentadoria, devem se desidratar com a proximidade da eleição.

 

(mais…)

18
08

Filantrópicos  reconhecem que Estado não deve

Depois de passarem vários dias ameaçando fechar as portas, os diretores dos hospitais filantrópicos de Mato Grosso reconheceram que não há, no momento, nenhuma dívida do Estado com as unidades de saúde. A informação consta no acordo assinado com o Executivo, que se comprometeu a ajudar os hospitais.

 

Três parcelas

Pelo acordo, o Estado fará três repasses de R$ 2,5 milhões cada, como forma de ajudar as unidades a custear os atendimentos à população. Neste período, as unidades de saúde deverão buscar meios para normalizar suas finanças. O prefeito em exercício da Capital, Niuan Ribeiro (PTB), que tentou “resolver sozinho” a situação, acompanhou o encontro.

 

Ponto de honra

O Executivo fez questão de fazer constar no acordo a ausência de qualquer débito, como forma de combater as críticas, insinuações e até mesmo acusações de que devia aos hospitais, o que gerou desgaste ao governador Pedro Taques (PSDB). O documento desmente as teses.

 

Tudo certo

Além de resolver a situação dos hospitais filantrópicos, Taques conseguiu equacionar o impasse em relação à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que estipula um teto para os gastos públicos em Mato Grosso. O texto chega à Assembleia Legislativa já no início da próxima semana.

 

Confusão

Na saída da reunião com o governador, o presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (PSB), afirmou que tinha se enganado quando disse que os poderes perderiam R$ 100 milhões. Ao reconhecer o erro, disse que a proposta poderá agora ser votada.

 

Em paz

Por essas e outras, a semana termina de forma positiva para o governo, com os dois principais problemas – ao menos os mais urgentes – solucionados. Em ambos os casos, inclusive, resolvidos de forma satisfatória, com o reconhecimento, tanto no caso da PEC quanto dos hospitais, que o Executivo estava com a razão.

 

Controle

Segue repercutindo o fato do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) ter liberado indenizações a dezenas de juízes e desembargadores por passivos gerados pela atuação em entrâncias diferentes. Agora é a presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), ministra Carmen Lúcia, que quer controlar, em tempo real, os pagamentos feitos por todos os tribunais do país.

 

No detalhe

Além disso, ela quer que em 30 dias passe a funcionar uma plataforma que mostre, de forma detalhada, do que são compostos os vencimentos de cada magistrado do país. Já as consequências para o TJMT até o momento não foram divulgadas.

 

Sonho

Presidente estadual do PMDB, o deputado Carlos Bezerra ainda sonha com a vinda do presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Antonio Joaquim, para seu partido. Ele ainda pretende conversar com o conselheiro a tempo de evitar que Joaquim conclua sua entrada no PTB, que o espera de portas abertas.

 

Sem chance

Com as portas fechadas pelo PSD para concorrer à reeleição, o senador José Medeiros já não esconde que deverá seguir para o Partido da República. Vice-líder do presidente Michel Temer (PMDB) no Senado, ele tem se mostrado muito mais alinhado ao chamado centrão, que hoje sustenta o peemedebista no cargo.

31
07

Eleição de Assembleia Constituinte venezuelana é rejeitada por vários países

1Por Monica Yanakiew

Agência Brasil

A oposição venezuelana convocou para hoje (31) um protesto contra a Assembleia Nacional Constituinte que, a partir desta semana, começa a reescrever as regras do país. A eleição dos 545 constituintes, nesse domingo (30), foi marcada pela violência. Segundo o Ministério Publico , dez pessoas morreram em enfrentamentos entre manifestantes e as forcas de segurança  – entre elas, um sargento e dois adolescentes.

(mais…)

27
07

Oposição venezuelana estima em 92% adesão à greve geral contra Maduro

1EFE

A oposição da Venezuela estimou nesta quarta-feira (26) em 92% a adesão ao primeiro dia da greve geral de 48 horas para exigir que o presidente do país, Nicolás Maduro, suspenda a eleição do próximo domingo (30) para eleger os representantes de uma Assembleia Nacional Constituinte e redigir uma nova Carta Magna. As informações são da agência de notícias EFE.

(mais…)

Publicicade

Publicicade