Arquivo da Tag: "DEM"
26
04

Jayme e Mendes convidados para vice de Taques

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O ex-senador Jayme Campos (DEM) afirmou, na manhã desta quinta-feira (26), ter sido convidado pelo governador Pedro Taques (PSDB) para ser candidato a vice-governador ou ao Senado Federal na chapa do tucano. A declaração foi dada durante evento de comemoração dos 40 anos da Televisão Brasil Oeste (TBO), em Cuiabá.

 

“Ele me convidou para ser vice na chapa dele, já me convidou para ser senador, para tudo isso ele me convidou. Eu não tomo decisão isoladamente, eu sou partidário, o partido me guia e acima do partido, quem me guia é Deus e o povo”, afirmou o político, quando perguntado se Taques teria solicitado apoio do DEM.

 

Jayme Campos é uma voz quase isolada dentro do partido. Enquanto seu irmão, o ex-governador Júlio Campos (DEM), o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), tecem duras críticas ao governador, Jayme adota discurso conciliador e ameno. “Ele pede apoio para todo mundo”, complementou.

 

(mais…)

26
04

“Me senti confortável assinando a carta”, diz Mauro Mendes

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), disse ter se sentido “muito confortável” ao assinar a carta que justifica porque os ex-aliados do governador Pedro Taques (PSDB) não apoiam o projeto à reeleição do tucano. O documento, divulgado nesta terça-feira (23), elencava diversos motivos para que os ex-aliados abandonassem Taques.

 

“Me senti muito confortável para não restar nenhuma dúvida sobre quais foram os motivos pelos quais eu não apoio mais Pedro Taques. Não tem nenhuma inimizade, não quero mal a ele, mas ele não reúne mais as condições para continuar administrando o Estado”, afirmou Mendes, durante celebração dos 40 anos da Televisão Brasil Oeste (TBO).

 

Ele ainda desafiou o governador a pegar a carta e elencar as mentiras. Dentre os apontamentos feitos pelos 31 ex-aliados, estão o caos na Saúde, falta de medicamento, dificuldade do governo em pagar a folha, falta de capacidade de gestão, não cumprimento de compromissos de campanha, além de ter “quebrado as finanças do Estado”.

 

(mais…)

26
04

TSE determina que PT e DEM devolvam, ao todo, R$ 2,5 milhões aos cofres públicos

Reprodução/internet

Por Estadão Conteúdo

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou nesta quinta-feira (26) que o Partido dos Trabalhadores (PT) e o Democratas devolvam aos cofres públicos, respectivamente, R$ 1,5 milhão e R$ 1 milhão, em virtude de irregularidades identificadas na utilização de recursos do Fundo Partidário. Os dois casos dizem respeito às prestações de contas dos diretórios nacionais das agremiações referentes ao ano de 2012, que foram julgadas na sessão plenária pela manhã.

 

Os dois partidos também deverão investir mais recursos em programas de incentivo à participação das mulheres na política. No caso do DEM, o tribunal ainda decidiu suspender o equivalente a uma parcela mensal do Fundo Partidário, que será descontada de forma parcelada no ano que vem.

 

No caso do PT, foram identificados os seguintes problemas no uso de recursos do Fundo Partidário: ausência de documentação envolvendo despesas de fretamento de aeronaves e gastos com bufê; não utilização de bilhetes aéreos; pagamento de despesas com juros e multas utilizando recursos do Fundo Partidário; repasse irregular de recursos do fundo a diretórios cujas contas foram desaprovadas; falta de comprovação de despesas referentes a programas de promoção das mulheres na política.

 

(mais…)

24
04

“Com o DEM, Taques fará aliança com 10 partidos”, diz WS

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB), líder do governador Pedro Taques (PSDB) na Assembleia Legislativa, afirmou que o governador poderá fazer uma aliança com oito ou dez partidos, incluindo o Democratas, dos ex-governadores Júlio e Jayme Campos. “Como diz o ditado, em política, eu só não vi boi voar, mas se alguém me contar eu também não duvido”, comentou o parlamentar sobre a possibilidade.

 

“Estamos conversado com vários outros partidos. Eu já disse isso há seis meses e riram de mim, mas vou repetir, o Pedro Taques fará uma aliança com oito a 10 partidos, e provavelmente, o DEM marchará junto com o Pedro. Pode escrever aí, é a minha opinião”, afirmou Wilson Santos, em entrevista à Rádio Vila Real, na manhã desta terça-feira (24).

 

Dentre os partidos garantidos no arco de aliança está o PPS, presidido pelo ex-secretário estadual de Educação, Marco Marrafon; o Solidariedade, presidido pelo prefeito de Rondonópolis, José Carlos do Pátio. Além disso, o PSB, sob o comando do ex-secretário da Casa Civil e deputado estadual Max Russi, também sinaliza apoio a Taques, além do PSDB.

 

(mais…)

22
04

Botelho tenta votar vetos para apreciar FEEF e contas

Para conseguir colocar o projeto que visa criar em Mato Grosso o Fundo Estadual de Estabilização Fiscal, o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) vem mobilizando os colegas de parlamento para na próxima semana realizar um mutirão e assim conseguir destravar a pauta, após votar os cerca de 30 vetos existentes na Casa. Conforme Botelho, os vetos estão no Legislativo há mais de 60 dias. A oposição, representada pela deputada Janaina Riva (MDB) solicitou o sobrestamento da pauta em função da quantia de vetos sem apreciação.

 

“Estou ligando para casa deputado, pedindo compromisso para que na semana que vem façamos um mutirão para votar os vetos. Mas isso teoricamente, porque a oposição pode pedir vista dos vetos, e provavelmente vai pedir, porque é interesse deles travar a votação de projetos do Governo. Pedindo vistas, preciso conceder por cinco dias”, explicou Botelho em entrevista à Rádio Capital FM.

 

Conforme Botelho, em reunião feita com o secretário estadual de Fazenda, Rogério Gallo, ficou acordado que o projeto de criação do Fundo de Estabilização será encaminhado ao Legislativo nesta segunda-feira. O governador Pedro Taques (PSDB) havia anunciado que o projeto seria encaminhado à Casa nesta quinta-feira (19). No entanto, naga chegou ao Parlamento.

 

(mais…)

20
04

Para Botelho, Taques deve manter “sangue frio” e não responder

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) recomendou ao governador Pedro Taques (PSDB) que não caia na provocação dos adversários e se abstenha de comentar as críticas recebidas. Taques, Otaviano Pivetta e Zeca Viana (ambos do PDT) entraram em rota de colisão esta semana, trocando críticas pela imprensa.

 

“Acho que no momento em que começa a discussão eleitoral, começam críticas de todo lado. É normal. Tem que ter sangue frio. O governador precisa ter tranquilidade que críticas vão vir mesmo. Se fosse eu ficaria quieto e aguardaria um pouco, porque muitas dessas pessoas estarão com ele daqui a pouco”, analisou em entrevista à Rádio Capital FM, nesta sexta-feira (20).

 

Depois de sofrer uma série de críticas vindas de ex-aliados, como Mauro Mendes (DEM), Zeca Viana e Otaviano Pivetta, Taques em entrevista à Rádio Vila Real FM disse que parte da classe política não o tolera porque não “faz esquemas” e não se curvou às opiniões dos “milionários”.

 

(mais…)

20
04

Ex-aliados fazem carta e explicam quebra de aliança

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

Os ex-aliados do governador Pedro Taques (PSDB), dentre eles os ex-prefeitos de Cuiabá e de Lucas do Rio Verde, Mauro Mendes (DEM) e Otaviano Pivetta (PDT), respectivamente, vão escrever uma carta elencando “alguns” dos motivos da saída do arco de aliança do chefe do Poder Executivo. O documento deve ser divulgado na próxima semana.

 

“Vamos fazer uma carta do grupo de oposição, dos partidos e lideranças que apoiaram Pedro Taques. Vamos elencar os motivos pelos quais não vamos mais apoiá-lo, por isso estamos oferecendo uma alternativa para Mato Grosso”, afirmou Otaviano, em entrevista ao HiperNotícias.

 

“Vamos elencar os principais motivos de termos saído. Não serão todos os motivos, pois aí não seria uma carta, seria um livro”, ironizou.

 

(mais…)

19
04

Se Mauro recuar, Pivetta é nosso nome, diz Viana

Para o presidente estadual do PDT, deputado estadual Zeca Viana, o substituto natural do ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes (DEM) para a disputa ao governo do estado é o ex-prefeito de Lucas do Rio Verde, Otaviano Pivetta (PDT). O pedetista é colocado como plano B, caso Mendes decida não participar do processo eleitoral deste ano. O grupo deu prazo até início de maio para que o democrata anuncie sua disposição de entrar na briga pelo Palácio Paiaguás.

 

“Se Mauro não for, Pivetta é o nosso candidato para disputar em 2018”, declarou em entrevista à Rádio Capital FM, nesta quinta-feira (19).

 

Mauro Mendes estaria, conforme Viana, dependendo de finalizar o processo de recuperação judicial de suas empresas para se colocar na disputa. “Ele está recuperando a saúde financeira das empresas dele. Causou esse problema por estar na prefeitura de Cuiabá. Nós, como políticos, deixamos o compromisso particular de lado para atender o compromisso político. Esse é um risco grande quando tem uma empresa familiar. Ele está  avançado com a RJ (recuperação judicial) dele. Até o final do mês consegue solucionar para ficar livre para disputar o governo. Sem sombra de dúvida Mauro é o melhor nome que agrega dentro da oposição”.

 

(mais…)

19
04

DEM hesita sobre Maia e busca pontes com Alckmin

Por Estadão Conteúdo

 

A pré-candidatura ao Palácio do Planalto do presidente da Câmara Rodrigo Maia (DEM-RJ), perdeu força e começa a ser reavaliada pela cúpula do DEM, que passou a procurar nomes como o ex-governador Geraldo Alckmin (PSDB) para conversar sobre futuras alianças.

 

O primeiro movimento ocorreu na semana passada, quando deputados da sigla, entre eles o líder na Câmara, Rodrigo Garcia (DEM-SP), se encontraram com Alckmin em Brasília. O prefeito de Salvador e presidente do DEM, ACM Neto, também deve procurar líderes de outras legendas, que inicialmente manifestaram apoio a Maia, como PP, PRB, SD e PR, para “estabelecer pontes” e não fechar portas no futuro. Dois desses partidos já lançaram pré-candidatos próprios ao Planalto: o empresário Flávio Rocha (PRB) e o ex-ministro Aldo Rebelo (SD).

 

Mesmo diante do cenário adverso, porém, o DEM diz que vai manter a candidatura de Maia e que um eventual apoio a outro nome só acontecerá em junho ou julho. “Neste momento, ninguém avalia a hipótese de desistência”, afirmou ACM Neto.

 

(mais…)

18
04

Jayme diz que se Mauro não disputar, DEM tem nomes “até demais”

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), tem até o dia 20 de maio para decidir se disputará ou não o cargo de governador de Mato Grosso. A informação foi prestada pelo secretário de Assuntos Estratégicos de Várzea Grande, ex-senador Jayme Campos, que afirmou ainda que se porventura o ex-prefeito recuar do projeto, o Democratas conta com “planos A,B,C,D,E, etc”. As declarações foram dadas à Rádio Capital FM, nesta quarta-feira (18).

 

“Ele pediu um prazo para decidir isso até o mês de maio. Tive uma conversa com ele, eu, Dilmar [Dal’Bosco], Fábio [Garcia], Júlio [Campos],  [Eduardo] Botelho e tem até 20 de maio para tomar uma decisão. Independente do Mauro, o partido pode ter outros candidatos, como pode buscar uma coligação partidária. Isso vai ser discutido até 20 ou 25 de maio. Aí o balaio vai estar fechado e vai decidir quem vai ser candidato”, ponderou.

 

Jayme lembrou que figuras com respaldo para disputar a vaga de governador de Mato Grosso não faltam no Democratas. “Nome tem até demais. Para dar, para vender. Eu mesmo estou pronto. O partido é que vai decidir a posição que Jayme Campos vai jogar. Tem time para ir para a luta. Tenho time para ser candidato a governador e senador. As pesquisas dizem isso”, ressaltou.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade