Arquivo da Tag: "DEM"
04
04

DEM articula para comandar Conselho de Ética da Câmara

Por Estadão Conteúdo

 

Dois meses depois de iniciado os trabalhos no Legislativo, a Câmara e o Senado ainda não instalaram seus Conselhos de Ética, colegiados responsáveis por julgar a conduta de deputados e senadores em processos que podem resultar até mesmo em cassação de mandato, destaca o jornal O Estado de S. Paulo.

 

Na Câmara, o DEM tenta assumir a presidência do conselho. O apetite do partido – que já tem os comandos das duas Casas Legislativas – explica a demora na instalação do colegiado. A “concorrência” diz que seria poder demais nas mãos do DEM. Também há demora dos partidos na indicação de seus representantes. Dos 17 com direito a assento no Conselho de Ética, apenas seis indicaram seus representantes até agora.

(mais…)

04
03

‘Governo virou República da caserna’, diz líder do DEM na Câmara

Por Estadão Conteúdo

 

O protagonismo dos militares no governo de Jair Bolsonaro está incomodando potenciais aliados. Para o líder do DEM na Câmara, deputado Elmar Nascimento (BA), o presidente precisa melhorar muito sua relação com o Congresso, se não quiser ter problemas em votações consideradas prioritárias, como a reforma da Previdência. “O governo saiu da política de sindicato e passou para a república da caserna”, afirmou o deputado, em uma referência ao número de militares no primeiro, segundo e terceiro escalões da máquina federal, em contraposição à quantidade de sindicalistas nas gestões petistas.

 

Além de comandar a bancada do DEM, Elmar é líder do “blocão”, grupo que reúne 301 dos 513 deputados e ajudou a reconduzir Rodrigo Maia (DEM-RJ) na presidência da Câmara. Na avaliação do deputado, Bolsonaro precisa chamar a classe política para ser “sócia” de seu projeto. Nesta entrevista, ele negou, porém, que isso signifique um toma lá, dá cá. Confira os principais trechos: (mais…)

21
11

Maia tenta dissociar do DEM indicações para ministérios

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia fala após participar do III Encontro da Câmara Espanhola no Rio de Janeiro, no Museu do Amanhã, na zona portuária do Rio.Por Karine Melo

Agência Brasil

 

O presidente da Câmara dos deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), no exercício da Presidência da República, buscou hoje (21) dissociar o comando do DEM das indicações, já confirmadas, para três ministérios no governo do presidente eleito, Jair Bolsonaro. Segundo ele, as indicações também não têm relação com a disputa para a presidência da Câmara. “As indicações não são do DEM”, afirmou.

 

A definição dos nomes dos futuros ministros Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Tereza Cristina (Agricultura) e Luiz Henrique Mandetta (Saúde), todos do DEM, provocou reações no Congresso, inclusive em partidos que integram o chamado Centrão, que apoia Bolsonaro.

 

(mais…)

21
11

Escolha de ministros não é feita por acordo partidário, diz general

O general da reserva Augusto Heleno, indicado para ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), fala à imprensa no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília, onde funciona o gabinete de transição de governo.

Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Pedro Peduzzi

Agência Brasil

 

Indicado pelo presidente eleito, Jair Bolsonaro, para o cargo de ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), o general Augusto Heleno disse hoje (21) que, apesar de já haver três indicações de integrantes do DEM para o cargo de ministros no futuro governo, as escolhas não têm sido feitas por compromissos partidários. Segundo o general, as escolhas levam em conta nomes e bancadas. A afirmação foi feita pouco antes de se reunir com Bolsonaro.

 

Os deputados do DEM que vão integrar o novo governo são Onyx Lorenzoni (RS), que comandará a Casa Civil, Tereza Cristina (MS), indicada para a pasta da Agricultura, e Luiz Henrique Mandetta (MS), que vai assumir o Ministério da Saúde.

 

(mais…)

20
08

Mauro Mendes lidera com 23% das intenções de voto seguido por Pedro Taques com 18%

mauro mendes e pedro taques.jpg

Reprodução/HiperNotícias

Por Ana Flávia Corrêa

HiperNotícias

 

O candidato ao governo Mauro Mendes (DEM) tem 23% das intenções de voto e sai a frente dos outros candidatos, de acordo com pesquisa realizada pelo instituo Voice Pesquisas e divulgada pelo site MidiaNews.

 

Na modalidade estimulada, em que são apresentados os candidatos ao cargo aos entrevistados, o atual governador, Pedro Taques (PSDB), aparece com 18%, seguido pelo senador Wellington Fagundes (PR), com 13%. Os candidatos Arthur Nogueira (Rede) e Moisés Franz (Psol) têm 1% das intenções.

 

(mais…)

16
08

Mendes quer falar de amor e Deus e faz críticas à Taques no primeiro dia de campanha

mauro mendesPor Débora Siqueira

HiperNotícias

 

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM), deu o pontapé na campanha eleitoral e diz que vai se pautar no amor, Deus e sem ofensas pessoais aos adversários. Contudo, sobrou muitas críticas à administração do governador Pedro Taques (PSDB). De obras paradas, ao comportamento do gestor em não ouvir aliados, até o decreto do parcelamento de dívidas com fornecedores foram citados no ato, que colocou o bloco da coligação “Pra Mudar MT” na rua.

 

“Não farei piadinhas, não vou inventar apelidos para adversários. Eu respeito. Vou falar de Mato Grosso, saúde, obras paradas, como retomar essas obras, o novo Hospital Universitário que está com recursos parados na conta e o governo não conseguiu andar um tijolo em quatro anos, isso que importa. Piadinhas e ofensas vamos entregar para Deus e deixar que o povo faça o julgamento”, discursou.

 

(mais…)

15
08

Mauro Mendes quer repetir fórmula de Nova York para combate ao crime

registro da candidatura de mauro mendes no TREPor Débora Siqueira

HiperNotícias

 

Um programa de Tolerância Zero é uma das principais propostas para o combate a criminalidade em Mato Grosso, dentro do plano de governo do candidato Mauro Mendes (DEM) para comandar o Estado nos próximos quatro anos. A prioridade é endurecer o combate ao tráfico de drogas, crimes letais e contra o patrimônio. Outra medida que ele promete é criar um Disque Denúncia exclusivo para o combate ao tráfico de drogas.

 

A Tolerância Zero foi uma política utilizada pelo ex-prefeito de Nova York City, Rudolph Giuliani, que administrou a cidade de 1994 a 2002 e conseguiu reduzir em 60% os crimes na época. Uma das bandeiras era tratar os crimes considerados de menor potencial ofensivo, como pequenos furtos, com rigor. Contudo o tripé usado em Nova York era: aumento de policiamento, condenações judiciais e encarceramento.

 

(mais…)

10
08

Garcia critica Pinheiro por atraso em obra do Novo Pronto Socorro de Cuiabá

fabio garcia Por Danna Belle

HiperNotícias

 

A culpa da perda do recurso a ser utilizado na aquisição de equipamentos para o Novo Pronto Socorro de Cuiabá é do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), que se preocupou mais em fazer politicagem, de acordo com declaração dada pelo deputado federal Fábio Garcia (DEM).

 

Para o Ministério da Saúde (MS) liberar o valor é necessário a apresentação de um plano de trabalho pela Prefeitura, mas o prazo para a liberação do recurso encerrou sem nenhuma medida concreta do Executivo municipal. Para não perder o recurso, foi necessário realocar como custeio, dinheiro usado para pagamento de salários e aquisição de insumos hospitalares.

 

(mais…)

10
08

“Deixa ele fazer política ao lado de quem ele tem mais afinidade”, declara Garcia

fabio garcia Por Danna Belle

HiperNotícias

O presidente do DEM em Mato Grosso e deputado federal Fábio Garcia, demonstrou pressa na liberação do prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro pelo partido MDB, permitindo o apoio ao candidato ao Governo do Estado, Wellington Fagundes (PR). 

“Ele que pediu, se ele quer, libera logo, deixa ele fazer política ao lado de quem ele tem mais afinidade para fazer política, onde ele se sente mais confortável, onde o jeito de fazer política é mais parecido. Pronto, não precisamos ficar dando meia volta nessa questão do Emanuel Pinheiro”, declarou em entrevista à Rádio Capital 101,9 FM, na manhã desta sexta-feira (10). 

(mais…)

04
08

Alckmin enfrenta divisão com aliados do DEM

Foto: Reprodução/Internet

Por Estadão Conteúdo

 

O ex-governador e candidato tucano ao governo de Roraima, José Anchieta Junior, tem reiterado a lideranças nacionais do partido que apoiará Geraldo Alckmin. Anchieta, porém, priorizou a pauta da segurança pública para associar a campanha à candidatura presidencial de Jair Bolsonaro (PSL). Ao mesmo tempo em que ressalta sua fidelidade a Alckmin, Anchieta disse que é o “Bolsonaro de Roraima”.

 

A situação de Alckmin é de risco também em dois palanques onde é aliado ao DEM no Centro-Oeste. No Distrito Federal, o deputado Alberto Fraga, postulante ao Palácio do Buriti, disse que “respeita” Alckmin, mas apoia Bolsonaro.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade