Arquivo da Tag: "DEM"
18
01

Temer quer frente anti-Lula nos ministérios

Por Estadão Conteúdo

 

O Palácio do Planalto vai condicionar a manutenção dos partidos no comando de ministérios ao apoio a um candidato que tenha aval do governo para a disputa à Presidência e seja uma espécie de anti-Lula. A estratégia do presidente Michel Temer é aproveitar a reforma ministerial, em março, para construir ampla aliança de centro. O plano está sendo desenhado para conquistar mais da metade do horário eleitoral na TV e isolar o PT do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

 

Na avaliação de auxiliares de Temer, mesmo que Lula seja condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) no dia 24, em Porto Alegre, o nome dele pode estar na urna, em razão de recursos judiciais. Diante dessa perspectiva, o governo se prepara para uma ofensiva política contra a oposição, menos de dois anos após o impeachment da presidente Dilma Rousseff.

 

(mais…)

17
01

Ramalho diz que governo não tem votos para aprovar Previdência em fevereiro

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

Depois de participar de cerimônia de liberação de recursos para Educação, ao lado do presidente Michel Temer, o presidente em exercício da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), disse nesta quarta-feira, 17, que acha que “o governo não tem os votos” e que “não vai” consegui-los até 19 de fevereiro para aprovar a reforma da Previdência.

 

Ramalho, assim, faz coro ao presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), que está nos Estados Unidos e lá declarou que, se o Poder Executivo não conseguir votar a reforma previdenciária em fevereiro, “não vota mais”. O presidente em exercício da Câmara foi mais longe, ao defender maior ampliação da discussão sobre a reforma, que a mudança seja “mais ampla”, “mais debatida” e que, portanto, seja tema da campanha presidencial de 2018 e só vá a plenário para votação em 2019.

 

(mais…)

16
01

Maia: reforma da Previdência é prioridade, mas sem otimismo quanto à aprovação

Tânia Rêgo/Arquivo/Agência Brasil

Por Débora Brito

Agência Brasil

 

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou hoje (16), em Washington, que não há otimismo quanto à aprovação da reforma da Previdência em fevereiro.

 

Em discurso na Câmara de Comércio dos Estados Unidos, Maia disse que mudar a legislação previdenciária no Brasil não será fácil, apesar de a reforma ser necessária para atrair investimentos para o país.

 

(mais…)

13
01

Pedro Taques diz esperar que Dilmar permaneça na liderança: “É um grande líder”

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que ainda não foi comunicado da entrega do cargo de líder do Governo do Estado na Assembleia Legislativa pelo deputado estadual Dilmar Dal’Bosco (DEM). O parlamentar anunciou a entrega da liderança no começo desta semana em entrevistas à imprensa para se dedicar ao projeto de reeleição a deputado estadual.

 

“Ontem (quinta-feira) eu conversei com o Dilmar Dal’Bosco às nove da noite e ele não me falou isso aí. O Dilmar é um grande líder e espero que fique, ele não me falou nada”, afirmou Pedro Taques, durante a assinatura de contrato com uma empresa de ônibus intermunicipal, na Rodoviária de Cuiabá, nesta sexta-feira (12).

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

12
01

Maia diz que rebaixamento pode ajudar aprovação da reforma da Previdência

Tânia Rêgo/Agência Brasil

Por Débora Brito

Agência Brasil

 

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) disse hoje (12) que o rebaixamento da nota de crédito do Brasil pode ajudar no convencimento dos parlamentares em torno da reforma da Previdência.

 

A agência internacional de classificação risco de Standard & Poor’s rebaixou ontem o país para três níveis abaixo do grau de investimento. Ela justificou sua avaliação negativa sobre o Brasil por conta da demora na implementação das reformas, principalmente a da Previdência, que poderiam reduzir os riscos fiscais do país.

(mais…)

11
01

Contra isolamento, Alckmin busca ao menos cinco partidos

Foto: Divulgação

Por Estadão Conteúdo

 

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), começa o ano eleitoral com a meta de formar alianças nacionais para a disputa pelo Planalto com ao menos cinco legendas. Com dificuldade de fazer acordos com MDB, do presidente Michel Temer, e DEM, do deputado Rodrigo Maia, que também tem se colocado como opção, o tucano mira, no atual cenário, em partidos considerados médios, como PR, PSB, PTB, PPS, PV e Solidariedade. A aliados, Alckmin tem dito que o primeiro objetivo é evitar uma candidatura isolada.

 

Com o cenário aberto para a chegada de novos postulantes ao cargo, o governador praticamente já descarta a tese de que as forças políticas de centro devem convergir para um único nome. Mas considera que três candidatos podem ser demais, em referência às pretensões de Maia e do ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD).

(mais…)

31
08

MT: Silval diz que comprou apoio de Julio Campos por R$ 4 milhões

1Por Felipe Leonel

O ex-governador Silval Barbosa (PMDB) afirmou ter comprado o apoio do ex-deputado federal Julio Campos (DEM) para ter apoio dos prefeitos do DEM na campanha ao Palácio Paiaguás, em 2010. Silval teria pago R$ 4 milhões a Campos, que na época era presidente do partido, para garantir o apoio
25
07

Alckmin reúne DEM, e aliado prevê desembarque do governo Temer

1Principal aliado do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, na Executiva do PSDB, o deputado federal Silvio Torres (SP), secretário-geral da legenda, disse nesta segunda-feira, 24, em entrevista à TV Estadão que depois da votação da admissibilidade da denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra o presidente Michel Temer no plenário da Câmara dificilmente os tucanos continuarão no governo. A declaração foi feita poucas horas antes de um jantar que começou às 21h30 a pedido da cúpula do DEM na ala residencial do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. (mais…)

Publicicade

Publicicade