Arquivo da Tag: "CRISE"
27
05

Número de lojas fechadas no País volta a subir após cinco trimestres

Por Estadão Conteúdo

 

Depois de quase um ano e meio no azul, o comércio varejista voltou a mais fechar do que abrir lojas no primeiro trimestre. Entre janeiro e março, 39 pontos de venda lacraram as portas no País. O número é pequeno, mas emblemático, pois indica grande mudança de rota. E confirma o quadro de estagnação da economia, já apontado por outros indicadores.

 

No último trimestre de 2018, o saldo entre abertura e fechamento de lojas foi positivo em 4,8 mil unidades. O ano passado também tinha sido o primeiro ano positivo de inaugurações depois da recessão, com 11 mil pontos de venda abertos. O saldo de lojas de 2018 é pequeno comparado às 220 mil lojas que o varejo perdeu entre 2014 e 2017. Mas era importante porque sinalizava a recuperação do setor, agora ameaçada. (mais…)

23
05

Senadores já discutem agenda própria

Por Estadão Conteúdo

 

Convencidos de que a crise política vai piorar, senadores de vários partidos começaram a discutir um plano de ação para os próximos meses e decidiram tocar uma agenda própria, à revelia do presidente Jair Bolsonaro, destaca o jornal O Estado de S. Paulo.

 

Em almoço realizado nesta quarta-feira (22) na residência oficial do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), líderes de bancadas avaliaram que o governo está “sem rumo” e, ainda, que Bolsonaro corre o risco de não terminar o mandato, se continuar apostando no confronto. O assunto parlamentarismo foi citado na conversa. (mais…)

23
04

Audiência com ministro tem choro, ameaça e reclamação

Por Estadão Conteúdo

 

O encontro dos caminhoneiros com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, ontem em Brasília foi regado a reclamações, ameaças e até choro. Em vídeos a que o Estado teve acesso, os representantes cobraram do ministro a aplicação do piso mínimo do frete e uma solução para os constantes aumentos do diesel. Eles ouviram de Freitas que a variação do combustível não será mais problema quando os reajustes forem repassados de forma imediata para o piso, o que deve ocorrer em breve.

 

Na reunião, conturbada em alguns momentos, motoristas relataram ao ministro as dificuldades do dia a dia e os problemas financeiros decorrentes da falta de frete e dos “baixos valores pagos no mercado”. Em determinado momento, um deles chegou a chorar ao dizer que não “estava cumprindo com suas obrigações em casa” por não conseguir pagar as contas em dia. E emendou: “Só quero dignidade para trabalhar”. (mais…)

12
03

Falta de energia agrava crise em hospitais e mortos chegam a 21

Por Estadão Conteúdo

 

O número de mortes em hospitais pelo blecaute que atinge a Venezuela desde a quinta-feira subiu ontem para 21, de acordo com a ONG Médicos pela Saúde, que há cinco anos registra as deficiências dos 40 maiores hospitais do país.

 

De acordo com a ONG, apenas no Hospital Manuel Núñez Tovar de Maturín, no Estado de Monagas, no leste da Venezuela, 15 pessoas morreram em razão de falhas no fornecimento de energia. Em Caracas, quatro recém-nascidos não resistiram ao apagão e também faleceram. Em Maracaibo, no Estado de Zulia, um bebê também morreu em decorrência da falta de luz. Em Maracay, no Estado de Aragua, região central da Venezuela, a vítima foi um adulto (mais…)

18
02

Gen. Floriano Peixoto assume Secretaria-Geral da Presidência no lugar de Bebianno

Otávio do Rêgo Barros anuncia a exoneração de Bebianno Foto: Valter Campanato/Agência Brasil 

Por Estadão Conteúdo

 

O porta-voz do governo de Jair Bolsonaro, Otávio Rêgo Barros, confirmou nesta segunda (18) que o ministro Gustavo Bebianno, da Secretaria-Geral da Presidência, será exonerado do cargo. Em seu lugar, assumirá o general Floriano Peixoto de forma definitiva. Ele era o secretário-executivo da pasta.

 

 

Bebianno é o protagonista da maior crise nos primeiros meses do novo governo, suspeito de irregularidades em campanhas do PSL e envolvido em rusgas com um dos filhos do presidente, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ). Em nota lida pelo porta-voz, Bolsonaro desejou “sucesso na nova caminhada” e agradeceu Bebianno por sua “dedicação à frente da pasta”. (mais…)

18
02

Temer: Bolsonaro precisa de ‘crédito’; FHC defende que presidente seja ‘árbitro’

Alan Santos/PR

Por Estadão Conteúdo

 

O ex-presidente Michel Temer afirmou na tarde desta segunda-feira (18) que é preciso dar crédito ao presidente Jair Bolsonaro, que ainda tem pouco tempo de governo. “Ele passou 18 dias no hospital, ficou em Davos (no Fórum Econômico Mundial), tem pouco tempo. Tem que dar crédito”, afirmou em entrevista à Rádio Bandnews FM, quando questionado sobre a crise envolvendo o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, que pode ser exonerado ainda nesta segunda-feira.

 

Temer participou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso de uma entrevista para a rádio e ambos falaram sobre crises e suas experiências na Presidência. “Se começarmos com mensagens pessimistas, estamos atrapalhando não é o governo, é o Brasil”, disse. Temer afirmou, ainda, que uma crise deve “sair pequena de um gabinete presidencial”, o que se faz por meio do diálogo. “Especialmente com aqueles que se opõem”. (mais…)

01
02

Governador pede que deputados tenham coragem e se unam por MT

Foto: Tchélo Figueiredo

“Esse é o momento de ter coragem. De enfrentar as dificuldades com grandiosidade e ousadia”. Essas foram as palavras do governador Mauro Mendes (DEM) para os 24 deputados estaduais que foram empossados na manhã desta sexta-feira (1º), no Teatro Zulmira Canavarros para a 19ª legislatura. “Precisaremos muito dos senhores, que honrem esse compromisso e juramento que fizeram. Se trabalharmos com lealdade, se dermos as mãos, teremos muito que nos orgulhar daquilo que faremos nos próximos anos”, complementou.

 

Mendes se refere ao momento crítico pelo qual Mato Grosso passa e que exigirá medidas duras para que o estado retome os trilhos. E o Parlamento terá participação preponderante neste processo. O democrata herdou o Executivo com um passivo de R$ 4 bilhões.

 

(mais…)

17
01

Taques pode ser responsabilizado por crise financeira de MT; medida é analisada pela União

Conforme informação prestada pelo O Globo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, poderá dar início a uma investigação que pode culminar na responsabilização do ex-governador Pedro Taques (PSDB) pela atual situação financeira pela qual passa Mato Grosso. Hoje o estado acumula dívida no montante de R$ 3,9 bilhões e a consequência disso é dificuldade de pagar fornecedores e também os salários dos servidores públicos, além de comprometer a capacidade de investimento do estado. A medida atinge ex-governadores de outros estados que também passam por dificuldades. (mais…)

17
01

Governador decreta calamidade financeira nesta quinta-feira; AL deve aprovar

Decreto visa buscar reequilíbrio financeiro

Por Assessoria

 

Nesta quinta-feira (17), o governador Mauro Mendes irá protocolar na Assembleia Legislativa o decreto de calamidade financeira de Mato Grosso, como medida emergencial para buscar o reequilíbrio das contas do Estado. Ele irá explicar os detalhes sobre o decreto em coletiva à imprensa no Palácio Paiaguás, às 11h.

 

Mauro Mendes se reuniu em Brasília na quarta-feira (16) com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e apresentou a grave situação pela qual passa o Estado, com um acúmulo de dívidas de restos a pagar na ordem de R$ 3,9 bilhões. (mais…)

16
01

Situação no Ceará está voltando ao normal, diz Moro

Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou, em entrevista à GloboNews nesta terça-feira, 15, que a situação no Ceará está “caminhando para a normalidade”. “Com a cooperação entre o governo federal e estadual, os incidentes têm diminuído sensivelmente.”

 

Segundo ele, por volta do dia 6 de janeiro, os ataques atingiram o pico de 77 ocorrências, e hoje os incidentes estão em menos de seis por dia. Moro chamou os ataques de criminosos de “medidas terroristas”, tomadas em virtude de uma perspectiva de uma política mais rigorosa contra as organizações criminosas. “O que eles fizeram foi explodir viaduto, buscando que o governo voltasse atrás. Desde o início sabíamos que seria um grande desafio.”

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade