Arquivo da Tag: "CRISE"
01
02

Governador pede que deputados tenham coragem e se unam por MT

Foto: Tchélo Figueiredo

“Esse é o momento de ter coragem. De enfrentar as dificuldades com grandiosidade e ousadia”. Essas foram as palavras do governador Mauro Mendes (DEM) para os 24 deputados estaduais que foram empossados na manhã desta sexta-feira (1º), no Teatro Zulmira Canavarros para a 19ª legislatura. “Precisaremos muito dos senhores, que honrem esse compromisso e juramento que fizeram. Se trabalharmos com lealdade, se dermos as mãos, teremos muito que nos orgulhar daquilo que faremos nos próximos anos”, complementou.

 

Mendes se refere ao momento crítico pelo qual Mato Grosso passa e que exigirá medidas duras para que o estado retome os trilhos. E o Parlamento terá participação preponderante neste processo. O democrata herdou o Executivo com um passivo de R$ 4 bilhões.

 

(mais…)

17
01

Taques pode ser responsabilizado por crise financeira de MT; medida é analisada pela União

Conforme informação prestada pelo O Globo, o ministro da Economia, Paulo Guedes, poderá dar início a uma investigação que pode culminar na responsabilização do ex-governador Pedro Taques (PSDB) pela atual situação financeira pela qual passa Mato Grosso. Hoje o estado acumula dívida no montante de R$ 3,9 bilhões e a consequência disso é dificuldade de pagar fornecedores e também os salários dos servidores públicos, além de comprometer a capacidade de investimento do estado. A medida atinge ex-governadores de outros estados que também passam por dificuldades. (mais…)

17
01

Governador decreta calamidade financeira nesta quinta-feira; AL deve aprovar

Decreto visa buscar reequilíbrio financeiro

Por Assessoria

 

Nesta quinta-feira (17), o governador Mauro Mendes irá protocolar na Assembleia Legislativa o decreto de calamidade financeira de Mato Grosso, como medida emergencial para buscar o reequilíbrio das contas do Estado. Ele irá explicar os detalhes sobre o decreto em coletiva à imprensa no Palácio Paiaguás, às 11h.

 

Mauro Mendes se reuniu em Brasília na quarta-feira (16) com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e apresentou a grave situação pela qual passa o Estado, com um acúmulo de dívidas de restos a pagar na ordem de R$ 3,9 bilhões. (mais…)

16
01

Situação no Ceará está voltando ao normal, diz Moro

Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, afirmou, em entrevista à GloboNews nesta terça-feira, 15, que a situação no Ceará está “caminhando para a normalidade”. “Com a cooperação entre o governo federal e estadual, os incidentes têm diminuído sensivelmente.”

 

Segundo ele, por volta do dia 6 de janeiro, os ataques atingiram o pico de 77 ocorrências, e hoje os incidentes estão em menos de seis por dia. Moro chamou os ataques de criminosos de “medidas terroristas”, tomadas em virtude de uma perspectiva de uma política mais rigorosa contra as organizações criminosas. “O que eles fizeram foi explodir viaduto, buscando que o governo voltasse atrás. Desde o início sabíamos que seria um grande desafio.”

 

(mais…)

15
01

Fórum Agro quer que Fethab 2 tenha duração de 2 anos

Representantes do Fórum Agro-MT estiveram reunidos com o vice-governador Otaviano Pivetta (PDT), o secretário chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho e o de Fazenda, Rogério Gallo para discutir sobre as alterações no Fundo de Transporte e Habitação (Fethab) propostas pelo Governo do Estado na tentativa de equilibrar as contas públicas. A reunião foi realizada na sede da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) na tarde desta segunda-feira (14).

 

A sugestão principal apresentada pelo Fórum foi a da manutenção do Fethab 2 por um prazo determinado de dois anos. Cada setor, entretanto, tem demandas que estão sendo apresentadas em separado. “Nossa intenção é colaborar no sentido de ajudar a solucionar a grave crise que o Estado atravessa”, afirmou o presidente da Famato e do Fórum Agro MT, Normando Corral. (mais…)

15
01

Mauro Mendes confirma decreto de calamidade financeira

Em reunião na Assembleia Legislativa, na tarde desta terça-feira (15), o governador Mauro Mendes (DEM) confirmou que apresentará decreto de calamidade financeira no estado de Mato Grosso. A medida visa principalmente forçar o Governo Federal a pagar o Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX), no valor aproximado de R$ 500 mil.

 

A previsão é que o governador vá nesta quarta-feira (16) a Brasília discutir a situação com o Governo Federal antes de apresentar o documento para apreciação da Assembleia Legislativa.

(mais…)

10
01

LRF, Fethab e Reforma administrativa chegam à AL

 

O governador Mauro Mendes (DEM) entregou nesta quinta-feira (10), na Assembleia Legislativa, o pacote de leis, denominado “Pacto por Mato Grosso”, que busca estabelecer parâmetros legais para o enfrentamento das dificuldades financeiras às quais enfrenta o Estado. São três projetos de lei para auxiliar no processo de recuperação financeira do estado. Os documentos foram entregues em plenário, durante sessão ordinária matutina, e tiveram dispensa de pauta aprovada.

 

(mais…)

21
07

Receita cresceu e crise no Estado é falta de gestão, avalia Mauro Mendes

Por HiperNotícias

 

O ex-prefeito de Cuiabá e pré-candidato ao Governo do Estado, Mauro Mendes (DEM), avaliou que a culpa pela crise econômica que atinge o Estado é da falta de gestão do atual governador Pedro Taques (PSDB).

 

Em seus discursos, Taques atribui à crise econômica nacional, à falta de recursos e à gestão do ex-governador Silval Barbosa todos os problemas enfrentados por sua administração, como o atraso de repasses aos municípios e aos Poderes, o caos na Saúde e os constantes atrasos no pagamento dos salários dos servidores.

 

(mais…)

29
06

Municípios regridem 3 anos com a crise

Por Estadão Conteúdo

 

Depois de oito altas consecutivas desde 2006, o índice de desenvolvimento dos municípios entrou numa trajetória declinante por causa da crise econômica. Medido pela Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), o indicador (IFDM) recuou três anos e está abaixo do nível observado em 2013. O desempenho negativo foi puxado pela vertente emprego e renda, que anulou os ganhos verificados nos dois outros itens analisados: educação e saúde.

 

Fechamento de vagas de trabalho colaborou para resultado

Com o fechamento de quase 3 milhões de postos de trabalho entre 2015 e 2016, o IFDM Emprego e Renda está no menor patamar desde o início da série histórica, em 2006. A previsão dos pesquisadores da Firjan é que o País só consiga retomar o nível de 2013 em 2027. “Vale destacar que nossa projeção é feita sob uma base otimista de 2009 e 2012 (quando a geração de emprego estava aquecida), afirma o coordenador de Estudos Econômicos da Firjan, Jonathas Goulart Costa.

 

De 2006 para 2013, com a economia aquecida e alta geração de emprego, 103 municípios foram alçados à faixa de desenvolvimento alto ou moderado. Mas, com a crise econômica, a trajetória mudou e 936 municípios deixaram essas duas faixas do índice e engrossaram o time de cidades com baixo ou desenvolvimento regular – 85% dos municípios estão nesses grupos. (mais…)

24
06

Fernando Henrique: ‘Crise moral pôs todos os partidos longe das ruas’

Foto: JF DIORIO/ESTADÃO

Por Estadão Conteúdo

 

O manifesto de fundação do PSDB disse que o partido nascia longe das benesses oficiais, mas perto do pulsar das ruas. O partido está hoje perto disso?

 

O PSDB esteve mais perto do pulsar das ruas quando apoiou as medidas necessárias para manter o real. Lembrem-se que eu ganhei a eleição e a reeleição no primeiro turno. Depois, fora do governo federal, o PSDB manteve o controle político em expressivos Estados, como em São Paulo. Mas é indubitável que a crise político-moral que a Lava Jato desvendou levou todos os partidos para longe do pulsar das ruas.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade