Arquivo da Tag: "CORRUPÇÃO"
23
08

Diretório do PSDB fala até em Justiça comum contra Aécio

Por Estadão Conteúdo

 

O diretório do PSDB em São Paulo avalia acionar o diretório nacional da sigla e até apelar à Justiça comum para reverter decisão tomada na quarta-feira (21) pela Executiva, que rejeitou pedido para a expulsão do deputado Aécio Neves (MG).

 

O resultado foi visto como uma derrota principalmente para o governador João Doria, que defendia a saída do ex-presidenciável tucano – acusado de corrupção – como uma forma de evitar que a presença de Aécio no partido gerasse futuros constrangimentos. Existe a avaliação de que a permanência do deputado mineiro poderia afetar, no curto prazo, a campanha à reeleição de Bruno Covas à Prefeitura paulistana, em 2020. (mais…)

19
07

Corrupção é o crime que mais motiva troca de dados entre Coaf e investigadores

Por Estadão Conteúdo

 

Investigações sobre corrupção são as que mais motivaram o intercâmbio de informações entre o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) e órgãos de investigação. É o que aponta um balanço do próprio órgão, vinculado ao Ministério da Fazenda. Os dados são referentes ao período entre janeiro de 2014 e junho de 2019.

 

O órgão, vinculado ao Ministério da Fazenda, detalha que os dados resultam “da pesquisa realizada por temas tratados nos Relatórios de Inteligência Financeira”. “Importante ressaltar que existem intercâmbios que se enquadram em mais de um tema definido. Portanto, o somatório da quantidade de Seics por tema não representa o total de Seics recebidos”. (mais…)

03
07

Projeto quer vetar aposentadoria especial de parlamentar condenado por corrupção

Presidente do Podemos diz que momento é propício para discussão

Por Estadão Conteúdo

 

O Podemos quer modificar as regras do plano de previdência parlamentar para impedir a aposentadoria de deputados e senadores cassados e condenados em instância superior pelo Poder Judiciário, por envolvimento em casos de corrupção. Pelo projeto esses parlamentares seriam excluídos do Plano de Seguridade Social dos Congressistas (PSSC).

 

Na segunda-feira (1) o Senado concedeu aposentadoria especial ao ex-senador Delcídio Amaral (ex-PT/MS). Ele foi cassado em 2016 por quebra de decoro – por tentar obstruir a investigação da Lava Jato no episódio do suposto favorecimento ao ex-diretor da área Internacional da Petrobras Nestor Cerveró. (mais…)

21
06

Lava Jato denuncia Marconi Perillo por propina de R$ 17,8 milhões da Odebrecht

Por Estadão Conteúdo

 

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou, nesta quarta-feira (19) o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e organização criminosa. Segundo a Procuradoria, enquanto governador de Goiás, Perillo teria solicitado e recebido propinas no valor de R$ 17.808.720,17 da Odebrecht para favorecer interesses da empreiteira em contratos e obras no Estado.

 

A denúncia foi apresentada no âmbito da operação Cash Delivery, desdobramento da Lava Jato, e decorre de acordos de leniência e colaboração premiada firmados com a Construtora Norberto Odebrecht e seus executivos.

(mais…)

27
05

Historiadora Lilia Moritz Schwarcz lança ‘Sobre o Autoritarismo Brasileiro’

Por  Estadão Conteúdo

 

“História não é bula de remédio nem produz efeitos rápidos de curta ou longa duração”, observa a antropóloga e historiadora Lilia Moritz Schwarcz. “Ajuda, porém, a tirar do véu do espanto e a produzir uma discussão mais crítica sobre nosso passado, nosso presente e sonho de futuro.” Tais frases figuram na introdução de Sobre o Autoritarismo Brasileiro (Companhia das Letras), livro que apresenta, de forma sucinta e acessível, explicações para uma sociedade que ainda sofre com uma injusta hierarquia, violência desmesurada, ações de racismo e soluções por vezes antidemocráticas.

 

Pesquisadores costumam esperar alguns anos, às vezes décadas, para avaliar determinados momentos que marcam uma sociedade – a distância temporal permite uma avaliação crítica mais segura e abrangente. Mesmo ciente, Lilia baseou-se em informações sólidas e pesquisas rigorosas para, sem correr risco, apresentar um equilibrado retrato do Brasil em tempo real. (mais…)

26
05

‘Bolsonaro arrisca demais e muito cedo’, diz cientista político Carlos Pereira

Por Estadão Conteúdo

 

Ao adotar uma estratégia de “confronto” com menos de seis meses de mandato, o presidente Jair Bolsonaro está se “arriscando demais e muito cedo”. A análise é do cientista político e professor da FGV-Ebape Carlos Pereira. Segundo ele, o governo não tem outra saída porque prefere manter uma coalizão minoritária no Congresso em vez de negociar com os partidos.

 

Ao Estado, Pereira afirmou que os atos marcados para hoje (26) a favor do governo têm duas faces: se forem bem-sucedidos, Bolsonaro acumula capital político. Por outro lado, se as manifestações se voltarem contra instituições democráticas, como o Congresso ou o Supremo Tribunal Federal, “o tiro pode sair pela culatra”. A seguir, os principais trechos da entrevista. (mais…)

07
05

Selma hipoteca apoio a Moro para que Coaf não saia do Ministério da Justiça

A senadora por Mato Grosso, Selma Arruda (PSL), esteve reunida com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, na manhã desta terça-feira (7), oportunidade na qual declarou ser favorável à permanência do Conselho de Controle da Atividade Financeira (Coaf) sob responsabilidade do ministério da Justiça. Há uma pressão por parte de alguns parlamentares para que a estrutura seja devolvida ao Ministério da Economia. No entanto, Moro se articula para que o conselho permaneça sob sua competência, por considerar uma ferramenta importante no combate à corrupção.

 

“Na conversa com Moro ratificamos a importância da MP 870 dinamizar a máquina pública federal, tanto no que diz respeito ao enxugamento da máquina, quanto a realocação de alguns setores e serviços, como é o caso do Coaf, que em meu entendimento, deve permanecer no Ministério da Justiça. O Coaf é uma ferramenta de inteligência para o enfrentamento da criminalidade e inclusive das organizações criminosas”, escreveu a senadora em sua rede social.

 

(mais…)

29
04

PSDB discute código de ética para filiados

Por Estadão Conteúdo

 

O PSDB elabora um texto que estabelece regras internas para filiados flagrados em supostos esquemas de corrupção. Documento preliminar que será discutido com deputados em uma reunião marcada para esta segunda-feira (29) em Brasília, tende a acelerar o processo de expulsão para casos de tucanos suspeitos de participação em crimes.

 

Na proposta já formulada pelo atual comando do PSDB, o partido passará a ter formalmente um código de ética. Segundo fontes ouvidas pela reportagem, esse conjunto de normas dará a opção para o filiado que for flagrado em esquema de corrupção se licenciar da sigla por iniciativa própria até que a situação se resolva. (mais…)

01
04

Dallagnol: para continuarmos avançando, precisamos de reformas contra corrupção

Por Estadão Conteúdo

 

O procurador da República Deltan Dallagnol, coordenador da Operação Lava Jato no Ministério Público Federal, defendeu na manhã desta segunda-feira, dia 1º, o pacote anticrime do ministro da Justiça, Sergio Moro, como uma das medidas necessárias para que o combate à corrupção avance no Brasil.

 

A defesa foi feita durante o evento “Estadão Discute Corrupção”, realizado na sede do jornal O Estado de S.Paulo em parceria com o Centro de Debate de Políticas Públicas (CDPP) para discutir as operações Lava Jato e Mãos Limpas. O ministro Sergio Moro também participa do evento.

 

Dallagnol defendeu o pacote de Moro enquanto discorria sobre efeitos da Lava Jato no combate à corrupção e os desafios para que continue exercendo esse papel. “Se queremos continuar avançando, precisamos de reformas, como o pacote anticrime”, disse. “É possível, sim, o triunfo do retrocesso, a corrupção sempre contra-ataca”, alertou. (mais…)

23
03

Cinco ex-governadores do Rio já foram presos

Por Estadão Conteúdo

 

Com a prisão do ex-ministro Wellington Moreira Franco (MDB), todos os ex-governadores do Rio vivos e eleitos como cabeça de chapa desde a redemocratização estão presos ou passaram em algum momento pela cadeia. Dos ex-chefes do Executivo estadual eleitos após 1985, só ficam fora da lista Leonel Brizola (PDT), morto em 2004, e Marcello Alencar (PSDB), que morreu em 2014.

 

Há também uma coincidência partidária: todos os detidos ou ex-detidos são ou foram do MDB/PMDB, que exerceu o poder no Rio de 1987 a 1991 e de 2003 a 2018. Integram o partido os três presos – além de Moreira, Sérgio Cabral Filho e Luiz Fernando Pezão e foram filiados Anthony Garotinho e Rosinha Garotinho. Estes chegaram a ser encarcerados, mas foram soltos. Todas as prisões ocorreram nos últimos três anos. (mais…)

Publicicade

Publicicade