Arquivo da Tag: "CNA"
18
04

Produtores rurais terão alternativa para voltar a tomar crédito em bancos

Até esta quinta-feira (18), a equipe econômica do governo federal deve enviar à Casa Civil uma medida provisória que regulamenta o Fundo de Aval Fraterno. A MP é uma alternativa para a volta da tomada de crédito dos produtores rurais junto aos bancos e uma das soluções para as reivindicações do setor. O endividamento rural foi o tema da reunião da Frente Parlamentar da Agropecuária desta terça-feira.

 

“Sempre que se vai buscar solução para problemas complexos como este, nós temos que levar um molho de solução, pois nenhum deles, sozinho, vai ser a solução para tudo. Não existe ferramenta única para uma construção, precisa de várias ferramentas”, afirma o presidente da FPA, deputado Alceu Moreira (MDB- RS). (mais…)

24
02

Subsídio ao agronegócio cobrado na conta de luz é irregular, avalia TCU

Por Estadão Conteúdo

 

Na semana passada, o agronegócio comemorou uma vitória. O governo de Jair Bolsonaro decidiu voltar com o subsídio que o setor recebe nas contas de luz, derrubado no fim do ano passado pelo ex-presidente Michel Temer. Uma avaliação feita pelo Tribunal de Contas da União (TCU), porém, dá razão a Temer: para a área técnica do órgão, esses subsídios estão “completamente desalinhados” com as leis que regulam o setor e até com a própria Constituição. Em outras palavras, são ilegais.

 

 

Os subsídios – não só para o agronegócio – estão embutidos na conta de luz de todos os brasileiros. No total, chegam a mais de R$ 20 bilhões, sendo 17% desse total só para os agricultores. Pelo decreto editado no fim de 2018, o benefício aos produtores rurais começaria a ser reduzido este ano, ao ritmo de 20% ao ano até ser zerado em cinco anos.

 

(mais…)

29
06

Alimentos podem ter alta de 12%, diz CNA

Por Estadão Conteúdo

 

Por causa da tabela do frete, o preço dos alimentos pode subir 12,1%, segundo estudo da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), que prevê impactos além da cesta básica. Se o custo for totalmente repassado à cadeia produtiva, a inflação poderá ficar entre 5% ou 6%, ameaçando atingir o valor máximo da meta fixada para este ano.

 

Cesta poderá sofrer reajuste de mais de R$ 50

Esses dados foram apresentados na quinta-feira, 28, na audiência de conciliação promovida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux entre caminhoneiros e empresas na busca de um acordo em torno da tabela do frete. Fux relata uma ação direta de inconstitucionalidade da Medida Provisória 832, que criou uma política de preços mínimos para o frete.

 

O cálculo da CNA diz respeito a alimentos como arroz, carnes, feijão, leite, ovos, tubérculos, frutas e legumes, que respondem por 90,4% da cesta básica. A conclusão é que, com o encarecimento desses itens, a cesta básica passará a consumir 50% de um salário mínimo a partir de julho, ante 46,2% até maio.

(mais…)

21
06

Agronegócio perde R$ 500 milhões por dia com tabelamento, diz CNA

Por Estadão Conteúdo

A cada dia, a perda do agronegócio brasileiro provocada pelo tabelamento do frete rodoviário é de R$ 500 milhões só nos mercados de soja e milho. Nos 20 dias de vigor da medida, portanto, o prejuízo chega a R$ 10 bilhões para esses dois grãos segundo cálculos da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) na audiência de conciliação promovida ontem pelo ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux, na ação que discute a constitucionalidade da medida.

 

“Temos um problema emergencial”, afirmou o chefe da assessoria jurídica da entidade, Rudy Ferraz. “Meio bilhão de reais por dia não é qualquer coisa.” Ele acrescentou que metade da produção agrícola está “parada” em pleno período de safra.

 

(mais…)

15
12

Agronegócio precisa ter utilidade social reconhecida, diz presidenta da CNA

Por Wellton Máximo

Agência Brasil 

O agronegócio tem utilidade social e é um dos principais geradores de emprego do país, disse hoje (15) a presidenta da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), senadora Kátia Abreu (PMDB-TO). Em cerimônia de posse da nova diretoria da entidade, ela repudiou os manifestantes que mais cedo ocuparam a sede da CNA, em Brasília, em protesto a uma possível indicação da parlamentar para o Ministério da Agricultura no segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff, que esteve presente à cerimônia. (mais…)

15
12

Dilma terá hoje reunião com MST e vai à posse de Kátia Abreu na CNA

00A agenda oficial da presidente Dilma Rousseff para esta segunda-feira,15, informa dois compromissos para o dia, ambos em Brasília. Às 15 horas, ela terá reunião com representantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), no Palácio do Planalto. Às 19h30, Dilma participará da solenidade de posse da Diretoria e Conselho Fiscal da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) para o triênio 2014-2017. (mais…)

09
04

MT: Rui Prado nega intenção de disputar CNA

1

Presidente da Federação de Agricultura de Mato Grosso (Famato), Rui Prado negou a intenção em disputar o comando da Confederação Nacional da Agricultura (CNA). De acordo com o jornalista Felipe Patury, ele teria procurado o ministro da Agricultura, Neri Geller, para pedir apoio ao projeto.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI.

 

26
06

CNA defende incentivo permanente e revisão do preço mínimo para o feijão

Por Luciene Cruz

Agência Brasil

Brasília – A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) defende a adoção de medidas que incentivem a produção nacional de feijão de forma definitiva. Para a entidade, a decisão temporária da Câmara de Comércio Exterior (Camex) de zerar a alíquota de importação do feijão “dificilmente vai conseguir amenizar a elevação dos preços do produto no mercado interno”. (mais…)

Publicicade

Publicicade