Arquivo da Tag: "ANÁLISE"
06
06

‘Violência no sexo não é estupro, é agressão’, diz advogada sobre caso Neymar

Por Estadão Conteúdo

 

A advogada e especialista em direito penal pela Escola Paulista de Direito (EPD), Clarissa Teixeira Höfling, explicou nesta quinta-feira que o possível caso de estupro entre Neymar e a modelo Nájila Trindade terá como um dos pontos principais identificar se a suposta agressão foi antes ou durante a relação sexual do casal. Na avaliação dela, decifrar essa questão será fundamental para entender qual crime pode ter sido cometido.

 

Segundo Clarissa, mesmo que o jogador da seleção brasileira possa ter batido na modelo, é importante entender em qual momento isso ocorreu. “Para configurar o crime de estupro, a violência ou a grave ameaça têm que ser um meio para obter o resultado final, que é o ato libidoso. A pessoa usa de violência ou grave ameaça para conseguir o sexo. Se tiver violência durante o sexo não é estupro, é agressão”, afirmou a especialista, sócia do Höfling Sociedade de Advogados. (mais…)

19
11

Partidos devem se ‘refazer’ junto com movimentos, diz FHC

Foto: JF DIORIO/ESTADÃO

Por Estadão Conteúdo

 

Os partidos de oposição devem se juntar aos movimentos sociais e “filtrar” as ações do próximo governo de olho no interesse do Brasil, declarou nesta segunda-feira (19) o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Em seu perfil no Twitter, o presidente de honra do PSDB disse ainda que “sentimentos contarão mais que partidos” e que as legendas precisam se “refazer” junto aos movimentos sociais.

 

“Hora de agir, pensando. Constituição na mão, oposições e sociedade filtrarão ação do Governo no interesse do Brasil. Sentimentos contarão mais que partidos. Estes devem refazer-se juntos com os movimentos”, escreveu FHC.

 

Ainda de acordo com o tucano, o movimento deve passar por “alianças novas, corrupção zero, emprego e decência.” “Criar futuro”, resumiu

12
02

Casos de dengue sobem 48% em janeiro em todo o país

1Por Paula Laboissière

Agência Brasil

De 3 a 23 de janeiro deste ano foram registrados 73.872 casos prováveis de dengue em todo o Brasil. No mesmo período do ano passado, o número de casos prováveis foi 49.857. Os números, divulgados hoje (12) pelo Ministério da Saúde, mostram um avanço de 48% nas infecções por dengue no país.

De acordo com o boletim epidemiológico, o Sudeste registrou o maior número de casos notificados (45.315 casos; 61,3% do total), seguido pelas regiões Centro-Oeste (10.372 casos; 14%), Nordeste (7.862 casos; 10,6%), Sul (6.889 casos; 9,3%) e Norte (3.434 casos; 4,6%). Ao todo, 5.777 casos suspeitos de dengue foram descartados. (mais…)

03
05

Barbosa diz que vai analisar recursos do mensalão na semana que vem

Débora Zampier

Agência Brasil

Brasília – O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, disse hoje (3) que ainda não analisou os primeiros recursos dos condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão. Na Costa Rica, onde participa de evento da Unesco, Barbosa disse que só deve ter contato com os embargos de declaração apresentados até ontem (2) pelas defesas a partir da próxima semana. (mais…)

05
03

Congresso adia para amanhã votação dos vetos dos royalties do petróleo

Por Iolando Lourenço

Agência Brasil

Brasília – O Congresso Nacional adiou para amanhã (6) a análise dos vetos da presidenta Dilma Rousseff ao projeto de lei que trata da nova distribuição dos royalties do petróleo. Inicialmente marcada para esta terça-feira (5), a votação foi cancelada porque apenas hoje o Executivo publicou no Diário Oficial da União duas justificativas de vetos que não haviam sido informadas ao Parlamento. (mais…)

21
02

Congresso começa a analisar sete medidas provisórias na próxima semana

Por Ivan Richard e Iolando Lourenço

Agência Brasil

Brasília – Sete medidas provisórias (MPs) editadas no final do ano passado e no início de 2013 começarão a ser analisadas a partir da próxima semana pelo Congresso Nacional. Hoje (21), foram instaladas as comissões mistas que farão a avaliação dos critérios legais e de mérito das propostas antes de serem levadas à apreciação do plenário da Câmara dos Deputados e, posteriormente, do Senado. (mais…)

29
10

Lúdio perde, mas sai vitorioso.

O vereador Lúdio Cabral (PT) não levou a eleição, mas ganhou forte conteúdo político e eleitoral. Os 90 dias desta campanha lhe valeram mais do que os oito anos de mandato como vereador de Cuiabá. Lúdio sai desse processo com sua liderança consolidada, com uma imagem forte e positiva. Uma liderança nova, carismática e pronta para alçar novos voos. (mais…)

Publicicade

Publicicade