Arquivo da Tag: "AÉCIO NEVES"
18
02

Primo de Aécio é acusado de violar uso de tornozeleira

Gerdan Wesley/PSDB/Divulgação

Por Estadão Conteúdo

 

 

O empresário Frederico Pacheco de Medeiros, primo do senador Aécio Neves (PSDB-MG), violou por duas vezes a área de circulação permitida pela tornozeleira eletrônica antes de retirá-la. “Fred” recebeu duas advertências da Secretaria de Administração Penitenciária de Minas Gerais (SEAP), órgão responsável por monitorar o uso do equipamento, em outubro e novembro do ano passado. No mês seguinte, o ministro Marco Aurélio, do Supremo Tribunal Federal (STF), liberou o empresário da tornozeleira.

 

Em maio do ano passado, durante a Operação Patmos, Frederico Pacheco foi preso por suspeita de envolvimento no pagamento de suposta propina de R$ 2 milhões do grupo J&F ao senador Aécio Neves. “Fred” foi gravado por executivos do grupo recebendo R$ 500 mil na sede da J&F em São Paulo. Em junho, o STF converteu a custódia em domiciliar com medidas cautelares, como a proibição de se comunicar com os demais investigados, proibição de se ausentar sem autorização judicial, entrega dos passaportes e o uso da tornozeleira. (mais…)

05
02

Aécio pede mais prazo em inquérito que tramita no Supremo

Gerdan Wesley/PSDB/Divulgação

Por Estadão Conteúdo

 

 

O senador Aécio Neves (PSDB-MG) pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) mais prazo para apresentar sua resposta em inquérito que o investiga pelos supostos crimes de corrupção passiva e obstrução de Justiça, instaurado em maio de 2017, com base na delação da JBS.

 

 

O pedido foi feito ao ministro Marco Aurélio de Mello, relator do inquérito na Corte. “Aécio Neves da Cunha, por seus advogados nos autos do Inquérito supramencionado, respeitosamente vem à presença de Vossa Excelência requerer a concessão de prazo em dobro para apresentação de Resposta, nos termos do art. 229 do CPC c.c. o art. 3º do CPP”, pede a defesa. (mais…)

22
11

Temer pede apoio a Aécio e recebe Pedro Parente no Planalto

Daniel Teixeira/Estadão

Por Estadão Conteúdo

 

Poucas horas antes da convenção do PSDB, o presidente Michel Temer recebeu no Palácio do Jaburu, residência oficial, o senador tucano Aécio Neves (MG), que é presidente licenciado do PSDB. Segundo interlocutores do presidente, ele fez um apelo pela reforma da Previdência e pediu apoio do tucano na reunião que ocorrerá ainda nesta quarta-feira, 22, na qual a legenda discutirá apoio à reforma da Previdência e o desembarque do governo Temer. O compromisso com Aécio não constava inicialmente na agenda oficial do presidente, mas a página com o encontro foi atualizada na internet .

 

Temer também tem reunião nesta manhã com o presidente da Petrobras, Pedro Parente. Conforme mostrou o jornal O Estado de S. Paulo nesta quarta, o anunciado desembarque do PSDB do governo Michel Temer após a convenção que o partido realizará no dia 9 de dezembro não vai abranger os tucanos em cargos de segundo e terceiro escalões.

(mais…)

09
11

Aécio afasta Tasso da presidência do PSDB e reassume cargo no partido

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Ivan Richard Esposito

Agência Brasil

 

Afastado da presidência do PSDB desde maio, quando foi acusado de pedir R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, dono do grupo JBS, em troca de favores, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) reassumiu o cargo hoje (9). O fato ocorre um dia após o presidente interino da legenda, senador Tasso Jereissati (CE), anunciar oficialmente a candidatura dele à presidência do partido. O PSDB é a terceira maior bancada do Senado, com 11 senadores, e a terceira maior da Câmara, com 46 deputados.

 

Em um comunicado enviado a Jereissati, Aécio afirma que retoma o posto para “garantir a desejável isonomia entre os postulantes” na disputa pela presidência do PSDB. No documento, o senador mineiro informou ainda que indicou o vice-governador de São Paulo, Alberto Goldman, mais antigo vice-presidente tucano para conduzir o processo eleitoral, marcado para o dia 9 de dezembro, quando ocorrerá a convenção nacional do partido. (mais…)

18
10

Após jantar com Temer, Dória diz que decisão sobre Aécio foi “serena e soberana”

Por Marcelo Brandão 
Agência Brasil

O prefeito de São Paulo, João Dória, jantou na noite desta terça-feira (17) com o presidente Michel Temer no Palácio do Jaburu. Ocorrida horas antes, a votação no Senado que determinou o retorno de Aécio Neves (PSDB-MG) às atividades na Casa foi um dos assuntos no jantar, segundo admitiu o prefeito. Para Dória, tratou-se de uma decisão “pró-Congresso”.

(mais…)

17
10

STF determina que votação sobre afastamento de Aécio Neves será aberta

Por Felipe Pontes

Agência Brasil

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou hoje (17), por meio de decisão liminar, que a votação sobre o afastamento do senador Aécio Neves (PSDB-MG) seja realizada de forma aberta e nominal pelo plenário do Senado.

 

(mais…)

11
10

STF deve decidir hoje se Congresso pode rever medidas contra parlamentares

1Por André Richter

Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve decidir hoje (11) se parlamentares podem ser afastados do mandato por meio decisões cautelares da Corte e se as medidas podem ser revistas pelo Congresso. A questão será discutida em uma ação protocolada pelo PP e pelo PSC, e o resultado do julgamento será decisivo na revisão da medida adotada pela Primeira Turma, que afastou o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato e determinou seu recolhimento noturno. A sessão está prevista para começar às 9h.

(mais…)

15
06

Senado tira carro e corta benefício de Aécio Neves

1

Por Estadão

O Senado decidiu nesta quarta-feira, 14, quase um mês após o Supremo Tribunal Federal determinar o afastamento de Aécio Neves (PSDB-MG), cortar verba indenizatória, recolher carro oficial e retirar o nome do tucano do painel eletrônico do plenário. O comunicado foi feito logo depois de o ministro Marco Aurélio Mello, relator do caso de Aécio no Supremo, dizer que a Casa estava descumprindo a decisão.

(mais…)

14
06

Em voto sobre Andrea Neves, Barroso diz que ‘modus operandi’ continuava

1O ministro do Supremo Tribunal Federal Luís Roberto Barroso ressaltou, na terça-feira, 13, em voto favorável à manutenção da prisão preventiva de Andrea Neves, irmã do senador Aécio Neves (PSDB-MG), que, mesmo depois do julgamento do Mensalão e após a deflagração da Lava Jato, o “modus operandi” da corrupção continuou o mesmo, “movido pela certeza de que os que dela se beneficiavam jamais seriam alcançados pela Justiça”. (mais…)

Publicicade

Publicicade