24
10

Presidente do Senado diz que vai acelerar tramitação do projeto de leniência

Após tomar café da manhã com o presidente do Banco Central, Ilan Goldfajn, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), declarou que vai acelerar a tramitação do projeto que regulamenta acordos de leniência no sistema financeiro do banco e a Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Segundo Oliveira, a matéria passará pela Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) e seguirá para análise do plenário em regime de urgência para ser aprovada em até 20 dias.

“Pedi pressa regimental ao presidente da CAE e darei pressa regimental para que, no mais tardar em 15 dias, no máximo em 15, 20 dias tenhamos essa matéria aprovada e sancionada para o bem da fiscalização do Brasil”, disse o presidente do Senado.

Ele defendeu que a proposta não passe por alterações no Senado, pois, caso contrário, teria que voltar para análise da Câmara dos Deputados.

Oliveira afirmou que Ilan Goldfajn demonstrou estar satisfeito com o texto e, portanto, considera que o projeto “adequado” da forma que está.

“Nós combinamos, e eles (Ilan e diretores do BC) ficaram profundamente satisfeitos, que eu mandaria, e já mandei o projeto, para a CAE, que é a comissão que trata desse assunto. Eu pedi ao senador Tasso Jereissati, que é o presidente da comissão, para dar o máximo de agilidade para que esse projeto seja votado na CAE, eu distribuí apenas para a CAE, e da CAE venha para o plenário, obviamente com pedido de urgência para que a gente possa aprovar no máximo em 15 dias, que foi o prazo que eles pediram”, declarou o peemedebista.

 

fonte: Estadão Conteudo

 

 

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Publicicade

Publicicade