24
03

Niuan credencia Wellington Fagundes como candidato da oposição

Por Jessica Bachega

HiperNotícias

 

O vice prefeito de Cuiabá e presidente municipal do PTB, Niuan Ribeiro, confirmou que o senador Wellington Fagundes  (PR) está com 95% de chances de ser o candidato ao Palácio Paiaguás no grupo da oposição ao atual Governo. O nome de Fagundes aparece com mais força, em uma possível aliança, porque o ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado, Antonio Joaquim, anunciou esta semana que não irá disputar nenhum cargo nessa eleição. O PTB realizou ato de filiação na manhã deste sábado (24) e a expectativa é que 300 novos militantes ingressassem na legenda com vistas ao pleito 2018.

 

as o PTB está muito próximo do Wellington Fagundes que colocou seu nome à disposição. Fazemos parte de um arco de aliança de oposição ao governador. Estamos muito próximos do Wellington e dos partidos de oposição. Acho que é 95% de chance da gente caminhar junto, mas isso será definido nas convenções”, ressalta o presidente do partido no Município.

 

Niuan justifica que irá abrir mão da vice prefeitura para concorrer a uma vaga no Legislativo estadual, porque acredita que terá um trabalho mais abrangente pelo Estado. “Quero que a juventude acredite que a política é a ferramenta de transformação. Vamos nos empenhar para ter o novo na nova política que planejamos”, pondera.

 

“Tenho certeza que o PTB terá nomes fortes  para concorrer a cadeiras na Assembleia Legislativa, ao Senado e ao Congresso Nacional”, frisou o vice prefeito, citando o nome de Antero Paes de Barros, que deve se filiar em breve e também concorrer a uma vaga na AL.

 

O evento contou com a presença de diversas lideranças partidárias, como Jayme Campos (DEM), Neurilan Fraga (PSD), Carlos Fávaro (PSD), Osvaldo Sobrinho (PSDB), Nilson Leitão (PSDB) e Wellington Fagundes (PR). Leitão reforçou que marcou presença no evento por gratidão ao partido, que sempre caminhou ao seu lado. Citou como exemplo o período que passou como prefeito de Sinop e teve o PTB como aliado. O tucano reforçou que ali participava o deputado Nilson Leitão e não o PSDB.

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Publicicade

Publicicade