04
06

MT: Corte na máquina é certo

1Por Ulisses Lalio

A Gazeta

O Secretário de gestão do Estado de Mato Grosso, Júlio Modesto, disse que o governador Pedro Taques (PSDB) receberá a proposta de reforma administrativa hoje. A proposta que visa cortar 25% de gastos com custeio da máquina pública irá passar por fusão de secretarias e demissões de servidores em cargo de comissão. Atualmente o Executivo gasta R$ 5 milhões por mês com o pagamento dos 1500 servidores exclusivamente comissionados.

 

LEIA A MATÉRIA NA PINTEGRA AQUI.

 

 

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Publicicade

Publicicade