14
06

Líderes políticos participam de manifestações

Por Estelita Hass Carazzai e Felipe Bächtold 

 

CURITIBA, PR, E PORTO ALEGRE, RS, (Folhapress) – Líderes políticos participam na manhã de hoje das manifestações promovidas por ruralistas em ao menos sete Estados.

Em Mato Grosso do Sul, principal foco dos conflitos entre produtores rurais e indígenas, cerca de 4.000 pessoas estão às margens da BR-163, em Nova Alvorada do Sul, num ato que reúne a senadora Kátia Abreu (PSD-TO) e o deputado federal Ronaldo Caiado (DEM-GO) e é organizado pela Famasul (Federação de Agricultura e Pecuária do Estado). 

O grupo não chegou a bloquear a estrada. Estão sendo distribuídos panfletos e um envelope com sementes aos motoristas, para “representar a vida”, segundo os manifestantes.

Outras 3.000 pessoas também protestam em Guaíra (PR), na fronteira com o Paraguai. Adesivos com os dizeres “Verdade, alimento e união: base de uma nação” e “Confisco, não. Fora Funai” estão sendo distribuídos aos motoristas que seguem em direção à ponte Ayrton Senna, que liga o Paraná ao Mato Grosso do Sul.

Pelo menos três deputados participam do ato: os federais Dilceu Sperafico (PP-PR) e Osmar Serraglio (PMDB-PR) e o deputado estadual Elio Rusch (DEM-PR).

 

Outras manifestações

A BR-101, principal ligação do Rio Grande do Sul com o resto do país, foi fechada pela manhã por agricultores na cidade de Maquiné (a 132 km de Porto Alegre). O local da manifestação fica próximo a uma área já demarcada como território quilombola e onde deve haver a retirada de fazendeiros.

A situação é tensa na cidade de Mato Castelhano (norte gaúcho). Produtores rurais bloqueiam a BR-285 no município em um ponto que fica a 1 km de um acampamento indígena. Os índios da região fecharam a mesma estrada por dois dias na semana passada.

Hoje, os agricultores levaram tratores e máquinas agrícolas para o local e promovem uma panfletagem.

Em Santa Catarina, uma manifestação em uma rodovia estadual ocorre na cidade de Abelardo Luz (oeste do Estado), que concentra comunidades indígenas.

Também há bloqueio de uma rodovia federal, segundo os organizadores, em Roraima, Estado onde fica a terra indígena Raposa/Serra do Sol, símbolo dos conflitos entre índios e agricultores no país.

Em Mato Grosso, os agricultores promovem uma manifestação nas margens da BR-364 em Cuiabá. Com placas e um carro de som, os manifestantes distribuem panfletos. O trânsito não foi fechado.

Na Bahia, a manifestação ocorre na BR-101, em Itamaraju, no sul do Estado. Cerca de 600 pessoas, segundo os organizadores, estão na estrada distribuindo panfletos, o que provoca retenções no tráfego.

A região tem um dos principais impasses envolvendo demarcações de terras indígenas no país, com invasões promovidas por índios tupinambás e pataxós e represálias de fazendeiros.

 

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Publicicade

Publicicade