12
03

Estado consegue adiar pagamento de parcela da dívida com Bank Of America

O Governo de Mato Grosso conseguiu adiar o pagamento da parcela da dívida dolarizada ao Bank of America que venceria nesta segunda-feira (11). Conforme a assessoria de imprensa da Secretaria Estadual de Fazenda, há uma tentativa para que o valor seja repassado somente no mês de setembro. Caso esse aval não chegue, o montante deve ser pago daqui a 15 dias.

 

O Executivo está fazendo um provisionamento de caixa se porventura tiver que desembolsar o recurso relativo à parcela ainda este mês.  A assessoria não soube informar quanto já existiria reservado para esta finalidade. Para honrar a parcela o estado precisa de aproximadamente R$ 140 milhões.

 

Uma nova parcela deve ser paga em setembro. No entanto, a expectativa é que até lá Mato Grosso já tenha conseguido “vender” a dívida dolarizada ao Banco Mundial. Caso isso ocorra, a estimativa é que o estado tenha uma economia de R$ 200 milhões em caixa.

 

A dívida de U$ 479 milhões foi contratada pelo ex-governador Silval Barbosa, em 2012, para negociar parte da pendência de R$ 5 bilhões que o Estado tinha com a União, por meio da Secretaria do Tesouro Nacional (STN). A dívida dolarizada começou a ser paga durante o Governo Pedro Taques (PSDB), que parcelou os U$ 479 milhões em 20 vezes, durante 10 anos.

 

Se o Banco Mundial aceitar a negociação, a dívida se alonga por mais 20 anos, seguindo até 2039. Porém, Mato Grosso deixaria de desembolsar US$70 milhões por ano para pagar US$ 12 milhões anualmente, o que daria fôlego ao caixa, permitindo ao Estado honrar com seus compromissos, como por exemplo, pagar os salários do funcionalismo público.

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Publicicade

Publicicade