27
04

“Algumas empresas também quebram por fracasso”, diz Taques

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB) rebateu as críticas do ex-prefeito e ex-aliado, Mauro Mendes (DEM) sobre seu governo. Durante jantar com prefeitos do PSDB, realizado no Hotel Paiaguás na noite desta quinta-feira (26), o governador afirmou que “algumas empresas também quebram por fracasso”.

 

A declaração é uma resposta às críticas do empresário, que assinou o manifesto contra a reeleição do governador neste pleito. No documento, assinado por 31 ex-aliados, aponta falta de capacidade de gestão do governador, além do caos na saúde e promessas não cumpridas pelo Executivo Estadual.

 

Sobre o documento, o governador afirmou ser um direito constitucional o direito de se manifestar. “A Constituição garante o direito de manifestação verbal e escrito, isso faz parte da democracia”, resumiu o governador ao chegar no jantar com prefeitos tucanos e a Executiva Estadual do partido.

 

Em evento nessa quinta (26), o ex-prefeito disse ter se sentido “muito confortável” ao assinar o manifesto e desafiou o governador a provar que a carta é “mentirosa”. Ainda de acordo com Mendes, o governador insiste em falar em crise, quando de acordo com Mauro Mendes, terminou em 2017.

 

O ex-prefeito é cotado para ser candidato ao Governo do Estado, porém não definiu ainda se irá disputar em razão do processo de recuperação judicial de sua empesa, a Bimetal. Após ele ter assumido a prefeitura, a empresa entrou em crise. Para se disponibilizar para o pleito, Mendes pretende primeiro resolver a situação empresarial.

 

Em resposta às pressões dos correligionários e da imprensa, Mendes afirmou não estar ligado “umbilicalmente” a ninguém e deixou os aliados livres para articularem outras candidaturas.

 

“Para tomar essa decisão, preciso levar em conta alguns fatores. Estou conversando com a minha família, dentro da minha vida pessoal e profissional. Conversando com membros dos partidos políticos para entender bem o cenário. Aí, vou ver se terei condições de dar essa contribuição”, concluiu o ex-prefeito.

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Publicicade

Publicicade