22
02

Ministério propõe vacinar toda população contra febre amarela até o fim do ano

ReproduçãoPor Estadão Conteúdo

 

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, propôs nesta quinta-feira, 22, a representantes de secretários estaduais e municipais de saúde vacinar toda a população brasileira contra febre amarela até o fim do ano. A área de recomendação de vacina contra a doença tem se expandido ao longo dos últimos anos, numa resposta à expansão da circulação do vírus que provoca a doença.

 

Atualmente, cerca de 20 milhões de pessoas no Nordeste e 10 milhões no Sudeste vivem em áreas onde não há recomendação de vacina.

 

Na avaliação de Barros, seria possível atender a essa demanda ainda neste ano. Isso porque a Fiocruz deverá entregar este ano 48 milhões de doses.

 

(mais…)

22
02

Maggi diz que comunicará decisão sobre futuro eleitoral no dia 26

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, disse nesta quinta-feira, 22, ao Broadcast Agro (serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado) que na segunda-feira, 26 anunciará oficialmente a decisão sobre seu futuro eleitoral. Ele dará entrevista coletiva em Cuiabá (MT).

 

Segundo o ministro, a decisão de não se candidatar à reeleição ao Senado ou a qualquer cargo público em 2018 e a eventual permanência no cargo até o final do mandato não serão assunto da reunião que terá nesta quinta, às 15h30, com o presidente Michel Temer (MDB), no Palácio do Planalto. “Tenho várias pautas que discutir com ele (Temer)”, afirmou.

 

(mais…)

22
02

Lava Jato diz que diretor do DER recebeu propina para aumentar pedágio no Paraná

Rovena Rosa/Arquivo/Agência Brasil

Por Pedro Peduzzi

Agência Brasil

 

A 48ª fase da Operação da Lava Jato, batizada de Integração, deflagrada nesta quinta-feira  (22), tem, entre os seis presos, o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem no Paraná (DER/PR), Nelson Leal. As suspeitas são de que o diretor tenha recebido propina da concessionária Econorte, do grupo Triunfo, para aprovar aditivos que resultaram no aumento da tarifa de pedágio cobrada na rodovia que constitui o chamado Anel de Integração.

 

Segundo os investigadores, Nelson Leal adquiriu “de forma oculta” um apartamento de luxo em Balneário Camboriú, em Santa Catarina, no valor de R$ 2,5 milhões. Deste total, “aproximadamente R$ 500 mil foram pagos em espécie ou com recursos cuja origem não foi identificada nas contas do investigado”, informou o procurador Diogo Castor de Mattos, do Ministério Público no Paraná. Leal teria sido beneficiado também com o pagamento do aluguel de um iate de luxo.

 

(mais…)

22
02

Maia volta a defender redução de ministérios em lugar de criação de impostos

Antonio Cruz/Agência Brasil

Por Débora Brito

Agência Brasil

 

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reafirmou hoje (21) que defende a redução do número de ministérios em vez do aumento ou criação de impostos para gerar receita orçamentária. Depois de se reunir com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, para tratar do projeto de lei que estabelece um teto para os supersalários, Maia defendeu a retomada de uma pauta de contenção dos gastos obrigatórios do governo.

 

“Em tese, se o governo quer criar impostos, eu prefiro discutir o lado das despesas. É por isso que eu fiz, de forma simbólica, aquela frase ontem [quarta-feira], mas eu acho que de fato a gente tem que discutir despesas. O brasileiro não quer pagar impostos”, disse.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade

22
02

Vereador Luis Cláudio quer impedir aulas de ‘ideologia de gênero’ em escolas de Cuiabá

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O vereador por Cuiabá, Luis Claudio (PP), apresentou um projeto de lei na Câmara de Vereadores para proibir a inclusão da matéria ‘ideologia de gênero’ na grade curricular das escolas municipais da Capital. De acordo com Luis Claudio, outros municípios aprovaram lei no sentido de proibirem as escolas de apresentarem o tema, dado como complexo, aos alunos.

 

Segundo o parlamentar, em 2014 o Congresso Nacional aprovou o Plano Nacional de Educação (PNE), no qual estava incluído na grade curricular as aulas de gênero. Após intensa discussão e falta de consenso, o assunto foi retirado do texto e repassada a atribuição de incluir ou não na grade curricular aos Estados e Municípios.

 

(mais…)

22
02

Clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações pelo Facebook

Arquivo/Agência Brasil

Por Kelly Oliveira e Ludmilla Souza

Agência Brasil

 

Os clientes do Banco do Brasil poderão fazer transações bancárias diretamente pelo Messenger, aplicativo de mensagens instantâneas do Facebook, sem precisar utilizar o serviço de internet banking ou o aplicativo do banco.

 

Segundo o banco, a troca de informações nas interações com os clientes são criptografadas de ponta a ponta.

 

“Queremos estar em todos os lugares em que o cliente gosta de estar, seja no aplicativo ou na rede social. As pesquisas mostram que o brasileiro aprecia muito as redes sociais”, disse hoje (22) o diretor de tecnologia do Banco do Brasil, Gustavo Fosse.

 

(mais…)

22
02

Temer participa de reunião do Conselho Militar de Defesa em Brasília

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Yara Aquino

Agência Brasil

 

O Conselho Militar de Defesa está reunido nesta manhã (22), no Ministério da Defesa, com a presença do presidente Michel Temer. O encontro ocorre dias após o presidente decretar intervenção federal na segurança pública do Rio de Janeiro.

 

Na reunião serão discutidos assuntos como o orçamento das Forças Armadas em 2018, projetos estratégicos, base industrial de defesa e nova governança para o programa espacial brasileiro, de acordo com o Ministério da Defesa. Também será apresentado um balanço das ações de Defesa em 2017 e perspectivas para este ano.

 

(mais…)

22
02

Desistência de Blairo Maggi faz Mauro Mendes reavaliar filiação partidária

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (sem partido), afirmou que poderá reavaliar sua filiação partidária após a desistência do ministro da Agricultura, Blairo Maggi (PP), de disputar o Senado Federal. Embora Maggi ainda não tenha anunciado oficialmente sua desistência, nos bastidores a informação é de que ele já comunicou o presidente Michel Temer que permanece no Ministério da Agricultura até o final do mandato do emedebista. O Democratas e aliados do ex-gestor já davam como certa a filiação de Mendes ao DEM, onde já estão os deputados federais Adilton Sachetti e Fábio Garcia.

 

“Isso muda um pouco agora [filiação], com essa saída do Blairo. Vamos fazer algumas análises em conjunto e a partir daí ter uma definição se eu vou ter condições também para me colocar à disposição do processo eleitoral de 2018”, afirmou Mendes, em entrevista à Rádio Capital FM, na manhã desta quinta-feira (22). Mendes também conversava sobre filiação ao PP, partido de Maggi.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

22
02

Candidatura Temer enfrenta resistência no próprio MDB

REUTERS/Ueslei Marcelino

Por Estadão Conteúdo

 

A possível candidatura do presidente Michel Temer a um segundo mandato enfrenta resistências não apenas em partidos da base aliada do governo, mas no próprio MDB. Defendida nos bastidores por ministros que ocupam gabinetes no Palácio do Planalto, a estratégia para lançar Temer ganhou os holofotes depois que o governo anunciou a intervenção na segurança pública do Rio.

 

Em reunião da Executiva Nacional do MDB nesta quarta-feira, 21, o ministro da Secretaria de Governo, Carlos Marun, fez uma defesa enfática da candidatura de Temer. A portas fechadas, Marun declarou que o presidente tem “todas as chances” de ganhar. “Eu disse que precisamos nos preparar para isso”, afirmou o ministro. Ele disse ter conversado sobre o assunto com Temer, na segunda-feira. “A posição dele, hoje, é a de não disputar. Agora, quando os adversários se preocupam com isso, significa que estamos no caminho certo.”

 

(mais…)

22
02

Eleições motivam críticas de Maia e Eunício ao Planalto

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

O confronto aberto pelos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), com o presidente Michel Temer – por causa do “plano B” do governo no Congresso, após o fiasco da reforma da Previdência – tem como pano de fundo as eleições. Os dois estão em busca de protagonismo na cena política e não querem parecer que são “pautados” por uma gestão impopular.

 

A reação começou após o decreto de intervenção federal no Rio. Maia e Eunício avaliam que Temer passou por cima do Legislativo ao tentar puxar para o governo a pauta da segurança pública. O clima piorou com o anúncio, feito pelo Palácio do Planalto, de uma “agenda alternativa” com 15 projetos econômicos, para compensar o enterro das mudanças nas regras da aposentadoria.

 

(mais…)