22
05

Joice volta a criticar articulação política e diz que algumas MPs estão em risco

Por Estadão Conteúdo

 

A líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), voltou a criticar a articulação política da atual gestão na manhã desta quarta-feira, 22. “Temos uma pilha de MPs (no Congresso) porque houve essa troca de caneladas nas últimas semanas e não conseguimos avançar com as medidas provisórias”, disse. Joice falou com a imprensa após participar de reunião com o presidente Jair Bolsonaro e a bancada de parlamentares do Nordeste, no Palácio do Planalto.

 

Ela falou que “algumas MPs estão em risco” e confirmou que o governo vai pedir a revogação da medida provisória 866, que trata da criação da empresa de navegação NAV Brasil. Nesta terça-feira, 21, ela afirmou que a decisão seria tomada caso a matéria atrapalhasse a votação de outra MP, a 870, que organizou os ministérios do atual governo. “É o preço muitas vezes que se paga pela falta de tato ao lidar com pessoas dentro do Congresso.” (mais…)

22
05

Ciência cria primeiro ser 100% editado e sintético

Por Estadão Conteúdo

 

Cientistas conseguiram reconstruir e sintetizar, pela primeira vez, todo o DNA de um organismo vivo em laboratório. Trata-se da bactéria Escherichia coli, que habita o intestino humano, e ganhou um novo “design” genético. O estudo, realizado por pesquisadores do Laboratório de Biologia Molecular, no Reino Unido, é mais um passo no campo da biologia sintética e pode dar pistas para avanços que vão desde tratamentos de doenças genéticas até ações de combate à poluição.

 

O DNA funciona como um “manual” que orienta a sintetização de proteínas pelos organismos vivo. É, portanto, o material genético que comanda todas as funções das células e seu crescimento. Em vez de apenas copiar esse manual e seguir as ordens tal como apareciam para produzir uma versão idêntica da bactéria Escherichia coli, os cientistas editaram o DNA, suprimindo partes consideradas redundantes. (mais…)

22
05

Anac é contrária à mudança de norma sobre arma em voos

Por Estadão Conteúdo

 

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) se posicionaram de forma contrária à mudança nas regras relativas ao embarque de pessoas armadas nos aviões.

 

De acordo com o decreto, passa a ser de responsabilidade dos Ministérios da Defesa e da Justiça estabelecer as normas de segurança para controlar o embarque de passageiros armados – o que pode resultar em novas normas e permissões para o porte de armas nos voos. Hoje, a atribuição é da Anac. (mais…)

22
05

Maia diz que não aceitará ataques do Executivo contra Legislativo

Por Estadão Conteúdo

 

Após ter rompido publicamente com o líder do governo na Câmara, major Vitor Hugo (PSL-GO), por críticas que teriam sido feitas por ele ao Congresso, o presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que não irá mais aceitar um tratamento desrespeitoso por parte de representantes do governo em relação ao Legislativo. Maia evitou responsabilizar o presidente Jair Bolsonaro pelo comportamento, mas disse que ele dá “sinais trocados”.

 

Sobre o episódio com o líder do governo, Maia afirmou não ter ficado “zangado com ninguém”, mas voltou a dizer que uma charge compartilhada por Vitor Hugo há cerca de dois meses no grupo de Whatsapp do PSL, atacou a Câmara institucionalmente e foi “desrespeitosa”. A mensagem associava a negociação do governo com o Congresso a sacos de dinheiro. Maia teve acesso à sátira. (mais…)

Publicicade

Publicicade

21
05

Ex-presidente do PSDB, Eduardo Azeredo se desfilia do partido

Por Estadão Conteúdo

 

O ex-governador de Minas Gerais, Eduardo Azeredo, pediu desfiliação do PSDB alegando motivos pessoais para a saída do partido do qual foi presidente nacional de 2005 a 2007.

 

O agora ex-tucano foi condenado no ano passado a 20 anos e um mês de prisão por envolvimento no esquema que ficou conhecido como mensalão mineiro. Ele iniciou o cumprimento da pena em 23 de maio de 2018 em um batalhão do Corpo de Bombeiros na zona sul de Belo Horizonte. (mais…)

21
05

TCE mantém Plano de Demissão Voluntária da MTI e processos serão retomados

O Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE) decidiu, durante julgamento nesta terça-feira (21), manter o Plano de Demissão Voluntária (PDV) dos empregados públicos da Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI). Com isso, todos os processos que estavam suspensos serão retomados.

 

Em julgamento do pleno do TCE, a maioria dos conselheiros decidiu não homologar a decisão singular da conselheira interina Jaqueline Jacobsen, que havia suspendido o PDV. Na ocasião da decisão, 176 empregados haviam aderido ao plano de demissão e 68 já haviam saído da empresa nos meses de janeiro, fevereiro e março deste ano.

 

No recurso de agravo, a MTI apontou inúmeros benefícios financeiros ao adotar o PDV e a importância de considerar a vantajosidade do plano de incentivo à demissão, em detrimento de eventuais demissões sem justa causa. Segundo o estudo apresentado pela MTI referente aos 176 empregados que haviam aderido ao plano, o PDV custaria em torno de R$ 107 milhões, de 2019 a 2022, enquanto as demissões imediatas totalizariam R$ 118 milhões. (mais…)

21
05

Sebastião Monteiro nomeado por Bolsonaro para o TRE-MT

O presidente Jair Bolsonaro resolveu nomear para o cargo de juiz titular do Tribunal Regional Eleitoral o advogado Sebastião Monteiro da Costa Júnior. O ato foi publicado no Diário Oficial da União desta segunda-feira (20). Monteiro encabeçava a lista tríplice feita pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso juntamente com Ulisses Rabaneda, que tentava a recondução ao cargo. Ambos receberam 22 votos. O terceiro colocado da lista, com 14 pontos, era Darlã Martins Vargas.

 

Monteiro assumirá a vaga deixada por Rabaneda e poderá permanecer nela por dois anos, disputando a condição de ser reconduzido ao posto por mais um biênio. Nos bastidores, a informação que se tem é que Monteiro recebeu apoio para sua indicação da senadora Selma Arruda (PSL) e do deputado federal José Medeiros (Pode), que atua como vice-líder de Bolsonaro na Câmara Federal. Todo o restante da bancada federal seria favorável à recondução de Rabaneda.  (mais…)

21
05

Silval Barbosa passa ao regime semiaberto

O ex-governador Silval Barbosa deixou a prisão domiciliar para passar a cumprir pena sob regime semiaberto. A mudança foi sacramentada durante admonitória de progressão de regime, realizada nesta terça-feira (21). Ao todo o ex-gestor deverá cumprir dois anos e seis meses de regime semiaberto.

 

A partir de agora, Barbosa deverá estar recolhido das 22 às 6 horas todos os dias da semana e feriados. O ex-governador também passa a ser monitorado por tornozeleira eletrônica. Além disso, terá que comparecer mensalmente seja no Ganha Tempo do Centro de Cuiabá ou na Fundação Nova Chance, a partir de 1º de junho, para assinar o termo de comparecimento; comprovar o trabalho do mês e para que a tornozeleira eletrônica seja fiscalizada. (mais…)

21
05

Novo bloqueio deve ser inferior a R$ 5 bi

Por Estadão Conteúdo

 

Após os cortes no Orçamento da Educação terem levado a população às ruas e diante do risco de um apagão na máquina pública, a equipe econômica avalia meios de blindar ministérios dos efeitos do novo bloqueio nas despesas. Por essa razão, o contingenciamento a ser anunciado nesta semana deve ficar abaixo de R$ 5 bilhões, segundo apurou o Estadão/Broadcast. O valor é menor que as projeções iniciais feitas pela área econômica, mas ainda assim tem potencial de agravar a situação já delicada enfrentada pelos órgãos públicos.

 

Existe a possibilidade de o corte ficar ao redor dos R$ 3 bilhões, mas os cálculos finais ainda estão sendo feitos. O valor do novo contingenciamento precisa ser anunciado nesta quarta-feira (22) pelo Ministério da Economia, mas o detalhamento da distribuição do bloqueio entre as pastas só deve ser informado na semana seguinte. (mais…)

21
05

OCDE reduz projeções para PIB do Brasil de 2019 para 1,4% e de 2020 para 2,3%

Por Estadão Conteúdo

 

A Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) reduziu suas expectativas para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil deste e do próximo ano. De acordo com o relatório Perspectiva Econômica da OCDE divulgado nesta terça-feira (21) a expansão da atividade brasileira em 2019 será de 1,4%, no lugar da de 1,9% prevista em março. No caso de 2020, a previsão baixou de 2,4% para 2,3%.

 

“Uma recuperação gradual deve continuar no Brasil”, avaliou a entidade no documento. “A inflação baixa e a melhora dos mercados de trabalho fornecem apoio ao consumo privado e implementação bem-sucedida das reformas, particularmente a reforma da Previdência, ajudaria a reduzir a incerteza e a aumentar o investimento.” (mais…)