10
01

Secid forma conselho especial para elaboração de edital para escolha de empresa

Por Jessica Bachega

Hipernotícias

 

Membros da Secretaria de Estado de Cidades (Secid) irão compor uma comissão especial para elaboração do edital para escolha da empresa responsável pela conclusão das obras do Veículo Leve Sobre Trilhos (VLT) em Cuiabá e Várzea Grande.

 

A portaria que determina a formação da comissão foi assinada pelo secretário de Cidades, Wilson Santos, Secretário Controlador-Geral do Estado Ciro Rodolpho Gonçalves e pelo Procurador Geral do Estado em Substituição Legal Francisco de Assis da Silva Lopes no dia cinco de janeiro e publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) que circulou nesta quarta-feira (10).

 

A portaria determina que façam parte da comissão os servidores da Secid José Picolli Neto, Rafael Detoni e Luiz Tércio Okamura de Almeida. O grupo tem o prazo de 60 dias para a elaboração do edital que deve ser lançado ainda em março deste ano.

 

Após a deflagração da Operação Descarrilho, no ano passado, o contrato com o Corsórcio VLT Cuiabá – Várzea Grande, responsável pela obra, foi rompido devido à investigação ter apontado recebimento de propina por parte dos empresários. A denúncia foi feita pelo ex-governador Silval Barbosa (sem partido) em sua delação premiada firmada junto ao Ministério Público Federal (MPF). Na delação Silval confirma o pagamento indevido.

 

O método adotado pelo governo para o andamento da obra é o  Regime Diferenciado de Contratação (RDC) e  a operação do VLT será realizada via Parceria Público Privada (PPP).

 

Até o momento já foram investidos R$ 1 bilhão na obra dos R$ 1,4 bilhão tomados por empréstimo junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Publicicade

Publicicade