25
11

Ajuste fiscal: sem enfrentamento não vai

O novo presidente da Associação Mato-grossense de Magistrados (Amam), juiz Tiago de Abreu, não apenas defendeu o aumento salarial de 16,38% aos magistrados (decorrente do efeito cascata do reajuste concedido pelo Congresso aos ministros do Supremo), como quer a contratação de mais servidores para o Judiciário mato-grossense, além de cobrar com rigor o repasse de R$ 350 milhões de duodécimos atrasados. O governador eleito Mauro Mendes (DEM) vai enfrentar forte oposição às suas pretensões de ajustar a máquina pública.

 

Comentários

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Publicicade

Publicicade