Arquivo do Autor michely
21
01

Seguindo os passos de Kataguiri

O deputado eleito Ulysses Moraes (DC) entrou com mandado de segurança, que visa tornar aberta a votação para a escolha do novo presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Moraes seguiu os passos do amigo Kim Kataguiri (DEM-SP), eleito deputado federal.

O democrata recorreu ao Supremo Tribunal Federal na intenção de expor como votarão os parlamentares para a escolha do novo presidente da Câmara Federal. No entanto, Kataguiri não obteve sucesso na sua empreitada. (mais…)

21
01

Fux rejeita recurso e mantém votação secreta para a presidência da Câmara

Por Estadão Conteúdo

 

O vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, decidiu manter a decisão do presidente da Corte, ministro Dias Toffoli, que determinou que seja secreta a eleição que definirá a nova presidência da Câmara dos Deputados, em 1º de fevereiro. Fux analisou um recurso do deputado federal eleito Kim Kataguiri (DEM-SP), que acionou a Corte para que a votação seja aberta, mas teve o pedido negado por Toffoli no último dia 9. (mais…)

21
01

Prefeitura de Cuiabá mantém calendário de pagamento dos servidores em 2019

Por Assessoria

 

A Prefeitura Municipal de Cuiabá mantém o calendário de pagamento realizado nos dois primeiros anos de gestão conforme publicado no Diário Oficial desta segunda-feira (21) referente ao exercício de 2019. A folha em dias reafirma o compromisso do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) com o servidor em manter os salários atualizados. (mais…)

21
01

AL pode apreciar decreto de calamidade financeira nesta quarta

A Assembleia Legislativa deve apreciar nesta quarta-feira (23) o decreto de calamidade financeira, encaminhado pelo Governo de Mato Grosso, na última quinta-feira. A iniciativa foi tomada como mais uma ferramenta para contornar o momento de crise vivenciado pelo estado.

 

Também podem entrar em pauta os demais projetos apresentados pelo Executivo, como a reforma administrativa, o novo Fethab e a criação de uma Lei de Responsabilidade Fiscal estadual. Na última semana a Assembleia Legislativa limpou a pauta de vetos e aprovou em primeira votação o novo Fethab, que poderá render R$ 1,5 bilhão somente este ano para Mato Grosso, e também as condicionantes para a concessão da Revisão Geral Anual (RGA) aos servidores públicos.

 

De acordo com a proposta, a RGA só será paga quando houver condição financeira para tal. A movimentação causou protesto do funcionalismo público, que ameaça greve.

21
01

Botelho prevê normalização dos salários em 6 meses

Karen Malagoli/ALMT

Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), o Governo de Mato Grosso deve conseguir regularizar o pagamento dos salários do funcionalismo público em um prazo de 6 meses. A declaração foi dada em entrevista à Rádio Centro América na manhã desta segunda-feira (21).

 

O democrata ponderou que o Executivo toma as medidas necessárias para que a situação seja normalizada e os servidores públicos não pereçam mais diante do quadro de dificuldade financeira pelo qual passa Mato Grosso.

 

O estado vem escalonando os salários desde o governo passado, situação que afeta a economia mato-grossense de modo geral.

21
01

Deputado novato vai à justiça para garantir voto aberto para escolha da mesa diretora da AL

O deputado eleito Ulysses Moraes (DC) ingressou com um mandado de segurança (1000373-70.2019.8.11.0000) no Tribunal de Justiça a fim de impedir que a eleição para a escolha da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa, a ser realizada no dia 1º de fevereiro, logo após a posse da 19ª legislatura, ocorra com voto secreto. Caberá a desembargadora Helena Maria Bezerra Ramos apreciar o pedido.

 

“A mesa diretora representa a imagem da assembleia que deve representar o povo. As eleições trouxeram uma renovação de mais de 50% do parlamento, e o povo disse não aos velhos hábitos e a muitos daqueles que representavam um modelo arcaico de política. Escuto o clamor das ruas, ouço os gritos da mudança e ainda que eu tenha que nadar em águas turbulentas, pautarei sempre pelas razões que me trouxeram até aqui. Diante desta máxima, ingresso com a presente ação e desafio os colegas a declararem seus votos e mostrarem que este parlamento não será somente novo de pessoas e sim de atitudes”, diz Moraes em publicação feita em sua página do Facebook na tarde desta segunda-feira (21).

 

(mais…)

21
01

Valor Econômico traz MT entre estados que beiram colapso

Matéria produzida pelo site Valor Econômico insere Mato Grosso na lista dos estados que beiram o colapso em função de dívidas herdadas de gestões passadas e também pelo déficit no orçamento de 2019. Além de Mato Grosso, estão em situação preocupante os estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Goiás. Até o momento, apenas Goiás não decretou estado de calamidade financeira. Os seis estado iniciam o ano com um rombo total de R$ 74,1 bilhões, sendo que deste montante R$ 4 bilhões são referentes apenas a Mato Grosso. (mais…)

21
01

Novo presidente do Detran-MT mira no combate à inadimplência

Escolhido na última semana pelo governador Mauro Mendes (DEM) para assumir o comando do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso (Detran), o engenheiro civil Gustavo Reus Lobo de Vasconcellos coloca como metas o combate à inadimplência, a redução do tempo de espera para resolução de processos e a implementação de ações que visam facilitar o acesso do cidadão aos serviços prestados pela autarquia.

 

“Hoje existe uma grande dificuldade do usuário em conseguir resolver suas pendências no Detran. Temos que informatizar ao máximo e arrecadar mais, mas não cobrando mais caro, e sim cobrando de forma eficaz. Muitos desistem de procurar os serviços pela burocracia existente. Temos que dar agilidade ao usuário”, afirmou. (mais…)

17
01

Adilson Levante assume vaga de Gilberto Figueiredo

Por Assessoria

 

O suplente de vereador Adilson da Levante (PSB) tomou posse nesta quarta-feira (16) na Câmara de Cuiabá. O socialista assume a vaga do vereador Gilberto Figueiredo (PSB), que se licenciou para assumir o comando da Secretaria Estadual de Saúde.

 

“Espero, com essa nova oportunidade corrigir alguns erros que tivemos no passado, e lutar com mais garra ainda para melhorar essa cidade tão amada por todos nós”, disse Levante.

(mais…)

17
01

Grupo terá até fim de março para renegociação de contratos estaduais

Sefaz é uma das integrantes do grupo de renegociação

O decreto de calamidade financeira, anunciado pelo Governo de Mato Grosso e ainda pendente de aprovação na Assembleia Legislativa, determina a reavaliação das licitações em curso e dos contratos em vigor no Executivo estadual. Para isso, foi criado um grupo de Apoio Técnico de Renegociação de Contratos que terá até o dia 31 de março para finalizar os trabalhos. Integram esse grupo a Secretaria Estadual de Fazenda, a Controladoria Geral do Estado e a Secretaria Estadual de Gestão. Além disso, no prazo de 180 dias, fica autorizada quebra da ordem cronológica de pagamento por razão de interesse público, isto é, a não quitação de restos a pagar. Esse montante hoje totaliza R$ 3,9 bilhões. (mais…)

Publicicade

Publicicade