Arquivo do Autor michely
06
07

Taques minimiza baixo desempenho e diz que Alckmin é o mais preparado

O governador Pedro Taques (PSDB) minimizou o resultado apresentado pela pesquisa Ibope, divulgada no último dia 28, que mostra o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) com 6% das intenções de voto, ficando atrás de Lula (PT), Jair Bolsonaro (PSL), Marina Silva (Rede) e Ciro Gomes (PSB) na disputa pelo Palácio do Planalto. Para Taques, a campanha ainda não começou e o desempenho do tucano só poderá ser medido depois do dia 7 de setembro.

 

Foto: Alan Cosme/ Hipernotícias

“A eleição vai começar depois da parada, em 7 de setembro”, disse sem comentar se a desenvoltura de Alckmin poderia prejudicar de alguma maneira sua candidatura à reeleição.

 

Embora a candidatura do tucano não empolgue, Taques considera ser Alckmin o nome mais preparado para administrar o Brasil. “O Brasil precisa ano que vem de alguém que tenha responsabilidade. Tenho convicção, certeza, que é o brasileiro mais preparado”, disse Taques durante evento na Famato, que contou com a participação de Alckmin na manhã desta sexta-feira (6).

(mais…)

06
07

Mauro não é a principal ameaça e campanha vai mostrar isso, avalia Wilson

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Wilson Santos (PSDB) discorda da afirmação de que o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes (DEM) seja o principal adversário do governador Pedro Taques (PSDB) no processo eleitoral deste ano. Avaliações de analistas políticos consideram que com a entrada de Mendes na disputa, há chances da campanha ser decidida em primeiro turno, com a derrota do tucano.

 

“[Mauro Mendes] Não é [a principal ameaça]. A campanha vai mostrar que não”, considera Wilson Santos.

 

(mais…)

06
07

Para Wilson, ataques a Taques serão cada vez mais duros

O vice-líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado estadual Wilson Santos (PSDB) afirmou que os ataques que estão sendo feitos à gestão Pedro Taques (PSDB) são apenas uma mostra do que ainda está por vir no até o final das eleições.

 

“É só o começo. Vai aumentar e ficar cada vez mais duro, mais grave. Estamos calejados na disputa e não nos surpreende. A oposição está assustada porque não esperava que Pedro Taques pudesse reagir como está reagindo”, avaliou.

 

A oposição acusa o tucano de uso da máquina pública para tirar vantagem na corrida eleitoral. O PR, que tem como pré-candidato ao governo o senador Wellington Fagundes, chegou a ingressar na justiça com uma ação apontando suposto abuso de poder em razão das diversas inaugurações que o governador vem fazendo antes do período proibido. Para o PR, Taques estava aproveitando as oportunidades para fortalecer sua campanha e atacar adversários. No entanto, o pedido não foi atendido.

 

(mais…)

06
07

Governo e Prefeitura firmam convênio de R$ 82 milhões para equipar novo Pronto-Socorro

Por Assessoria

 

O Governo de Mato Grosso e a Prefeitura de Cuiabá firmaram um convênio de R$ 82 milhões nesta quinta-feira (5) para equipar o novo Pronto-Socorro da capital. A solenidade ocorreu na obra da unidade hospitalar, que está com 72% da execução concluída.

 

Foram assinados um Termo de Compromisso e uma Portaria, autorizando os repasses Fundo a Fundo para a aquisição de equipamentos e mobiliário para a unidade. As licitações já estão sendo conduzidas pela prefeitura e os repasses serão feitos pelo Governo à medida em que as aquisições forem concluídas.

 

O governador Pedro Taques (PSDB) apontou que a assinatura dos documentos honra o compromisso firmado pela administração estadual com o município e a bancada federal, que destinou R$ 100 milhões de emenda parlamentar para a saúde. (mais…)

06
07

Para fazer o que não é republicano, prefiro ficar fora, diz Salles sobre eleição

O ex-governador Rogério Salles (PSDB) descartou disputar a eleição deste ano. Segundo o tucano, existe uma pressão partidária para que ele concorra a uma vaga na Câmara Federal. No entanto, ele defende a abertura de espaço para novos nomes e cita a possibilidade de candidatura de três vereadores de Rondonópolis. Salles ainda afirmou que numa disputa, muito se investe e o retorno é pequeno quando se chega ao cargo.

 

Foto: Alan Cosme/Hipernotícias

“Único jeito que sei fazer política é me dedicando de corpo e alma. Acabo largando minhas atividades. Única vantagem que vejo, que é legítima ter no exercício do cargo, é o salário. Você acaba gastando e não tendo o retorno, independente. Para fazer o que não é republicano, prefiro ficar fora”, declarou na manhã desta sexta-feira, durante participação no evento na Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), que marca a passagem do presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB) por Cuiabá.

 

Rogério Salles afirma que sabe da responsabilidade que tem com o PSDB no estado e em Rondonópolis, mas lembra que desde a última eleição que disputou, na qual concorria ao cargo de prefeito de Rondonópolis, pediu para que uma opção fosse preparada. “Mas não posso dizer que dessa água não beberei, senão acaba tendo que voltar atrás. Minha posição hoje é de não ser candidato, mas tenho consciência da minha responsabilidade de viabilizar uma alternativa em Rondonópolis para não deixar na mão”.

 

(mais…)

06
07

Taques não fez governo político e está pagando por isso, avalia Salles

Alair Ribeiro/Midia News

O ex-governador de Mato Grosso, Rogério Salles (PSDB), avaliou que as dificuldades enfrentadas pelo governador Pedro Taques (PSDB) para estruturar sua candidatura à reeleição são consequência do estilo de gestão que o tucano optou por fazer durante o período no Palácio Paiaguás. Salles acredita que embora haja deficiências, Taques ainda é a melhor opção para Mato Grosso no pleito deste ano. As declarações foram dadas durante passagem do presidenciável, Geraldo Alckmin, em Cuiabá, na manhã desta sexta-feira (6).

 

“Ele não fez um governo político e por isso tem dificuldades políticas de viabilizar sua reeleição. Está pagando o preço por isso, mas é melhor opção que estado de Mato Grosso tem. É o melhor e acho que vai ganhar eleição”, ponderou.

 

(mais…)

05
07

STJ admite pensões distintas para filhos de diferentes relacionamentos

Por Estadão Conteúdo

 

Em decisão unânime, os ministros da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça admitiram que pensões alimentícias pagas por um pai a filhos de relacionamentos diferentes possam ser fixadas em valores distintos. O colegiado levou em consideração a capacidade financeira das mães das crianças, informou o site da Corte – o número deste processo não é divulgado em razão de segredo judicial.

 

O Tribunal de Justiça de Minas havia reduzido uma das pensões de 20% para 15% sobre os rendimentos líquidos do pai. A mãe interpôs recurso especial sob o fundamento de que a decisão teria dado tratamento discriminatório entre os filhos, uma vez que foi destinado ao outro filho, de outro relacionamento, o porcentual de 20%. (mais…)

05
07

Demanda de gasolina e etanol caiu 3,98 bi de litros em maio

Por Estadão Conteúdo

Dados publicados pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e compilados pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (Unica) mostram que a demanda de combustíveis do ciclo Otto (etanol hidratado + gasolina C) no mês de maio, em gasolina equivalente, foi de 3,98 bilhões de litros. “Este é o menor volume mensal nos últimos 5 anos, indicando a grave crise de abastecimento verificada na última semana de maio devido à greve dos caminhoneiros, além de assinalar sensível queda de 11,7% em relação a maio do ano passado. Com efeito, a retração no consumo de janeiro a maio de 2018 em comparação ao mesmo período de 2017 já atinge 3,65%”, disse a Unica em nota. (mais…)

05
07

PGR investiga se delator da Lava Jato descumpriu acordo e voltou ao crime

Por Estadão Conteúdo

 

A Procuradoria-Geral da República decidiu apurar se um dos delatores da Lava Jato, conhecido como Ceará, descumpriu acordo de colaboração e voltou a cometer crimes após fechar delação com a procuradoria.

 

Em manifestação ao Supremo Tribunal Federal, a PGR recorda que, entre as hipóteses de rescisão do acordo, fechado em junho de 2015, foi elencada a prática de qualquer “crime doloso pelo colaborador após a homologação judicial”.

 

Ceará atuava na Lava Jato com o doleiro Alberto Youssef.

 

Em maio deste ano, Ceará foi alvo de um decreto de prisão preventiva da 23ª Vara Criminal Federal da Subseção Judiciária de Curitiba. Na ocasião, a Polícia Federal prendeu oito investigados da Operação Efeito Dominó, que apura lavagem de dinheiro do tráfico internacional de drogas. (mais…)

04
07

MDB abre mão de senatória e vice e dá carta branca para Wellington compor

O Movimento Democrático Brasileiro (MDB) decidiu abrir mão de indicar o vice da chapa encabeçada pelo pré-candidato ao Governo do Estado, Wellington Fagundes (PR) e também de uma das vagas ao Senado. Desta forma, a legenda deixa o republicano livre e com espaços a oferecer na negociação com novas siglas que possam integrar o arco de alianças visando a eleição deste ano.

 

Reprodução

Em nota encaminhada à imprensa, a deputada estadual Janaina Riva (MDB) descartou que a legenda estivesse saindo do arco de Fagundes para se coligar ao DEM, que tem como pré-candidato o ex-prefeito de Cuiabá, Mauro Mendes.

 

“A informação de apoio ao Mauro é inverídica. E falo isso com propriedade já que o presidente do MDB, deputado federal Carlos Bezerra, está em São Paulo e eu fiquei como responsável pelo partido nas negociações da composição da chapa majoritária, junto com os deputados Silvano Amaral e Romoaldo Junior”, comentou a parlamentar ao reforçar que o MDB confia na pré-candidatura do Wellington Fagundes.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade