Arquivo do Autor Mauro Camargo
14
01

Mauro Camargo assume secretaria-adjunta de Comunicação de Mato Grosso

O jornalista Mauro Camargo foi oficializado como o novo secretário-adjunto de Comunicação do Governo do Estado de Mato Grosso. O anúncio foi feito pelo governador Mauro Mendes (DEM) e pelo secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, nesta segunda-feira (14), durante reunião com representantes da imprensa regional.

 

“O Mauro Camargo tem larga experiência, atua há muito tempo na área e possui ótimo trânsito político e com a imprensa. É um profissional que tem muito a colaborar frente aos desafios que o Governo vai enfrentar nos próximos quatro anos”, afirmou Mauro Carvalho. (mais…)

14
01

Deputados novatos defendem que reforma administrativa seja votada apenas em fevereiro

Em reunião realizada pelo governador Mauro Mendes (DEM) na manhã desta segunda-feira (14) com integrantes da 19ª legislatura, que tomarão em 1º de fevereiro, os deputados novatos defenderam que a Assembleia Legislativa aprecie a proposta de reforma administrativa apenas no próximo mês. Para o parlamentar Thiago Silva (MDB), a redução de 24 para 15 secretarias pode esperar a chegada dos novos deputados para ser votada. Por outro lado, o emedebista considera que o novo Fethab, que pode injetar até R$ 1,5 bilhão nos cofres do estado ainda este ano, deve ser avaliado o mais rapidamente possível.

 

Na oportunidade, como fez na semana passada com a atual legislatura, Mendes apresentou dados sobre a situação financeira de Mato Grosso e pediu auxílio para a aprovação do pacote denominado “Pacto por Mato Grosso”, composto por projetos que visam tirar o estado da crise. As propostas tratam da reorganização do Fethab, da reforma administrativa, da criação da Lei de Responsabilidade Fiscal estadual e também de critérios para a concessão da Revisão Geral Anual (RGA) aos servidores públicos. O Estado amarga um défict nas contas públicas de aproximadamente R$ 4 bilhões. Somente referente ao ano de 2019 esse montante chega a R$ 1,7 bilhão, conforme a Lei Orçamentária Anual encaminhada à Assembleia.

 

(mais…)

14
01

Segurança Pública perde 45% da frota por falta de pagamento

Por Assessoria

 

A Secretaria de Segurança Pública perdeu nos últimos meses, por falta de pagamento, 45% da frota de veículos das Polícias Civil e Militar, além do Corpo de Bombeiros. A perda dos veículos, que são todos locados, reflete diretamente na prestação dos serviços de segurança pública à população. O prejuízo é causado pelo atraso no pagamento de locadoras no montante de R$ 13,5 milhões.

 

De acordo com o levantamento da secretaria, a maioria das locadoras está há 90 dias sem receber nenhum pagamento. O secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante, articula junto às empresas locadoras uma forma de manter os serviços à população. (mais…)

14
01

Anistia Internacional pede a novo governo do Rio compromisso no caso Marielle

Foto: Marcelo Camargo/ABr

Por Estadão Conteúdo

 

Dez meses após o assassinato de Marielle Franco com as investigações ainda inconclusas, a Anistia Internacional reivindica, em comunicado, que as autoridades do Estado do Rio de Janeiro venham a público se comprometer com a solução correta do crime. Marielle Franco, defensora de direitos humanos e vereadora no município do Rio de Janeiro, foi assassinada a tiros na noite de 14 de março de 2018 junto com o motorista Anderson Gomes, que dirigia o veículo em que estavam.

 

“O ano de 2018 terminou sem que o Estado do Rio de Janeiro, sob intervenção federal na área de segurança pública, tenha conseguido solucionar o caso. A nova gestão do governo do Estado tem o dever de assumir esta responsabilidade e não deixar o caso sem solução. O novo governador e o novo chefe de polícia deveriam vir a público se comprometer com a investigação correta do assassinato de Marielle Franco desde o início de sua gestão”, afirma Jurema Werneck, diretora executiva da Anistia Internacional.

 

(mais…)

14
01

Bolsonaro enfrenta desconfiança nas redes sociais

Foto: Marcelo Camargo/Abr

Por Estadão Conteúdo

 

Em menos de duas semanas após a posse do novo governo, decisões tomadas por Jair Bolsonaro, por integrantes de seu primeiro escalão ou por seu partido, o PSL, foram vistas com desconfianças na base mais fiel de seguidores do presidente da República, a chamada rede bolsonarista na internet.

 

O acordo com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, a indicação do filho do vice-presidente, Hamilton Mourão, para cargo mais alto no Banco do Brasil e até mudanças na legislação armamentista, uma das bandeiras de Bolsonaro, geraram discórdia nas redes sociais entre apoiadores e influenciadores digitais da ‘nova direita’. (mais…)

14
01

‘Tenho firmado compromissos com aliados ao governo e à oposição’ diz Maia

Por Estadão Conteúdo

O presidente da Câmara e candidato a mais um mandato à frente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), declarou nesta segunda-feira (14) que tem “conversado e firmado compromissos” com partidos e parlamentares da base do governo de Jair Bolsonaro, assim como opositores.

 

“A presidência da Câmara não é de governo nem de oposição. Quanto mais representativo o comando da Casa, mais independente e altivo o Legislativo”, escreveu o parlamentar em sua conta oficial no Twitter. “É por isso que tenho conversado e firmado compromissos tanto com partidos e parlamentares ligados ao governo quanto com aqueles que representam legitimamente a oposição”, continuou o deputado fluminense. (mais…)

14
01

1/3 dos capturados por suspeita dos ataques no Ceará é adolescente

Por Estadão Conteúdo

 

Pelo menos um terço dos capturados por suspeita de envolvimento nos ataques criminosos no Ceará é adolescente. O levantamento, da Defensoria Pública Estadual, foi confirmado pelo governo do Estado, que informa que 353 pessoas já foram presas. Neste domingo, dia 13, no 12.º dia de ataques, uma ponte na BR-116, em Chorozinho, e a sede de um Juizado Especial, na capital, foram atingidas por explosivos.

 

Há denúncias de que facções criminosas estão ameaçando de morte adolescentes e familiares, além de cooptar os jovens e adultos com pagamento de R$ 1 mil pela queima de veículos e até R$ 5 mil pela explosão de viadutos. (mais…)

14
01

General Antônio Leite dos Santos Filho é nomeado diretor-geral do Dnit

Por Estadão Conteúdo

O presidente Jair Bolsonaro nomeou o general Antônio Leite dos Santos Filho para exercer o cargo de diretor-geral do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), autarquia federal vinculada ao Ministério da Infraestrutura, comandado pelo ministro Tarcísio de Freitas. O decreto com a nomeação está publicado no Diário Oficial da União (DOU) desta segunda-feira (14).

 

Outros três diretores do Dnit também já foram definidos: Andre Kuhn (Diretoria Executiva), Marcio Lima Medeiros (Administração e Finanças) e Karoline Brasileiro Quirino Lemos (Infraestrutura Aquaviária). Ao todo, a diretoria colegiada do Dnit é composta por sete diretores, incluindo o diretor-geral. (mais…)

14
01

Itália frustra ação do Brasil para extraditar Battisti

Por Estadão Conteúdo

A prisão na Bolívia de Cesare Battisti deflagrou neste domingo (13) uma operação no governo Jair Bolsonaro para tentar cumprir a promessa de campanha do presidente de extraditar o italiano para o seu país, onde foi condenado à prisão perpétua por quatro assassinatos nos anos 1970. A ação, contudo, foi frustrada por uma decisão do governo da Itália, que enviou uma aeronave para buscar Battisti em Santa Cruz de La Sierra.

 

O governo brasileiro chegou a informar a vinda do preso ao Brasil antes de seguir para a Itália, mas as autoridades italianas já haviam decidido levar Battisti diretamente ao país. (mais…)

13
01

Palocci quer ser consultor outra vez

Arquivo/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

O ex-ministro da Fazenda e da Casa Civil Antonio Palocci quer voltar ao ramo da consultoria. Condenado pela Lava Jato a 9 anos e 10 dias de prisão em regime domiciliar por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Palocci confessou ter usado a empresa Projeto Consultoria, da qual era dono, para camuflar milhões de reais provenientes de propinas.

 

Agora, espera autorização da Justiça para voltar a trabalhar. Segundo amigos, Palocci pretende auxiliar empresas na área de compliance, termo que define a adoção de boas práticas de gestão empresarial, entre as quais o não envolvimento em casos de corrupção, e que virou termo da moda depois das prisões de grandes empresários pela força-tarefa de Curitiba.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade