Arquivo do Autor Redação
07
11

Ministério não vê motivos para decretar emergência em saúde no NE

 A Câmara dos Deputados realiza audiência pública para debater sobre as medidas tomadas pelo Poder Executivo nas ações de resposta ao desastre do derramamento de óleo no litoral da Região.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Alex Rodrigues

Agência Brasil

 

O Ministério da Saúde não cogita em decretar situação de emergência em saúde pública nos nove estados do Nordeste devido aos riscos que a contaminação das praias, manguezais, costões marítimos e desembocaduras de rios atingidos pelo óleo de origem desconhecida representa para a população.

 

Segundo o diretor substituto do Departamento de Saúde Ambiental, do Trabalhador e Vigilância das Emergências em Saúde Pública, do Ministério da Saúde, Marcus Vinícius Quito, a pasta vem monitorando a situação e, até o momento, considera o quadro como de baixo risco para a saúde pública.

 

(mais…)

07
11

Câmara conclui votação de PEC que cria polícias penais

O Plenário da Câmara dos Deputados analisa a Medida Provisória 886/19, que reformula novamente a estrutura do Poder Executivo

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Agência Brasil

 

O plenário da Câmara dos Deputados conclui, na noite desta quarta-feira (6), a votação em segundo turno da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 372/17, de autoria do Senado, que cria as polícias penais federal, dos estados e do Distrito Federal.

 

O texto-base foi aprovado por 385 votos a 16 e será enviado à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) para a redação final. Na sequência, a PEC será promulgada.

 

(mais…)

06
11

Governo agiu com cuidado para não afetar turismo, diz Salles

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, participa de audiência pública, sobre o vazamento de petróleo em praias do Nordeste

José Cruz/Agência Brasil

Por Alex Rodrigues

Agência Brasil

 

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, disse hoje (6) que agiu de forma a não criar alarmismo ao divulgar informações relativas ao avanço da mancha de óleo que já atingiu nove estados do Nordeste e ameaça chegar ao Espírito Santo. Segundo o ministro, uma das razões para o “cuidado” com as informações é não prejudicar o turismo na Região Nordeste

 

“Nosso esforço foi para dar sobriedade à informação a respeito dos pontos de toque do óleo”, disse Salles ao participar de uma reunião conjunta das comissões da Amazônia, Integração Nacional e Desenvolvimento Regional e de Trabalho, Administração e Serviço Público da Câmara dos Deputados.

 

(mais…)

06
11

Guedes diz que não há “ponto inegociável” no pacote econômico

O ministro da Fazenda, Paulo Guedes, apresenta à imprensa as propostas do Pacto Federativo

Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Por Pedro Peduzzi

Agência Brasil

 

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse hoje (6) que não há “ponto inegociável” nas propostas de reestruturação do Estado, apresentadas ontem (5) pelo governo ao Congresso Nacional. “Um ministro da Fazenda ou da Economia que disser que há ponto inegociável não está preparado para o exercício em uma democracia”, disse o ministro, ao deixar a residência oficial do presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), onde se reuniu com cerca de 40 senadores.

 

“Seria uma arrogância tola dizer que há algum ponto inegociável. Agora, nós sabemos quais são os pontos críticos e mais importantes, onde deve estar a atenção e o foco. E esse foco é, justamente, o de que precisamos de uma cultura de responsabilidade fiscal. Não podemos entregar um país quebrado para as futuras gerações”, acrescentou.

 

(mais…)

06
11

Líderes mundiais terão encontro com Bolsonaro este mês

Presidente da República, Jair Bolsonaro, durante recepção ao Presidente da República Popular da China, senhor Xi Jinping.

Alan Santos/PR

Por José Romildo

Agência Brasil

 

Para debater temas políticos e econômicos, o presidente Jair Bolsonaro receberá o presidente da China, Xi Jinping, na manhã de 13 de novembroquarta-feira, no Palácio do Itamaraty. À tarde, no mesmo dia, no Palácio do Planalto, ele receberá  os presidentes da Rússia, Vladimir Putin, e da África do Sul, Cyril Ramaphosa, e o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi.

 

Os quatro líderes políticos chegarão ao Brasil no dia 12 para participar da 11ª Cúpula do Brics, grupo de países integrado pelo Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul. No dia 13, os líderes visitantes participarão do encerramento do Fórum Empresarial do Brics, que reunirá 500 empresários, e à noite serão homenageados com jantar no Palácio do Itamaraty, em Brasília.

 

(mais…)

05
11

Bolsonaro e Guedes vão ao Congresso propor novas reformas

 O presidente Jair Bolsonaro participa da cerimônia comemorativa ao Dia do Aviador e ao Dia da Força Aérea, em Brasília.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Marcelo Brandão

Agência Brasil

 

O presidente Jair Bolsonaro é aguardado hoje (5), às 11h, no Senado para a entrega de propostas das próximas reformas que o governo quer ver aprovadas.

 

O esforço é uma sequência à aprovação da reforma da Previdência, ocorrida no fim de outubro. Além de Bolsonaro, o ministro da Casa Civil, Oxyx Lorenzoni, e o ministro da Economia, Paulo Guedes, deverão acompanhar o presidente.

 

(mais…)

05
11

Ministra avalia que mercado dos EUA voltará a comprar carne brasileira

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, durante o lançamento da Câmara da Cerveja.

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Por Pedro Peduzzi

Agência Brasil

 

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, disse hoje (5) acreditar na reabertura do mercado norte-americano para a carne brasileira, vetada por aquele país desde o início da Operação Carne Fraca, em 2017.

 

Tereza Cristina tem uma viagem marcada para os EUA no próximo dia 17, onde deverá se encontrar com secretário de Agricultura norte-americano, Sonny Perdue. “Eles querem apenas rever alguns pontos, a exemplo do que nós, no Brasil, fazemos com outros países. Os EUA são um excelente mercado e vamos reabrir sim esse mercado. Agora vamos ver o dever de casa que temos de fazer’, disse a ministra após participar do 1º Congresso Brasileiro de Gestores da Agropecuária, em Brasília.

 

(mais…)

05
11

PF faz buscas por ordem de Fachin

Nelson Jr./SCO/STF

Por Estadão Conteúdo

 

A Polícia Federal cumpre, na manhã desta terça, 5, uma série de mandados de busca e apreensão, além de medidas de sequestro de bens, em investigação em curso junto ao Supremo Tribunal Federal.

 

As ações começaram nas primeiras horas desta manhã, mas os alvos das diligências ainda não foram divulgados. O STF tem competência sobre apurações envolvendo investigados com foro privilegiado.

 

(mais…)

04
11

Azevedo e Silva: não sabemos a quantidade derramada (de óleo) que está por vir

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil / CP

Por Estadão Conteúdo

 

O ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva, disse nesta segunda-feira, 4, que não sabe a quantidade de óleo derramado que poderá atingir o litoral brasileiro. “É uma situação inédita. Esse desastre nunca aconteceu no Brasil e até no mundo. Esse tipo de óleo não é perceptível pelo radar, pelo satélite. Não sabemos a quantidade (de óleo) derramado que está por vir”, afirmou.

 

A declaração do ministro foi uma resposta sobre declaração do presidente Jair Bolsonaro (PSL) de que o “pior está por vir”. Azevedo e Silva disse que o governo está “acompanhando a evolução” e avança na investigação sobre responsáveis pelo óleo.

 

(mais…)

04
11

‘Novo AI-5’: ‘Heleno virou auxiliar do radicalismo do Olavo’, diz Maia

Crédito: Reprodução/Agência Brasil/Atonio Cruz/Agência Brasil

Por Estadão Conteúdo

 

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta segunda-feira, 4, que o ministro do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, virou “um auxiliar do radicalismo do Olavo de Carvalho”, escritor considerado o guru do bolsonarismo. Maia deu a declaração ao comentar a fala do militar sobre a ideia aventada pelo deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) de se editar um “novo AI-5”.

 

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o ministro afirmou que se o Brasil registrar protestos similares aos que ocorrem no Chile, algo terá de ser feito e disse que editar um “novo AI-5” exigiria estudos, pois o “regime democrático” impõe que uma proposta como essa passe “em um monte de lugares”.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade