23
06

Integrantes da Lava Jato pautam suas ações pela ética e legalidade, diz nota

Por Estadão Conteúdo

 

Após o jornal Folha de São Paulo, em parceria com o site The Intercept Brasil, publicar neste domingo (23) novas mensagens atribuídas ao ministro da Justiça, Sergio Moro (ex-juiz federal) e o procurador da República Deltan Dallagnol, a força-tarefa da Lava Jato divulgou a seguinte nota:

 

“A Força Tarefa não teve acesso aos materiais citados pelo jornal e, por isso, tem prejudicada sua possibilidade de avaliar a veracidade e o contexto dos supostos diálogos. Os integrantes da Força Tarefa pautam suas ações pessoais e profissionais pela ética e pela legalidade.”

 

Os diálogos, segundo os veículos, sugerem que, em 2016, membros da força-tarefa do Ministério Público Federal se articularam para proteger Sergio Moro e evitar tensões com o Supremo Tribunal Federal (STF).

23
06

Marta faz apelo para jogadoras após queda: ‘O futebol feminino depende de vocês’

Por Estadão Conteúdo

 

Após a eliminação do Brasil no Mundial Feminino, a craque Marta fez um desabafo emocionado. A derrota por 2 a 1 para a França foi sentida pelo grupo, mas a veterana espera que a nova geração aprenda com essa partida para fazer com que a seleção tenha voos mais altos no futuro.

 

“É treinar mais, é jogar mais, é estar pronta para jogar 90 minutos, mais 30 minutos de prorrogação e quantos mais minutos precisar. É isso que eu peço para as meninas. Não vai ter uma Formiga para sempre, uma Marta, uma Cristiane, e o futebol feminino depende de vocês para sobreviver. Então pensem nisso, valorizem mais. Chorem no começo para sorrir no fim”, disse. (mais…)

23
06

Argentina vence Catar, avança em segundo na Copa América e encara a Venezuela

Por Estadão Conteúdo

 

A Argentina está classificada às quartas de final da Copa América. Com gols de Lautaro Martínez, após falha da defesa adversária, e de Agüero, após desperdiçar várias oportunidades, a equipe superou o Catar por 2 a 0, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela rodada final do Grupo B.

 

Combinado com o triunfo da Colômbia por 1 a 0 sobre o Paraguai, a Argentina se classificou em segundo lugar na chave, com quatro pontos, e agora terá pela frente a Venezuela, vice-líder do Grupo A, sexta-feira, no Maracanã. E poderá se encontrar com a seleção brasileira, nas semifinais. Um dos convidados da competição, o Catar foi o lanterna do grupo com um ponto e está eliminado.

(mais…)

23
06

Após criminalizar homofobia, STF tem outras três ações da comunidade LGBT

Por Estadão Conteúdo

 

Após discutir e aprovar a criminalização da homofobia e da transfobia, os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) têm pela frente outras pautas de interesse da comunidade LGBT, como o uso de banheiro por transexuais, a doação de sangue por homens homossexuais e o bullying homofóbico contra crianças nas escolas.

 

Nos dois primeiros casos, o tribunal já começou a analisar os temas, mas pedidos de vista (mais tempo para análise) dos ministros Luiz Fux e Gilmar Mendes interromperam as discussões, que seguem suspensas por tempo indeterminado.

(mais…)

Publicicade

Publicicade

23
06

‘Assistimos a um parlamentarismo branco na reforma’, diz economista

Por Estadão Conteúdo

 

Embora sugira “retoques” ao relatório do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP) sobre a proposta de reforma da Previdência, o economista Fabio Giambiagi, especialista no tema, está “relativamente otimista” com a aprovação da mudança constitucional. O relator fez um “esforço muito relevante de conciliar diferentes opiniões”, disse Giambiagi, que trabalha no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e, mesmo completando os requisitos para se aposentar em agosto, pretende continuar trabalhando.

 

Para o economista, que participa dos debates sobre reforma da Previdência desde os anos 1990, o ambiente atual do Congresso é favorável. Só que, em vez de liderada pelo Executivo, a aprovação da reforma está sendo comandada pelo Legislativo, numa espécie de “parlamentarismo branco”. O problema é que, nesse modelo, o ambiente favorável pode ser efêmero, resultando na persistência do cenário de incerteza, que pode manter o País na estagnação. A seguir, os principais trechos da entrevista. (mais…)

23
06

Mensagens sugerem articulação para proteger Moro e evitar tensão com STF

Por Estadão Conteúdo

 

O jornal Folha de S.Paulo, em parceria com o site The Intercept Brasil, publicou neste domingo (23) novas mensagens atribuídas ao ministro da Justiça, Sérgio Moro (ex-juiz federal), e ao procurador da República Deltan Dallagnol, da Operação Lava Jato em Curitiba. Os diálogos, segundo os veículos, sugerem que, em 2016, membros da força-tarefa do Ministério Público Federal se articularam para proteger Sérgio Moro e evitar tensões com o Supremo Tribunal Federal (STF).

 

A reportagem aponta que o tema central das mensagens eram documentos da empreiteira Odebrecht que haviam sido anexados, sem sigilo, pela Polícia Federal a um processo da Lava Jato em 22 de março de 2016. Fazia parte do material uma ‘superplanilha’ com nomes de políticos associados a pagamentos da empreiteira. (mais…)

23
06

O ex-comunista que tem fé na reforma da Previdência

Por Estadão Conteúdo

 

O advogado e deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM), presidente da Comissão Especial da Reforma da Previdência, carrega nas costas, além da tensa e complicada direção dos trabalhos, duas tatuagens com forte significado. Na primeira, em cima, lê-se Carol. É como ele chama sua filha Maria Carolina, levada deste mundo quando era um bebê de três meses, em fevereiro de 2004. “No próximo novembro ela faria dezesseis anos”, disse ao jornal O Estado de S. Paulo, com os olhos marejados, no saguão do hotel onde mora, em Brasília, na noite do último dia 10, uma friorenta segunda-feira.

 

À primeira menção, feita pela reportagem, sobre o drama que marcou sua vida, Ramos emocionou-se, levantou a camisa azul e mostrou as “tattoos”. No círculo com motivos indígenas que rodeia o nome da filha, também está gravado Gabriel, o filho mais velho, hoje com 22 anos e estudante de Direito. (mais…)

23
06

Estudo associa enfarte à falta de perdão

Por Estadão Conteúdo

 

É comum ouvirmos que o perdão evita o aparecimento de doenças. Mas será que a crença tem respaldo científico? Pesquisa brasileira apresentada na semana passada no 40.º Congresso da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp) apontou uma relação entre dificuldade de perdoar e a ocorrência de enfarte agudo do miocárdio.

 

“O mundo ocidental se refere ao coração como o centro das emoções”, afirma a psicanalista Suzana Avezum, que tem 36 anos de carreira.

(mais…)

23
06

Com crise, renda do trabalhador chegou a cair até 16% em cinco anos

Por Estadão Conteúdo

 

Os anos de crise, além de terem destruído empregos e levado ao aumento da informalidade, também corroeram o rendimento dos trabalhadores da maioria dos segmentos. A depender da área de atuação, a perda real (já considerada a inflação) superou os 16% nos últimos cinco anos. De nove setores da iniciativa privada analisados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), cinco tiveram quedas significativas na renda que o trabalhador recebe habitualmente por mês.

 

Entre o primeiro trimestre de 2014, antes da recessão, e os três primeiros meses deste ano, os trabalhadores de alojamento e alimentação (de hotéis, pousadas, restaurantes ou vendedores de alimentos), da construção e do transporte foram os que tiveram as maiores perdas reais de rendimento, de 7,2% a 16,3%, segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) – Contínua, do IBGE, selecionados para o jornal O Estado de S. Paulo pela consultoria LCA.

(mais…)

23
06

Bolsonaro volta a atacar o Congresso

Por Estadão Conteúdo

 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou no sábado (22) a atacar o Congresso e acusou parlamentares de tentarem reduzir seu poder, transformando-o em uma espécie de “rainha da Inglaterra”. Também criticou a articulação de deputados e senadores para aprovar uma proposta de emenda à Constituição (PEC) que permita a reeleição dos presidentes da Câmara e do Senado, conforme mostrou no sábado o jornal O Estado de S. Paulo.

 

Os comentários foram feitos por Bolsonaro ao tratar de um projeto de lei aprovado na Câmara e no Senado que, segundo ele, delegaria ao Parlamento a indicação de integrantes de agências reguladoras, e não pela Presidência da República. (mais…)