25
05

Sindicato cobra do governador redução de ICMS

Alair Ribeiro/Midia News

Por Jessica Bachega

HiperNotícias

 

O Sindicato das Empresas de Transportes de Cargas do Estado de Mato Grosso (Sindmat) solicita do governo do Estado que seja reduzido Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) dos combustíveis comercializados. O requerimento é uma das exigências para que a categoria suspenda a greve que está em seu quinto dia.

 

Conforme documento enviado ao governador Pedro Taques (PSDB), nesta sexta-feira (25), a categoria quer redução de 25% no imposto cobrado na gasolina, 12% no etanol e no diesel. No ofício, o presidente do Sindmat, Eleus Amorim cita exemplo do governo do Rio de Janeiro que diminuiu a alíquota sobre os produtos e igual o percentual ao cobrado em São Paulo.

 

(mais…)

25
05

Em carta, governadores atribuem responsabilidade à Petrobras

Haillyn Heiviny

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

O governador Pedro Taques (PSDB), em conjunto com os governadores do Brasil Central, elaborou uma carta sobre a paralisação dos caminhoneiros. Os governadores atribuíram a paralisação à Petrobras e se eximiram da responsabilidade, pois não aumentarem impostos que acarretassem em aumento do preço do óleo diesel.

 

Durante encontro dos governadores, realizado nesta sexta-feira (25), Taques disse ser legitima a manifestação, porém não pode trazer  prejuízo ao abastecimento de comida e combustível.

 

LEIA A MATÉRIA NA ÍNTEGRA AQUI

25
05

Base não faz o seu papel, diz Oscar Bezerra

Por Michely Figueiredo/Felipe Leonel

HiperNotícias

 

Diante das inúmeras sessões desperdiçadas por falta de quórum, o deputado estadual Oscar Bezerra (PV) lembrou que falta cooperação da base aliada para que o trabalho legislativo aconteça efetivamente na Casa. Isso porque quando a oposição decide sair do plenário, não existe quórum suficiente para as votações.

 

“Isso quer dizer que a base não está fazendo o papel que deve fazer”, ressaltou. A declaração de Oscar Bezerra se baseia no fato de que o Governo do Estado, que possui maioria na Casa, tem interesse em garantir quórum para a votação de projetos relevantes para o Executivo.

 

(mais…)

25
05

“Querem me colocar no banco dos réus”, afirma Selma Arruda

Por Felipe Leonel

HiperNotícias

 

A juíza aposentada e pré-candidata ao Senado, Selma Arruda (PSL), afirma estar sendo alvo de uma campanha de difamação e negou ter escolhido processos pela “relevância social”, quando era titular da Sétima Vara Criminal de Cuiabá. Ex-assessores da magistrada, em depoimento, afirmaram que ela escolhia processos de acordo com a exposição na mídia.

 

Para Selma, está ocorrendo uma inversão de valores e tentam colocar ela no banco dos réus. “Eu tentei fazer as coisas da forma correto e honesta. Essa pessoa tem quase 200 processos e, de repente, quer me transformar em ré. Daqui a pouco eu vou ser presa por causa dos crimes deles. As coisas vão tomar um rumo completamente inverso”, afirmou ao referir-se ao ex-deputado Humberto Bosaipo, condenado por ela.

 

(mais…)

Publicicade

Publicicade

25
05

TRE conta com 40 pontos de votação para comunidade indígena

Ecosdaselva

Por HiperNotícias

 

Em Mato Grosso há 11.137 eleitores indígenas cadastrados e para atendê-los a Justiça Eleitoral dispõe de 40 locais de votação e 50 sessões eleitorais, situados em 26 municípios. Dos 40 locais de votação, 07 foram criados este ano. Os novos locais beneficiaram mais de 600 eleitores indígenas pertencentes as comunidades Enawenê-Nawe, Pirigara, Japuíra, Kuikuru e Bacaval.

 

Os 40 locais de votação estão instalados em aldeias indígenas situadas nos municípios de Nobres, Barão de Melgaço, Barra do Bugres, São Félix do Araguaia, Santa Terezinha, Porto Esperidião, Tangará da Serra, Campinápolis, Juara, Confresa, São José do Xingu, Peixoto de Azevedo, Juína, Feliz Natal, Santo Antônio do Leverger, Poxoréu, Rondonópolis, Barra do Garças, General Carneiro, Bom Jesus do Araguaia, Brasnorte, Gaúcha do Norte, Paranatinga, Rondolândia, Comodoro e Campo Novo do Parecis.

 

(mais…)

25
05

Protestos de caminhoneiros continuam mesmo após acordo anunciado pelo governo

Por Estadão Conteúdo

 

Mesmo após acordo com o governo fechado na noite desta quinta-feira, 24, caminhoneiros mantêm protestos pelo Brasil. Há bloqueios nos dois sentidos da rodovia Anhanguera, em São Paulo. Às 7h, era registrada interdição, no sentido capital, de uma faixa e do acostamento no km 148. No sentido interior, havia fechamento da faixa também no km 148. A CCR AutoBan, concessionária que administra a pista, aconselha os motoristas a optarem pela rodovia dos Bandeirantes.

 

A rodovia Régis Bittencourt (BR-116) permanece com três pontos de bloqueio. O tráfego está liberado para veículos leves, mas congestionamentos se formam nos trechos com protestos.

 

(mais…)

24
05

Bezerra decide deixar CPI do MP por falta de compromisso de membros

Por Michely Figueiredo/Felipe Leonel

HiperNotícias

 

Depois de não conseguir ouvir membros do Ministério Público Estadual na Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga a concessão de carta de crédito ao órgão fiscalizador por falta de quórum, o presidente da CPI, deputado Oscar Bezerra (PV) decidiu se desligar da investigação. A Comissão, que é composta por cinco membros, precisaria da presença de pelo menos três para realizar as oitivas nesta quinta-feira (24). No entanto, apenas Oscar Bezerra e Janaina Riva (MDB) se fizeram presentes.

 

“Não podemos ficar aqui fazendo de conta que estamos investigando se os pares não ajudarem. Eu tomei essa decisão agora, repentina, do desligamento da CPI do MP, uma vez que não vou pactuar com este tipo de coisa. Ou a Casa toma providência definitiva para fazer um trabalho sério ou eu estou fora definitivamente desse processo”, argumentou Oscar.

 

(mais…)

24
05

Greve dos caminhoneiros faz Tribunal da Lava Jato suspender expediente

Abílio Brunini

Por Estadão Conteúdo

 

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), que julga processos da Operação Lava Jato, informou que não haverá expediente nesta sexta-feira, 25, por causa da grande greve dos caminhoneiros que se alastra por todo o País. Os prazos processuais que vencem nesta sexta serão transferidos para o próximo dia útil, segunda, 28.

 

O presidente da Corte, desembargador federal Thompson Flores, publicou no final da tarde a Portaria nº 538/2018, informando as alterações.

 

Segundo o TRF-4, os pedidos de natureza urgente, que “impliquem perecimento de direito”, serão apreciados em regime de plantão.

 

(mais…)

24
05

Greve só acaba com publicação da isenção de impostos no DOU, diz agora Abcam

Por Estadão Conteúdo

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) informou na manhã desta quinta-feira que o movimento de paralisação da categoria só terminará quando a redução de impostos dos combustíveis for publicada no Diário Oficial da União (DOU). A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da entidade que mencionou que o movimento “não acredita mais nas promessas do governo” e que, por isso, a paralisação só terminará quando a decisão “virar lei”.

 

Mais cedo, o presidente Abcam, José da Fonseca Lopes, havia dito em entrevista à Rádio Eldorado que as manifestações poderiam ser suspensas nesta tarde, desde que o projeto que prevê zerar a PIS-Cofins sobre o óleo diesel fosse aprovado pelo Senado. Líderes do movimento terão encontro com a cúpula do governo federal às 14h no Palácio do Planalto.

 

(mais…)

24
05

Com distribuição comprometida, preço de alimentos sobe

Mayke Toscano/Hipernoticias

Por Estadão Conteúdo

O efeito dominó da greve dos caminhoneiros já havia chegado ao abastecimento, na quarta-feira, 23, especialmente de produtos hortifrutigranjeiros, no atacado e nos supermercados, provocando alta nos preços desses itens.

 

Na Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), houve redução, em média, de 15% a 20% na oferta de hortifrutigranjeiros por causa da greve, segundo o economista da empresa Flávio Godas. O caso mais crítico era o da batata, que vem do Paraná e do sul de Minas.

 

Em uma semana, o preço do saco de batata subiu mais de 150% no atacado da Ceagesp. Só entre segunda-feira e ontem, a alta foi 35,5%. Luis de Souza, da Catarinense, revenda de batata e cebola disse que as entradas desses produtos no entreposto caíram 95% nos últimos dias. Com isso, ele só tinha batata para vender até o meio dia desta quinta-feira, 24. “Sou permissionário há 30 anos e nunca vi nada parecido.”

 

(mais…)